Olá irmãos! 

Quero dividir com vocês uma situação que me deixou intrigada.

Após inúmeros acontecimentos ao longo da minha vida, os quais foram acontecendo de forma mais séria, aceitei que sou médium e estou no início do desenvolvimento mediúnico.

Um dia, ao toar o passe, entrei em transe (nem sempre tenho o controle ainda) e, ao conversar com uma tarefeira da casa, ela me disse que mediunidade não é dom, como muitos acham, e sim "castigo", uma espécie de "punição", pois em vidas passadas eu devo ter aprontado muito e vim médium para exercer meu lado da caridade.

O que acham sobre essa afirmação?

Confesso que fiquei incomodada. Não acho que mediunidade seja dom e nem castigo, e sim uma ferramenta de auxílio a prática da caridade.

Abraços!

Exibições: 873

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá minha irmã, concordo com seu ponto de vista, no entanto vejo que é necessário que você se identifique com a entidade da qual você esta manifestando pois, pode ser ela a "castigada" e "punida", não você. Observe. O que teria aqui em nosso mundo(físico) que possa atrair um irmão desencarnado e se manifestando em alguém? Ou sua entidade é um espirito superior?, provavelmente não. Não estaria você prestando um serviço a ela? - caridade. A manifestação mediúnica em minha visão para ser útil deve ser sempre acompanhada de muito estudo, que o médium seja uma pessoa de carater ilibado e viver uma vida pautada na ética de Jesus, tendo como principio o maior de todos os códigos de ética que possuímos. O SERMÃO DA MONTANHA.

Jose Lucio,

Meu amigo, vc falou em "castigo" e "punição" e isso sempre provoca minha curiosidade: porq, ou qual é a causa de, mesmo tendo o livre-arbítrio, tantos irmãos escolhem praticar o mal e por isso serão punidos pela lei de causa e efeito? Porq não escolhem praticar o bem? O que é que os impede de escolher somente praticar o bem?!

Barbara, há uma disciplinação necessária dos próprios sentimentos e pensamentos, e esse processo se mostra libertário na medida que é efetivamente realizado. Mas daí a considerar que ser médium é um castigo das leis da vida, vai longa distância. Alguns médiuns viveram grandes lutas pessoais e triunfaram, e dois exemplos são
Wera Kryzhanovskaia, médium russa que psicografou dezenas de livros do espírito J.W.Rochester, e Yvonne do Amaral Pereira, referência para todos os médiuns espíritas, a qual além de psicografar importantes obras também realizou estudos sérios e pesquisas. Elas enfrentaram grandes dificuldades na vida material, cujas raízes diziam respeito à necessidade de triunfarem de determinadas provas. Há as provas naturais da existência de encarnado, mas há também as provas que estão inseridas em nossa jornada terrena advindas de escolhas equivocadas feitas na esteira do passado reencarnatório. No entanto, a jornada de todo encarnado é um propósito de vitória.
A sua conceituação de mediunidade como ferramenta é adequada se pensarmos que tal instrumento somente poderá ser utilizado de modo caridoso quando o médium exercita 'estudar muito, observar intensamente e trabalhar intensamente pela sua própria iluminação'(Emmanuel).
As recomendações nobres estão à disposição na literatura espírita mas a imensa maioria de nós precisamos de muitas conversações e entendimentos, cursos e leituras para que nosso entendimento sobre o que é o processo da reforma íntima seja descoberto e tornado efetivo.
Saúdo a sua iniciativa de trocar impressões e mostrar-se insatisfeita com aquilo que não é aceitável do ponto de vista racional.

Sr Luiz Conforti Junior,

A lei de causa e efeito está subordinada a lei maior, Lei de Deus, portanto estamos presos a elas. Lembrando o que diz Kardec, a Lei de Deus está escrita em nossa consciência. A opção de trilhar o caminho do bem e do mal é exclusivamente nossa.  Ocorre que, ao optarmos pelo caminho do bem ascendemos mais rápido para a evolução. Já ao escolhermos o mal também vamos ascender, mas haverá que passar pelo sofrimento e pela dor, pois a lei é justa e cobrará por nossa negligencia. Vale lembrar que em nossa encarnação atual há sequelas de etapas passadas que temos de cumprir, e é ai que nós nos revoltamos, não  identificamos  as causas e procuramos  caminhos tortuosos para os ajustes, daí permanecemos sempre fazendo as mesmas coisas em diversas encarnações. O que nos impede a praticar somente o bem? Não minha visão é o tamanho do compromisso que temos com o mundo material pois, este é regido pela astucia e não pela ética. É o exercício da ética que nos levará a pratica do bem, e devemos entender com a maior fidedignidade possível o Sermão da Montanha de Jesus. Como disse Gandhi – “se se perdesse todos os livro do mundo e sobrasse o Sermão da Montanha, nada se perderia”. 

Jose Lucio Barbosa Rodrigues,


Amigo José, apenas 3 perguntas, relativas ao que vc escreveu:


- se estamos presos à lei de causa e efeito, porq tantos de nós e tantas vezes a desrespeitamos?


- E de que nos adianta que a lei de Deus esteja inscrita em nossa consciência, se não temos acesso a ela?


- Se a opção entre trilhar o caminho do bem ou o do mal é nossa, porq tantos e tão numerosas vezes escolhemos trilhar o caminho do mal se podemos escolher trilhar o caminho do bem?
.

- se estamos presos à lei de causa e efeito, porq tantos de nós e tantas vezes a desrespeitamos? Unicamente por nossos conteúdos, disse Jesus, " ó geração má e perversa, até quando vos suportarei". Não da para atribuir a Deus os nossos desvios, a nossa indolência. Vamos desrespeitado até encontrarmos o caminho da evolução pela dor e sofrimento.

- E de que nos adianta que a lei de Deus esteja inscrita em nossa consciência, se não temos acesso a ela? Temos acesso sim, não não pode ser dada a "porcos" é necessário conquista pessoal, veja o nosso irmão Chico Xavier. Sugiro muito leitura.

- Se a opção entre trilhar o caminho do bem ou o do mal é nossa, porq tantos e tão numerosas vezes escolhemos trilhar o caminho do mal se podemos escolher trilhar o caminho do bem? Há um engano, 50% de todas as criaturas ligadas ao nosso planeta, encarnada e desencarnadas são pessoas do bem e é por isso que Jesus esta conosco e voltará. Lógico que a midia noticia diariamente coisas ruins, fazendo o desserviço a todo nós, desligue sua televisão e passe a não ler jornais e depois me conte. Será um exercicio do bem.

Jose Lucio Barbosa Rodrigues,

 

(Obs: para maior facilidade de compreensão, abaixo coloco as perguntas e respostas que tanto vc como eu  fizemos)

Luis (msg anterior): - se estamos presos à lei de causa e efeito, porq tantos de nós e tantas vezes a desrespeitamos?

 

José Lucio: Unicamente por nossos conteúdos, disse Jesus, "ó geração má e perversa, até quando vos suportarei". Não dá para atribuir a Deus os nossos desvios, a nossa indolência. Vamos desrespeitado até encontrarmos o caminho da evolução pela dor e sofrimento.

 

Luis: e quem foi, amigo José, senão Deus, que criou (e continua criando) essa geração “má e perversa” que, com extrema facilidade se desvia do caminho do bem e segue pelo caminho do mal e se enche e se submete aos maléficos “conteúdos” nossos? Afinal, a que se deve o fato de nossos “conteúdos” serem assim como são: carregados de ignorância, sentimentos baixos, pensamentos maus e imorais, desejos, decisões e escolhas voltadas para o mal etc?  O homem mesmo escolheu ser assim, ou é a escola do bem e do mal que é a vida, que o faz ser assim?

 

Luis (msg ant): E de que nos adianta que a lei de Deus esteja inscrita em nossa consciência, se não temos acesso a ela?

 

José: Temos acesso sim, não não pode ser dada a "porcos" é necessário conquista pessoal, veja o nosso irmão Chico Xavier. Sugiro muito leitura.

 

Luis: e, meu querido, quem são esses “porcos”, senão espíritos criados por Deus? E se, como vc diz, temos acesso à lei de Deus que está inscrita em nossa consciência, porq, ou, qual é a causa deste nosso mundo ser ainda um profundo abismo de egoísmos, maldades, perversidades, perversões, vícios, violências, crimes, ignorância e consequentes sofrimentos?

 

Luis (msg ant): Se a opção entre trilhar o caminho do bem ou o do mal é nossa, porq tantos e tão numerosas vezes escolhemos trilhar o caminho do mal se podemos escolher trilhar o caminho do bem?

 

José: Há um engano, 50% de todas as criaturas ligadas ao nosso planeta, encarnada e desencarnadas são pessoas do bem e é por isso que Jesus está conosco e voltará.

 

Luis: pois, então, modifico a pergunta que fiz: porq, ou qual é a causa desses outros 50% (cerca de 3 e meio bilhões de espíritos encarnados, criaturas e filhos de Deus), ainda continuarem sendo uma “geração má e perversa e cheia de monstruosas imperfeições”?

Afinal, porq esses bilhões de espíritos, cerca de metade, segundo vc, dos habitantes deste pequeno planeta, decidiram conscientemente escolher trilhar o caminho do mal, se poderiam todos ter escolhido trilhar o caminho do bem?

Porq, por escolha própria decidiram (e assim escolheram) se tornar tão assombrosamente ignorantes e carregados das mais abjetas imperfeições?

Segundo a doutrina, Deus nos criou simples e ignorantes, mas não tão desequilibrados mentalmente ao ponto de desejarmos, como se fôssemos sádicos, fazer o mal para nossos irmãos e, como se fôssemos masoquistas, fazer o mal para nós mesmos!

 

José: Lógico que a mídia noticia diariamente coisas ruins, fazendo o desserviço a todo nós, desligue sua televisão e passe a não ler jornais e depois me conte. Será um exercício do bem.

 

Luis: então, para o querido amigo, as catástrofes que estão acontecendo pelo mundo, os tsunamis, terremotos, os crimes, as guerras, as violências, as epidemias, os assassinatos, as corrupções, a pedofilia, os estupros, a exploração dos homens pelos homens, são histórias inventadas pela mídia? Mas, meu amigo, se só um único homem (portanto, sem nenhum exagero da mídia) for assim carregado de imperfeições, porq esse “um” é assim se, no princípio, segundo a doutrina, somos todos "perfeitamente iguais"? O que é que surge, de repente, e destrói aquela perfeita igualdade original e a transforma nessa gigantesca desigualdade que reina entre os homens, e que faz que uns, "desde o princípio", escolham (conscientemente portanto), seguir pelo caminho do mal?

Luis, de novo, não atribua a Deus qualquer imperfeição de natureza humana. Há 2000 anos tivemos a oportunidade de escrever uma nova história contada no Novo Testamento. Se tivéssemos aderido a ela nada de catástrofes e distúrbios humanos nos afetaria. Na esfera divina não existe o mal, o mal são os nossos conteúdos internos. Porem, como vivemos na dualidade, frequentemente alternamos o bem e mal, como um desequilibrio. Mas nunca atribua a Deus as nossas mazelas.Repito, o primeiro passo é a Ética do Sermão da Montanha, depois de entendida tudo ficará mais fácil. Tente exercitar.

José Lucio, 

E quem foi, e continua sendo, o criador dessa natureza humana que é tão facilmente suscetível de se tornar possuidora das mais monstruosas imperfeições? Os homens mesmo escolheram ser assim profundamente fracos e imperfeitos, ou é a vida que Deus lhes dá que os torna fracos e imperfeitos como são? 

Sr.Luis, desculpe, mas lhe falta entendimento, sua visão de Deus é antropomorfa e a minha é do Deus imanente. Portanto, não vamos chegar a nenhum lugar com este debate. Para entender o homem já muito difícil, imagine entender Deus. A unica coisa que posso lhe sugerir para um entendimento profundo do que buscas é a leitura. Acredito ser este o melhor caminho. Em uma outra oportunidade poderei lhe sugerir (+ -) uns 500 títulos de livros para aliviar suas dores de entendimento.

Luis: José Lucio não respondeu as 2 perguntas que lhe fiz acima (que repito aqui: “E quem foi, e continua sendo, o criador dessa natureza humana que é tão facilmente suscetível de se tornar possuidora das mais monstruosas imperfeições? Os homens mesmo escolheram ser assim profundamente fracos e imperfeitos, ou é a vida que Deus lhes dá que os torna fracos e imperfeitos como são?”); José apenas fez uma argumentação, um comentário que nada tem a ver com as perguntas feitas a ele:

 

José Lucio nã respondeu as perguntas e apenas disse: Sr.Luis, desculpe, mas lhe falta entendimento, sua visão de Deus é antropomorfa e a minha é do Deus imanente. Portanto, não vamos chegar a nenhum lugar com este debate. Para entender o homem já muito difícil, imagine entender Deus. A unica coisa que posso lhe sugerir para um entendimento profundo do que buscas é a leitura. Acredito ser este o melhor caminho. Em uma outra oportunidade poderei lhe sugerir (+ -) uns 500 títulos de livros para aliviar suas dores de entendimento.

 

Luis: meu amigo José, grato pela sugestão! E, para que não fiquemos na situação de, como vc mesmo disse, “não chegar a nenhum lugar com este debate”, que na verdade não é um debate, mas apenas um início de conversa, por favor, me exponha qual é a sua visão do Deus “imanente”que lhe faz acreditar que não possuo entendimento para ter a visão correta! É isso que desejo aprender: qual é o entendimento correto a respeito do que coloquei acima; qual erro cometi, qual absurdo escrevi ali, para que eu possa me corrigir! O amigo pode perder um tempinho para me mostrar os erros que estou cometendo? E, se for o caso, dar sua explicação a respeito do que é o correto a ser escrito? 

Sr.Luis, ninguem pode explicar Deus, por esta razão a discussão vai se alongando. Para ter um simples entendimento é necessário crer, experienciar algum fato de relevância em nossa vida terrena. Em principio, creio em Jesus como o supremo governante do nosso planeta(Terra). No livro do Chico Xavier pelo Espirito de Humberto de Campos- Boa Nova - pag.24 vemos um dialogo do Sacerdote Hanã que indaga Jesus "Galileu, que fazes na cidade? - Exclamou Jesus - passo por Jerusalém buscando a fundação do Reino de Deus". Em outras passagens Jesus disse - "o Reino de Deus esta dentro de vós". Então, para entender Deus, suas Lei e toda ordem terrestre e universal é necessário partir do CRER. Deste modo, precisamos sentir Deus dentro de nós(imanente).Exemplo singelo: nos alimentamos e todos os órgãos cumprem rigorosamente suas funções na digestão e aproveitamento de todos os nutrientes contidos no alimento ingerido, isto dentro de uma ordem absoluta sem qualquer conflito orgânico e sem nenhuma interferência nossa. Há um sistema de informação tão dinâmico que sequer a conhecemos, e assim cumprindo as suas diversas funções, coração, rins, bexiga,estomago,sistema nervoso, etc no mais absoluto equilibrio. Portanto, para entender Deus é necessário senti-lo, é dentro deste principio que vamos percebendo a presença de Deus e aos poucos vamos degradando a visão do Deus antropomorfo. O dialogo de Jesus acima citado foi do inicio de do seu apostolado, e até ao final comentou do Reino de Deus, portanto o Evangelho de Jesus é o nosso norte.

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

Ori Pombal Franco curtiram o evento “GRATIDÃO”, com Stela Maris Sâncio Gonçalves de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

A PRESENÇA DA LUZ DIVINA EM NOSSO LAR

Organizemos o nosso agrupamento doméstico do Evangelho. O Lar é o coração do organismo social.Em casa, começa nossa missão no mundo.Entre as paredes do templo familiar, preparamo-nos para a vida com todos.Seremos, lá fora, no grande campo da experiência pública, o prosseguimento daquilo que já somos na intimidade de nós mesmos.Fujamos à frustação espiritual e busquemos no relicário doméstico o sublime cultivo dos nossos ideais com Jesus. O Evangelho foi iniciado na Manjedoura e demorou-se na…Ver mais...
ontem
Posts no blog por os pae

O autoperdão para libertar-se da culpa (*)

 Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DF A autoconsciência e o autoperdão são duas virtudes fundamentais para a diluição da culpa. Porém, é necessário o treino do autoacolhimento amoroso que precisa ser irrigado pelos cinco sentimentos básicos, a saber: autoestima, autoaceitação, autoconfiança, autovalorização e…Ver mais...
ontem
Conceição Valadares curtiram o evento “GRATIDÃO”, com Stela Maris Sâncio Gonçalves de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “GRATIDÃO”, com Stela Maris Sâncio Gonçalves de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“GRATIDÃO”, com Stela Maris Sâncio Gonçalves em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

20 outubro 2019 de 9 a 10:15
“GRATIDÃO”, este será o tema da palestra da pedagoga e professora de língua italiana Stela Maris Sâncio Gonçalves de Santa Teresa-ES, no próximo domingo 20 de outubro de 2019, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Stela Maris é uma das fundadoras e está como dirigente da Casa Espírita Cristã Mensageiros de Luz, localizada no Centro de Santa Teresa. Se possível…Ver mais...
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Não nos iludamos

Facilmente observável é o fato de que os trabalhos desenvolvidos pelos Centros Espíritas no campo da cura dos males físicos têm procura mais acentuada que a busca pelos estudos, e até mesmo pelas palestras públicas que os Centros desenvolvem.Isso acontece porque a nossa tendência maior ainda é buscar o socorro imediato, para recuperarmos a sensação de bem…Ver mais...
ontem
André Carlos Silva Pimentel e Graciano Santos Araujo agora são amigos
terça-feira
Raimundo Nonato Soares comentou a página Rádio Amigo Espírita 1 - Música Instrumental e Estudos ao vivo de Amigo Espírita
"Bom dia Caros irmãos! Músicas maravilhosas."
terça-feira
Graciano Santos Araujo e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
terça-feira
Ícone do perfilAndré Carlos Silva Pimentel e Flavia Holanda Batista entraram em RAE
segunda-feira
Erika Silvira postou um evento

Workshop Propósito de Vida- Descubra a si mesmo em Local: Hotel Braston

23 novembro 2019 de 9 a 16:30
Workshop Propósito de Vida- Descubra a Si mesmoVocê já parou para pensar qual é o seu propósito de vida? Onde quer chegar? Que caminho seguir? Se você deseja refletir com mais profundidade sobre o seu propósito de vida e despertar essa conexão interior capaz de trazer novos rumos a sua existência, participe do Workshop Propósito de Vida – Descubra a Si Mesmo, que será realizado pela Fundação Espírita André Luiz. 23 de Novembro das 09:00 às 16:30 Hotel Braston - São Paulo Rua Martins Fontes,…Ver mais...
segunda-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog A Dor é Inevitável, o Sofrimento é Opcional de PATRIZIA GARDONA
segunda-feira
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
segunda-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog A IMPOSIÇÃO DAS MÃOS PRATICADA POR JESUS de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
domingo
Sandra Helena Perticarrari e Mauro jesus Nascimento agora são amigos
domingo
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

A IMPOSIÇÃO DAS MÃOS PRATICADA POR JESUS

"Publicado em Magnetismo, Passe e EspiritismoBack to Magnetismo, Passe e Espiritismo Discussions"O evangelho contém passagens muito interessantes, que mostram, claramente, como Jesus usava a imposição das mãos para realizar curas ou para abençoar as pessoas.VEJAMOS ALGUNS EXEMPLOS:“Foram apresentados a Jesus vários meninos, para ele lhes impor as mãos e orar por eles.” “Depois de lhes impor a mãos, Jesus partiu dali” (Mateus XIX, 13 a 15).“Os meninos que foram apresentados a Jesus foram…Ver mais...
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de ELIAS VICENTE MACHADO DE SOUZA
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Fernando Melo
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Marco Antonio Hrastel Carnaz
domingo

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço