Quanto ao aspecto evolutivo da Doutrina Espírita, acho que o que está fazendo falta é a FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA, que trará:

  • Uniformidade na divulgação da doutrina.

  • Menos palestrantes despreparados.

  • Menos divisões internas.

  • Um critério cientifico de progresso dos livros de Kardec através de teses de Mestrado e Doutorado.

  • Um ambiente fechado para debater novos progressos, antes de vir a público.

  • Diminui as relações pessoais e torna mais logico e cientifico a escolha de ideia ou palestrante.

  • Hoje há muitos argumentos baseados apenas na autoridade de determinado médium ou espirito.



Assim após um curso regular, reconhecido pelo MEC, de 5 anos, onde o aluno toma contato com todas as Doutrinas Filosóficas fará:

  • 3 anos de pós graduação

  • 3 anos de Mestrado

  • 3 anos de Doutorado. ( nesta fase é que está apto a agregar novos descobrimentos numa especialidade que escolheu, porem muitos deixam isto para o pós-doutorado, até aqui apenas reproduzem o que já foi descoberto)



Hoje, na Ciência, somente após  estes 11 anos de especialização, geralmente de tempo integral, é que o pesquisador tem condições de de agregar novos conhecimentos sobre uma área, muito especifica, e geralmente não o faz sozinho sempre é acompanhado por uma equipe multidisciplinar. A maioria apenas repete experiencias já feitas para agregar uma novidade no pós-doutorado.

Nós espiritas nos ufanamos de repetir :

"É preferível rejeitar dez verdades que aceitar uma mentira."

Porém, a Ciência é muito mais restritiva. Caso você apresente, nestes 11 anos de dedicação integral, uma única frase ou formula, na sua monografia, que não está em acordo com o edifício teórico experimental , você será reprovado e não terá condições de agregar uma inovação.

Um médico que cursar a faculdade de filosofia espírita poderá defender tese sobre questões de fronteira a nível de mestrado dentro apenas de sua especialidade como:

  • Engenharia Genética e o espírito.

  • Pacientes em coma.

  • Doenças e Carma.

  • Transplante



Mario Fontes

Reconhece-se o verdadeiro Espírita
pela sua transformação moral,
e pelos esforços que faz para
domar suas más inclinações.
 
(Allan Kardec, ESE., XVII, 4)

  • A Faculdade de Medicina não faz o bom profissional de Medicina.

  • A Faculdade de Engenharia não faz o verdadeiro bom Engenheiro.

  • A Faculdade de Direito não faz o bom profissional de Direito.

  • A roupa, melhor, o hábito não faz o monge.

Analogamente:

A Faculdade de Filosofia Espírita não fará o verdadeiro Espírita.

Muitos, diria cerca de 80% optam por uma faculdade ou profissão por diferentes razões:

  • Os pais ou outro familiar queriam e influenciaram.

  • Ouviu dizer que era facil arrumar emprego nesta area, e que pagavam bem.

  • É o curso da moda e dá Status, sendo facil impressionar o sexo oposto.

  • Resolver algum problema pessoal.

  • Não conseguiu arrumar nada melhor e não aguentava mais fazer cursinho.

  • Curiosidade ( uma vez satisfeita abandonam).

  • O Brasil se sobressaiu no setor e tem mais chances.

Conheço muitos médicos, advogados e engenheiros que se tornaram empresarios da alimentação ou se tornaram políticos e ganham muita mais desta forma, e não conseguem mais retornar a sua profissão que se formaram.

Afirmo que após 30 anos de formado, pouquissimos dos meus colegas continuam trabalhando na area, por diversos motivos, sem contudo terem deixado de serem influenciados para sempre, pela sua titulação de Engenharia, no seu modo de pensar e agir.

Assim vale mesmo vale a pena a Faculdade de Filosofia Espírita, pelas mesmas razões que valem para qualquer outra Faculdade.

Exibições: 15807

Responder esta

Respostas a este tópico

8. Estudos psicológicos mostraram que a atividade mental consciente pode influenciar causalmente o comportamento e que o valor explicativo e preditivo de fatores agênticos (por exemplo, crenças, objetivos, desejos e expectativas) é muito alto. Além disso, a pesquisa em psiconeuroimunologia indica que nossos pensamentos e emoções podem afetar acentuadamente a atividade dos sistemas fisiológicos (por exemplo, imunes, endócrinos, cardiovasculares) conectados ao cérebro. Em outros aspectos, estudos de neuroimagem sobre auto-regulação emocional, psicoterapia e efeito placebo demonstram que eventos mentais influenciam significativamente a atividade do cérebro.



9. Os estudos dos chamados "fenômenos psi" indicam que às vezes podemos receber informações significativas sem o uso de sentidos comuns e de maneiras que transcendem as restrições habituais de espaço e tempo. Além disso, a pesquisa psi demonstra que podemos influenciar mentalmente - à distância - dispositivos físicos e organismos vivos (incluindo outros seres humanos). A pesquisa psi também mostra que mentes distantes podem se comportar de maneiras que não são localmente correlacionadas; se as hipóteses de que as correlações entre mentes distantes são não mediadas (elas não estão ligadas a nenhum sinal energético conhecido), não mitigadas (elas não se degradam com o aumento da distância), Esses eventos são tão comuns que não podem ser vistos como anômicos nem como exceções às leis naturais, mas como indicativos da necessidade de uma estrutura explicativa mais ampla que não possa ser baseada exclusivamente no materialismo.



10.A atividade mental pode ser experimentada na morte clínica durante uma parada cardíaca (isto é o que foi chamado de "experiência de quase morte" [EQM]). Alguns experimentadores de quase-morte (EQMs) relataram percepções extracorpóreas verídicas (ou seja, percepções que podem ser comprovadas coincidentes com a realidade) que ocorreram durante a parada cardíaca. As EQMs também relatam experiências espirituais profundas durante as EQMs desencadeadas por parada cardíaca. É digno de nota que a atividade elétrica do cérebro cessa dentro de alguns segundos após uma parada cardíaca.



11 As experiências laboratoriais controladas documentaram que os meios de pesquisa qualificados comunicar com a mente de pessoas que morreram fisicamente) às vezes pode obter informações altamente precisas sobre indivíduos falecidos. Isso apóia ainda mais a conclusão de que a mente pode existir separada do cérebro.



12. Alguns cientistas e filósofos com inclinação materialista recusam-se a reconhecer esses fenômenos porque não são consistentes com sua concepção exclusiva de mundo. A rejeição da investigação pós-materialista da natureza ou a recusa em publicar fortes descobertas científicas que apóiam uma estrutura pós-materialista são antitéticas ao verdadeiro espírito da investigação científica, que é que os dados empíricos devem sempre ser adequadamente tratados. Dados que não se encaixam em teorias e crenças favoritas não podem ser descartados a priori. Essa rejeição é o domínio da ideologia, não da ciência.



13. É importante perceber que os fenômenos psi, EQMs em parada cardíaca e evidências replicáveis ​​de meios de pesquisa credíveis, parecem anômalos apenas quando vistos através das lentes do materialismo.



14 Além disso, as teorias materialistas falham em elucidar como o cérebro pode gerar a mente, e são incapazes de explicar as evidências empíricas aludidas neste manifesto. Esse fracasso nos diz que agora é hora de nos libertarmos das amarras e antolhos da velha ideologia materialista, ampliar nosso conceito de mundo natural e adotar um paradigma pós-materialista.



15 De acordo com o paradigma pós-materialista:

a) A mente representa um aspecto da realidade tão primordial quanto o mundo físico. A mente é fundamental no universo, ou seja, não pode ser derivada da matéria e reduzida a algo mais básico.
b) Existe uma profunda interconexão entre a mente e o mundo físico.



c) A mente (vontade / intenção) pode influenciar o estado do mundo físico e operar de maneira não-local (ou estendida), ou seja, não está confinada a pontos específicos no espaço, como cérebros e corpos, nem a pontos específicos no tempo, como Uma vez que a mente pode influenciar não localmente o mundo físico, as intenções, emoções e desejos de um experimentador podem não ser completamente isolados dos resultados experimentais, mesmo em projetos experimentais controlados e cegos.



D-) aparentemente ilimitado e pode se unir de uma maneira que sugira uma Mente Única unitária que inclua todas as mentes individuais e individuais. produzido por ele.



E-)As EQMs que ocorrem em parada cardíaca, juntamente com as evidências dos meios de pesquisa, favorecem a sobrevivência da consciência, após a morte corporal e a existência de outros níveis de realidade que não são físicos.



F) Os cientistas não devem ter medo de investigar a espiritualidade e a experiência espiritual, pois representam um aspecto central da existência humana.



16. A ciência pós-materialista não rejeita as observações empíricas e o grande valor das realizações científicas realizadas até agora. Ele procura expandir a capacidade humana de entender melhor as maravilhas da natureza e, no processo, redescobrir a importância da mente e do espírito como parte do núcleo do tecido do universo. O pós-materialismo inclui a matéria, que é vista como um constituinte básico do universo.





17.O paradigma pós-materialista tem implicações de longo alcance. Altera fundamentalmente a visão que temos de nós mesmos, devolvendo nossa dignidade e poder, como seres humanos e como cientistas. Esse paradigma promove valores positivos, como compaixão, respeito e paz. Ao enfatizar uma profunda conexão entre nós e a natureza em geral, o paradigma pós-materialista também promove a conscientização ambiental e a preservação de nossa biosfera. Além disso, não é novo, mas esquecido apenas por quatrocentos anos, que uma compreensão transmaterial vivida pode ser a pedra angular de saúde e bem-estar, como tem sido mantido e preservado nas antigas práticas mente-corpo-espírito, tradições religiosas e abordagens contemplativas.





18. A mudança da ciência materialista para a pós-materialista pode ser de vital importância para a evolução da civilização humana. Pode ser ainda mais crucial do que a transição do geocentrismo para o heliocentrismo.




Convidamos você, cientistas do mundo, a ler o Manifesto para uma Ciência Pós-Materialista e assiná-lo, se desejar mostrar seu apoio (consulte http://opensciences.org/).* O Manifesto para uma Ciência Pós-Materialista Foi preparado por Mario Beauregard, PhD (Universidade do Arizona), Gary E. Schwartz, PhD (Universidade do Arizona), e Lisa Miller, PhD (Universidade de Columbia), em colaboração com Larry Dossey, MD, Alexander Moreira-Almeida, MD, PhD, Marilyn Schlitz, PhD, Rupert Sheldrake, PhD, e Charles Tart, PhD. ** Contato Para obter mais informações, entre em contato com o Dr. Mario Beauregard, Laboratório de Avanços em Consciência e Saúde, Departamento de Psicologia, Universidade do Arizona, Tucson, EUA. E-mail: mariobeauregard@email.arizona.edu*** Consideramos duas maneiras de nos referir ao paradigma emergente apresentado neste Manifesto: a versão hifenizada (pós-materialismo) e a versão não hifenizada (pós-materialismo). A forma hifenizada foi selecionada por uma questão de clareza para cientistas e leigos. **** O Relatório Resumo da Cúpula Internacional sobre Ciência, Espiritualidade e Sociedade Pós-Materialista pode ser encontrado no seguinte endereço: http: //opensciences.org/



http://opensciences.org/about/manifesto-for-a-post-materialist-science
PARA QUE SERVE A FACULDADE DE FILOSOFIA ESPIRITA
A maneira como vivemos nossas vidas depende, em grande parte, daquilo que acreditamos que vem depois disso tudo. ”
O principal problema de nosso tempo é a decadência na crença na imortalidade pessoal muitos de nós acreditam que a humanidade agora enfrenta um futuro ainda pior do que Orwell imaginava.
Temos crescimento populacional, mudanças climáticas globais, desigualdade de renda crescente em vários países, incluindo os Estados Unidos, devastação ambiental crescente, basificação do oceano, hostilidades crescentes em todo o mundo.Então, acho que a humanidade precisa de uma nova mensagem ou talvez de uma mensagem antiga, pela qual ele possa encontrar um modo de vida mais intencional e menos destrutivo.
Recuperar a crença generalizada em uma vida após a morte, algo que as pessoas tinham talvez há milhares de anos atrás, resultaria em muitos benefícios práticos.
A crença na vida após a morte confere vários benefícios práticos de caráter pessoal esocial, como por exemplo, tal crença pode ajudar a superar o medo da morte.
Se as pessoas estiverem convencidas de que não estão sujeitas a nenhum poder terreno, isso pode aumentar sua coragem de lutar pela liberdade, políticas ecologicamente sustentáveis e justiça social.
E se as pessoas acreditam que esta vida não é a palavra final e que a justiça prevalecerá na próxima vida, isso pode ajudá-las a suportar a injustiça que encontram no aqui e agora. A idéia da vida como uma jornada que se desenrola e continua mesmo após a morte pode levar a um maior senso de conexão com o universo à medida que se desdobra no futuro. E, finalmente, a crença na vida após a morte pode ajudar a combater esse extremo grau de materialismo que permeou todos os nichos da civilização moderna, que muitas pessoas pensam estar por trás de grande parte de nossas políticas mais míopes e destrutivas.

A maioria das pessoas baseia suas crenças sobre a vida após a morte na fé religiosa ou materialista, mas há uma terceira alternativa. Aquele que não exige nem um salto de fé nem a negação de evidências. ”
Os crimes cometidos ocasionalmente pela religião organizada durante os séculos de 15 a 17 eram reais. E esses crimes levaram a uma reação conhecida como O Iluminismo, na qual certos filósofos - não tanto cientistas - mas filósofos como Voltaire e Diderot a trabalharem essencialmente uma reação aos excessos da crença religiosa irracional e do extremismo religioso.
Eles, no entanto, foram para o outro extremo. Eles adotaram uma doutrina do materialismo bruto que eles acham implícita pela ciência, o que realmente não é mais pois os dogams materialistas estão obsoletos há um seculo.
O ateísmo militante deles é baseado nessa doutrina do materialismo e eles farão tudo o que puderem para negar ou desacreditar qualquer evidência que falsifique a doutrina do materialismo.
Os negadores dos fenomenos espiritas tendem a ser ateus militantes, motivados pela lealdade a uma visão de mundo obsoleta pela ignorância das implicações da nova física e por um ódio à religião e à superstição. Se eles admitissem a realidade de habilidades psíquicas, como a telepatia e a experiência de quase morte, envolvendo uma genuína separação da mente do corpo, o fundamento materialista de sua visão de mundo desmoronaria. Os negadores temem que o fim do materialismo leve ao retorno de uma era de perseguição religiosa e irracionalidade.Carl Sagan escreveu um livro há muitos anos, “ Um mundo assombrado por demônios”. Vivemos em um mundo assombrado por demônios?
Precisamos mostrar a comunidade cientifica que o crescente interesse pelos fenômenos espiritas não nos levará a idade das trevas novamente, muito pelo contrário.
Eu acho que se mais pessoas reconhecerem que a sobrevivência é um fato, em primeiro lugar, acho que traria muito mais felicidade às suas vidas. Isso traria muito mais otimismo e reduziria o cinismo. Eu acho que reduziria raiva e vingança, amargura, acho que levaria as pessoas a levar uma vida melhor.
Teriamos politicas publicas de esquerda muito mais bem fundamentadas:
• Distribuição de renda
• Saude Publica
• Educação gratuita
• Bolsa alimentação
• Bolsa moradia
Isto tudo que as classe dominantes e os Neoliberais e Fascistas em geral abominam, na verdade, serve também a elas mesmas, porque a reencarnação costuma se fazer com alternância de classes sociais. Entretanto no Brasil, devido a concentração de renda, teríamos que passar 100 reencarnações na pobreza para usufruir da experiência da abundância monetária.
Porem podemos ser ricos de valores que se traduzem como melhor aprendizado da abundância de que o próprio dinheiro como saúde, inteligência, beleza, conhecimento, amizades etc.

A Luta de Classe precisa ser superada pela cooperação mutua entre as classes sociais advindas do conhecimento da vida após a morte e a Reencarnação.
Emanuel chamou esta superação de COOPERARQUIA ENTRE CLASSES SOCIAIS.
Precisamos obter o comprometimento do próximo governo de esquerda em montar a Faculdade de Filosofia Espirita.


Tradução adaptada e comentada de:

https://skeptiko.com/scientific-evidence-of-afterlife-overwhelming-...
Fundamentalistas no poder, por Dora Incontri
A foto de Luis Fernando Camacho invadindo o Palácio do Governo da Bolívia, de Bíblia em punho e invocando o nome de Deus; um trecho de um vídeo de partidários do golpe boliviano, orando de joelhos antes de irem atacar a população; e aqui no Brasil, em agosto, a visita de uma comissão norte-americana, liderada por um pastor, para evangelizar o Congresso Nacional e o Governo Brasileiro e a foto recente de presidente (sic) ajoelhado diante do líder da Igreja Universal Edir Macedo – tudo isso e tantos outros fatos nos põem em alerta: estamos retrocedendo séculos, com o avanço do fundamentalismo religioso.
Estamos voltando para antes das ideias iluministas, de tolerância religiosa, de separação do Estado e da Religião, de garantia do direito de pensar, crer e participar politicamente – ideias surgidas no Século XVIII – quando na verdade deveríamos já estar indo muito além do Iluminismo, em pleno século XXI.
Kardec, um bom herdeiro do Iluminismo francês, como discípulo de Pestalozzi e, portanto, um neto espiritual de Rousseau, fazia uma análise da fé, em meados do século XIX:
“A fé sincera e verdadeira é sempre calma; (…) a fé hesitante sente sua própria fraqueza, e quando é estimulada pelo interesse, torna-se furibunda e acredita supri-la à força pela violência. A calma na luta é sempre um sinal de força e confiança; a violência, ao contrário, é uma prova de fraqueza e de dúvida de si mesmo.”
“Do ponto de vista religioso, a fé é a crença em dogmas particulares, que constituem as diferentes religiões; todas as religiões têm seus artigos de fé. Desse ponto de vista, a fé pode ser raciocinada ou verdadeira. A fé cega nada examina, aceita sem controle o falso e o verdadeiro e se choca a cada passo contra a evidência e a razão; levada ao extremo, produz o fanatismo.” (Evangelho segundo o Espiritismo).
Ora, aí está uma boa e atual descrição: a fé cega, violenta, fanática, não distingue o falso do verdadeiro (por isso temos hoje terraplanistas, negadores do aquecimento global, contestadores de dados científicos). Essa mesma fé cega está a serviço de interesses financeiros locais e internacionais. No caso, a evangelização fanática dos neopentecostais desde há várias décadas tem sido o braço colonizador do império do norte, planejado e executado minuciosamente, e agora ele se faz explícito, apoiando golpes de Estado na América Latina, e servindo ao intervencionismo norte-americano.
Mas por que o povo se deixa seduzir por isso e adere cegamente a líderes que exploram sua boa-fé e o conduzem como gado para obedecer e dar vazão aos seus instintos mais violentos, fazendo-o assumir arroubos misóginos, racistas, fascistas, homofóbicos…? Lá está a explicação de Kardec: a dúvida de si mesmo. Populações deixadas à míngua de seus direitos fundamentais, sem uma educação política, científica, filosófica – apenas entregues à sanha das mídias oficiais e dos pastores, são facilmente manipuláveis. E se tornam objeto de fakenews, de incitamentos a combater e odiar aqueles mesmos, que embora com erros e problemas como qualquer ser humano – trabalham por seus direitos e pela melhoria de suas condições de vida. Assim temos o quadro do pobre de direita, do evangélico submisso ao poder, do povo se revoltando contra os que o defenderam.
De fato, como educadora, não vejo saída para o Brasil, para a América Latina, para o mundo, sem um processo maciço, engajado – que fosse uma espécie de mutirão permanente de professores, intelectuais, artistas – de educar o povo, conscientizando-o de seus direitos sociais e políticos, ensinando-o a pensar por si mesmo, imunizando-o contra exploradores da fé, da política, das finanças. Mas é preciso saber falar com o povo. Muitas vezes, intelectuais e artistas, professores universitários e pesquisadores falam apenas para seu próprio círculo. Não têm linguagem acessível, não sabem captar a atenção e explicar com clareza aquilo que realmente importa
Durante mil anos, tivemos no Ocidente a Igreja Católica, que fazia esse papel colonizador, de manter as massas na ignorância, reservando para si a cultura e as riquezas, em conluio com os poderes monárquicos e feudais. A partir de 1500, com a advento da Reforma protestante, a Igreja perdeu a hegemonia – embora ainda continuasse ao lado dos poderosos, abençoando canhões e apoiando guerras – e 500 anos depois, temos um Papa que, seguindo a trilha do Vaticano II e da Teologia da Libertação, finalmente reconhece alguns dos erros históricos do passado católico e se coloca ao lado dos indígenas, dos pobres e dos explorados do mundo. Mas há 500 anos, começou a fortalecer-se o poder protestante, que não é centralizado, mas se alinha com o capital em ascensão.
Quando veremos o declive dessa hegemonia, hoje costurada com o poderio militar dos EUA, instrumentalizada para a garantia dos privilégios do capital e usada como hipnose coletiva de uma massa desamparada?
Como sou evolucionista, tenho certeza de que a história avança sempre. Mas como sou anarquista, tenho convicção de que temos de fazer a história.

https://jornalggn.com.br/america-latina/bolivia-a-renuncia-foi-a-me...

O professor Walach elaborou um relatório da Comissão Galileu de 132 páginas, maravilhosamente escrito e apresentado, além de uma cosmovisão materialista: rumo a uma ciência expandida, que deve ser lido por qualquer pessoa que trabalhe com ciência ou se interesse pelo seu impacto na sociedade. Na tradição de The Science Delusion, de Rupert Sheldrake, Walach descreve os problemas que foram criados pelos pressupostos da ciência materialista e depois aponta suas limitações. Ele dá atenção especial a duas áreas de dados empíricos que a ciência materialista não pode explicar: percepção não local durante experiências de quase morte e crianças com lembranças de vidas anteriores e marcas de nascença correspondentes. Faça o download de uma cópia digital gratuita do relatório.

Vale a pena ler os endossos do Relatório de quem é quem de cientistas de mente aberta e pesquisadores da consciência que falam sobre sua importância para a sociedade.

Steve Taylor Ph.D., diz: "Estamos vivendo um momento de crise, em grande parte como resultado da cosmovisão materialista que sustenta nossa cultura, que vê os seres vivos como máquinas químicas e a mente como nada mais que um produto de Essa visão de mundo criou uma atmosfera de niilismo de fundo, uma sensação de que a vida é sem propósito e sem sentido, e também alimenta nosso abuso imprudente do meio ambiente.Como mostra claramente o relatório da Comissão Galileu, muitas pesquisas científicas contemporâneas mostram que as suposições dessa visão de mundo são falsas e apontam para uma perspectiva mais holística e espiritual ".

https://www.galileocommission.org/wp-content/uploads/2019/10/Scienc...

Era o melhor dos tempos, era o pior dos tempos, era a era da sabedoria, era a era da tolice, era a época da crença, era a época da insenatez , era a época da crença dogamatica, era a estação da Luz, era era a estação das trevas, era a primavera da esperança, era o inverno do desespero, tínhamos tudo à nossa frente, nada tínhamos diante de nós, todos estávamos indo diretamente para o céu, todos indo para o outro lado o inferno.

Charles Dickens (1859)
https://futurecrun.ch/99-good-news-2019


Não parecia bom. Países à beira do colapso, pessoas indo às ruas, algumas em marchas pacíficas e rebeliões de extinção, outras em confrontos violentos com forças de segurança. Populismo e fanatismo erguendo suas cabeças feias, abrindo caminho para os algoritmos, o poder corrompendo absolutamente, os impotentes ignorados ou trancados em gaiolas na fronteira. Guerras comerciais, capitalismo de vigilância e 'campos de reeducação', pontos quentes destruídos pela guerra em meio a conflitos, uma economia global aparentemente incapaz de consertar seus excessos, as linhas de batalha partidárias endurecendo, as mentiras se tornando mais descaradas. Uma espécie inteira sujando seu próprio ninho, as emissões (ainda!) Aumentando, incêndios florestais queimando e perdas caindo em cascata pelos ecossistemas.

Talvez, como nós, você tenha escolhido voluntariamente participar desse experimento global insano do século XXI: adote um sistema nervoso que evoluiu para fugir das chitas e ofereça uma grande tela brilhante mostrando todas as coisas ruins que estão acontecendo no mundo. quase em tempo real.

Felizmente, essa não foi a única notícia. Havia outras histórias por aí, histórias de conservação, saúde, aumento dos padrões de vida, tolerância, paz, energia mais limpa e administração ambiental. A maioria deles não apareceu nos feeds do Facebook, e isso significa que o que vimos em nossas telas em 2019 não era o mundo. Era uma imagem negativa do mundo, tanto no sentido fotográfico quanto no tonal.

Seguem 99 boas noticias sobre o mundo em 2019 para voce celebrar e comentar e contribuir de alguma forma:

1. Novas pesquisas revelaram que a população de baleias jubarte na região do Atlântico Sul agora é de 24.900 - quase 93% do tamanho de sua população antes de serem caçadas à beira da extinção. BBC

2. As autoridades chinesas começaram os preparativos para a criação do maior parque nacional da história do país, cobrindo uma área de 27.134 km², e abrigando mais de 1.200 pandas gigantes selvagens. National Geographic

3. A comunidade indígena waorani do Equador venceu um caso histórico contra empresas de petróleo este ano, protegendo 180.000 hectares de suas terras contra a exploração. Al Jazeera

4. Em 2019, os Estados Unidos aprovaram uma nova lei que proíbe a crueldade animal, a China emitiu diretrizes declarando que a partir de 2020 os testes não animais serão o método preferido para produtos cosméticos e, na Austrália, as empresas de cosméticos foram proibidas de usar dados derivados de animais teste.

5. Golfinhos estão se reproduzindo no rio Potomac, em Washington, pela primeira vez desde a década de 1880, populações de baleias estão explodindo nas margens de Nova York e 100 filhotes de focas nasceram nas margens do Tamisa, 60 anos após o rio ter sido declarado "biologicamente morto". Telégrafo

6. Em julho, a Etiópia bateu o recorde mundial de plantio de árvores. Liderados pelo primeiro-ministro Abiy Ahmed, milhões de etíopes plantaram 353 milhões de árvores em 12 horas. BBC
A cidade de Seul fechou todos os demais açougues de cães este ano e a Holanda se tornou o primeiro país do mundo a eliminar todos os cães vadios - não pela eutanásia, mas através da educação, atendimento veterinário gratuito e mudança de residência. Hangout em Amsterdã

8. No Quênia, as taxas de caça furtiva caíram 85% para rinocerontes e 78% para elefantes nos últimos cinco anos, na África do Sul, o número de rinocerontes mortos por caçadores furtivos caiu 25%, a quinta queda anua.
8. No Quênia, as taxas de caça furtiva caíram 85% para rinocerontes e 78% para elefantes nos últimos cinco anos, na África do Sul, o número de rinocerontes mortos por caçadores furtivos caiu 25%, a quinta queda anual consecutiva, e em Moçambique, uma das maiores reservas de vida selvagem da África passou um ano inteiro sem perder um único elefante.

9. Belize dobrou o tamanho das reservas oceânicas em torno do segundo maior recife de barreira do mundo, a África do Sul aumentou sua proporção de águas protegidas de 0,4% para 5,4%, a Argentina criou dois novos parques marinhos no Atlântico Sul, elevando o total de áreas protegidas para 8% .

10. O Canadá se tornou o primeiro país do mundo a proteger mais de 10% de suas águas oceânicas, depois que o governo fez uma parceria com os guardas Inuit para criar uma nova e vasta zona de conservação no Ártico - a Área Marinha Protegida de Tuvaijuittuq e a Marinha Nacional Marinha de Tallurutiup Imanga Área de conversação. Observador Nacional

11. A Índia informou que sua população de tigres aumentou mais de um terço desde 2014 e, na Sibéria, uma colaboração sem precedentes entre China e Rússia abriu o caminho para um novo parque transnacional para o leopardo de Amur e o tigre siberiano.
12. Desde 1990, as áreas florestais da França aumentaram 7%; no Nepal, imagens de satélite revelaram que as florestas aumentaram de 26% em 1992 para 45% em 2016, e a Costa Rica anunciou que dobrou sua cobertura florestal nos últimos 30 anos; metade de sua superfície agora está coberta de árvores, um imenso coletor de carbono e um grande atrativo para os turistas.

13. Um novo estudo revelou que o status dos carnívoros da Grã-Bretanha “melhorou acentuadamente desde a década de 1960”. Graças aos esforços de conservação, lontras, martas, texugos e donzelas realizaram recuperações notáveis. Wiley

14. O Canadá proibiu o comércio, a posse, a captura e a criação de baleias, golfinhos e botos, aprovou uma Lei das Pescas que contém um requisito legalmente vinculativo para reconstruir populações de peixes e divulgou novos padrões para áreas marinhas protegidas, proibindo todas as atividades de petróleo e gás bem como mineração, despejo e arrasto de fundo.

15. Um esforço de conservação sem precedentes devolveu o lobo cinzento do México à beira da extinção, dando-lhe um novo lar em uma reserva com outras espécies endêmicas de seus antigos territórios, como cães da pradaria, bisontes e ovelhas. Mexico News Daily

16. O estoque de árvores da China aumentou 4,56 bilhões de m³ entre 2005 e 2018, os desertos estão encolhendo 2.400 km² por ano e as florestas agora representam 22% da área terrestre. SCMP

17. O Senado dos EUA aprovou sua legislação de conservação mais abrangente em uma década, protegendo 1,3 milhão de acres e retirando 370.000 acres de terras disponíveis para empresas de mineração. LA Times
18. A Argélia e a Argentina eliminaram oficialmente a malária este ano, e a OMS disse que nos últimos oito anos, as infecções por malária no Camboja, China, Laos, Mianmar, Tailândia e Vietnã caíram 76% e as mortes caíram 95%. A Índia também relatou uma enorme redução na malária, com 2,6 milhões a menos de casos em 2018 do que em 2017. Natureza

19. O Relatório Global de Carga de Doenças disse que entre 1990 e 2017, o número de crianças e adolescentes morrendo em todo o mundo diminuiu em mais da metade, de 13,77 milhões para 6,64 milhões. CNN

20. Lembra da gripe aviária, a doença que seria a próxima pandemia global? Não houve uma única infecção humana por H5N1 desde fevereiro de 2017. STAT

21. Segundo as Nações Unidas, as mortes globais relacionadas ao HIV caíram para 770.000, um terço menor do que em 2010, quando foram registrados 1,2 milhão de mortes. Deutsche Welle

22. O Senegal se tornou o primeiro país africano a começar a fornecer tratamento gratuito para mulheres com câncer de mama ou cervical (a principal causa de mortes por câncer), e Mali anunciou que começaria a fornecer assistência médica gratuita a mulher
23. No maior avanço da fibrose cística em décadas, um novo medicamento que tem como alvo as raízes genéticas da doença foi aprovado pelo FDA. Washington Post
24. A ONU divulgou seus dados mais recentes sobre pneumonia, mostrando que o número de crianças que morrem devido à "última doença da pobreza" diminuiu de 6.410 por dia em 1990 para 2.216 por dia em 2017. OWiD

25. As Filipinas aprovaram uma Lei Universal de Assistência à Saúde, autorizando todos os seus 107 milhões de cidadãos a seguro de saúde e tratamento médico, e a Malásia começou a fornecer seguro de saúde gratuito para os 40% mais pobres do país, oferecendo cobertura contra 36 doenças críticas.

26. O CDC anunciou que o consumo de cigarros entre adultos nos EUA atingiu uma baixa histórica de 13,7% (um declínio de dois terços nos últimos 50 anos) e no Reino Unido, o número de cigarros fumados caiu quase um quarto entre 2011 e 2018. Cancer UK

27. As autoridades russas relataram que o consumo de álcool diminuiu 43% desde 2003. Como resultado, a expectativa média de vida em 2018 atingiu o nível mais alto de todos os tempos. BBC

28. O AIHW disse que mais pessoas estão sobrevivendo ao câncer na Austrália do que nunca. Desde 1989, a taxa de mortalidade caiu 32% para homens e 21% para mulheres.

29. Entre 1990 e 2019, as taxas de mortalidade por câncer caíram 18% na Argentina, 26% no Chile, 14% na Colômbia, 17% no México e 13% na Venezuela, correspondendo a quase meio milhão de mortes evitadas. Revista Internacional de Câncer

30. O Malawi eliminou a doença ocular infecciosa mais comum do mundo, o tracoma, o segundo país africano a fazê-lo após o Gana. Em 2014, mais de oito milhões de pessoas estavam em risco. Hoje, esse número é zero. Posto Hipocrático

31. Uma nova vacina para febre tifóide reduziu os casos em mais de 80% nos ensaios e agora está sendo usada para imunizar nove milhões de crianças no Paquistão. BBC

32. As taxas de AVC para adultos norte-americanos com mais de 65 anos diminuíram um terço a cada década nos últimos 30 anos, novos casos de diabetes diminuíram 35% desde 2009, o maior declínio desde que o governo começou a monitorar a estatística e, sob o Lei de Assistência Acessível - quase 2 milhões de diabéticos já receberam acesso ao seguro de saúde.

33. No Ruanda, 95% dos bebês atualmente recebem vacinas para rubéola, sarampo e poliomielite, e também está no caminho de ser o primeiro país a eliminar o câncer do colo do útero. CNN

34. As taxas de doenças cardíacas no Reino Unido estão em declínio - ainda é a principal causa de mortalidade, mas as mortes diminuíram quase pela metade desde 2005. Telegraph
35. Entre 2000 e 2018, a incidência global de sarampo caiu em dois terços e mais de 23 milhões de vidas foram salvas pela vacina contra o sarampo. ACS

36. Uma nova vacina contra o Ebola foi liberada para distribuição em 2019 e está operando milagres, reduzindo as taxas de mortalidade de 70% para 6%. Universidade de Boston

37. A OMS revelou que o declínio médio na incidência de tuberculose, a principal causa infecciosa de morte em todo o mundo, tem sido de 1,6% a cada ano entre 2000 e 2018 e, em agosto, foi aprovada uma nova cura para uma cepa mortal da tuberculose, limpando o caminho para a distribuição global. NYT

38. A poliomielite do tipo 3 tornou-se oficialmente a segunda espécie de poliovírus a ser eliminada em 2019. Somente o tipo 1 agora permanece - e apenas no Paquistão e no Afeganistão. ESTADO
39. Novas pesquisas mostraram que a proporção de pessoas em extrema pobreza no mundo caiu de 36% em 1990 para 8,6% em 2018. Os números absolutos caíram de 1,9 bilhão em 1990 para 610 milhões em 2018. ODI

40. A maior história global que você não ouviu sobre este ano foi a conclusão bem-sucedida do extraordinário esforço de saneamento da Índia. Nos últimos cinco anos, 90 milhões de banheiros foram construídos, 93% das famílias agora têm acesso e 500 milhões de pessoas deixaram de defecar ao ar livre. Economic Times
41. A segunda maior história foi no Relatório Global de Infância 2019 da Save the Children, que mostra que nos últimos 20 anos, a vida das crianças melhorou em 173 dos 176 países. Comparado a 2000, hoje existem:

- 4,4 milhões a menos de mortes de crianças por ano
- 49 milhões menos crianças atrofiadas
- 130 milhões de crianças a mais na escola
- 94 milhões menos crianças trabalhadoras
- 11 milhões a menos de meninas forçadas a se casar ou casadas precocemente
- 3 milhões a menos de nascimentos por ano
- 12.000 menos homicídios infantis por ano

Naturalmente, essas eram notícias de primeira página em todos os lugares.

42. A China agora tem um número igual de meninas e meninos no ensino fundamental e médio e mais da metade dos estudantes universitários são mulheres, acima de menos de um quarto em 1978. Xinhua



43. 30.000 crianças no Camboja foram resgatadas do trabalho duro nos últimos cinco anos e 180.000 impedidas de serem trabalhadoras infantis. Phnom Penh Post

44. Segundo o Banco Mundial, a Índia reduziu pela metade sua taxa de pobreza nos últimos 30 anos, aumentou a expectativa de vida ao nascer em 11,6 anos, aumentou o número médio de anos de escolaridade em 3,5 anos e aumentou a renda per capita em um fator de 250.

45. As democracias liberais ocidentais não sofrem uma epidemia de solidão. Adolescentes nos Estados Unidos não são mais propensos a relatar que se sentem sozinhos do que adolescentes de algumas décadas atrás; os idosos não relatam maior solidão do que os idosos no passado, e pesquisas cobrindo a Alemanha, Inglaterra e Suécia apontam na mesma direção. OWiD

46. ​​Desde o início do século, o número de casas com saneamento adequado, área habitável e construção confiável dobrou na África Subsaariana, de 11% para 23%. Natureza

48. As autoridades do Nepal relataram que 8,8 milhões de pessoas obtiveram acesso à eletricidade desde 2010 e que o país está no caminho do acesso universal até 2022. Kathmandu Post
47. O Nepal também foi declarado país livre de defecação em 2019. Oito anos atrás, nove milhões de pessoas não tinham acesso a instalações sanitárias limpas. Rising Nepal

49. A pobreza nos Estados Unidos atingiu sua taxa mais baixa desde 2007, com 1,4 milhão de pessoas deixando a pobreza em um único ano, e a pobreza no Canadá atingiu o nível mais baixo já registrado, 9,5%, ante 15,6% em 2006.

50. A UNESCO afirmou que 19 países africanos atingiram a paridade de gênero (igual número de meninos e meninas) no ensino primário na última década. Brookings

51. Um novo relatório sobre o desempenho social de 149 países nos últimos cinco anos, usando indicadores como nutrição, abrigo, segurança, educação, saúde, direitos e inclusão, disse que apenas quatro países regrediram em geral desde 2014. First Post
52. A democracia está se mostrando muito mais resistente do que as manchetes sugerem. Desde 2000, o número de democracias aumentou de 90 para 97, incluindo 11 países que se tornaram democráticos pela primeira vez na história e, em 2019, 2 bilhões de pessoas em 50 países votaram, o maior número da história. Al Jazeera

53. Uma nova pesquisa em 167 países disse que a tolerância para com as pessoas LGBTQIA + aumentou em quase todas as regiões do mundo na última década. Japan Times

54. O número de pessoas mortas em guerras em todo o mundo atingiu seu nível mais baixo em sete anos e as mortes em batalhas caíram 43% desde 2014. PRIO

55. A Indonésia aumentou a idade legal mínima para o casamento de 16 para 19, Moçambique tornou o casamento infantil punível por 12 anos de prisão, o México o proibiu em 31 dos 32 estados e um novo relatório da ONU disse que no sul da Ásia a prática quase caiu pela metade nos últimos 25 anos, passando de 59% para 30% hoje.

56. Taiwan se tornou o primeiro país asiático a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. "#LoveWon", twittou o presidente Tsai Ing-wen após a votação: "Demos um grande passo em direção à verdadeira igualdade e fizemos de Taiwan um país melhor".

57. O número de
57. O número de pessoas encarceradas nas prisões americanas declinou novamente, para 1,48 milhão de pessoas (abaixo de 1,61 milhão em 2009) e a Califórnia proibiu a operação de prisões privadas - finalmente removendo o motivo de lucro do encarceramento. Guardião

58. O Índice Global de Terrorismo de 2019 revelou que as mortes por terrorismo diminuíram 15,2% no ano passado, o quarto ano consecutivo de melhoria. O número total de ataques terroristas caiu em um terço, as mortes caíram pela metade e os ataques do Daesh caíram 71%.

59. Este ano, a Arábia Saudita concedeu às mulheres o direito de viajar para o exterior, registrar nascimentos, casamento e divórcio, receber documentos de família para serem guardiões de menores e se reunir nos mesmos lugares que os homens. Reuters

60. Um novo estudo que cobre 90% da população mundial mostrou que a taxa internacional de homicídios caiu 20% desde 1990. Eureka Alert

61. Em 2019, a Irlanda do Norte legalizou oficialmente o direito das mulheres de decidir o que fazer com seus próprios corpos e o direito das pessoas de amar e se casar com qualquer pessoa que escolherem. Human Rights Watch

62. Cinco países - França, Kosovo, África do Sul, Geórgia e Escócia - proibiram o castigo corporal, elevando o número total para 58. Fim do castigo corporal

63. A Organização Mundial da Saúde removeu o 'transtorno de identidade de gênero' de sua lista de doenças mentais. CBS

64. A maior pesquisa americana de atitudes em relação à sexualidade, raça, tom de pele, idade, deficiência e peso corporal mostrou que os americanos se tornaram mais tolerantes desde 2007. As reduções no viés variaram de 49% para a sexualidade, a 17% para a raça e 15 % para peso corporal. Americano científico

65. A ditadura do Sudão foi derrubada após meses de protestos este ano, seus líderes assinaram um acordo histórico para a transição para o governo civil e também revogaram uma série de leis usadas para regular o comportamento das mulheres sob o ex-presidente. Guardião

66. Índia e Paquistão abriram um corredor de paz em sua fronteira, permitindo que os sikhs visitassem seu segundo local mais sagrado, os santuários dedicados a Guru Nanak, pela primeira vez em 72 anos. Al Jazeera
67. As execuções globais caíram quase um terço no ano passado, atingindo o valor mais baixo em pelo menos uma década. Anistia Internacional

68. As autoridades trabalhistas alemãs disseram que os refugiados estavam se integrando ao mercado de trabalho muito mais rápido do que o esperado. Atualmente, cerca de 400.000 pessoas em idade ativa estão empregadas. O local

69. Em junho, o Supremo Tribunal do Quênia decidiu que as sobreviventes de estupro têm direito a um aborto, uma decisão histórica em um país onde as mulheres ainda não têm o direito de escolher. Reuters

70. O aborto se tornou legal em todos os estados da Austrália, Oaxaca se tornou o segundo estado no México a dar autonomia às mulheres sobre seus próprios corpos e, nos Estados Unidos, as taxas de aborto atingiram seu nível mais baixo desde Roe vs. Wade em 1973.

71. Pesquisas da UCLA mostraram que cerca de 10.000 adolescentes LGBTQIA + nos EUA foram protegidos da terapia de conversão em estados que proibiram a prática desde 2012. NBC

72. Em uma vitória marcante para os ativistas de direitos humanos da África, o Botsuana descriminalizou a homossexualidade, derrubando uma lei da era colonial, e Angola descriminalizou a conduta entre pessoas do mesmo sexo, revogando o código penal que também herdou da colonização.

73. O parlamento da Índia aprovou um projeto de lei que criminaliza a prática do triplo talaq, que permite ao marido se divorciar de sua esposa repetindo a palavra "talaq" três vezes. BBC

74. O FBI disse que a taxa de crimes violentos dos Estados Unidos caiu novamente no ano passado e agora é metade da alta de 1991. Os jovens têm agora seis vezes menos chances de serem vítimas de crimes violentos do que em meados do ano. 1990, e as taxas de crimes contra a propriedade continuar

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

ASSISTA AO VIVO

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

JAREL LEOMAR FISCHER curtiram a discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita
1 hora atrás
JAREL LEOMAR FISCHER curtiram a discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita
1 hora atrás
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas? de Wellington Balbo
2 horas atrás
José Leonil Marques da Silva curtiu a postagem no blog Você sabe o que é:ELEMENTAIS? de Liudmila Carla Pinheiro
9 horas atrás
Joao Iudes Nodari curtiram o evento Reforma Intima de Ari Carrasco Silveira
10 horas atrás
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Será que há “alívio” emocional , psicológico e consciencial após o aborto? (Jorge Hessen) de os pae
21 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog Será que há “alívio” emocional , psicológico e consciencial após o aborto? (Jorge Hessen) de os pae
21 horas atrás
Posts no blog por os pae

Será que há “alívio” emocional , psicológico e consciencial após o aborto? (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DF A descriminalização do aborto está circundando descarada e sorrateiramente o nosso País. Hoje, assassinar bebê no ventre materno está totalmente descriminalizado no Uruguai, em Cuba e na Cidade do México. Na Colômbia, a Corte Constitucional determinou em 2006 que o aborto é legítimo em…Ver mais...
22 horas atrás
Luiz Carlos de Melo Júnior e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão SUICÍDIOS E TIRANOS DISFARÇADOS de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
"Tiranos "disfarçados" de idiotas? Idiotia. Lesões cerebrais irreversíveis.   Surge, aqui e ali, quem pergunte por eles, os tiranos que ensoparam o mundo de lágrimas, conhecidos por lamentáveis…"
ontem
Ícone do perfilRonald Gordon, Renata, Jamayka Bertazo e mais 2 pessoas entraram em RAE
domingo
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
domingo
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Ano Novo, Homem Novo de PATRIZIA GARDONA
sábado
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog FALANDO DE OBSESSÃO 41 de Alfredo Zavatte
sábado
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O que é o espiritismo? Médiuns não são adivinhos de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sábado
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Se alguém deve um centavo não pode "fingir" que esqueceu tal dívida (Jorge Hessen) de os pae
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog CUIDADO COM A OVER-DOSE! “VIVER É MELHOR QUE SONHAR" de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Anualmente, em Portugal, quase 600 usuários de maconha são hospitalizados com graves surtos psicóticos ou…"
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog "Especial de Natal" é Repudiado. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"A tentativa de “traumatizar” a dignidade. Uma revista de medicina discutiu a morte de Jesus. Hipóteses: embolia pulmonar; ruptura cardíaca; trauma suspensão; asfixia; ferida da facada fatal e choque.  Conclui-se…"
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Provando o que dissera, Jesus surgiu no recinto fechado e sua voz ecoou:  “A paz seja convosco!” Mostrou as chagas e os discípulos encheram-se de alegria e esperança.  Mas, Tomé não estava com…"
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Livro dos Espíritos. Questão 799. De que maneira pode o Espiritismo contribuir para o progresso? “Destruindo o materialismo, que é uma das chagas da sociedade, ele faz que os homens compreendam onde se encontram seus…"
sábado

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço