Muita gente pergunta

Orson Peter Carrara

 

            É comum a interrogação sobre notícias do além. Alguns com ironia, outros com saudade, outros crédulos e mesmo incrédulos, muitos por curiosidade e alguns com vivo e salutar questionamento sobre tais possibilidades.

            O assunto é grave porque sempre há os charlatães de plantão e a ocorrência infeliz  dos pseudo-médiuns, ingênuos ou declarados, explorando a credulidade popular, causando decepções, instigando uma falsa imagem da realidade das manifestações mediúnicas e pior: prestando um desserviço à causa humanitária do esclarecimento e da harmonia social.

            A imortalidade da alma é palpável, real. Atingidos pela chamada “perda” de um ente querido – no fenômeno biológico da morte –, é natural que aquele que ficou e permanece saudoso ou aflito por notícias, queira ter informações daquele que partiu, especialmente nas ocorrências inesperadas e muitas vezes trágicas dos acidentes e enfermidades fulminantes. E surge a inevitável pergunta: posso ter notícias de fulano ou fulana?

            A ausência de conhecimento sobre a questão leva, muitas vezes, à procura de pessoas despreparadas, ingênuas, mal-intencionadas ou aos conhecidos exploradores da fé, com desdobramentos lamentáveis.

            Afinal, quem já partiu pela morte pode dar notícias? Sim, pode! Mas é necessário levar em conta vários fatores. Não é tão simples quanto parece.

            Valho-me de preciosa orientação da inesquecível médium Yvonne do Amaral Pereira (sugiro ao leitor pesquisar a rica biografia) que informou: “(...) Temos que levar em consideração o que os espíritos nos ensinam. A maioria dos desencarnados tem um período de perturbação no mundo espiritual, que pode durar semanas, meses... ou anos. Cada retorno para o Além tem suas características próprias. (...) Infelizmente, na busca ansiosa em que se encontram, poderão deparar-se com médiuns que se prestem a atendê-lo, dando-lhes mensagens escritas por eles mesmos, nem tanto por serem mistificadores ou interesseiros, mas por quererem minorar a dor sentida pelos irmãos. Desculpem-me a franqueza, mas tais mensagens, por não serem autênticas, não conseguirão consolá-los devidamente. (...)”.

            Yvonne se dirige a amigos diante do pedido de sofrida mãe cujo filho havia partido num lamentável acidente. E acrescenta mais adiante, perante as dúvidas e comentários que surgiram: “(...) Preocupo-me com aquilo que eu disse, alertando o casal que saiu daqui, agora há pouco. Vão aparecer pseudomédiuns, tantos nos centros espíritas, como fora deles. Estou antevendo uma fase de muitas mistificações, principalmente por gente ignorante e inescrupulosa, a se aproveitar de pessoas fragilizadas. Vocês sabem que é difícil obter uma comunicação psicografada de um espírito que não adquiriu ainda a lucidez necessária. (...)”.

            A advertência da incomparável Yvonne, em sua postura firme e humilde, é caminho a ser guardado para se evitar decepções dispensáveis nas pseudomensagens atribuídas aos espíritos, que surgem mesmo até como desrespeito ao sofrimento de alguém. Não temos o direito de forjar, iludir, enganar, para satisfazer vaidades ou projetar-se. Toda criatura merece respeito e os centros espíritas e médiuns devem levar em consideração a prudência que recomenda o Espiritismo diante também das notícias do além, onde igualmente estão os que iludem e buscam tirar proveito de criaturas fragilizadas. O valioso trecho, parcial, foi extraído do extraordinário livro Yvonne – a médium iluminada (capítulo 17 – O Amor que consola), de Gerson Sestini, com edição do CELD, e que poderá ser encontrado em nossas distribuidoras. Gerson conviveu com Yvonne por muitos anos e sua obra apresenta momentos peculiares dessa convivência, com casos, exemplos, advertências, experiências e lutas da conhecida e incomparável médium, que deixou valioso acervo de conhecimentos em suas valiosas obras.

            Entre os fatores que dificultam uma comunicação do além estão: a) preparo e condições do comunicante; b) preparo e condições do médium; c) local e ambientes adequados; d) necessidade e utilidade da comunicação; e) mérito dos envolvidos, entre outros.

            Não é tão simples quanto parece e é preciso prudência e cuidado com os aproveitadores. E melhor ainda é aguardar a notícia espontânea, que surge inesperada. Estudemos o assunto para evitar decepções e mais auxiliar as pessoas atingidas pela dor da separação. O tema não pode nem deve ser tratado com negligência e sem conhecimento! Ele merece respeito.  

 

 

Orson Peter Carrara (Matão/SP) é membro da Rede Amigo Espírita

Escritor e orador espírita. Constultor Editorial residente em Matão/SP, Articulista da imprensa espírita, tem colaborado com diversos órgãos da imprensa espírita, entre revistas e jornais do país, além de boletins regionais.  Autor dos livros "Causa e Casa Espírita" "Espíritos - Quem são? O que fazem? Onde estão? Por que nos procuram?", seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita.

Seu site www.orsonpcarrara.com.br

e-mail: orsonpeter@yahoo.com.br

Blog: http://orsonpetercarrara.blogspot.com/

Exibições: 1723

Respostas a este tópico

Agradecimentos Orson! e que DEUS te fortifique no trabalho que desenvolves !!

Muito exclarecedor o texto, fico muito feliz em poder ter a oportunidade!! parabéns ao irmão Orson Peter.

Parabéns pela bela postagem.Muito feliz na colocação mã/filho,pois é comum o desespero de qualquer mãe querer se comunicar c filho logo após o seu desecarne.paz,amor e luz!!

Quem é verdadeiro seguidor da Doutrina e aprendeu a respeitar os seus mais nobres representantes, como a querida D. Yvone, não teria coragem de desafiar a Lei,porque estaria buscando para sí mesmo terrível sofrimento. Infelizmente, como em todos os segmentos do conhecimento humano, os charlatães se infiltram buscando tão somente o próprio lucro e satisfação do ego. A eles toda a nossa compaixão e oração, pedindo a Jesus que nos livre de todo o mal.

Muito bom. Serve como alerta àqueles que em tudo acreditam, sem o crivo da auto-análise. Grata.

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

ASSISTA AO VIVO


Clique no título para acessar o vídeo no Youtube

Pede e receberás - Antonio César R. Léllis

10/12 - 16:00 as 17:00h

Virgens loucas a prudentes - Paulo Pina

10/12 - 19:30 as 21:00h

Palestra com Tadeu (Araxá-MG)

10/12 - 20:00 as 21:00h

Há espíritos? - Elo Invisível 26 - Eliomar Borgo e Marcos Bentes

11/12 - 20:30 as 21:30h

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Beneficiários da Doutrina Espírita - Proselitismo e Divulgação, Onde A Fronteira? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Em 2018, um ministro do STF disse: “A polícia, como regra, só pode entrar em uma universidade se for para estudar”. Já o traficante, no mesmo raciocínio de Sua Excelência, está livre para entrar e…"
ontem
André Goes respondeu à discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo no grupo Artigos Espíritas
"  Agradeço de coração pela coerência das palavras."
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O Médium e o Estudo de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sábado
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
sexta-feira
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
sexta-feira
André Goes curtiram a discussão Não precisamos terceirizar a fé - João de Deus não é um milagreiro! de Amigo Espírita
sexta-feira
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"O professor Walach elaborou um relatório da Comissão Galileu de 132 páginas, maravilhosamente escrito e apresentado, além de uma cosmovisão materialista: rumo a uma ciência expandida, que deve ser lido por…"
sexta-feira
Conceição Valadares curtiram o evento “Levanta-te e Anda”, com Cristiano Abreu Paiva de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiram o evento “Levanta-te e Anda”, com Cristiano Abreu Paiva de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
alice silvina de almeida curtiu a postagem no blog Netflix e o "grupelho" Porta dos fundos achincalham o Cristo e os cristãos (Jorge Hessen) de os pae
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Netflix e o "grupelho" Porta dos fundos achincalham o Cristo e os cristãos (Jorge Hessen) de os pae
" “Especial de Natal” é Repudiado. Carta a Revista Semanal de Divulgação Espírita. O Consolador Até Muçulmanos repudiam o “especial de Natal” do Porta dos Fundos e anunciam…"
sexta-feira
Ícone do perfilAlguém deu um presente para Ivan Carneiro Vieira Júnior
sexta-feira
Nadir Nunes curtiram a discussão Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves. de Wellington Balbo
quinta-feira
Casa de Jaco - Lar do idoso comentou a postagem no blog Netflix e o "grupelho" Porta dos fundos achincalham o Cristo e os cristãos (Jorge Hessen) de os pae
"Até Muçulmanos repudiam o ‘especial de Natal’ do Porta dos Fundos e anunciam processo12/12/2019 às 06:45 A Associação Nacional dos Juristas Islâmicos (Anaji), divulgou nota repudiando o filme…"
quinta-feira
Raul Barroquelo respondeu à discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo no grupo Artigos Espíritas
"    Ora! Ora! deparo aqui, um texto que despertou em mim a curiosidade de avaliar o meu patamar evolutivo, pois conforme me fez entender um dos companheiros. que se expressou anteriormente, há uma variável enorme de…"
quinta-feira
Alexandre Nunes comentou a postagem no blog Netflix e o "grupelho" Porta dos fundos achincalham o Cristo e os cristãos (Jorge Hessen) de os pae
quinta-feira
Liliana Rebellatto curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
quinta-feira
Maria Aparecida dos Santos e RuiRomualdo agora são amigos
quinta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Levanta-te e Anda”, com Cristiano Abreu Paiva de Carlos Pretti - SCEE
quinta-feira
os pae comentou a postagem no blog Netflix e o "grupelho" Porta dos fundos achincalham o Cristo e os cristãos (Jorge Hessen) de os pae
"Petição contra Especial de Natal do Porta dos Fundos passa de 730 mil assinaturas Marcel Plasse 3 horas atrás Conheça 20 formas de renovar seu relacionamento 32 mercados imobiliários estão…"
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço