REDE AMIGO ESPÍRITA

Divulgando, Instruindo e Unificando!!!

Quanto ao aspecto evolutivo da Doutrina Espírita, acho que o que está fazendo falta é a FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA, que trará:

  • Uniformidade na divulgação da doutrina.

  • Menos palestrantes despreparados.

  • Menos divisões internas.

  • Um critério cientifico de progresso dos livros de Kardec através de teses de Mestrado e Doutorado.

  • Um ambiente fechado para debater novos progressos, antes de vir a público.

  • Diminui as relações pessoais e torna mais logico e cientifico a escolha de ideia ou palestrante.

  • Hoje há muitos argumentos baseados apenas na autoridade de determinado médium ou espirito.



Assim após um curso regular, reconhecido pelo MEC, de 5 anos, onde o aluno toma contato com todas as Doutrinas Filosóficas fará:

  • 3 anos de pós graduação

  • 3 anos de Mestrado

  • 3 anos de Doutorado. ( nesta fase é que está apto a agregar novos descobrimentos numa especialidade que escolheu, porem muitos deixam isto para o pós-doutorado, até aqui apenas reproduzem o que já foi descoberto)



Hoje, na Ciência, somente após  estes 11 anos de especialização, geralmente de tempo integral, é que o pesquisador tem condições de de agregar novos conhecimentos sobre uma área, muito especifica, e geralmente não o faz sozinho sempre é acompanhado por uma equipe multidisciplinar. A maioria apenas repete experiencias já feitas para agregar uma novidade no pós-doutorado.

Nós espiritas nos ufanamos de repetir :

"É preferível rejeitar dez verdades que aceitar uma mentira."

Porém, a Ciência é muito mais restritiva. Caso você apresente, nestes 11 anos de dedicação integral, uma única frase ou formula, na sua monografia, que não está em acordo com o edifício teórico experimental , você será reprovado e não terá condições de agregar uma inovação.

Um médico que cursar a faculdade de filosofia espírita poderá defender tese sobre questões de fronteira a nível de mestrado dentro apenas de sua especialidade como:

  • Engenharia Genética e o espírito.

  • Pacientes em coma.

  • Doenças e Carma.

  • Transplante



Mario Fontes

Reconhece-se o verdadeiro Espírita
pela sua transformação moral,
e pelos esforços que faz para
domar suas más inclinações.
 
(Allan Kardec, ESE., XVII, 4)

  • A Faculdade de Medicina não faz o bom profissional de Medicina.

  • A Faculdade de Engenharia não faz o verdadeiro bom Engenheiro.

  • A Faculdade de Direito não faz o bom profissional de Direito.

  • A roupa, melhor, o hábito não faz o monge.

Analogamente:

A Faculdade de Filosofia Espírita não fará o verdadeiro Espírita.

Muitos, diria cerca de 80% optam por uma faculdade ou profissão por diferentes razões:

  • Os pais ou outro familiar queriam e influenciaram.

  • Ouviu dizer que era facil arrumar emprego nesta area, e que pagavam bem.

  • É o curso da moda e dá Status, sendo facil impressionar o sexo oposto.

  • Resolver algum problema pessoal.

  • Não conseguiu arrumar nada melhor e não aguentava mais fazer cursinho.

  • Curiosidade ( uma vez satisfeita abandonam).

  • O Brasil se sobressaiu no setor e tem mais chances.

Conheço muitos médicos, advogados e engenheiros que se tornaram empresarios da alimentação ou se tornaram políticos e ganham muita mais desta forma, e não conseguem mais retornar a sua profissão que se formaram.

Afirmo que após 30 anos de formado, pouquissimos dos meus colegas continuam trabalhando na area, por diversos motivos, sem contudo terem deixado de serem influenciados para sempre, pela sua titulação de Engenharia, no seu modo de pensar e agir.

Assim vale mesmo vale a pena a Faculdade de Filosofia Espírita, pelas mesmas razões que valem para qualquer outra Faculdade.

Exibições: 11930

Responder esta

Respostas a este tópico

Quando tentamos explicar muito fica confuso mesmo para qualquer pessoa. Não se preocupe.

Mas nesta tua resposta eu compreendo perfeitamente o que queres dizer. Ainda não se consegue provar, cientificamente, a mediunidade. Assim como não se consegue compreender como algumas doenças, consideradas incuráveis, são curadas. Por isto se coloca o nome de milagre até que a ciência comprove como se deu a cura...

MARIO FONTES disse:

Rosangela,

Lamento que tenha causado confusão, mas é como está lá no Livro dos Espíritos basta consultar.
"10. O homem pode compreender a natureza íntima de Deus?
— Não. Falta-lhe, para tanto, um sentido."

Em última instância todo nosso conhecimento está baseado em alguma forma de sensibilidade ou sentido (Física Óptica, a Acústica) (Visão, Audição, Tato, Gustação, Cheiro). Todos os instrumentos que criamos de investigação deste Universo são extinções destes sentidos como Telescópio, Microscópio, Osciloscópio etc... Se falta um sentido para compreender Deus, não há como fazer afirmação se Deus criou este Universo? Isto é um assunto fora do nosso alcance de observação no momento.
A sensibilidade Mediúnica, que é segundo Kardec, o Telescópio de investigação do mundo espiritual, ainda não fornece elementos para responder isto.

Abraço

Aquilo que não conseguimos alcançar, para nós, é o infinito...

MARIO FONTES disse:

Um dos assuntos inabordáveis a respeito de Deus é a ideia de Infinito, qualquer atributo que imaginemos sobre esbarramos na noção de Infinito:
Infinitamente Bom
Infinitamente Justo
Infinitamente Presente etc...

A noção de infinito, mesmo na matemática é aplicada para coisas cujo o início ou fim são desconhecidos.

E a doutrina no OLE ensina, incompreensivelmente,  que "tudo que é desconhecido é infinito"!!!

.

Mário Fontes,

        Apesar do fato de que no movimento espírita, porém, nem todos os seus membros, não terem aceitado a teoria de Ubaldi, muitas questões ficaram sem serem respondidas pela DE. Aquilo que a DE não respondeu Ubaldi         respondeu com autoridade superior de quem traz uma mensagem superior.

   

É fato conhecido que Ubaldi não era espírita e também é compreensível não ser possível encaixar a teoria de Ubaldi dentro da DE.Isso seria a mesma coisa que tentar colocar um armário dentro de uma gaveta. Mas é perfeitamente aceitável, encaixar a gaveta dentro do armário e, assim, a DE dentro da teoria de Ubaldi, pois que esta, é monista e abrangente,  ede caráter universalista e imparcial.

    No meu modo de ver, o monismo é uma evolução do monoteísmo, o qual é a base do espiritismo. Portanto, eu posso ser, e eu sou, espírita e aceitar a DE, sem que isso comprometa os princípios doutrinários do espiritismo. Na questão citada de "O livro dos espíritos" - ""10. O homem pode compreender a natureza íntima de Deus?", sabiamente os espíritos responderam que não, pois o homem realmente não tem e não vai ter este sentido. Entretanto, o homem, é apenas uma manifestação do espírito que está encarcerado no seu corpo material, carnal. O Espírito em si mesmo possui essa capacidade. Se o seu espírito conseguir se desvencilhar do seu corpo muitas coisas serão vistas por você.

Mas não se trata de mediunidade simples, comum, de comunicação externa através da epífise, ou vibração mental. Trata-se de uma mediunidade, se assim a podemos chamar, muito mais alta, mais rica, mais profunda, pois não é o espírito buscando o externo,mas buscando o interno, via correntes mentais, espirituais, via intuição. É uma busca no interior e não no exterior.

       A própria Doutrina Espírita nos traz considerações que, por vezes,nos deixam confusos como fizeram os espíritos no capitulo 6 item 5 de "O evangelho segundo o espiritismo" , quando diz no seu terceiro parágrafo:

    "Homens fracos, que vos limitais às trevas de vossa inteligência, não afasteis a tocha que a clemência divina vos coloca nas mãos, para iluminar vossa rota e vos reconduzir, crianças perdidas, ao regaço de vosso Pai."

   Ora, só se poderá reconduzir quem ou o que já estava lá. Mas então nós estávamos com o Pai e nos afastamos dele e agora Sua clemência vai nos levar de volta (Parábola do Filho pródigo).

    Ou ainda na questão 1009 de "O livro dos espíritos", também no terceiro parágrafo, na mensagem do espírito LAMENNAIS:

“Pobres ovelhas desgarradas, aprendei a ver aproximar-se de vós o bom Pastor, que, longe de vos banir para todo o sempre de sua presença, vem pessoalmente ao vosso encontro, para vos reconduzir ao aprisco. Filhos pródigos, deixai o vosso voluntário exílio; encaminhai vossos passos para a morada paterna. O Pai vos estende os braços e está sempre pronto a festejar o vosso regresso ao seio da família.” LAMENNAIS.

   Portanto, no começo nós estávamos com Deus e agora não estamos mais. Mas Deus não "vive" no relativo, que é o nosso ambiente atual. Deus vive no absoluto e nós, somos filhos de Deus, e só poderíamos ser criados no absoluto, ou seja, no espírito, e não na matéria, que está no relativo.

   Aliás, na questão 85, os espíritos nos diz:

   

Parte Segunda

Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos

 

CAPÍTULO I

DOS ESPÍRITOS

 

Mundo normal primitivo

 

85. Qual dos dois, o mundo espírita ou o mundo corpóreo, é o principal, na ordem das coisas?

 

“O mundo espírita, que preexiste e sobrevive a tudo.”

     Além disso, na questão 22 item a os espíritos dizem que :

     

     "A matéria é o liame que escraviza o Espírito; é o instrumento que ele usa, e sobre o qual, ao mesmo tempo, exerce sua ação."

     Portanto, estamos presos à matéria, à ela escravizados. Necessário se torna, a desmaterialização do espírito.

     

     Tudo isso e muito mais está concorde com a teoria de Ubaldi, que é a da queda do espírito na matéria. E além da codificação, temos inúmeros exemplos nos livros de André Luiz e Emmanuel. Aliás, este último prefaciou um dos mais importantes livros de Ubaldi, "A grande Síntese". Emmanuel o definiu como sendo o evangelho da ciência. Chico Xavier, quando da visita de Ubaldi à sua casa o definiu como apóstolo do Cristo. Não é possível que estejamos falando de um louco, um desvairado, uma pessoa insensata, mas que conseguiu atrair a atenção de importantes nomes para a sua tese filosófica, como Ernesto Bozzano, Enrico Fermi (inventor da pilha atômica), Albert Einstein, Carlos Pastorino e outros.

      Como diz kardec, a doutrina é progressista e como tal não está concluída. De minha parte considero que a teoria de Ubaldi projeta luz no entendimento da doutrina naqueles pontos que até então não era possível entender. Mas a fé deverá ser raciocinada e portanto, não deveremos rechaçar Ubaldi simplesmente porque ele não é aceito no movimento espírita por alguns confrades. Vamos ouvi-lo. Ver o que tem à dizer. Depois vamos avaliar e então dar o nosso parecer.

     Para finalizar, Mario, gostaria de dizer que não entendi a questão da 4ª dimensão por você citada. Até onde eu aprendi todo nível dimensional é trino (altura, largura e profundidade). Então, gostaria que você me explicasse melhor essa quarta dimensão, por favor.

        Diz-nos "Sua Voz" em "A grande Síntese":

"Trata-se de um absurdo imaginoso essa construção ideal de uma quadridimensão octaedróide e dos outros poliedróides do hiperespaço. Aumentar um volume significa permanecer no volume, ainda que o multipliquemos por ele mesmo. Por isso não obtivesteis resultado prático até agora, nem mesmo pela representação hiperestereoscópica, nem pela conceptual. A pretensa geometria a quatro, cinco, n dimensões, que imaginasteis, é uma extensão da análise algébrica e não uma geometria propriamente dita. Trata-se de uma pseudo-geometria, mera construção abstrata, com formas inimagináveis e inexprimíveis na realidade geométrica. Como todo universo é trifásico, é também tridimensional. Chegados à terceira dimensão, é necessário, para progredir — em virtude do princípio da unidade trina — iniciar nova série tridimensional, pois o período precedente exauriu-se; é indispensável sair do ciclo precedente para começar outro novo. Chegaremos, depois, ao conceito da evolução das dimensões, dilatando a concepção einsteiniana da relatividade, quer estedendo-a a todos os fenômenos, quer em profundidade de conceito. A concepção tridimensional do espaço euclidiano esgota a primeira unidade trina e, com isso, exclui uma quarta dimensão no espaço. Mas, a sucessão das dimensões já contém o conceito de sua evolução. Considero linha, superfície e volume como três fases de evolução da dimensão espacial. Mas, para além, não bastam essas concepções matemáticas. Para mudar a dimensão, é necessário iniciar um movimento em direção diferente e introduzir elementos totalmente novos. Procurasteis ultrapassar a concepção euclidiana, concepção de um espaço elíptico, compreendido como campo de forças finito, formado por linhas fechadas em si mesmas, correspondente ao meu conceito cíclico e na concepção de hiperespaços pluridimensionais. Para resolver esse problema, temos que tomar outra direção."

        

        Como se vê, acima, todo nível dimensional é trino, o que está fora estará na dimensão anterior ou subsequente. Mas isto é assunto para outro tópico.

 

Rosangela,

Existe sim comprovação Estatística para Premonição Clarividência e Telepatia, porém nossa sociedade segue um paradigma materialista que torna isso inaceitável a Fac. de Fil. Espírita vai explicar isso na disciplina de Teoria do Conhecimento.

Rosangela Araujo Pereira disse:

Quando tentamos explicar muito fica confuso mesmo para qualquer pessoa. Não se preocupe.

Mas nesta tua resposta eu compreendo perfeitamente o que queres dizer. Ainda não se consegue provar, cientificamente, a mediunidade. Assim como não se consegue compreender como algumas doenças, consideradas incuráveis, são curadas. Por isto se coloca o nome de milagre até que a ciência comprove como se deu a cura...

MARIO FONTES disse:

Rosangela,

Lamento que tenha causado confusão, mas é como está lá no Livro dos Espíritos basta consultar.
"10. O homem pode compreender a natureza íntima de Deus?
— Não. Falta-lhe, para tanto, um sentido."

Em última instância todo nosso conhecimento está baseado em alguma forma de sensibilidade ou sentido (Física Óptica, a Acústica) (Visão, Audição, Tato, Gustação, Cheiro). Todos os instrumentos que criamos de investigação deste Universo são extinções destes sentidos como Telescópio, Microscópio, Osciloscópio etc... Se falta um sentido para compreender Deus, não há como fazer afirmação se Deus criou este Universo? Isto é um assunto fora do nosso alcance de observação no momento.
A sensibilidade Mediúnica, que é segundo Kardec, o Telescópio de investigação do mundo espiritual, ainda não fornece elementos para responder isto.

Abraço

Rosangela Araujo;

Correto; mas mesmo a Matemática; que usa tanto o conceito de infinito; no Calculo Integral e Infinitesimal; não tem uma boa definição sobre o assunto.

Rosangela Araujo Pereira disse:

Aquilo que não conseguimos alcançar, para nós, é o infinito...

MARIO FONTES disse:

Um dos assuntos inabordáveis a respeito de Deus é a ideia de Infinito, qualquer atributo que imaginemos sobre esbarramos na noção de Infinito:
Infinitamente Bom
Infinitamente Justo
Infinitamente Presente etc...

A noção de infinito, mesmo na matemática é aplicada para coisas cujo o início ou fim são desconhecidos.


Teoria do conhecimento? Isto me fez lembrar do termo teoria científica....Este é o termo utilizado para comprovar através de estatísticas, análises e observações. Não seria uma disciplina e sim os referenciais teóricos que temos de citar quando queremos provar alguma tese. Porém, nem mesmo isto nos prova nada, como tu mesmo disseste num mundo materialista como o nosso. Discuti feio com uma professora na faculdade quando ela reproduziu uma teoria de Freud. Inclusive ela me retrucou dizendo: Se Freud está errado, me responde o certo. E eu lhe disse que não sabia a resposta certa. Mas que Freud não estava certo nesta sua teoria e a observação dele estava equivocada. Mais tarde, ouvindo um palestra espírita, quando a expositora falou de Jung, que contrariava a teoria de Freud eu pensei...Está aí a resposta...Pena que eu não sei por onde anda esta professora para responder com base de alguém mais acreditado academicamente do que eu. Uma simples sacoleira, que era a minha profissão na época. Então até os referenciais teóricos podem ser desmascarado. Isto é. Eles também se iludem baseados em sua realidade, que nem sempre é a realidade de outras pessoas. Freud era um pervertido sexual e acreditava que todas as frustrações humanas  seria resultado da sexualidade. Coisa que Jung não concordou...E tão pouco eu. Inclusive, como acreditar piamente nas teorias de alguém que chegou a receitar cocaína a seus pacientes? Não acredito que precisaríamos de uma faculdade espírita....Eu acredito na faculdade de Teologia. E já está de bom tamanho...Além de ser mais abrangente...Mas nunca se diz "desta água não bebo". Quem sabe estou errada? Se, até Freud errou rsrsrs
MARIO FONTES disse:

Rosangela,

Existe sim comprovação Estatística para Premonição Clarividência e Telepatia, porém nossa sociedade segue um paradigma materialista que torna isso inaceitável a Fac. de Fil. Espírita vai explicar isso na disciplina de Teoria do Conhecimento.

Rosangela Araujo Pereira disse:

Quando tentamos explicar muito fica confuso mesmo para qualquer pessoa. Não se preocupe.

Mas nesta tua resposta eu compreendo perfeitamente o que queres dizer. Ainda não se consegue provar, cientificamente, a mediunidade. Assim como não se consegue compreender como algumas doenças, consideradas incuráveis, são curadas. Por isto se coloca o nome de milagre até que a ciência comprove como se deu a cura...

MARIO FONTES disse:

Rosangela,

Lamento que tenha causado confusão, mas é como está lá no Livro dos Espíritos basta consultar.
"10. O homem pode compreender a natureza íntima de Deus?
— Não. Falta-lhe, para tanto, um sentido."

Em última instância todo nosso conhecimento está baseado em alguma forma de sensibilidade ou sentido (Física Óptica, a Acústica) (Visão, Audição, Tato, Gustação, Cheiro). Todos os instrumentos que criamos de investigação deste Universo são extinções destes sentidos como Telescópio, Microscópio, Osciloscópio etc... Se falta um sentido para compreender Deus, não há como fazer afirmação se Deus criou este Universo? Isto é um assunto fora do nosso alcance de observação no momento.
A sensibilidade Mediúnica, que é segundo Kardec, o Telescópio de investigação do mundo espiritual, ainda não fornece elementos para responder isto.

Abraço
Rosângela,
O nome pouco importa se é Filosofia Espírita ou Teologia Espírita, porém como já citei a Teologia, entendida como estudo de Deus, segundo a pergunta numero 10 do LE é impossível.
Abraço

Pois é...A Doutrina Espírita é didática. E é esta didática que nos dá um norte mais seguro para os estudos...Como sou indisciplinada, quem sabe é na Doutrina que encontrarei as respostas com mais facilidade?

Marco Túlio,

O celular que carregamos usa um GPS, que faz compensação relativística da distorção da dimensão tempo, entre o satélite do GPS e nossa posição na Terra (que matematicamente coincide com precisão dos relógios atômicos com os cálculos da Teoria da Relatividade) , e tem muito mais, as Lentes Gravitacionais, a própria Teoria da Cordas etc...tudo corrobora para um Universo multidimensional. Está cada vez mais triunfante a ideia quarta dimensão o tempo, ficando irrefutável que o tempo atua como uma dimensão física.
https://en.wikipedia.org/wiki/Error_analysis_for_the_Global_Positio...
https://en.wikipedia.org/wiki/Time_dilation
É para isto que a Faculdade de Filosofia Espírita é necessária, evitando que sistemas dogmáticos, que não encontram comprovação científica experimental alguma, sejam enxertados dentro da Doutrina Espírita.

Mário Fontes,

       Compreendi que o tempo é uma dimensão. Obrigado. Mas se falando da dimensão espaço não há como fugir das 3 medidas: altura ,largura e profundidade.

       Com relação a "enxertos dogmáticos dentro da Doutrina Espírita", creio que isso não se aplica à teoria de Ubaldi que, como eu disse antes, não cabe dentro da Doutrina Espírita e, sim, o contrário. Não só o espiritismo cabe dentro da teoria de Ubaldi, como a ciência, o evangelismo, o catolicismo, o hinduísmo, a teosofia, a logosofia, etc. Isto porque a teoria de Ubaldi é universalista e imparcial. Tentar encaixa a teoria de Ubaldi dentro da Doutrina Espírita é impossível, pois a primeira é abrangente, universal, imparcial e monista e a segunda, é monoteísta e não abrangente e muitas vezes, dogmática.

      Além disso, a teoria de Ubaldi não é dogmática. Está aberta a discussões e à fé raciocinada, apregoada , inclusive, pela Doutrina Espírita. Mas, infelizmente, muitos do movimento espírita tem como primeira reação, ao entrar em contato com a teoria de Ubaldi, a de repúdio ou indiferença como se a DE tivesse dado a última palavra, abandonando, assim, a possibilidade de raciocinar e refletir sobre outras e mais abrangentes possibilidades, negando a fé raciocinada.

      De qualquer maneira, eu lhe agradeço por se ter dignado à responder minha pergunta sobre o que seria a 4ª dimensão no seu ponto de vista.

     Obrigado.

É isto que vcs estão falando? Esta maçã é o ser de outra dimensão que visita a Planolandia...Uma manifestação mediúnica? Como disse o Chico "O telefone toca de lá pra cá". Então a criatura plana não consegue provar aos seus companheiros que existe a terceira dimensão. Assim como fica difícil provar a quarta dimensão para quem não teve esta experiência aqui neste plano?  É...a gente se sente fora da casinha mesmo. https://www.youtube.com/watch?v=golRAAlqLBM&t=11s

Responder à discussão

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/CNyK0hEj82º O que é o Espiritismo? "Padre x Kardec" Parte III com Allê
Twitter9 minutos atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilFernanda Figueiredo Ferreira, marise teles de oliveira, Elizangela Abreu e mais 4 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
11 minutos atrás
Denilson Ferrara curtiram o evento "O Bem que se faz, anula o mal que se fez", com Denilson Ferrara ao vivo pela Rede Amigo Espírita de Carlos Pretti - SCEE
3 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/O6KQ8SRUPT
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
O evento de Carlos Pretti - SCEE foi destacado
Miniatura

"O Bem que se faz, anula o mal que se fez", com Denilson Ferrara ao vivo pela Rede Amigo Espírita em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

24 setembro 2017 de 9 a 10:15
5 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

"O Bem que se faz, anula o mal que se fez", com Denilson Ferrara ao vivo pela Rede Amigo Espírita em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

24 setembro 2017 de 9 a 10:15
6 horas atrás
Casa de Jaco - Lar do idoso compartilhou o post do blog deles em Facebook
15 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/NNCvalwwzV
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Celina Sobral e Mônica Cristina Silva agora são amigos
16 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/8KRZDVc66p
Twitter17 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/Mle67PUP9o
Twitter18 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/u6ZM1FQURe
Twitter18 horas atrás · Responder · Retweet
Ricardo Onishi agora é amigo de Rosangela Araujo Pereira e Débora Susana
19 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
20 horas atrás
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
22 horas atrás
Rosangela Araujo Pereira respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
ontem
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/CJUD8nAbyM expulsos do templo - Evangelho na Rede com Elisabete
Twitterontem · Responder · Retweet
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
ontem
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
ontem
Ícone do perfil via Twitter
"HEREDITARIEDADE e REENCARNAÇÃO, qual a relação ?" : https://t.co/HJ2Ew46f0O
Twitterontem · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2017   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço