REDE AMIGO ESPÍRITA

Divulgando, Instruindo e Unificando!!!

Artigo interessante

Cientistas comprovam a reencarnação humana
Desde que o mundo é mundo discutimos e tentamos descobrir o que existe além da morte.
Desta vez a ciência quântica explica e comprova que existe sim vida (não física) após a morte de qualquer ser humano.
Um livro intitulado “O biocentrismo: Como a vida e a consciência são as chaves para entender a natureza do Universo” “causou” na Internet, porque continha uma noção de que a vida não acaba quando o corpo morre e que pode durar para sempre. O autor desta publicação o cientista Dr. Robert Lanza, eleito o terceiro mais importante cientista vivo pelo NY Times, não tem dúvidas de que isso é possível.
Além do tempo e do espaço
Lanza é um especialista em medicina regenerativa e diretor científico da Advanced Cell Technology Company. No passado ficou conhecido por sua extensa pesquisa com células-tronco e também por várias experiências bem sucedidas sobre clonagem de espécies animais ameaçadas de extinção.
Mas não há muito tempo, o cientista se envolveu com física, mecânica quântica e astrofísica. Esta mistura explosiva deu à luz a nova teoria do biocentrismo que vem pregando desde então. O biocentrismo ensina que a vida e a consciência são fundamentais para o universo.
É a consciência que cria o universo material e não o contrário.
Lanza aponta para a estrutura do próprio universo e diz que as leis, forças e constantes variações do universo parecem ser afinadas para a vida, ou seja, a inteligência que existia antes importa muito. Ele também afirma que o espaço e o tempo não são objetos ou coisas mas sim ferramentas de nosso entendimento animal. Lanza diz que carregamos o espaço e o tempo em torno de nós “como tartarugas”, o que significa que quando a casca sai, espaço e tempo ainda existem.
ciencia-quantica-comprova-reencarnacao
A teoria sugere que a morte da consciência simplesmente não existe. Ele só existe como um pensamento porque as pessoas se identificam com o seu corpo. Eles acreditam que o corpo vai morrer mais cedo ou mais tarde, pensando que a sua consciência vai desaparecer também. Se o corpo gera a consciência então a consciência morre quando o corpo morre. Mas se o corpo recebe a consciência da mesma forma que uma caixa de tv a cabo recebe sinais de satélite então é claro que a consciência não termina com a morte do veículo físico. Na verdade a consciência existe fora das restrições de tempo e espaço. Ele é capaz de estar em qualquer lugar: no corpo humano e no exterior de si mesma. Em outras palavras é não-local, no mesmo sentido que os objetos quânticos são não-local.
Lanza também acredita que múltiplos universos podem existir simultaneamente. Em um universo o corpo pode estar morto e em outro continua a existir, absorvendo consciência que migraram para este universo. Isto significa que uma pessoa morta enquanto viaja através do mesmo túnel acaba não no inferno ou no céu, mas em um mundo semelhante a ele ou ela que foi habitado, mas desta vez vivo. E assim por diante, infinitamente, quase como um efeito cósmico vida após a morte.
Vários mundos
Não são apenas meros mortais que querem viver para sempre mas também alguns cientistas de renome têm a mesma opinião de Lanza. São os físicos e astrofísicos que tendem a concordar com a existência de mundos paralelos e que sugerem a possibilidade de múltiplos universos. Multiverso (multi-universo) é o conceito científico da teoria que eles defendem. Eles acreditam que não existem leis físicas que proibiriam a existência de mundos paralelos.
ciencia-quantica-comprova-reencarnacao-2
O primeiro a falar sobre isto foi o escritor de ficção científica HG Wells em 1895 com o livro“The Door in the Wall“. Após 62 anos essa ideia foi desenvolvida pelo Dr. Hugh Everett em sua tese de pós-graduação na Universidade de Princeton. Basicamente postula que, em determinado momento o universo se divide em inúmeros casos semelhantes e no momento seguinte, esses universos “recém-nascidos” dividem-se de forma semelhante. Então em alguns desses mundos que podemos estar presentes, lendo este artigo em um universo e assistir TV em outro.
Na década de 1980 Andrei Linde cientista do Instituto de Física da Lebedev, desenvolveu a teoria de múltiplos universos. Agora como professor da Universidade de Stanford, Linde explicou: o espaço consiste em muitas esferas de insuflar que dão origem a esferas semelhantes, e aqueles, por sua vez, produzem esferas em números ainda maiores e assim por diante até o infinito. No universo eles são separados. Eles não estão cientes da existência do outro mas eles representam partes de um mesmo universo físico.
A física Laura Mersini Houghton da Universidade da Carolina do Norte com seus colegas argumentam: as anomalias do fundo do cosmos existe devido ao fato de que o nosso universo é influenciado por outros universos existentes nas proximidades e que buracos e falhas são um resultado direto de ataques contra nós por universos vizinhos.
Alma
Assim, há abundância de lugares ou outros universos onde a nossa alma poderia migrar após a morte, de acordo com a teoria de neo biocentrismo.
Mas será que a alma existe? Existe alguma teoria científica da consciência que poderia acomodar tal afirmação? Segundo o Dr. Stuart Hameroff uma experiência de quase morte acontece quando a informação quântica que habita o sistema nervoso deixa o corpo e se dissipa no universo. Ao contrário do que defendem os materialistas Dr. Hameroff oferece uma explicação alternativa da consciência que pode, talvez, apelar para a mente científica racional e intuições pessoais.
A consciência reside, de acordo com Stuart e o físico britânico Sir Roger Penrose, nos microtúbulos das células cerebrais que são os sítios primários de processamento quântico. Após a morte esta informação é liberada de seu corpo, o que significa que a sua consciência vai com ele. Eles argumentaram que a nossa experiência da consciência é o resultado de efeitos da gravidade quântica nesses microtúbulos, uma teoria que eles batizaram Redução Objetiva Orquestrada.
Consciência ou pelo menos proto consciência é teorizada por eles para ser uma propriedade fundamental do universo, presente até mesmo no primeiro momento do universo durante o Big Bang. “Em uma dessas experiências conscientes comprova-se que o proto esquema é uma propriedade básica da realidade física acessível a um processo quântico associado com atividade cerebral.”
Nossas almas estão de fato construídas a partir da própria estrutura do universo e pode ter existido desde o início dos tempos. Nossos cérebros são apenas receptores e amplificadores para a proto-consciência que é intrínseca ao tecido do espaço-tempo. Então, há realmente uma parte de sua consciência que é não material e vai viver após a morte de seu corpo físico.
ciencia-quantica-comprova-reencarnacao-3
Dr. Hameroff disse ao Canal Science através do documentário Wormhole: “Vamos dizer que o coração pare de bater, o sangue pare de fluir e os microtúbulos percam seu estado quântico. A informação quântica dentro dos microtúbulos não é destruída, não pode ser destruída, ele só distribui e se dissipa com o universo como um todo.” Robert Lanza acrescenta aqui que não só existem em um único universo, ela existe talvez, em outro universo.
Se o paciente é ressuscitado, esta informação quântica pode voltar para os microtúbulos e o paciente diz: “Eu tive uma experiência de quase morte”.
Ele acrescenta: “Se ele não reviveu e o paciente morre é possível que esta informação quântica possa existir fora do corpo talvez indefinidamente, como uma alma.”
Esta conta de consciência quântica explica coisas como experiências de quase morte, projeção astral, experiências fora do corpo e até mesmo a reencarnação sem a necessidade de recorrer a ideologia religiosa. A energia de sua consciência potencialmente é reciclada de volta em um corpo diferente em algum momento e nesse meio tempo ela existe fora do corpo físico em algum outro nível de realidade e possivelmente, em outro universo.
E você o que acha? Concorda com Lanza?
Grande abraço!
Indicação: Pedro Lopes Martins
Artigo publicado originalmente em inglês no site SPIRIT SCIENCE AND METAPHYSICS.

Exibições: 1118

Responder esta

Respostas a este tópico

      Amigo, penso q a coisa não está bem clara. Como vc mesmo colocou, o cientista ou autor citado apenas disse: "Se ele não reviveu e o paciente morre, é possível que esta informação quântica possa existir fora do corpo talvez indefinidamente, como uma alma". Veja, apenas é "possível", nada mais.

      Assim, é absurdo se falar q a ciência comprova ou concorda com coisas "até mesmo com a reencarnação"! A quântica, não a ciência, mas a filosofia dessa nova ciência, afirma que a encarnação acontece, talvez "zilhões" de vezes" a cada instante, mas é apenas a encarnação da consciência q os cientistas chamam de Consciência Una, Universal, não localizada num cérebro; não a consciência de um "eu individual", pois o "eu individual" não sobrevive à morte do corpo material.  
 

Ref msg inicial deste tópico, de Carlos Alberto Freire de Souza,

      Amigo, penso q a coisa não está bem clara. Como vc mesmo colocou, o cientista ou autor citado apenas disse: "Se ele não reviveu e o paciente morre, é possível que esta informação quântica possa existir fora do corpo talvez indefinidamente, como uma alma". Veja, apenas é "possível", nada mais.

      Assim, é absurdo se falar q a ciência comprova ou concorda com coisas "até mesmo com a reencarnação"! A quântica, não a ciência, mas a filosofia dessa nova ciência, afirma que a encarnação acontece, talvez "zilhões" de vezes" a cada instante, mas é apenas a encarnação da consciência q os cientistas chamam de Consciência Una, Universal, não localizada num cérebro; não a consciência de um "eu individual", pois o "eu individual" não sobrevive à morte do corpo material.  
 

Há uma certa linha filosófica que vê na física quântica a possibilidade de sobrevida da consciência ao corpo. Mas não há nem de perto qualquer comprovação cientifica.

Agora não seria mais simples que esta provas viessem dos canais mediúnicos? Como a comunicação com os mortos supostamente realizada por médiuns ainda não nos deu prova definitiva? Os cientistas simplesmente investigam fenômenos naturais.

Existem milhares de provas sobre a reencarnação.

Estudos sérios já foram realizados, porém isso ainda não foi disseminado no meio científico.

A ciência não é uma organização que aprova ou desaprova essa ou aquela teoria ou estudo.

Tempo virá em que a sobrevivência da individualidade depois da morte do corpo, bem como a comunicação dessa individualidade com o mundo material e posteriormente seu retorno através da reencarnação, serão tidos como realidade incontestável, assim como outras revelações tidas como errôneas, hoje não são mais colocadas em dúvida, como a rotação da terra em torno do sol.

As provas estão aí, qualquer um pode analisar os documentos e submeter as conclusões desses trabalhos sobre outras condições, mas que invariavelmente chegarão no máximo aos mesmos resultados, nunca porém desmenti-los.

Contra fatos não ha argumentos.

Qualquer um que se dedique a estudar seriamente os fenômenos mediúnicos chegará a mesma conclusão do tema inicial do Livros dos Médiuns, que é: Há espíritos.

Procurem um saber o que revela o experimento Scole.

- Hilton escreveu: "Existem milhares de provas sobre a reencarnação.
Estudos sérios já foram realizados, porém isso ainda não foi disseminado no meio científico."

Poderia partilhar conosco os estudos sérios e algumas de provas? Devem haver artigos sobre o tema, correto?

Conheço os trabalhos de Ian Stevenson, Jim Tucker, Bruce Greyson entre outros. E embora tragam esperança não estão nem perto de fornecer certeza cientifica.

Há também alguns fatos interessantes levantados pelas pesquisas de sam parnia e outros relativas a EQM mas novamente nenhuma delas leva a qualquer certeza.

Interessante esse Experimento Scole.

Pelo menos não há prova de fraude. Mas é notório que os controles científicos foram muito abrandados, que os próprios "paranormais" eram responsáveis pela preparação do ambiente e pelos controles contra fraude. E principalmente que os efeitos não foram replicados fora deste ambiente. Desta forma quase ninguém no meio cientifico considera o experimento como prova.

http://skepticsboot.blogspot.com.br/2014/07/control-issues-why-scol...

Avaliemos:

Se um ateu se registrasse num site com o nome "Rede AMIGO Espírita" e viesse debater suas ideias contrárias ao espiritismo, seria no mínimo desagradável.

Minha intenção aqui é entrarmos em um debate caridoso e construtivo. Mas quando as respostas tendem a discussão e a discórdia, prefiro me afastar.


Mesmo aqueles que presenciaram os feitos milagrosos de Jesus, não ficaram satisfeitos. Quantas pessoas que temos contato dizem que não acreditariam nos espíritos mesmo que os vissem e tocassem?

Como aparentemente tens ideias muito diversas da doutrina espírita, prefiro não contribuir com o debate.

"Porque eu nào vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento."
Mateus 9:13-13

Não são as pessoas com a fé abalada as que mais precisam de ajuda? Não seria para essas pessoas, desde que com coração aberto, que se deveria dedicar mais tempo? Não seria falta de generosidade alguém que já tem certeza negar o mesmo conhecimento ao que ignora?

Não devia temer uma discussão fraterna e que objetiva o esclarecimento mútuo. Pois dela a fé verdadeira só pode sair mais forte. Reitero que a doutrina espírita é filosófica e cientifica e não dogmática. Que verdade seria essa se não suportasse o questionamento?

Sobre mim eu não sou Ateu, sou apenas uma pessoa com muitas dúvidas que procura ajuda e respostas.

Amor e paz

Mesmo que a ciência não comprove a reencarnação, nos moldes que ela entende, não anula a possibilidade de sua existência, de maneira que de duas uma: Ou a reencarnação existe ou não existe. Se não existe, viver carece de sentido e melhor seria não ter nascido. Se existe, qual o objetivo final? Com a certeza a evolução do "eu", o despertar da consciência.

Hilton Cesar 28 minutos atrás

      Hilton: Avaliemos: Se um ateu se registrasse num site com o nome "Rede AMIGO Espírita" e viesse debater suas ideias contrárias ao espiritismo, seria no mínimo desagradável. Minha intenção aqui é entrarmos em um debate caridoso e construtivo. Mas quando as respostas tendem a discussão e a discórdia, prefiro me afastar.

      Luis: meu jovem, entrando nessa sua argumentação com o Daniel, pergunto: afinal o que procuramos, porq estamos estudando? Estamos procurando o caminho que nos leve ao aperfeiçoamento possível ao espírito, não é isso? Terá esse caminho exatamente um endereço? Estará esse caminho lá naquela curva da estrada, ou naquela outra? Porq então considerar desagradável que alguém, não espírita, participasse dessa busca? Não entendi. Lembre-se de que a própria doutrina sabiamente (e democraticamente) recomenda que estudemos “outras” doutrinas e até mesmo que se encontrarmos uma outra que mais se harmonize com nosso íntimo, com nossa compreensão, que elejamos essa outra, se for o caso.

      Hilton: Mesmo aqueles que presenciaram os feitos milagrosos de Jesus, não ficaram satisfeitos. Quantas pessoas que temos contato dizem que não acreditariam nos espíritos mesmo que os vissem e tocassem?

      Luis: exatamente; e aqui vc me dá oportunidade de trazer uma questão já feita, mas nunca respondida: qual é a causa dos sofrimentos do mundo? Porq os homens têm de sofrer por não agirem de acordo com aquilo em que não acreditam, nas palavras daqueles amigos que tentam nos ajudar a entender? Onde estará a culpa ou responsabilidade por não cumprirem as lei divinas, leis em que não creem? Por não cumprirem a vontade de Deus, se não creem nem mesmo em Deus?

Caro Luis, obrigado pelas palavras.

Gostaria de compartilhar uma impressão seria a maior alegria para qualquer Ateu descobrir a existência de Deus. 

«Um dos fariseus convidou-o para jantar com ele. Jesus, entrando na casa do fariseu, tomou lugar à mesa. Havia na cidade uma mulher que era pecadora; ela, sabendo que ele estava jantando na casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro com perfume e,pondo-se-lhe aos pés, chorando, começou a regá-los com lágrimas, e os enxugava com os cabelos da sua cabeça, e beijava-lhe os pés e ungia-os com o perfume. Ao ver isto, o fariseu que o convidara, dizia consigo: Se este homem fosse profeta, saberia quem é a que o toca e que sorte de mulher é, pois é uma pecadora. Disse Jesus ao fariseu: Simão, tenho uma coisa para te dizer. Ele respondeu: Dize-a, Mestre. Certo credor tinha dois devedores: um lhe devia quinhentos denários, e o outro cinqüenta. Não tendo nenhum dos dois com que pagar, perdoou a dívida a ambos. Qual deles, portanto, o amará mais? Respondeu Simão: Suponho que aquele a quem mais perdoou. Replicou-lhe: Julgaste bem. Virando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta mos regou com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Não me deste ósculo; ela, porém, desde que entrei, não cessou de beijar-me os pés. Não ungiste a minha cabeça com óleo, mas esta com perfume ungiu os meus pés. Por isso te digo: Perdoados lhe são os seus pecados, que são muitos, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama. Disse à mulher: Perdoados são os teus pecados. Os que estavam com ele à mesa, começaram a dizer consigo mesmos: Quem é este que até perdoa pecados? Mas Jesus disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.» (Lucas 7:36-50)

Responder à discussão

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Jose Lucio Barbosa Rodrigues respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
32 minutos atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/V1FJI5iMwY
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estamos ao vivo, venha participar conosco!!! via Restream.io
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Antonio Francisco e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
8 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/u5e7UUdHxL
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/8gE4ewU3RB
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilValéria Maia, Regina, Vera Kalil e mais 5 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
13 horas atrás
Aparecida Braz curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
14 horas atrás
ARI DE SOUSA LIMA curtiu a postagem no blog O espírita deve abrigar e conviver com todos os grupos sociais (Jorge Hessen) de Casa de Jaco - Lar do idoso
14 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
14 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão Livre arbítrio de Sergio Ruiz
15 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/NgfSgxuNFX
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estamos ao vivo, venha participar conosco!!! Multistreaming with https://t.co/W3cDGMksrg
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estamos ao vivo, venha participar conosco!!!
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estamos ao vivo, venha participar conosco!!! via @restreamio
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Mario Augusto Serrano e Luciano agora são amigos
15 horas atrás
Antonio Carlos Navarro curtiram a discussão Apliquei a ideia de Kardec. A priori, parecer ter dado certo. de Wellington Balbo
15 horas atrás
maria de jesus da silva curtiu a postagem no blog SUICIDAS - MORREM... MAS... NÃO DESENCARNAM... de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
16 horas atrás
♥ Cláudia Helena ♥ entrou no grupo de Amigo Espírita
16 horas atrás
Ícone do perfil♥ Cláudia Helena ♥ e Helena entraram no grupo de Amigo Espírita
16 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2017   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço