Há quem não se diga ateu, para não negar Deus frontalmente, mas pronunciam-se agnósticos, revelando com isso sua indiferença ante as prédicas religiosas. Mas ao assumir semelhante postura, declaram inconscientemente a própria ignorância, porquanto desconheçam que gnose quer dizer conhecimento; assim, o agnóstico é aquele que não conhece e, o que é de pasmar, não querem conhecer, e justamente num tempo em que se afirma que conhecimento é poder. E que maior poder haverá do que o conhecimento da verdade em si e em torno de si? Entretanto, a maioria de nós contenta-se em buscar a verdade exterior, revelada na ciência das coisas, quando mais gratificante é ter acesso à verdade íntima, porque libertadora. Feliz de quem se dá esse prazer, candidatando-se a receber cada vez mais luz, plenificando-se em Deus...

Exibições: 1154

Responder esta

Respostas a este tópico

A Francisco Muniz

     Nesse texto há uma coisa que é importante sobre ela raciocinar: porq uns são ignorantes qto a isso? Porq uns escolhem ser ateus, outros teístas?  Espíritas ou católicos? Uns têm uma crença, outros têm outra? Porq eqto tantos procuram a verdade exterior, outro procuram a verdade interior? Qual é a causa dessa tão grande desigualdade se, como diz a doutrina, no princípio somos todos perfeitamente iguais

De novo as mesmas perguntas. 

Mas quem foi que disse que "no princípio somos perfeitamente iguais"? Não existe igualdade absoluta. Somo todos semelhantes, com liberdade, no início, para escolher um ou outro caminho.

Amigos,

      Marco Túlio escreveu: Quem foi que disse “no princípio”, somos todos perfeitamente iguais"? Não existem igualdade absoluta entre os seres. Somos semelhantes, com liberdade, no início, para escolher um ou outro caminho.

      Luis: meu jovem, é exatamente a doutrina espírita que diz isso, que todos somos criados absolutamente iguais; aliás, todas as doutrinas cristãs e todas as muitas outras que dão a Deus os atributos de soberano amor e soberana justiça! Pois, se afirmam que Deus é infinita justiça e infinito amor, se não criasse a todos perfeitamente iguais, inclusive, portanto, em todos os quesitos que interessam à evolução, onde estariam esse amor e essa justiça?

      Observe: se no princípio não fossemos todos perfeitamente iguais, uns seguiriam o caminho do bem/amor e outros o do mal/ódio, concorda? E seria necessária uma resposta a esta pergunta que ninguém sabe responder: porq estes que seguirem o caminho do mal terão de sofrer se, se como vc está dizendo, é Deus que nos cria diferentes uns dos outros e, devido a essa  diferença é que uns vão para o bem e outros para o mal?!!

      E, se como vc diz, a ajuda dos “anjos guardiões” é imprescindível para o aperfeiçoamento dos espíritos, com isso vc está dizendo que Deus nos criou moralmente “aleijados”, sem poder caminhar sozinhos, mas sempre, debaixo do braço, temos de levar a “muleta” dos guardiões!! É isso mesmo? Sozinhos nada podemos?!!

Luis,

         Deus não nos criou moralmente aleijados. Nos criou perfeitos em todos os sentidos, porém únicos e livres. Com tanta liberdade que poderíamos até mesmo renegá-lo. Poderíamos até não querer "ser".

         Além disso, Deus nos criou únicos. Ninguém é igual a ninguém. Cada um possui seu próprio ID e, como um GUID, isto JAMAIS se repete. Se todos seguíssemos o mesmo caminho por determinação exterior não seríamos livres, mas robôs, autômatos, clones.

         Entretanto, isto foi no início, e agora, que já não é, pois que já fizemos a escolha, estamos presos no caminho evolutivo. Esse caminho é inçado de dificuldades por isso precisamos da ajuda de nossos benfeitores. De certa forma, você tem razão: Estamos atualmente aleijados, ou melhor, mortos, nas palavras de Jesus, mas não por que Deus nos criou assim, mas por que a nossa escolha nos levou à isso. Antes não era assim, e agora, sozinhos, realmente nada podemos. Como diz Paulo:"Somos salvos pela graça". Até por isso, também, Jesus veio à terra como o maior guardião de todos: para nos salvar.

         Entretanto, para entender isso, é necessário definir a maneira como cremos em Deus. Como você, Luis, crê em Deus? O que Deus é para você?

Ao Marco,

      Observe, meu jovem, que, novamente vc, que afirma que vc (e Ubaldi) concorda com a doutrina espírita, está mostrando que não concorda  com ela, pois está contradizendo a DE! Qto a sua pergunta acima, me perdoe que já a respondi mais de uma vez; e tb não tenho mais "fôlego" para repeti-la. Me perdoe!

Luis,

      Nem eu e nem Ubaldi estamos contradizendo, em nenhum ponto a doutrina espírita. Se você estudar o pentateuco com cuidado verá a obra de Ubaldi simplesmente esclarece os pontos que não foram esclarecidos sem, no entanto, contradizê-los e nem diminuí-los, mas acrescentando-os.

     Quanto à sua definição de Deus isto não ficou claro. Então vou mudar a pergunta: Você ama Deus, Luis Conforti Júnior?

      Leia com atenção o que vc escreve, e o que Ubaldi escreveu; compare com a doutrina espírita!

Não Luis. Leia você. Eu já, conheço e sei do que estou falando. Você não.

      Marco, nem posso ler; já me desfiz das trilogias de Ubaldi e isso fez aumentar minha compreensão!

      Mas, paremos por aqui, até que faça o teste que sugeri e me diga a que conclusões vc chegou!

Luis,

        Vamos fazer um teste. Eu vou te fazer uma pergunta e "VOCÊ DECIDE" se vai respondê-la ou não. A resposta em si não importa. Importa é a sua decisão. Se você responder é porque decidiu que vale a pena responder ou por outro motivo que lhe caiba. Se você não responder é porque escolheu que não vale a pena. De qualquer maneira a decisão será sua, a escolha em responder ou não, será sua. Então, use o seu livre-arbítrio e responda:

         Qual é a origem do mal?   


Belíssima discussão esta que se estabelece aqui. Tentarei colaborar para o entendimento doutrinário com algumas reflexões que julgo pertinentes:

1 - Deus não cria Espíritos, mas princípios espirituais, que na origem apresentam sim a igualdade, partindo todos do mesmo ponto, em igualdades de condições, evoluindo por força da lei pelos milênios a fora através das diversas experiências nos reinos inferiores, até chegarem à condição de Espíritos propriamente dito e encarnarem unicamente na espécie humana.

2 - Chegando à condição de Espírito, o ser ganha dois "prêmios" importantíssimos para sua trajetória humana: a consciência de si mesmo e o livre-arbítrio, os quais ele terá que aprender a usar com inteligência para chegar ao objetivo maior: a felicidade, que consiste, para os Espíritos Puros, no conhecimento de todas as coisas - ou seja, a sabedoria plena.

3 - A origem do mal, fica evidente, está tanto no mau uso do livre-arbítrio - o ser é livre para escolher até mesmo dar as costas ao Criador - quanto na limitação da consciência, o que só será resolvido com a repetição das experiências, à custa da dor provocada por esse mesmo mal, através das reencarnações sucessivas. Isso quem nos diz é Léon Denis em O Problema do Ser, do Destino e da Dor.

      O criador de todas as coisas pois que, sem ele, nada foi criado!

Responder à discussão

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Erika Silveira postou um evento
Miniatura

Palestra com Pedro Camilo em Centros Espíritas na cidade do Rio de Janeiro

28 junho 2018 às 18 a 30 junho 2018 às 19
4 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog "Raul Teixeira diz: “Ser espírita não é para quem quer mas para quem aguenta.” de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
5 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog "Raul Teixeira diz: “Ser espírita não é para quem quer mas para quem aguenta.” de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
5 horas atrás
Ícone do perfilADILSON CARLOS SANTOS, Lucianne, Maria Aparecida Lorenconi Velasq e mais 4 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
5 horas atrás
os pae curtiu o vídeo de os pae
6 horas atrás
Marcelo Pimentel comentou a postagem no blog Puritanismos ou inaceitável comércio do Consolador???... (Jorge Hessen) de os pae
6 horas atrás
NILO DAMASCENO REZENDE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
7 horas atrás
os pae compartilhou o vídeo deles em Facebook
7 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog IDOLATRIA PELO DINHEIRO de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
8 horas atrás
Anderson Costa de Araujo e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Maria Jose de oliveira
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Anderson Costa de Araujo
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de regina aparecida gonçalves
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Carmem Samico
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de albeto A. Santos
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Bruno Bitencourt Luiz
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Audalio de araujo
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Dionisio Araujo
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de MARIA RITA DA CUNHA
8 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Renata Monteiro
8 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço