COMO CONHECER A TI MESMO

O conhecimento é a base da própria vida.

A sabedoria abre caminhos novos para que possamos sentir e mesmo desfrutar da felicidade. Não poderá existir civilização sem que a inteligência ocupe algum lugar na pauta dos confortos. Não pode existir progresso sem a intervenção da sabedoria. Entretanto, ela se divide em duas forças altamente dignas, com duas dinâmicas opostas: o conhecimento exterior e o auto conhecimento. A sapiência externa nos faz investir à procura de valores até certo ponto perecíveis, mas necessários ao nosso equilíbrio. Passamos por perigos inúmeros, sujeitos às investidas do orgulho em sintonia com o egoísmo e sob o domínio da vaidade. Entrementes, se vencermos essas condições na altura em que elas se nos apresentam, sairemos livres, para novos conhecimentos que, podemos crer, serão a maior verdade, que é o conhecimento de nós mesmos, é o estudo do universo interno, aprofundando-nos dentro dele como se fora o nosso próprio mundo. Este conhecimento se chama Sabedoria-Amor.

Há quem diga que o amor não é sabedoria. Está completamente enganado.

Quem ama nas linhas ensinadas por Nosso Senhor Jesus Cristo é um verdadeiro sábio. Ao
conhecermos as nossas deficiências, abrimos portas de luz nas esferas da consciência, de
sorte a nos enriquecermos, em todos os rumos, dos valores eternos, de talentos que Deus
depositou em nossos corações, para a garantia de nós mesmos.

As religiões de todo o mundo e a filosofia que medra em toda a Terra têm a missão sagrada de indicar às criaturas os arcanos da sabedoria interna, que é a verdadeira senda de iluminação dos espíritos. Aquele que já conhece a si mesmo dispensa certos acessórios que pesam muito sobre os ombros e que exigem tempo precioso na sua conservação. O sábio interno nasce de novo, é um novo homem que surge de dentro do homem velho.

Todo movimento que se preocupa com as coisas externas das criaturas pode fazer muito em favor das almas em sofrimento, não resta dúvida. Entretanto, quando encontramos quem nos ajuda a trabalhar dentro de nós, a descobrir os nossos tesouros, esse é o caminho ensinado por Cristo, que nos liberta definitivamente. Quem conhece a si mesmo tem mais facilidade em conhecer as lições externas e as propriedades que lhe sustentam a vida.

A Doutrina dos Espíritos, na sua maravilhosa profundidade, desfralda a bandeira de luz no topo do mundo em que moramos, por misericórdia de Deus, com a inscrição já bem conhecida "DEUS, CRISTO E CARIDADE". Deus está no centro de todos nós, esperando, como Pai, os nossos apelos nascidos da vontade. Cristo pega em nossas mãos para nos mostrar os caminhos abertos pela caridade. O Céu está mais próximo de nós do que pensamos: reside dentro de nós. Basta abrirmos os olhos e buscá-lo. E, para tanto, devemos, como médicos de nós mesmos, executar as cirurgias indispensáveis em todas as áreas das nossas condutas, dominar os nossos impulsos inferiores e discipliná-los, transformando-os em instrumentos de trabalho e de paz, para que surja o amor no centro dos sentimentos e, junto a ele, a tranquilidade imperturbável em todos os caminhos que deveremos trilhar. Quem conhece a si mesmo, já não tem tempo de criticar ninguém.

Do Livro Cirurgia Moral – João Nunes Maia / Lancellin



 

Exibições: 395

Responder esta

Respostas a este tópico

E ha uma constante persistencia na vigilia pois quanto mais nos conhecemos mais estamos propicios a situaçoes que nos levarao à pratica daquilo que aprendemos afim de nos mostrar se realmente aprendemos. A vigilia nao é so o agora, ou daqui a pouco, ou quando alguem de dificil comunicaçao, se nos apresenta, nao podemos viviar hoje e descansar amanha pois, podera ser neste momento que o mal pode se fazer presente e com uma força ainda maior, sabe por que? Porque ja aprendemos a lutar contra a força maligna anterior. Obrigada Senhor, sei q ainda tenho muitoa aprender e q o pouco q ja aprendi precisa ser fortalecido, mas obrigada por me permitir conhecer e estudar o espiritismo e auxilia-me para q eu permaneça vigilante e operante atraves das oraçoes e açoes no bem.

      Primeiramente, gostaria de perguntar: “qual” conhecimento é a base da própria vida? O que significa o conhecimento de si mesmo? É conhecer o que somos, os nossos acertos e erros, nossas virtudes e imperfeições? Se conhecermos que somos maus, isso nos fará ser bons? Se conhecermos q somos egoístas e orgulhosos, isso nos fará ser solidários e humildes? E se alguém acredita q deve trabalhar para ser bom, humilde e solidário, qual é esse trabalho q deve fazer? Como o mau, sendo mau, vai trabalhar, vai se esforçar para ser bom? O mau quer ser bom? O egoísta e o orgulhoso querem ser solidários e humildes?! O que é que os impede de serem o que querem ser? Com certeza, existe mesmo esse impedimento, contra o qual nem todos têm força de agir.

      Afinal, pq um é bom e outro é mau? O que é bom simplesmente quis ser bom, escolheu ser bom e se tornou bom? E qto ao mau, esse simplesmente escolheu ser mau e se tornou mau?

      Ou é a vida, esta escola do bem e do mal, que faz que uns sejam bons, solidários, humildes e faz que outros sejam maus, egoístas e orgulhosos?  

      Afinal, o conhecer-se a si mesmo não será o conhecer o q verdadeiramente somos por trás desta máscara de carne que usamos? Que é essa verdade que nos salvará: a verdade de q somos espíritos eternos, perfeitos e q apenas ainda não percebemos isso pq este pesado corpo carnal impede que percebamos?

      E se a verdadeira sabedoria consiste em conhecermos o universo interno que somos, onde está, na DE, nas religiões, filosofias, psicologias, o ensinamento que nos mostre como fazer isso?

     Diz o texto do perigo do orgulho, do egoísmo e da vaidade, e q devemos nos esforçar para vencê-los. Mas quem é q já raciocinou profundamente e concluiu sobre qual é a causa de sermos orgulhosos, egoístas e vaidosos, e qualquer outro defeito moral? Assim, temos de forçosamente perguntar: como fazer para vencer essas imperfeições se nem mesmo sabemos quais são as causas que nos levam a elas? E se não sabemos quais são as causas, como podemos evitá-las para q nos livremos e não mais caiamos nelas?

      E se o conhecimento de quem somos é sabedoria e amor (e, certamente é) como é que se faz para atingirmos esse conhecimento interior? Como se faz isso que o texto diz: "aprofundar-nos dentro dele como se fora o nosso próprio mundo"? Este conhecimento, que traz o como fazer isso, existe sim, mas está além das religiões populares e há muitos obstáculos a transpor para o encontrarmos, sendo o maior o preconceito. No entanto, a própria DE nos dá uma pista de como fazer para o encontrarmos.

 

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Últimas atividades

Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA NA VISÃO ESPÍRITA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
21 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Finanças e aflições – os boletos vencem… – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
21 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Direta ou Indiretamente de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
21 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Direta ou Indiretamente de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
21 horas atrás
Lucival Silva curtiram a discussão MÚSICA PARA RELAXAR de Margarida Maria Madruga
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog É Admissível o Aborto em caso de Estupro? de PATRIZIA GARDONA
"Legalização do aborto “o mais rápido possível” O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, disse que pretende fazer “sair o mais rápido possível” a…"
domingo
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Os Cinco Pilares da Doutrina Espírita de PATRIZIA GARDONA
domingo
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Talismãs e Amuletos, e o que kardec diz sobre a força desses objetos? de PATRIZIA GARDONA
domingo
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
domingo
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
domingo
os pae postou um evento

CONVITE AOS AMIGOS DO PAE-TAGUATINGA-DF em QNM 40 ÁREA ESPECIAL NUMERO 2

16 novembro 2019 de 18 a 19
domingo
Angela Smanio curtiram o perfil de Adriano Moraes
sábado
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Cesar Fontes Gerhard
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ana Paula D Aquino
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de José Maria Ramalho Pinto Júnior
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de katia maria brinco
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Robson Carlos Rocha Chicarino
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Carmen Angela Guimarães Leal
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Marcelo Myrrha
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Neldalia Silva Fort Bastos
sexta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço