COMO CONHECER A TI MESMO

O conhecimento é a base da própria vida.

A sabedoria abre caminhos novos para que possamos sentir e mesmo desfrutar da felicidade. Não poderá existir civilização sem que a inteligência ocupe algum lugar na pauta dos confortos. Não pode existir progresso sem a intervenção da sabedoria. Entretanto, ela se divide em duas forças altamente dignas, com duas dinâmicas opostas: o conhecimento exterior e o auto conhecimento. A sapiência externa nos faz investir à procura de valores até certo ponto perecíveis, mas necessários ao nosso equilíbrio. Passamos por perigos inúmeros, sujeitos às investidas do orgulho em sintonia com o egoísmo e sob o domínio da vaidade. Entrementes, se vencermos essas condições na altura em que elas se nos apresentam, sairemos livres, para novos conhecimentos que, podemos crer, serão a maior verdade, que é o conhecimento de nós mesmos, é o estudo do universo interno, aprofundando-nos dentro dele como se fora o nosso próprio mundo. Este conhecimento se chama Sabedoria-Amor.

Há quem diga que o amor não é sabedoria. Está completamente enganado.

Quem ama nas linhas ensinadas por Nosso Senhor Jesus Cristo é um verdadeiro sábio. Ao
conhecermos as nossas deficiências, abrimos portas de luz nas esferas da consciência, de
sorte a nos enriquecermos, em todos os rumos, dos valores eternos, de talentos que Deus
depositou em nossos corações, para a garantia de nós mesmos.

As religiões de todo o mundo e a filosofia que medra em toda a Terra têm a missão sagrada de indicar às criaturas os arcanos da sabedoria interna, que é a verdadeira senda de iluminação dos espíritos. Aquele que já conhece a si mesmo dispensa certos acessórios que pesam muito sobre os ombros e que exigem tempo precioso na sua conservação. O sábio interno nasce de novo, é um novo homem que surge de dentro do homem velho.

Todo movimento que se preocupa com as coisas externas das criaturas pode fazer muito em favor das almas em sofrimento, não resta dúvida. Entretanto, quando encontramos quem nos ajuda a trabalhar dentro de nós, a descobrir os nossos tesouros, esse é o caminho ensinado por Cristo, que nos liberta definitivamente. Quem conhece a si mesmo tem mais facilidade em conhecer as lições externas e as propriedades que lhe sustentam a vida.

A Doutrina dos Espíritos, na sua maravilhosa profundidade, desfralda a bandeira de luz no topo do mundo em que moramos, por misericórdia de Deus, com a inscrição já bem conhecida "DEUS, CRISTO E CARIDADE". Deus está no centro de todos nós, esperando, como Pai, os nossos apelos nascidos da vontade. Cristo pega em nossas mãos para nos mostrar os caminhos abertos pela caridade. O Céu está mais próximo de nós do que pensamos: reside dentro de nós. Basta abrirmos os olhos e buscá-lo. E, para tanto, devemos, como médicos de nós mesmos, executar as cirurgias indispensáveis em todas as áreas das nossas condutas, dominar os nossos impulsos inferiores e discipliná-los, transformando-os em instrumentos de trabalho e de paz, para que surja o amor no centro dos sentimentos e, junto a ele, a tranquilidade imperturbável em todos os caminhos que deveremos trilhar. Quem conhece a si mesmo, já não tem tempo de criticar ninguém.

Do Livro Cirurgia Moral – João Nunes Maia / Lancellin



 

Exibições: 364

Responder esta

Respostas a este tópico

E ha uma constante persistencia na vigilia pois quanto mais nos conhecemos mais estamos propicios a situaçoes que nos levarao à pratica daquilo que aprendemos afim de nos mostrar se realmente aprendemos. A vigilia nao é so o agora, ou daqui a pouco, ou quando alguem de dificil comunicaçao, se nos apresenta, nao podemos viviar hoje e descansar amanha pois, podera ser neste momento que o mal pode se fazer presente e com uma força ainda maior, sabe por que? Porque ja aprendemos a lutar contra a força maligna anterior. Obrigada Senhor, sei q ainda tenho muitoa aprender e q o pouco q ja aprendi precisa ser fortalecido, mas obrigada por me permitir conhecer e estudar o espiritismo e auxilia-me para q eu permaneça vigilante e operante atraves das oraçoes e açoes no bem.

      Primeiramente, gostaria de perguntar: “qual” conhecimento é a base da própria vida? O que significa o conhecimento de si mesmo? É conhecer o que somos, os nossos acertos e erros, nossas virtudes e imperfeições? Se conhecermos que somos maus, isso nos fará ser bons? Se conhecermos q somos egoístas e orgulhosos, isso nos fará ser solidários e humildes? E se alguém acredita q deve trabalhar para ser bom, humilde e solidário, qual é esse trabalho q deve fazer? Como o mau, sendo mau, vai trabalhar, vai se esforçar para ser bom? O mau quer ser bom? O egoísta e o orgulhoso querem ser solidários e humildes?! O que é que os impede de serem o que querem ser? Com certeza, existe mesmo esse impedimento, contra o qual nem todos têm força de agir.

      Afinal, pq um é bom e outro é mau? O que é bom simplesmente quis ser bom, escolheu ser bom e se tornou bom? E qto ao mau, esse simplesmente escolheu ser mau e se tornou mau?

      Ou é a vida, esta escola do bem e do mal, que faz que uns sejam bons, solidários, humildes e faz que outros sejam maus, egoístas e orgulhosos?  

      Afinal, o conhecer-se a si mesmo não será o conhecer o q verdadeiramente somos por trás desta máscara de carne que usamos? Que é essa verdade que nos salvará: a verdade de q somos espíritos eternos, perfeitos e q apenas ainda não percebemos isso pq este pesado corpo carnal impede que percebamos?

      E se a verdadeira sabedoria consiste em conhecermos o universo interno que somos, onde está, na DE, nas religiões, filosofias, psicologias, o ensinamento que nos mostre como fazer isso?

     Diz o texto do perigo do orgulho, do egoísmo e da vaidade, e q devemos nos esforçar para vencê-los. Mas quem é q já raciocinou profundamente e concluiu sobre qual é a causa de sermos orgulhosos, egoístas e vaidosos, e qualquer outro defeito moral? Assim, temos de forçosamente perguntar: como fazer para vencer essas imperfeições se nem mesmo sabemos quais são as causas que nos levam a elas? E se não sabemos quais são as causas, como podemos evitá-las para q nos livremos e não mais caiamos nelas?

      E se o conhecimento de quem somos é sabedoria e amor (e, certamente é) como é que se faz para atingirmos esse conhecimento interior? Como se faz isso que o texto diz: "aprofundar-nos dentro dele como se fora o nosso próprio mundo"? Este conhecimento, que traz o como fazer isso, existe sim, mas está além das religiões populares e há muitos obstáculos a transpor para o encontrarmos, sendo o maior o preconceito. No entanto, a própria DE nos dá uma pista de como fazer para o encontrarmos.

 

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crise

Por Jane Maiolo

 

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis…

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Últimas atividades

Ori Pombal Franco curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estudo 8 - Cap. 6 Cristianismo ( parte 4) - Vinicius Lara - Livro Depois da Morte / Léon Denis assista pelo youtub… https://t.co/iHhXjJSI5K
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Diovani Souza curtiu a postagem no blog O OFENDIDO - pelo espírito Emmanuel de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
2 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog PERANTE OS PROBLEMAS DO LAR - (Bezerra de Menezes) de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
2 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog O Hábito de Rotular Pessoas de PATRIZIA GARDONA
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"A Revelação Espírita" : https://t.co/U5UegSJ5tZ
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Entre a Terra e o Céu #28 - "Cap 32 - Recapitulação" - Mauro M Guimarães assista no youtube… https://t.co/xmMj8NQ5Go
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Jeferson Fraga curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
4 horas atrás
Carlos Pointier curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
4 horas atrás
HEWERTON FERNANDES curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
7 horas atrás
Miguel Damato Neto curtiram o evento 5º Encontro Espírita de Inverno de Poços de Caldas de Amigo Espírita
7 horas atrás
ELIAZAR TIAGO SANTOS curtiram o evento Espiritismo e Evangelho de Amigo Espírita
7 horas atrás
Ícone do perfilAngela Nardelli, valdir souza, Jeferson Fraga e mais 2 pessoas entraram em RAE
7 horas atrás
Feeak Minas curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
8 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)": https://t.co/qXgqYYo67X
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Amigo Espírita adicionou uma discussão ao grupo Artigos Espíritas
Miniatura

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crisePor Jane Maiolo Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis que o mundo vai atrás dele.  ¹ As anotações contidas no capítulo 12 do versículo 19 do Evangelho de João nos traz o diálogo dos fariseus sobre a infrutífera armadilha de prender Jesus, que dias antes houvera ressuscitado Lázaro, o amigo de Betânia.…Ver mais...
8 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"O OFENDIDO - pelo espírito Emmanuel" : https://t.co/ULZbhkMu0P
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
PROJETO PARA AJUDAR A REDE AMIGO ESPÍRITA: Saiba mais: https://t.co/KCYLRbXOf1 Apoie o livro em sua PRÉ-VENDA "Car… https://t.co/Uw83kFpDlW
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"PERANTE OS PROBLEMAS DO LAR - (Bezerra de Menezes)" : https://t.co/kTGULqJa62
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço