Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se aos acontecimentos. Quer saber o que poderá ocorrer-lhe adiante, desvendar o futuro, vasculhar o que ainda não aconteceu, como se a vida fosse um livro já escrito em que ao invés de escrevermos a história vamos apenas abrindo as páginas para ver as tintas que ali já estavam grafadas.

Seríamos, a partir desta ideia, não construtores do nosso destino, mas meros coadjuvantes, indivíduos passivos em face do irremediável Maktub.

Aí estaria a quebra do livre arbítrio e da possibilidade de escolha do homem, tese esta que contraria o bom senso.

Claro que não me refiro aqui as previsões escritas por filósofos, historiadores, economistas ou professores que se arvoram a desenhar possíveis cenários para o mundo baseados em dados e informações do ontem e do hoje.

Refiro-me as previsões de ordem mística, miraculosa que extrapolam as leis da natureza. E dentre essas previsões, uma das que mais chamam atenção é, sem dúvida, as que falam do fim do mundo.

Já tivemos infinitos fins de mundo. A época de Kardec também abraçou os finais de mundo. Kardec traz, aliás, um texto na Revista Espírita, abril de 1868, que fala sobre o final do mundo em duas ocasiões. Uma em 1.840, portanto, anterior ao texto publicado na Revista Espírita e outra em 1.911, portanto, data posterior ao texto. Hoje, em 2019, sabemos que o mundo não acabou em 1.911.

Mas as previsões prosseguiram. Uma das mais recentes foi o final do mundo em 2012. Recordo-me que muita gente me procurava, apavorada, com o possível final dos tempos.

Eu brincava:

Ora, somos Espíritos imortais, caso o mundo acabe Deus arrumará outro para que possamos morar. Não há razão para medo.

A propósito, acompanhei um caso curioso: um casal, atônito com a ideia de terem seus dias exterminados em 2012 sem conhecer um país que não fosse o Brasil, decidiram fazer um largo empréstimo no banco para realizar a tão sonhada viagem antes do final do mundo.

O banco aprovou o empréstimo, eles viajaram, aproveitaram e... o mundo não acabou. Resultado: ficaram 5 anos pagando as prestações do empréstimo, decepcionados e bem complicados financeiramente.

Numa das sessões da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, em junho de 1860, Kardec faz constar interessante observação que pode elucidar essas questões referentes a datas previstas para acontecimentos.

Convidado por um médium a corroborar com sua tese de que determinados acontecimentos têm data fixa para ocorrer, Kardec declina o convite e diz que este não é o objetivo do Espiritismo. Caso algo aconteça em data predita trata-se de uma excepcionalidade e insistir em coisas assim é, definitivamente, desvirtuar a função que o Espiritismo veio prestar à humanidade.

É interessante ao espírita, portanto, seguindo a diretriz de Kardec, abster-se de entrar nessas discussões de datas e previsões, apontando este ano, mês ou dia para que determinados fatos ocorram.

Futurologia não é o forte do Espiritismo, já disse Kardec. Ora, se este não é o forte do Espiritismo, para quê insistir?

Pensemos nisso.

 

 

Exibições: 289

Respostas a este tópico

Interessante tema, Wellington.

Eu não me preocupo com datas, definitivamente.

Viverei para sempre por isso também não penso em viagens.

Depois farei gratuitamente.

Abração.

Grande abraço, minha amiga!

Margarida Maria Madruga disse:

Interessante tema, Wellington.

Eu não me preocupo com datas, definitivamente.

Viverei para sempre por isso também não penso em viagens.

Depois farei gratuitamente.

Abração.

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

Amanda Balbino Souza curtiram o perfil de Nadia Rosangela
1 hora atrás
Amanda Balbino Souza curtiram o perfil de Amanda Balbino Souza
1 hora atrás
Amanda Balbino Souza curtiu a postagem no blog Culpa e consciência (Jorge Hessen) de os pae
1 hora atrás
FRANCIELE FINCK compartilhou o post do blog de Liudmila Carla Pinheiro em Facebook
3 horas atrás
FRANCIELE FINCK curtiu a postagem no blog Você sabe o que é:ELEMENTAIS? de Liudmila Carla Pinheiro
3 horas atrás
Douglas Alves Moreira curtiram a discussão FUNÇÃO DO DOUTRINADOR de Amigo Espírita
5 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog ENCONTRAMOS EXPLICAÇÕES de Nilton Cardoso Moreira
8 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Postura Altamente Humanitária – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
8 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog Implicações da culpa (Jorge Hessen) de os pae
20 horas atrás
os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
20 horas atrás
Jacimara Vieira dos Santos curtiram a discussão Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação. de Wellington Balbo
23 horas atrás
Jacimara Vieira dos Santos curtiu a postagem no blog O MAU HUMOR MATINAL de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
23 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento “O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

ENCONTRAMOS EXPLICAÇÕES

           É comum para todos os eventos que acontecem em nossa vida querermos achar explicações. É da natureza humana o ato investigativo, pois que todos nós temos anseios de querer saber o motivo pelo qual determinado fato aconteceu, mesmo que o evento tenha sido com outra pessoa.           Existem situações na vida que embora procuremos esclarecimentos a respeito, não…Ver mais...
ontem
os pae curtiu a postagem no blog Implicações da culpa (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Postura Altamente Humanitária – Orson Peter Carrara

Toda cidade tem seu vulto histórico de destaque ou vários, a depender de sua história e origens no tempo. É comum que todos recordemos fatos da infância ou ainda que não tenhamos tido contato direto, até por questão cronológica, mas tenhamos conhecimento das ações e legado deixado por esses homens e mulheres que marcaram época, projetando suas ações no futuro.Vim de…Ver mais...
sexta-feira
O evento de Carlos Pretti - SCEE foi destacado
Miniatura

“O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

22 setembro 2019 de 9 a 10:15
“O Talento Perdido!”, este será o tema da palestra do fotógrafo, pesquisador e orador espírita Rafael Brocco, de Colatina-ES, no próximo domingo 22 de setembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Rafael é um jovem talento da oratória espírita aqui de Colatina. Ele é evangelizador de juventude, estudante e trabalhador na área da…Ver mais...
sexta-feira
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

22 setembro 2019 de 9 a 10:15
“O Talento Perdido!”, este será o tema da palestra do fotógrafo, pesquisador e orador espírita Rafael Brocco, de Colatina-ES, no próximo domingo 22 de setembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Rafael é um jovem talento da oratória espírita aqui de Colatina. Ele é evangelizador de juventude, estudante e trabalhador na área da…Ver mais...
sexta-feira
Posts no blog por os pae

Implicações da culpa (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DFMuitas crianças são induzidas a agir de forma sempre “correta”, conforme o padrão do seu meio ambiente, dos valores éticos, das pressões existentes. Quando a criança é obrigada a fazer as coisas dessa ou daquela maneira, todas as vezes que faz de forma diferente desenvolve a culpa. A…Ver mais...
sexta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço