Olá irmãos! 

Quero dividir com vocês uma situação que me deixou intrigada.

Após inúmeros acontecimentos ao longo da minha vida, os quais foram acontecendo de forma mais séria, aceitei que sou médium e estou no início do desenvolvimento mediúnico.

Um dia, ao toar o passe, entrei em transe (nem sempre tenho o controle ainda) e, ao conversar com uma tarefeira da casa, ela me disse que mediunidade não é dom, como muitos acham, e sim "castigo", uma espécie de "punição", pois em vidas passadas eu devo ter aprontado muito e vim médium para exercer meu lado da caridade.

O que acham sobre essa afirmação?

Confesso que fiquei incomodada. Não acho que mediunidade seja dom e nem castigo, e sim uma ferramenta de auxílio a prática da caridade.

Abraços!

Exibições: 1071

Responder esta

Respostas a este tópico

Imagine dois seres clonados exatamente com o mesmo DNA, Genoma, etc. Em aparência serão exatamente iguais mas nas atitudes não o serão. Por que? porque cada um é um indivíduo  com seu próprio ego e poder de decisão e vontade próprias.

Meu amigo, não sou eu; é a doutrina que diz que somos todos perfeitamente iguais no ato da criação.

Iguais no método não na identidade.

Meu amigo, me desculpe, mas vc está indo contra a doutrina, pois ela diz q todos somos criados perfeitamente iguais tanto com relação às faculdades objetivas, como às subjetivas, e nos requisitos necessários à evolução. E afirma que essa perfeita igualdade vem do fato de Deus ser justo.

E por que Deus seria injusto criando os espíritos iguais na substância e diferentes na identidade?

Se vc, meu amigo, ler minhas msgs/respostas com atenção, verá que eu nunca disse isso!

Se você não disse isso, então a questão está solucionada.

Olá Bárbara !

De acordo com o meu entendimento da Doutrina Espírita , não é privilégio e nem castigo , mas simplesmente uma ferramenta  para lhe auxiliar no trabalho de renovação interior . Os desequilíbrios e desajustes não são da mediunidade e sim do próprio Espírito . Tendo conhecimento e certeza da vida imortal , temos mais responsabilidades. E talvez dentro do entendimento dessa pessoa , ela se torna um castigo pois lhe evidencia a todo momento a necessidade de renovar-se . 

Procure  conhecer as suas faculdades , procure criar intimidade do Evangelho de Jesus  e todos esses incômodos irão passar . Emmanuel nos traça o perfil dos médiuns e nos alerta que  em sua maioria os médiuns são Espíritos que falharam nas áreas de poder , sexualidade  e outras fragilidades humanas ,a misericórdia Divina concede a mediunidade para que ele nunca se esqueça que a imortalidade da alma é uma verdade . Estude , pratique o bem e irá aprender a lidar com a sua faculdade de maneira natural , tranquila . Boa Sorte 

Aos amigos da Rede Amigo Espírita: Mas, se todos os espíritos são criados por aquele que é perfeita sabedoria, porq é que eles são tão extremamente ignorantes e erram tanto, se tornando desequilibrados e desajustados?

O ego é a resposta.

Olá Bárbara.

Sabemos que você recebeu muitas respostas a essa questão, mas a nossa contribuição é a de que a mediunidade não é dom nem castigo. Diversos textos da literatura espírita (principalmente o Livro dos Médiuns, cuja leitura é obrigatória a todxs que estejam praticando atividades mediúnicas) nos dão conta de que a mediunidade é inerente a todas as pessoas, em níveis variados. Isso ocorre porque a humanidade já atingiu certo grau de madureza do espírito e quanto mais avança em seu processo evolutivo mais aumenta a capacidade de intercâmbio com o plano espiritual.

Agora, colocar a sua capacidade mediúnica a serviço das outras pessoas, é decisão pessoal e sem dúvida te retorna benefícios espirituais devido a prática caritativa.

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
15 horas atrás
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
terça-feira
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
terça-feira
ANDREA REGINA DE SA curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
segunda-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Ao tentar processar o Porta dos Fundos, por retratar Jesus como um gay, igreja teve um prejuízo de R$ 82…"
sábado
Madelon Fonseca curtiram a discussão Reflexões sobre as Leis Naturais. de Wellington Balbo
31 Jul
Joao Iudes Nodari respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"A Marlene apresentou uma realidade constatada diariamente no processo de palestras ministradas nos centros e unidades espíritas. Está-se chegando numa fase onde a ênfase oratória pergaminha atitudes emocionais e…"
31 Jul
Ligia Maria Matutino Bastos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Espiritismo e Evangelho

Grupo destinado a estudos do Evangelho a Luz da Doutrina EspíritaVer mais...
31 Jul
Ligia Maria Matutino Bastos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Estudo: "Amor e Sabedoria de Emmanuel"

Estudo Interativo da Série: "Amor e Sabedoria de Emmanuel"Áudios  e vídeos da Sala de Conferência Estudando EspiritismoAo vivo semanalmente as 20h00 pelo link…Ver mais...
31 Jul
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Marlene, Grato pelo seu comentário. Deus a abençoes . Precisando de qualquer informação estamos a disposição.."
31 Jul
MARIO FONTES curtiram o perfil de Marlene Matias da Silva
31 Jul
Raimundo Luís Godinho Costa entrou no grupo de Acacia Maria Picoli
Miniatura

Meimei - Espirito de Luz

Grupo criado com o objetivo de divulgar as lindas mensagens e preces de MeimeiVer mais...
31 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço