Olá amigos,

a alguns anos tive um baque quando ao voltar à cidade em que nasci, vi boa parte dos amigos ou conhecidos que conseguiram passar a fase da adolescência (e o inicio da fase adulta) livre dos intempéries mundanos, como as drogas e a filosofia de que o TER é mais importante que o SER, corrompidos e totalmente diferentes nos aspectos morais.

Eu como apreciador das ciências desde pequeno, tentava (e torcia) de alguma forma para encontrar pontos fracos das doutrinas destes mesmos amigos que me refiro, a fim de colocar a razão acima da religiosidade , apesar de sempre prezar pela parte moral que as religiões pregam, a moral absoluta em que de alguma forma, nasce conosco. Hoje em dia não os vejo mais realmente acreditando no que acreditavam (a não ser alguns evangélicos, que sem preconceito, afirmo que vão por obrigação e para simples descarrego de consciência , em geral são os que mais faltam com a palavra de Deus)

Hoje em dia, a falta de respeito e educação, a busca pela ostentação e pelos bens materiais, a total falta de sensibilidade das pessoas mais jovens tem me assustado bastante. Meus 'amigos' que hoje são adultos, mas ainda jovens, se deixaram levar pelo modismo da depravação total, e percebo isso em praticamente todos os lugares (e vem piorando)

Moro em Brasília hoje em dia, em um prédio relativamente bom, com vizinhos problemáticos. Música alta, palavrões, drogas e avessos a qualquer tipo de conversa (é o terceiro que me mudo, e os problemas são sempre os mesmos)

Venho perguntar aos mais estudiosos, o que está acontecendo com nosso país espiritualmente falando ? Essa inversão rápida de valores me parece correr contra a teoria evolutiva da nossa doutrina.

Exibições: 197

Responder esta

Respostas a este tópico

Mas qual é a causa dessa decadência moral q vemos em tantos lugares? Porq os homens decaem moralmente em vez de moralmente se elevarem? O que é que os leva a isso? Não têm todos eles o livre-arbítrio e assim a capacidade de sempre escolherem fazer o melhor e nunca o pior?!

Não sei se você vai conseguir obter uma resposta espiritualizada como deseja, pois somos seres materiais.
Mas você está correto em afirma que a inversão de valores corre contra a teoria evolutiva da doutrina. É muito raro ouvir alguém colocando as idéias da DE como teorias, geralmente elas afirmam como verossímil. Por esse ponto de vista, acredito que você mesmo tenha respondido a sua pergunta. Pois se tratando de ser teoria, precisam de algo sólido para sair da teoria para uma realidade paupável. Sendo assim seus amigos e vizinhos deixaram a teoria para vivenciar a realidade.
Ou vocẽ acha que com o acervo virtual de informações que temos hoje as pessoas vão acreditar em chupa-cabras?

André Goes,

Mas, nem nem nesses milhares de lições de espíritos amigos, nem na DE, encontro respostas para essa pergunta, q é uma pergunta q muitos fazem: porq temos tantos defeitos morais e tantas imperfeições se, tendo o livre-arbítrio, podemos sempre  escolher agir com correção, com amor?"

Depende muito de como você entende a imperfeição e o amor.
Se o parâmetro de medida for a imperfeição e o amor religioso que é pregado em todo canto do Brasil, nunca conseguirá obter sua resposta. 

André Goes,

Amigo, partamos do entendimento de perfeição e amor, do modo como a DE os considera e ensina, afirmando q os espíritos não são criados "perfeitos" e vêm para a vida, esta escola do bem e do mal, de aperfeiçoamento de espíritos, "perfectíveis", e "amor" é aquilo cuja ausência é a causa de males aos demais e de penalidades previstas na lei de causa e efeito q, segundo a doutrina, podem se estender por várias encanações e por milhões de anos.

Luis,
Segundo o que você diz: partamos do entendimento de perfeição e amor, do modo como a DE os considera e ensina, afirmando q os espíritos não são criados "perfeitos" e vêm para a vida, esta escola do bem e do mal.

R = Se não são perfeitos, qual caminho os levariam a adquirirem experiência?

Segundo o que você diz: e "amor" é aquilo cuja ausência é a causa de males aos demais e de penalidades previstas na lei de causa e efeito q,

R = Sendo os espíritos imperfeitos por falta desse amor. Qual caminho os levariam a adquirirem esse amor?



Segundo o que você diz: segundo a doutrina, podem se estender por várias encanações e por milhões de anos.

R = As reencarnações são apenas teorias. Não há provas alguma de que isso realmente ocorre. Não existe evidências justificáveis.




luis conforti junior disse:

André Goes,

Amigo, partamos do entendimento de perfeição e amor, do modo como a DE os considera e ensina, afirmando q os espíritos não são criados "perfeitos" e vêm para a vida, esta escola do bem e do mal, de aperfeiçoamento de espíritos, "perfectíveis", e "amor" é aquilo cuja ausência é a causa de males aos demais e de penalidades previstas na lei de causa e efeito q, segundo a doutrina, podem se estender por várias encanações e por milhões de anos.


Amigo André, vc pergunta : = Se os espíritos não são perfeitos, qual caminho os levariam a adquirirem experiência?

- lhe respondo:  com certeza, se Deus é amor, justiça e sabedoria, não pode ser um caminho repleto de sofrimentos, como é vida de absolutamente todas as criaturas de Deus, humanas e não-humanas, pois isso estaria negando completamente aqueles atributos aos quais me referi, amor, justiça e sabedoria.

E vc tb pergunta: = Sendo os espíritos imperfeitos por falta desse amor. Qual caminho os levariam a adquirirem esse amor?

- Respondo: a resposta aqui é idêntica à anterior: com certeza, se Deus é amor, justiça e sabedoria, não pode ser um caminho repleto de sofrimentos, como é vida de absolutamente todas as criaturas de Deus, humanas e não-humanas, pois isso estaria negando aqueles atributos aos quais me referi (amor, justiça e sabedoria).

- Qto à sua argumentação de que "reencarnações são, ou podem ser apenas teorias. Não há provas alguma de que isso realmente ocorre. Não existe evidências justificáveis."

Comento: Segundo vc diz as encarnações são ou podem ser apenas teorias; se é assim, porq é que a DE fala tanto em encarnações sucessivas como necessárias ao aperfeiçoamento dos espíritos? Que numa só  encarnação é impossível q o espírito se torne perfeito?

E agora lhe faço outra pergunta: porq, ou qual a causa de os espíritos terem de se aperfeiçoar? Se não foram criados perfeitos, porq têm todos de sofrer miseravelmente para se tornarem perfeitos?

.

P = porq é que a DE fala tanto em encarnações sucessivas como necessárias ao aperfeiçoamento dos espíritos?

R = Como disse acima, é uma teoria. Nem todas as correntes espiritualistas defendem essa teoria(dogmática). A internet lhe proposciona essas informações basta ter interesse e procurar. Essa teoria não é aceita em outros países desde a época de kardec, mas ganhou terreno aqui no país. Por outro lado a própria DE diz que o espírito evolue estando na carne ou não.

P = Que numa só encarnação é impossível q o espírito se torne perfeito?

R = Para quem acredita nisso, sim. E isso é questão de fé(crença) e não de razão. Nem todos os espíritas acreditam em reencarnação e nem são obrigado a aceitar a teoria sem provas verídicas.

P = porq, ou qual a causa de os espíritos terem de se aperfeiçoar?

R = só precisamos olhar a nossa volta para poder obter a resposta. Para muitos, sempre há o que se melhorar, seja no material ou intelectual. E isso condiz com as ordens naturais das coisas que regem esse planeta. No caso do Homem, é a própria necessidade do ser.

P = Se não foram criados perfeitos, porq têm todos de sofrer miseravelmente para se tornarem perfeitos?

R = Esse dogma de que é preciso sofrer para ser salvo ou se aperfeiçoar tem raízes no Cristianismo Romano.
Devemos compreender que na época de Kardec o igrejismo estava estabelecido a 18 séculos. A linha de pensamento do inferno, purgatório e paraíso estavam impregnadas nas mentes das pessoas. A idéia de que Jesus sofreu para salvar a humanidade permeava e permeia até os dias de hoje, principalmente em nosso país que foi colonizado com essa política Romana. Mas se Jesus sofreu então de acordo com a DE ele não era da classe dos espíritos puro. 

Classificação dos espíritos puro segundo a DE:  Nenhuma influência da matéria. Superioridade intelectual e moral absoluta, com relação aos Espíritos das outras ordens.

A idéia de que o sofrimento é o único obstáculo para progredir, também, não passa de mais uma teoria.
O progresso se dar a partir de variantes e a felicidade também faz parte dele.
Ou seja, todos tem que viver e conviver com as variantes e progredir de acordo com sua própria vontade e necessidade.
o sofrimento nunca foi a peça chave da evolução.


Vou deixar um texto retirado da revista espírita de 1869. Nele você verá como o cristianismo estava impregnado nas pessoas e principalmente no Brasil. E que Desde aquela época os adeptos dos espiritos, devido a forte influência da política do Cristianismo Romano, tentavam mesclar a crença cristã ao espiritismo. Com isso foi editada uma nota crítica ao movimento espirita brasileiro.

## texto

Num dos últimos números da Revista anunciamos o aparecimento de uma nova publicação espírita em língua portuguesa, na Bahia (Brasil), sob o título de L’Écho Spirite d’Outre- Tombe (O Eco de Além-Túmulo, monitor do Espiritismo no Brasil). Mandamos traduzir o primeiro número desse jornal, a fim de que os nossos leitores dele se inteirem com perfeito conhecimento de causa. O Eco de Além-Túmulo aparece seis vezes por ano, em cadernos de 56 páginas in-4 o , sob a direção do Sr. Luiz Olympio Telles de Menezes, ao qual nos apressamos imediatamente a endereçar vivas felicitações, pela iniciativa corajosa de que nos dá prova. Com efeito, é preciso grande coragem de opinião para criar num país refratário como o Brasil um órgão destinado a popularizar os nossos ensinamentos. A clareza e a concisão do estilo, a elevação dos sentimentos ali expressos, são para nós uma garantia do sucesso dessa nova publicação.


A introdução e a análise que o Sr. Luiz Olympio faz, do modo pelo qual os Espíritos nos revelaram a sua existência, pareceram-nos bastante satisfatórias. Outras passagens, referindo-se mais especialmente à questão religiosa, dão-nos ocasião para algumas reflexões críticas.


Para nós, o Espiritismo não deve tender para nenhuma forma religiosa determinada. Ele é e deve continuar como uma filosofia tolerante e progressiva, abrindo seus braços a todos os deserdados, seja qual for a nacionalidade e a convicção a que pertençam. Não ignoramos que o caráter e a crença daqueles a quem se dirige o Eco de Além-Túmulo devem levar o Sr. Luiz Olympio a manejar certas susceptibilidades. Mas acreditamos, por experiência, que a melhor maneira de conciliar todos os interesses consiste em evitar tratar de questões que a cada um cabe resolver, e empenhar-se em popularizar os grandes ensinamentos que encontram eco simpático em todos os corações chamados ao batismo da regeneração e ao progresso infinito.





luis conforti junior disse:


Amigo André, vc pergunta : = Se os espíritos não são perfeitos, qual caminho os levariam a adquirirem experiência?

- lhe respondo:  com certeza, se Deus é amor, justiça e sabedoria, não pode ser um caminho repleto de sofrimentos, como é vida de absolutamente todas as criaturas de Deus, humanas e não-humanas, pois isso estaria negando completamente aqueles atributos aos quais me referi, amor, justiça e sabedoria.

E vc tb pergunta: = Sendo os espíritos imperfeitos por falta desse amor. Qual caminho os levariam a adquirirem esse amor?

- Respondo: a resposta aqui é idêntica à anterior: com certeza, se Deus é amor, justiça e sabedoria, não pode ser um caminho repleto de sofrimentos, como é vida de absolutamente todas as criaturas de Deus, humanas e não-humanas, pois isso estaria negando aqueles atributos aos quais me referi (amor, justiça e sabedoria).

- Qto à sua argumentação de que "reencarnações são, ou podem ser apenas teorias. Não há provas alguma de que isso realmente ocorre. Não existe evidências justificáveis."

Comento: Segundo vc diz as encarnações são ou podem ser apenas teorias; se é assim, porq é que a DE fala tanto em encarnações sucessivas como necessárias ao aperfeiçoamento dos espíritos? Que numa só  encarnação é impossível q o espírito se torne perfeito?

E agora lhe faço outra pergunta: porq, ou qual a causa de os espíritos terem de se aperfeiçoar? Se não foram criados perfeitos, porq têm todos de sofrer miseravelmente para se tornarem perfeitos?

.

Amigo André Goes,

Luis: obrigado por sua resposta, mas porq é que a DE fala tanto em encarnações sucessivas como necessárias ao aperfeiçoamento dos espíritos? Toda literatura espírita (doutrinária, filosófica, científica) fala de reencarnações afirmando serem elas uma verdade. No entanto, agora, segundo o amigo, estão todas elas equivocadas pois vc diz que “reencarnação não passa de uma “teoria””. Como entender isso?! A DE então está enganado todos q a estudam?

André: Por outro lado a própria DE diz que o espírito evolui estando na carne ou não.

Luis: se o espírito evolui fora da carne para que vem ao mundo? No plano espiritual tem de ser mais fácil evoluir, pois na carne está ele sujeito (exposto) a numerosos estorvos, como as adversidades do mundo, os atrativos q resultam em apegos difíceis de serem afastados, egoísmos, violências, crimes, guerras, vícios, enfermidades, tragédias, desgraças etc etc!  E como entender que ele evolua sem vir para a carne, se antes de vir para a carne não teria nada a corrigir, pois nada teria feito de errado? E porq tem de evoluir o espírito? Se é por ter sido criado involuído e imperfeito, qual é a justificativa para seus sofrimentos, se é o Pai q os cria assim?

 

André: ... E isso (a reencarnação) é questão de fé (crença) e não de razão. Nem todos os espíritas acreditam em reencarnação... para quem acredita, esse reencarna...

Luis: então reencarnar depende da sorte? Quem acredita q tem de reencarnar, reencarna? Quem não acredita, não reencarna?!

Luis: porq, ou qual a causa de os espíritos terem de se aperfeiçoar?

André: só precisamos olhar a nossa volta para poder obter a resposta.

Luis: sim, basta um olhar a nossa volta; mas porq, ou qual a causa de serem os espíritos tão profundamente imperfeitos, como vemos á nossa volta, se foram criados pelo Pai q é perfeito? Já vêm para a vida imperfeitos? Se não foram criados perfeitos, porq têm todos de sofrer miseravelmente para se tornarem perfeitos? Porque, mesmo o Pai sendo amor, justiça e sabedoria, tem de lhes aplicar terríveis penalidades q, segundo a DE, podem se estender por muitas encarnações e por milhões de anos?

André: Esse dogma de que é preciso sofrer para ser salvo ou se aperfeiçoar tem raízes no Cristianismo Romano.

Luis: e para o espiritismo qual é a explicação/justificativa/finalidade de tão terríveis sofrimentos que atingem tanto humanos, como não humanos, sem qq exceção e q levam milhões de humanos ao suicídio?

Luis: não há dúvidas q o sofrimento não é o único obstáculo para progredir, pois, para meu entendimento, o maior obstáculo nos foi dado pelo próprio Criador, a ignorância, pois é Ele que manda para o mundo absolutamente todas as Suas criaturas extremamente ignorantes acerca de todas as coisas da vida e de além da vida, concorda?  E se, como vc afirma, a ideia de que sofremos para progredir nada mais é do q mais uma teoria, porq é q absolutamente todos, humanos e não-humanos sofrem, e tão desesperadamente q milhões se suicidam devido a não suportarem os sofrimentos q o Pai lhes impõe?

Luis: vc tb diz q todos tem que viver e conviver com as variantes e progredir de acordo com sua própria vontade e necessidade. Assim lhe pergunto: e porq a vontade de uns é favorável a leva-los a progredir, e a vontade de outros não, pois vemos no mundo espíritos mais evoluídos do q outros?

 

 


.

P =  mas porq é que a DE fala tanto em encarnações sucessivas como necessárias ao aperfeiçoamento dos espíritos? Toda literatura espírita (doutrinária, filosófica, científica) fala de reencarnações afirmando serem elas uma verdade. No entanto, agora, segundo o amigo, estão todas elas equivocadas pois vc diz que “reencarnação não passa de uma “teoria””. Como entender isso?! A DE então está enganado todos q a estudam?

R = Luis, o povo lê muito, mas assimila pouco. Os espiritas brasileiros lêem muitas literaturas espíritas brasileiras, que por sua vez está impregnada de cristianismo romano. Essas literaturas nunca passaram pelo teste de veracidade que a própria DE sugere. Tudo foi aceito sem questionamento. A própria doutrina tem como base o questionamento.
Tudo começa com teorias e a veracidade se prova na prática e é possível sim que muitos estão defendendo equivocadamente a teoria da reencarnação.
No livro da Genesis Biblica diz que o Homem foi feito a imagem e semelhança de Deus. Neste mesmo Livro diz que ninguém nunca viu Deus. Na DE nenhum espírito comunicante explica Deus. De onde surgiu essa teoria? R=  do próprio homem tentando encontrar respostas para aquilo que é desconhecido.

P = Luis: se o espírito evolui fora da carne para que vem ao mundo? No plano espiritual tem de ser mais fácil evoluir, pois na carne está ele sujeito (exposto) a numerosos estorvos, como as adversidades do mundo, os atrativos q resultam em apegos difíceis de serem afastados, egoísmos, violências, crimes, guerras, vícios, enfermidades, tragédias, desgraças etc etc! E como entender que ele evolua sem vir para a carne, se antes de vir para a carne não teria nada a corrigir, pois nada teria feito de errado? E porq tem de evoluir o espírito? Se é por ter sido criado involuído e imperfeito, qual é a justificativa para seus sofrimentos, se é o Pai q os cria assim?

R = De acordo com a DE os espíritos estando na carne ou não sente alegria e sofrimento. Se eles vem ao mundo é porque deve fazer parte da sua trajetória, pois estamos de passagem e essa é a verdade que sabemos( aqui, nascemos e morremos).


P = Luis: então reencarnar depende da sorte? Quem acredita q tem de reencarnar, reencarna? Quem não acredita, não reencarna?!

R = Eu não disse isso. Mas você pode ter fé que um cão vai se transformar boi. será que ele vai se transformar em um boi?

P = Luis: sim, basta um olhar a nossa volta; mas porq, ou qual a causa de serem os espíritos tão profundamente imperfeitos, como vemos á nossa volta, se foram criados pelo Pai q é perfeito? Já vêm para a vida imperfeitos? Se não foram criados perfeitos, porq têm todos de sofrer miseravelmente para se tornarem perfeitos? Porque, mesmo o Pai sendo amor, justiça e sabedoria, tem de lhes aplicar terríveis penalidades q, segundo a DE, podem se estender por muitas encarnações e por milhões de anos?

R = A idéia de perfeição é uma ideologia humana. Eu prefiro ver como algo progressivo, pois muda de acordo com o tempo.

P = Luis: e para o espiritismo qual é a explicação/justificativa/finalidade de tão terríveis sofrimentos que atingem tanto humanos, como não humanos, sem qq exceção e q levam milhões de humanos ao suicídio?

R = O espiritismo brasileiro deve ter várias explicações. Mas o que sabemos sobre isso é que a depressão, a inconformidade, o pessimismo levam a tal coisa.

P = Luis: não há dúvidas q o sofrimento não é o único obstáculo para progredir, pois, para meu entendimento, o maior obstáculo nos foi dado pelo próprio Criador, a ignorância, pois é Ele que manda para o mundo absolutamente todas as Suas criaturas extremamente ignorantes acerca de todas as coisas da vida e de além da vida, concorda? E se, como vc afirma, a ideia de que sofremos para progredir nada mais é do q mais uma teoria, porq é q absolutamente todos, humanos e não-humanos sofrem, e tão desesperadamente q milhões se suicidam devido a não suportarem os sofrimentos q o Pai lhes impõe?

R = O sofrimento é uma das variantes do progresso. Tudo na vida é questão de escolhas.  Se você não se suicidou até hoje, foi pq escolheu. Né verdade?

P = Luis: vc tb diz q todos tem que viver e conviver com as variantes e progredir de acordo com sua própria vontade e necessidade. Assim lhe pergunto: e porq a vontade de uns é favorável a leva-los a progredir, e a vontade de outros não, pois vemos no mundo espíritos mais evoluídos do q outros?

R = A resposta está no próprio texto.


 

luis conforti junior disse:

Amigo André Goes,

Luis: obrigado por sua resposta, mas porq é que a DE fala tanto em encarnações sucessivas como necessárias ao aperfeiçoamento dos espíritos? Toda literatura espírita (doutrinária, filosófica, científica) fala de reencarnações afirmando serem elas uma verdade. No entanto, agora, segundo o amigo, estão todas elas equivocadas pois vc diz que “reencarnação não passa de uma “teoria””. Como entender isso?! A DE então está enganado todos q a estudam?

André: Por outro lado a própria DE diz que o espírito evolui estando na carne ou não.

Luis: se o espírito evolui fora da carne para que vem ao mundo? No plano espiritual tem de ser mais fácil evoluir, pois na carne está ele sujeito (exposto) a numerosos estorvos, como as adversidades do mundo, os atrativos q resultam em apegos difíceis de serem afastados, egoísmos, violências, crimes, guerras, vícios, enfermidades, tragédias, desgraças etc etc!  E como entender que ele evolua sem vir para a carne, se antes de vir para a carne não teria nada a corrigir, pois nada teria feito de errado? E porq tem de evoluir o espírito? Se é por ter sido criado involuído e imperfeito, qual é a justificativa para seus sofrimentos, se é o Pai q os cria assim?

 

André: ... E isso (a reencarnação) é questão de fé (crença) e não de razão. Nem todos os espíritas acreditam em reencarnação... para quem acredita, esse reencarna...

Luis: então reencarnar depende da sorte? Quem acredita q tem de reencarnar, reencarna? Quem não acredita, não reencarna?!

Luis: porq, ou qual a causa de os espíritos terem de se aperfeiçoar?

André: só precisamos olhar a nossa volta para poder obter a resposta.

Luis: sim, basta um olhar a nossa volta; mas porq, ou qual a causa de serem os espíritos tão profundamente imperfeitos, como vemos á nossa volta, se foram criados pelo Pai q é perfeito? Já vêm para a vida imperfeitos? Se não foram criados perfeitos, porq têm todos de sofrer miseravelmente para se tornarem perfeitos? Porque, mesmo o Pai sendo amor, justiça e sabedoria, tem de lhes aplicar terríveis penalidades q, segundo a DE, podem se estender por muitas encarnações e por milhões de anos?

André: Esse dogma de que é preciso sofrer para ser salvo ou se aperfeiçoar tem raízes no Cristianismo Romano.

Luis: e para o espiritismo qual é a explicação/justificativa/finalidade de tão terríveis sofrimentos que atingem tanto humanos, como não humanos, sem qq exceção e q levam milhões de humanos ao suicídio?

Luis: não há dúvidas q o sofrimento não é o único obstáculo para progredir, pois, para meu entendimento, o maior obstáculo nos foi dado pelo próprio Criador, a ignorância, pois é Ele que manda para o mundo absolutamente todas as Suas criaturas extremamente ignorantes acerca de todas as coisas da vida e de além da vida, concorda?  E se, como vc afirma, a ideia de que sofremos para progredir nada mais é do q mais uma teoria, porq é q absolutamente todos, humanos e não-humanos sofrem, e tão desesperadamente q milhões se suicidam devido a não suportarem os sofrimentos q o Pai lhes impõe?

Luis: vc tb diz q todos tem que viver e conviver com as variantes e progredir de acordo com sua própria vontade e necessidade. Assim lhe pergunto: e porq a vontade de uns é favorável a leva-los a progredir, e a vontade de outros não, pois vemos no mundo espíritos mais evoluídos do q outros?

 

 


.

André Goes: complementando a resposta acima: porq a vontade uns é favorável a levá-los a progredir e a vontade de outros não se, segundo a codificação, somos todos criados perfeitamente iguais?

(Amigo, não compreendo tb essa afirmação da codificação q diz que todos somos criados perfeitamente iguais, qto às faculdades objetivas e subjetivas e aos requisitos necessários à evolução, se vemos gigantescas desigualdades entre os humanos e entre não-humanos e humanos?!!!").

Luis, é preciso, também pensar fora da caixa.
Quando estamos num grupo, formamos nossa linha de pensamento de acordo com o ele. Todo grupo adquiri algo ideologico e eles são necessários, mas é preciso saber a hora em que essa idelogia não mais satisfaz as indagações.

Quando a DE diz que todos são criados iguais, pensemos que todos tem aptidão para evoluir de acordo com o que é e o que têm.


O homem jesus (jesus humano e não o divino) diz isso em algumas de suas passagens.
Vejamos abaixo:

Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens.
E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.
E, tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos.
Da mesma sorte, o que recebera dois, granjeou também outros dois.
Mas o que recebera um, foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor.
E muito tempo depois veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles.
Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles.
E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos.
Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
Mas, chegando também o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste;
E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.
Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?
Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros.
Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos.
Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado.
Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.

Mateus 25:14-30

Se analisarmos essa passagem, todos tinham aptidão para desempenhar suas tarefas independente de ter ganhado mais ou menos. O importante é saber utilizar o que você tem a seu favor. Quando você se invalida é uma escolha sua. 
E isso é questão de vontade.  Por isso que uns se desenvolvem mais que outros.

Tenta pensar fora da caixa.


luis conforti junior disse:

André Goes: complementando a resposta acima: porq a vontade uns é favorável a levá-los a progredir e a vontade de outros não se, segundo a codificação, somos todos criados perfeitamente iguais?

(Amigo, não compreendo tb essa afirmação da codificação q diz que todos somos criados perfeitamente iguais, qto às faculdades objetivas e subjetivas e aos requisitos necessários à evolução, se vemos gigantescas desigualdades entre os humanos e entre não-humanos e humanos?!!!").

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/gFyZB4aToY
Twitter17 minutos atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/2DA70gCrxC
Twitter46 minutos atrás · Responder · Retweet
ARI DE SOUSA LIMA curtiu a postagem no blog Sessões para os "curandeirismos" ilusórios (Jorge Hessen) de os pae
53 minutos atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Visitas Espirituais entre Vivos – Antonio Carlos Navarro": https://t.co/uggDhIBk9n
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
1 hora atrás
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/iMtBgxYhTE e Vontade - Carlinhos Rodrigues / 5ª Semana Espírita
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Sessões para os "curandeirismos" ilusórios (Jorge Hessen) de os pae
3 horas atrás
Codificador do Paracleto comentou a postagem no blog Sessões para os "curandeirismos" ilusórios (Jorge Hessen) de os pae
7 horas atrás
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Sessões para os "curandeirismos" ilusórios (Jorge Hessen) de os pae
7 horas atrás
os pae comentou a postagem no blog Sessões para os "curandeirismos" ilusórios (Jorge Hessen) de os pae
7 horas atrás
Maria Fernanda Franco A.Pessanha curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Sessões para os "curandeirismos" ilusórios (Jorge Hessen) de os pae
10 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/h9ybjWUv7P
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/hZ5fJYqS5M
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/KZDObpBfjB
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Gislene Divina Rabelo Rosa curtiu a postagem no blog Chico, é verdade que a homeopatia age no perispírito (corpo espiritual)? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
11 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço