Artigo interessante

Cientistas comprovam a reencarnação humana
Desde que o mundo é mundo discutimos e tentamos descobrir o que existe além da morte.
Desta vez a ciência quântica explica e comprova que existe sim vida (não física) após a morte de qualquer ser humano.
Um livro intitulado “O biocentrismo: Como a vida e a consciência são as chaves para entender a natureza do Universo” “causou” na Internet, porque continha uma noção de que a vida não acaba quando o corpo morre e que pode durar para sempre. O autor desta publicação o cientista Dr. Robert Lanza, eleito o terceiro mais importante cientista vivo pelo NY Times, não tem dúvidas de que isso é possível.
Além do tempo e do espaço
Lanza é um especialista em medicina regenerativa e diretor científico da Advanced Cell Technology Company. No passado ficou conhecido por sua extensa pesquisa com células-tronco e também por várias experiências bem sucedidas sobre clonagem de espécies animais ameaçadas de extinção.
Mas não há muito tempo, o cientista se envolveu com física, mecânica quântica e astrofísica. Esta mistura explosiva deu à luz a nova teoria do biocentrismo que vem pregando desde então. O biocentrismo ensina que a vida e a consciência são fundamentais para o universo.
É a consciência que cria o universo material e não o contrário.
Lanza aponta para a estrutura do próprio universo e diz que as leis, forças e constantes variações do universo parecem ser afinadas para a vida, ou seja, a inteligência que existia antes importa muito. Ele também afirma que o espaço e o tempo não são objetos ou coisas mas sim ferramentas de nosso entendimento animal. Lanza diz que carregamos o espaço e o tempo em torno de nós “como tartarugas”, o que significa que quando a casca sai, espaço e tempo ainda existem.
ciencia-quantica-comprova-reencarnacao
A teoria sugere que a morte da consciência simplesmente não existe. Ele só existe como um pensamento porque as pessoas se identificam com o seu corpo. Eles acreditam que o corpo vai morrer mais cedo ou mais tarde, pensando que a sua consciência vai desaparecer também. Se o corpo gera a consciência então a consciência morre quando o corpo morre. Mas se o corpo recebe a consciência da mesma forma que uma caixa de tv a cabo recebe sinais de satélite então é claro que a consciência não termina com a morte do veículo físico. Na verdade a consciência existe fora das restrições de tempo e espaço. Ele é capaz de estar em qualquer lugar: no corpo humano e no exterior de si mesma. Em outras palavras é não-local, no mesmo sentido que os objetos quânticos são não-local.
Lanza também acredita que múltiplos universos podem existir simultaneamente. Em um universo o corpo pode estar morto e em outro continua a existir, absorvendo consciência que migraram para este universo. Isto significa que uma pessoa morta enquanto viaja através do mesmo túnel acaba não no inferno ou no céu, mas em um mundo semelhante a ele ou ela que foi habitado, mas desta vez vivo. E assim por diante, infinitamente, quase como um efeito cósmico vida após a morte.
Vários mundos
Não são apenas meros mortais que querem viver para sempre mas também alguns cientistas de renome têm a mesma opinião de Lanza. São os físicos e astrofísicos que tendem a concordar com a existência de mundos paralelos e que sugerem a possibilidade de múltiplos universos. Multiverso (multi-universo) é o conceito científico da teoria que eles defendem. Eles acreditam que não existem leis físicas que proibiriam a existência de mundos paralelos.
ciencia-quantica-comprova-reencarnacao-2
O primeiro a falar sobre isto foi o escritor de ficção científica HG Wells em 1895 com o livro“The Door in the Wall“. Após 62 anos essa ideia foi desenvolvida pelo Dr. Hugh Everett em sua tese de pós-graduação na Universidade de Princeton. Basicamente postula que, em determinado momento o universo se divide em inúmeros casos semelhantes e no momento seguinte, esses universos “recém-nascidos” dividem-se de forma semelhante. Então em alguns desses mundos que podemos estar presentes, lendo este artigo em um universo e assistir TV em outro.
Na década de 1980 Andrei Linde cientista do Instituto de Física da Lebedev, desenvolveu a teoria de múltiplos universos. Agora como professor da Universidade de Stanford, Linde explicou: o espaço consiste em muitas esferas de insuflar que dão origem a esferas semelhantes, e aqueles, por sua vez, produzem esferas em números ainda maiores e assim por diante até o infinito. No universo eles são separados. Eles não estão cientes da existência do outro mas eles representam partes de um mesmo universo físico.
A física Laura Mersini Houghton da Universidade da Carolina do Norte com seus colegas argumentam: as anomalias do fundo do cosmos existe devido ao fato de que o nosso universo é influenciado por outros universos existentes nas proximidades e que buracos e falhas são um resultado direto de ataques contra nós por universos vizinhos.
Alma
Assim, há abundância de lugares ou outros universos onde a nossa alma poderia migrar após a morte, de acordo com a teoria de neo biocentrismo.
Mas será que a alma existe? Existe alguma teoria científica da consciência que poderia acomodar tal afirmação? Segundo o Dr. Stuart Hameroff uma experiência de quase morte acontece quando a informação quântica que habita o sistema nervoso deixa o corpo e se dissipa no universo. Ao contrário do que defendem os materialistas Dr. Hameroff oferece uma explicação alternativa da consciência que pode, talvez, apelar para a mente científica racional e intuições pessoais.
A consciência reside, de acordo com Stuart e o físico britânico Sir Roger Penrose, nos microtúbulos das células cerebrais que são os sítios primários de processamento quântico. Após a morte esta informação é liberada de seu corpo, o que significa que a sua consciência vai com ele. Eles argumentaram que a nossa experiência da consciência é o resultado de efeitos da gravidade quântica nesses microtúbulos, uma teoria que eles batizaram Redução Objetiva Orquestrada.
Consciência ou pelo menos proto consciência é teorizada por eles para ser uma propriedade fundamental do universo, presente até mesmo no primeiro momento do universo durante o Big Bang. “Em uma dessas experiências conscientes comprova-se que o proto esquema é uma propriedade básica da realidade física acessível a um processo quântico associado com atividade cerebral.”
Nossas almas estão de fato construídas a partir da própria estrutura do universo e pode ter existido desde o início dos tempos. Nossos cérebros são apenas receptores e amplificadores para a proto-consciência que é intrínseca ao tecido do espaço-tempo. Então, há realmente uma parte de sua consciência que é não material e vai viver após a morte de seu corpo físico.
ciencia-quantica-comprova-reencarnacao-3
Dr. Hameroff disse ao Canal Science através do documentário Wormhole: “Vamos dizer que o coração pare de bater, o sangue pare de fluir e os microtúbulos percam seu estado quântico. A informação quântica dentro dos microtúbulos não é destruída, não pode ser destruída, ele só distribui e se dissipa com o universo como um todo.” Robert Lanza acrescenta aqui que não só existem em um único universo, ela existe talvez, em outro universo.
Se o paciente é ressuscitado, esta informação quântica pode voltar para os microtúbulos e o paciente diz: “Eu tive uma experiência de quase morte”.
Ele acrescenta: “Se ele não reviveu e o paciente morre é possível que esta informação quântica possa existir fora do corpo talvez indefinidamente, como uma alma.”
Esta conta de consciência quântica explica coisas como experiências de quase morte, projeção astral, experiências fora do corpo e até mesmo a reencarnação sem a necessidade de recorrer a ideologia religiosa. A energia de sua consciência potencialmente é reciclada de volta em um corpo diferente em algum momento e nesse meio tempo ela existe fora do corpo físico em algum outro nível de realidade e possivelmente, em outro universo.
E você o que acha? Concorda com Lanza?
Grande abraço!
Indicação: Pedro Lopes Martins
Artigo publicado originalmente em inglês no site SPIRIT SCIENCE AND METAPHYSICS.

Exibições: 1660

Responder esta

Respostas a este tópico

Ref resp de Daniel Arantes 

      Daniel disse: ... Por exemplo, as cartas de consolo de familiares e amigos desencarnados são na visão dos amigos uma prova? Dentre as mensagens verdadeiras existem também fraudes? Os amigos tem contato com médiuns? Acho que uma comprovação mais física ajudaria muito nossa sociedade de caminhar para o niilismo.

      Luis: são provas, mas apenas para os espíritas. Há outras interpretações sobre isso. E acerca de fraudes, o próprio codificador alerta qto a isso. E fui médium psicógrafo por 3 ou 4 décadas; ia mesmo editar um livro com as msgs recebidas. Mas aconteceu que, talvez devido ao tempo que estudei a doutrina (7 décadas), deparei com conceitos, que antes considerava corretos, que me causaram profunda estranheza.

.

Deixa eu repetir meu comentário anterior, em resposta ao Daniel, porque não quero que ele seja desconsiderado:

"Penso que seria a mesma coisa de dizer que o software nasce do hardware e morre com ele. Vá à uma loja de computadores e peça um computador sem sistema operacional e se possível, até mesmo, sem a bios. Pegue seu computador novinho retire da caixa e ligue-o na tomada. O resultado é extremamente decepcionante. Nada acontece a não ser as trevas que aparecem na sua tela. Ora, quem projetou e implementou o sistema operacional não foi o hardware. Foi o analista, o programador, foi uma inteligência que não é material. Então da mesma maneira que é absurdo pensar que o hardware vai programar um software também é absurdo pensar que o cérebro é que cria a consciência."

Ou será que os materialistas e ateus realmente acreditam que todo produto começa pelo obra? 

Todos sabemos que qualquer coisa que existe começa no pensamento, na execução e depois o produto final concluído.

Não se começa um projeto pelo produto pronto, depois a execução e depois se pensa em o que vai ser feito e sim o contrário. Pensa-se, planeja-se, depois executa e por fim temos a obra. Assim é para tudo que existe. Portanto, não se pode considerar a consciência como sendo produto do cérebro.

Boa noite, Marco Tulio. Primeiramente gostaria de esclarecer que desejo de todo o coração a existência da reencarnação. Mas o exemplo do software não me parece tão adequado visto que o software não existe sem o hardware. Software são conjuntos de instruções para execução pelo hardware. Poder ser transferido e copiado mas depende de um hardware para existir. Um HD, SSD, CD, memória flash, disquete, fita magnética, memória RAM, ROM, cartão perfurado. A primeira pergunta de um cético será qual o hardware que manterá esse software após o fim do corpo humano.
Boa noite, Luis! Obrigado pelas palavras. Poderia me falar sobre sua experiência mediunica? Tratava-se de escrita automática ou era capaz de ouvir pessoas do outro plano? Teve contato com várias entidades? Havia um mentor ou mentores? Ou pessoas mais frequentes?
Quanto ao teor das mensagens considera que havia divergências em relação a doutrina e preferiu por tanto não divulgá-las?

Abraços

Ref resp de Marco Túlio Ferreira Silva

      Marco: ... Todos sabemos que qualquer coisa que existe começa no pensamento, na execução e depois o produto final concluído.

      Luis: concordo com o Marco: qualquer coisa que seja feita, planejada, desenhada, imaginada, sentida, cobiçada, ambicionada, reprimida, descartada, afirmada, negada etc, começa no ou pelo pensamento, se origina do pensamento, como o amor, o ódio, os sentimentos, os desejos, as vontades, as decisões, as escolhas, os problemas, as soluções etc.

      E, aproveitando o gancho, pergunto: e os pensamentos de onde começam, de onde vêm, de que se originam? Simplesmente surgem em nossa mente? Sem dúvida que não é assim, pois os pensamentos não têm origem em nós mas, sempre, em eventos, ações e reações que ocorrem fora de nós (fora de nós, corpo espiritual, não corpo material). E sendo assim, podemos considerar que os pensamentos não são verdadeiramente nossos; apenas estamos condicionados a acreditar que sejam.

      Consequentemente, se os pensamentos não são verdadeiramente nossos, também não é nossa qualquer coisa que deles venha: nem os sentimentos, nem os desejos, as vontades, as decisões, as escolhas, nem os problemas que temos, nem as soluções de como realiza-los; logo, não é mérito nosso o que obramos de correto, nem demérito o que obramos de incorreto; tudo vem do aprendizado que obtemos nesta escola do bem e do mal, que é a vida.

      Mas, sendo assim, aqui surge um problema: qual será a causa de nossos sofrimentos?! 

.

Ao Luis,

De novo as mesmas perguntas, tantas vezes já respondidas.

A questão aqui não é essa. O Daniel, está tentando defender a posição ateísta de que a consciência é produto do cérebro e diante disso eu estou a lhe dizer que o cérebro, qual se fosse um hardware não gera pensamentos, software, mas apenas manifesta aquele pensamento que é a execução do software,deixando claro que por trás de todo fenômeno existe uma consciência e que a postura materialista de pensar que o cérebro gera a consciência não tem lógica. 

Portanto, é melhor nos atermos ao tema para comprovar que a reencarnação existe e deixarmos essas velhas perguntas, tantas vezes respondidas em outros tópicos, para outra ocasião.

Daniel,

    Essa sua refutação não cabe pois que o software é conceitual e se não existir hardware para que ele se manifeste nem por isso ele deixa de existir, apenas não é executada, como um algorítimo escrito e qualquer linguagem e ainda não compilado. Assim,vem ocorrendo a evolução do hardware e permitindo a manifestação de softwares cada vez mais complexos. Então, antes do hardware sempre vai existir o software, aliás qualquer hardware foi antes projetado por uma inteligência, um conceito, um grande pensamento que definitivamente não é matéria. Portanto o hardware só existe para manifestação do software e nada mais. Sem ele o hardware é morto, assim como a matéria sem espírito.

    De qualquer forma não se inverte as fases do projeto, mesmo para construção do hardware. Pensamento,ideia, execução e produto e não produto, execução e pensamento. Portanto, apesar de todas as tentativas, o espírito continua existindo,vitorioso, acima e antes da matéria.

   E respondendo sua última pergunta;

"A primeira pergunta de um cético será qual o hardware que manterá esse software após o fim do corpo humano.", será um corpo também material, hardware, só que em outra dimensão, na qual ele também se desgastará e morrerá renascendo nessa nossa dimensão completando assim o ciclo para novamente se desgastar e morrer e renascer na outra dimensão e assim sucessivamente. Na dourina espírita este hardware é mais conhecido como "perispírito".

   

Boa noite, Luis! Obrigado pelas palavras. Poderia me falar sobre sua experiência mediunica? Tratava-se de escrita automática ou era capaz de ouvir pessoas do outro plano? Teve contato com várias entidades? Havia um mentor ou mentores? Ou pessoas mais frequentes?
Quanto ao teor das mensagens considera que havia divergências em relação a doutrina e preferiu por tanto não divulgá-las?

Abraços
Marco Tulio, você tem alguma experiência com mediunidade?

Sim. Tenho e você? Aliás tenho certeza que sim. Mas como você entende a mediunidade? Entretanto a questão do tópico não é sobre mediunidade.

Deixa eu dizer algo só para ficar claro a questão do software. Sou analista de sistemas e programador em java, delphi, c#, angularjs, jquery. Eu tenho muito software escrito e que ainda não foi implantado num hardware. Portanto para quem não entende os termos de informática só quero dizer que eu sei muito bem do que estou falando, e digo: O software existe e pré-existe ao hardware.

Marco Tulio sou arquiteto de software entendo muito bem do assunto, apenas não acho a analogia perfeita. Seu software está escrito e portanto está numa mídia física. Software não é etéreo. É um conjunto de instruções armazenadas em algum meio físico. De qualquer forma é só uma analogia e já entendemos seu ponto de vista.
Infelizmente não tive ainda experiências com mediunidade. Poderia por gentileza compartilhar alguma das suas? Abraços
Entendo mediunidade como a capacidade de comunicação com o outro plano. Considero que tenha relação com o tópico visto que se trata de área que já foi objeto de estudos científicos sobre a outra vida.

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

ASSISTA AO VIVO

Artigos Espíritas

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se…

Reflexões sobre ações e críticas

            Você já se perguntou o que é a verdade? Jesus ao ser indagado por P Pilatos, na descrição do Evangelho segundo João, capítulo XVIII, respondeu com o maior silêncio que a humanidade já ouviu. Tenho me perguntado por que Ele adotou tal postura?   

            Neste…

Últimas atividades

Conceição Valadares curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
5 horas atrás
Raquel Eilert curtiu a postagem no blog SABER SOFRER - Richard Simonetti ::: de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
8 horas atrás
Raquel Eilert curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
8 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog CUIDADO COM A OVER-DOSE! “VIVER É MELHOR QUE SONHAR" de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Entrevista 27 agosto 2019 Aspectos Espiritas da Dependência Quimica https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2389351081304967&set=a.1876084972631583&type=3&theater"
18 horas atrás
Ina Maria A. S.Lima curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
22 horas atrás
Ina Maria A. S.Lima curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
22 horas atrás
Shirley Cristiane Amaral curtiram a discussão MÉDIUNS E MEDIUNIDADE de Amigo Espírita
23 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O IDEAL DE CADA UM - André Luiz de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Luiz Otavio Lemos Bastos curtiram a discussão Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas? de Wellington Balbo
ontem
Michel Jean Quete curtiu a postagem no blog Vigoroso convite! – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
ontem
Michel Jean Quete curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Michel Jean Quete curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

CHICO XAVIER FALOU DA IMPORTÂNCIA DE AJUNTARMOS TESOUROS DA ALMA

"Sobre a Terra, tudo é ilusão, tudo passa, tudo se transforma de um instante para outro. O que conta é o que guardamos dentro de nós; tudo mais há de ficar com o corpo, que se desfará em pó... Não vale a pena tanta luta por nada! Precisamos crescer interiormente, adquirir valores que sejamos eternos... Uma simples célula cancerígena que nos apareça no corpo joga tudo no chão. Vamos partir para o Além com os tesouros da alma. Como é que haveremos de nos apresentar aos que nos endossaram a…Ver mais...
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

"Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

25 agosto 2019 de 9 a 10:15
Palestra no próximo domingo 25 de agosto de 2019, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com a professora, escritora e oradora Dalva Silva Souza de Vitória-ES. Ela abordará o tema “Equilíbrio do Corpo e da Alma”. Dalva Souza é ex-presidente da FEEES – Federação Espírita de Estado do Espírito Santo. Ela utiliza seu talento de poetiza e nos…Ver mais...
ontem
Ícone do perfilSergio Bini e Shirley Cristiane Amaral entraram no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
quinta-feira
Sergio Bini curtiram o evento Joanna de Ângelis e Divaldo Franco de Amigo Espírita
quinta-feira
Sergio Bini curtiram a discussão O uso da palavra, segundo Joanna de Ângelis de Amigo Espírita
quinta-feira
Shirley Cristiane Amaral entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Mediunidade

Grupo para estudo da Mediunidade e sua prática conforme os ensinamentos de Allan Kardec, Chico Xavier, Divaldo Franco e espíritos de Escol. Vídeos, textos e todo material disponível nesta área.Ver mais...
quinta-feira
Shirley Cristiane Amaral entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Grandes Vultos do Espiritismo

O objetivo deste grupo é resgatar e conhecer a contribuição de valorosos obreiros que passaram pelo mundo, deixando um rastro de luz e pela expansão mundial da Doutrina Espírita.
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço