Caros amigos, estou iniciando um estudo sobre Anjos Guardiões.

Tenho lido e ouvido opiniões diversas sobre o assunto, porém gostaria de ajuda para entender melhor. No que se tem notícia, os anjos normalmente não entram em contato com seus tutelados, apenas observam os contatos de espíritos afins ou não.Sob esse ponto de vista, gostaria de saber os motivos que levam a restrição desse contato, se isso ocorre na realidade e qual o momento em que é permitido que o anjo nos contacte.

Grata desde já,

Juliana

Exibições: 1690

Responder esta

Respostas a este tópico

Saber a gente sabe, mas não aplicamos o conhecimento que temos. Falta de vontade. Chico Xavier é um exemplo de como se deve ser.

Mas quem daria a vida em favor dos outros? Você daria sua vida em favor dos outros, sem questionar o merecimentos deles?

Quem diz que não daria, assume o descumprimento do mandamento de Jesus, assim como não segue a orientação dos bons Espíritos.

Quem diz que daria a vida, mas não pratica, assume a culpa sempre que não cumpre esse mandamento.

Mas alguns, como o Chico Xavier, madre Tereza de Calcutá, vivem o mandamento e nos servem de exemplo e inspiração.

Ref resp de Hilton Cesar 48 minutos atrás

      Hilton disse: Saber a gente sabe, mas não aplicamos o conhecimento que temos. Falta de vontade. Chico Xavier é um exemplo de como se deve ser.

      Luis: isso significa que sabemos apenas “superficialmente”; não penetramos no âmago da questão; saber em profundidade é compreender e se compreendemos não haverá como não agir do modo que compreendemos: compreender é agir!

      Se vc compreendesse mesmo, não superficialmente, mas profundamente, não lhe faltaria vontade, senão devido a algum impedimento exterior ao seu corpo espiritual.

 

     E veja mais uma coisa: se vc considera que Chico é um exemplo, porq vc não o imita?! O que é que o impede de imitá-lo?! Vc possui, como afirma, o livre-arbítrio! E qto à falta de vontade de aplicar o que sabe como vc disse acima, porq vc, tendo a liberdade de escolher, não usa seu livre-arbítrio para escolher ter uma vontade melhor, forte o suficiente para vc aplicar na vida o que sabe que deve aplicar? Não depende apenas de sua vontade ter uma boa vontade?

      Apenas mais uma questãozinha: vc diz que sabe como fazer para ser bom, para deixar de ser egoísta, para ser humilde. Já que sabe, nos ensine como fazer isso, que é disso que os homens e o mundo mais necessitam: deixar de ser maus; amar os demais!

     E, já que vc diz que sabe, apenas nos diga “como fazer” para ser bom, se a maldade é um sentimento que está no coração, em nosso íntimo (mente ou o que seja), se não vc não tem a capacidade ou poder de “manipular” os sentimentos.

      E para ser humilde ou deixar de ser egoísta, como vc tb disse que sabe como fazer isso, mas que apenas lhe falta vontade, como vc fará isso se não lhe faltasse vontade? Tente, meu jovem, alguma resposta, ou mesmo uma ideia, vaga que seja, de como fazer isso. Pois saber como fazer isso será útil para todos nós!

      Hilton: Mas quem daria a vida em favor dos outros? Você daria sua vida em favor dos outros, sem questionar o merecimento deles? Quem diz que não daria, assume o descumprimento do mandamento de Jesus, assim como não segue a orientação dos bons Espíritos.

      Luis: não sei porq vc mudou o ritmo de nossa conversa, mas vamos continuar. Meu amigo, o que é o livre-arbítrio? Não é poder de escolher ou o bem ou o mal, dependendo, para essa escolha, apenas de sua vontade? Sendo assim, tente explicar porq vc não usaria sua vontade nem mesmo para atender o mandamento de Jesus ou a orientação dos bons espíritos!

      Amigo, só chegaremos a esse nível de altruísmo qdo em nós despertar aquele amor incondicional a que Jesus e outros se referiram, concorda? E esse despertamento não depende de nossa vontade, como não depende de nossa vontade nem mesmo fazer despertar em nós uma simples migalha de amor! E observe que nem Jesus (do modo como as doutrinas cristãs nos ensinam), nem os outros, nem a codificação, ninguém sabe dizer como conquistar essa excelsa virtude, uma amor que nada exige, que não tem endereço, espontâneo, que alcance a todos, sejam os mais elevados espíritos ou os mais baixos e cruéis malfeitores. Mas, vc, que afirma que tem o livre-arbítrio, o que significa que tem o poder de escolher fazer alguma coisa dependente apenas de sua vontade, não tem vontade de amar a todos?! Mesmo aqueles que lhe violentarem a filhinha e a assassinarem com requintes de crueldade, ou que amputem a machadadas os pés de seus meninos? Mas isso, meu jovem, como vc  diz, depende apenas de sua vontade, não concorda!!!

      Hilton: Quem diz que daria a vida, mas não pratica, assume a culpa sempre que não cumpre esse mandamento.

      Luis: meu caro, um dia vc compreenderá que não existe nem culpas, nem culpados; que todos somos inocentes!

      Hilton: Mas alguns, como o Chico Xavier, madre Tereza de Calcutá, vivem o mandamento e nos servem de exemplo e inspiração.

      Luis: e se lhe servem de exemplo e inspiração, se vc os admira e respeita qual é a causa de vc não usar seu livre-arbítrio para segui-los? Vc sabe que o livre-arbítrio é o poder de escolher dependendo apenas de nossa vontade, certo? Sendo assim, qual é a causa que impede vc de usar sua escolha para ser como esses? Me diga, amigo,Jesus, Chico, Madre Tereza são assim porq, pelo livre-arbítrio que possuem, escolheram ser assim? Porq vc tb não escolhe ser como eles, já que os considerá exemplos para vc? Ou são as experiências/lições da vida que os fez serem assim, e vc ainda não passoau por essas experiencias/lições? O que me diz?

...........

Mas quem irá de escolher fazer o mal? Que pessoa faz algo errado com consciência? Quem toma decisões em malefício próprio? Você continuamente julga as atitudes dos outros .

Luis, aqui você está me julgando e pedindo algo que você mesmo se recusa em fazer, de dar respostas.

Aprenda a não responder com outra pergunta, pelo menos aqui na RAE.

Ref resp de Hilton Cesar

      Hilton disse: Mas quem irá de escolher fazer o mal? Que pessoa faz algo errado com consciência? Quem toma decisões em malefício próprio? Você continuamente julga as atitudes dos outros.

      Luis: querido amigo, se ninguém escolhe fazer o mal, se o mal que fazemos é sem consciência que o fazemos, se, portanto, não nos cabe culpa ou responsabilidade pelo mal que fazemos (e, segundo a doutrina, o estamos fazendo continuamente) qual é a justificativa que a doutrina apresenta para os nossos sofrimentos, que segundo ela são penalidades que Deus nos aplica pelo mal que fazemos?

      Não sou eu que julgo as atitudes de ninguém; é a doutrina que as julga, afirmando que aquele que "escolhe" fazer o mal, de propósito portanto, têm de ser punido, “sempre será punido em tudo aquilo em que pecou, seja nesta encarnação ou noutra” (OLE).

      Hilton: Luis, aqui você está me julgando e pedindo algo que você mesmo se recusa em fazer, de dar respostas.

      Luis: se o julguei, peço-lhe, meu jovem, que aponte onde eu fiz isso para que me explique melhor!

      Hilton: Aprenda a não responder com outra pergunta, pelo menos aqui na RAE.

      Luis: se fiz alguma pergunta indevida, fora do contexto ou absurda, aponte-a também, para que a corrija, se for o caso.

      E saiba que minhas perguntas cessarão quando obtiverem respostas convenientes. É exatamente essa minha intenção. Veja quantas dezenas de perguntas já fiz a vc, nestas nossas conversas, e que vc não respondeu. Só para lembrar uma, da qual, se vc não souber a resposta, será impossível que esteja entendendo a doutrina: a básica das básicas: qual é a causa de vc ser bom e eu ser mau? 

      Um abraço!

Já respondi várias perguntas suas, apesar de você não concordar.

Mas quantas perguntas você já respondeu por aqui?

      Todas as que posso responder sem ferir as regras da Rede; já lhe disse que é essa uma espécie de missão que eu mesmo me impus, há décadas. Não procuro respostas; pergunto para que, se possível, a busca de respostas motive aqueles que estão sinceramente determinados em (a ou em?) aprender, as procurem pelos estudo, raciocínio etc.

Entendi. Espero que tire o máximo de proveito possível com essa sua missão, que faça-o deixar de lado tudo aquilo que poderia te distanciar da verdadeira felicidade.

        E eu espero que outros tirem o máximo proveito possível!

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Últimas atividades

Elciene Maria Tigre Galindo está participando do evento de Carlos Pretti - SCEE
Miniatura

“Razão e Sensibilidade”, com Anderson Costa em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

17 novembro 2019 de 9 a 10:15
Palestra no próximo domingo 17 de novembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com a presença do médium e expositor espírita Anderson Costa de Itabatã distrito da cidade de Mucuri-BA, com o tema “Razão e Sensibilidade”. Anderson é natural de Londrina-PR. Ele é bacharel em Ciências Contábeis, espírita desde 1990 e é trabalhador do…Ver mais...
11 horas atrás
Elciene Maria Tigre Galindo curtiram o evento “Razão e Sensibilidade”, com Anderson Costa de Carlos Pretti - SCEE
11 horas atrás
Posts no blog por os pae

Estranhas miscelâneas nos ambientes espíritas (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DF Com a evolução do pensamento filosófico da Doutrina nos tornamos mais capazes nas análises críticas do movimento espírita,  sem comprometer a pedra angular do edifício kardeciano, representada pelas Obras Básicas, mas poucos leem Kardec. O assunto é recorrente. Infelizmente, como sói…Ver mais...
16 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O Arrependimento se dá em Vida ou Depois da Morte? de PATRIZIA GARDONA
17 horas atrás
Conceição Valadares curtiram o evento “Razão e Sensibilidade”, com Anderson Costa de Carlos Pretti - SCEE
20 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Razão e Sensibilidade”, com Anderson Costa de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Carla Porto Fabres curtiram a discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita
ontem
Carla Porto Fabres comentou a postagem no blog Talismãs e Amuletos, e o que kardec diz sobre a força desses objetos? de PATRIZIA GARDONA
"Belo texto!!! apenas uma pequena correção, o mês de publicação desta matéria na Revista Espírita é setembro de 1858, e não novembro como consta no texto acima! "Dentre as muitas…"
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
ontem
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“Razão e Sensibilidade”, com Anderson Costa em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

17 novembro 2019 de 9 a 10:15
Palestra no próximo domingo 17 de novembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com a presença do médium e expositor espírita Anderson Costa de Itabatã distrito da cidade de Mucuri-BA, com o tema “Razão e Sensibilidade”. Anderson é natural de Londrina-PR. Ele é bacharel em Ciências Contábeis, espírita desde 1990 e é trabalhador do…Ver mais...
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Ante a Calúnia de PATRIZIA GARDONA
ontem
Marcelo Dovigues e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Diga-me como Você se Exibe e Eu lhe Direi Qual é o seu Vazio de PATRIZIA GARDONA
quarta-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog É uma Tolice aguardar a Dor Cobrar a Conta que o Amor pode Pagar. de PATRIZIA GARDONA
quarta-feira
Raul Barroquelo respondeu à discussão Kardec sofre... de Wellington Balbo no grupo Artigos Espíritas
"        "EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA, NINGUÉM VAI AO PAI SENÃO POR MIM" - João, 14:6. É fundamental a afirmação de Jesus, a qual foi anotada por João no seu…"
terça-feira
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
terça-feira
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
terça-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Escultores de Almas – Iniciação Mediúnica de PATRIZIA GARDONA
terça-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O INFERNO E OS DEMÔNIOS - Esclarecimentos por Léon Denis de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
terça-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O Futuro (somente) a Deus Pertence? de PATRIZIA GARDONA
terça-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço