Mulheres Sujeitai-vos a Vosso Marido - Parte 2

Efésios, 5: 22 a 33:

22 Vós, mulheres, sujeitai-vos a vosso marido, como ao Senhor;

23 porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.

24 De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seu marido.

25 Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,

26 para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,

27 para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.

28 Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo.

29 Porque nunca ninguém aborreceu a sua própria carne; antes, a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja;

30 porque somos membros do seu corpo.

31 Por isso, deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e serão dois numa carne.

32 Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.

33 Assim também vós, cada um em particular ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido.

Ao iniciarmos este estudo queremos antes de tudo lembrar dois pontos importantes. O primeiro, o versículo da epístola de Pedro que diz:

sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.1

Isto porque a interpretação que daremos a este texto de Paulo é apenas uma, outras poderão existir e até melhores que a nossa. Porém esta é o que de melhor pudemos fazer neste momento.

Outro aspecto que queremos salientar é quanto a uma pergunta que nos é constantemente dirigida, se não estaríamos divagando muito em nossas interpretações do Evangelho. Teria o apóstolo realmente pensado nesta hipótese quando escreveu o texto?

É preciso que fique claro uma coisa, a Bíblia é uma revelação de Deus; segundo Kardec o Antigo Testamento nos traz os textos da 1ª Revelação, e o Novo o da 2ª.

A primeira revelação previu a vinda da 2ª, do mesmo modo a 2ª nos apontou a necessidade de uma 3ª que viria posteriormente, a do Consolador ou Paráclito.

Assim temos a unidade das revelações sob três aspectos ou momentos distintos. Isto deixa–nos claro o seguinte fato, do mesmo modo que o Espírito de Verdade orientou o advento da terceira revelação, também o fez com a primeira e a segunda. Assim, os textos destas revelações também foram inspirados pelos Espíritos Prepostos do Cristo encarregados de implantarem na Terra o Reino de Deus no coração dos homens.

Isto quer dizer que respeitadas as tradições, o contexto histórico, social e cultural em que foram formados, todo texto revelado pelos Espíritos através destas revelações transcendem tempo e espaço e podem na medida de nosso progresso espiritual revelar–nos novos ângulos a auxiliar no processo reeducativo de todos o que estiverem preparados para tal mister. Isto está de acordo com o versículo citado acima da epístola de Pedro e nos deixa bem tranquilo quanto às interpretações que temos feito do Evangelho neste estudo que carinhosamente aprendemos a chamar de Estudo Miudinho do Evangelho.

Costumamos dizer que um dos trechos mais importantes de toda esta revelação, é que base para compreensão de toda a Bíblia, está contida no livro Deuteronômio, no capítulo 6:

Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.

Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu poder.

E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração; e as intimarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te.

Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por testeiras entre os teus olhos.

E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas.2

Todo o texto da Bíblia gira em torno deste versículo anotado no livro atribuído a Moisés. Pois a história contida na Bíblia nada mais é do que a da relação de Deus com a humanidade, no livro, representado pelo povo hebreu, o Israel de Deus.

Fidelidade e traição, estes os dois momentos distintos que fizeram toda a trama da história e que representam bem toda a nossa trajetória evolucional.

Diz–nos os primeiros movimentos do livro Gênesis, que quando Deus criou o homem, o colocou num Jardim no Éden, e fez com ele uma Aliança: “de toda a árvore do jardim comerás livremente...3. E ali havia vários tipos de árvores representadas pelas que eram agradáveis à vista, as boas para comida, a árvore da vida que ficava no meio do jardim e a árvore da ciência do bem e do mal. Mas, continuou o Senhor Deus, da árvore da ciência do bem e do mal dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.4

Isto significa que Deus ao criar o homem deu a ele todas as condições para viver bem, feliz, e saudável, mas para isso era preciso se manter na Aliança, fiel aos desígnios do Senhor. Deus criara uma Lei para gerir o funcionamento do Cosmos, e era preciso obedecê-la para manter a harmonia.

Já nos primeiros versículos do capítulo três deste mesmo livro, o homem inicia seu processo de infidelidade. Notemos que Eva no diálogo com a serpente já deturpa o que Deus dissera ao dizer que não deveria comer da árvore colocada no meio do jardim. (cf. Gn, 3: 3). Ora, o que o Senhor dissera é que no meio do jardim estava a árvore da vida, e a que não deveria ser comida era a da ciência do bem e do mal. É que Eva elegera como centro de seus interesses a árvore da ciência do bem e do mal, quando o interesse maior do ser humano deveria ser a da vida, aquela que mais tarde o Cristo viria trazer como objetivo para todos nós.

Tendo valorizado mais o interesse pessoal que a obediência à harmonia universal, outra não poderia ser a consequência, a queda moral do homem, o distanciamento de Deus: “porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”5

Estava rompida a Aliança.

Todavia Deus é Misericórdia, e para fazer o homem voltar à vida renova a Aliança com este através de Noé. (cf. Gn, 6: 18)

E mais uma vez o humano faz-se infiel e cai.

Porém Deus renova com Abraão o pacto. E mais uma vez o homem rompe; a aliança é renovada com Moisés e a história se repete.

Por fim Deus envia à Terra Seu Filho maior, o Cristo, e através deste dá oportunidade ao homem de refazer a Aliança e voltar à vida:

eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância.6

Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.7

Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer desse pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo.8

1 2 Pedro 1:20

2 Deuteronômio, 6: 4 a 9

3 Gênesis, 2: 16

4 Gênesis, 2: 17

5 Idem

6 João, 10: 10

7 João, 14: 6

8 João, 6: 51


Exibições: 1883

Respostas a este tópico

teremos de nos contextualizar ao tempo em que foi isto dito e escrito por Paulo. Ao corrermos no estudo dos comportamentos sociais de todos os tempos e culturas, a mulher foi sempre abusada pelo homem. - Insultos verbais, insultos corporais, insultos sociais...insultos de todo o tipo que se queira imaginar. A mulher não é pau mandado do homem, nem foi criada para andar atrás domesmo, qual escrava, ou servente, ou objecto de serviço mesmo no sexo! Paulo, era solteiro, vindo de uma cultura farisaica(religiosa), ditatorial,  portanto, para pouco serve esta leitura, senão para levar ao abuso da secundarização daquela que gera vida no seu vente! Que se ponha no lugar dela todo o homem que entende que deve ela ser um capacho de caprichos e de preguiças masculinas.  Quem muda as fraldas de uma criança? quem lhe faz a papa? quem a deita? que a levanta, quem vai com ela ao médico, quem vai com ela ao hospital? quem vai com ela à escola? quem sofre quando ela se aleija? quem a embala quando chora?.... bem muia coisa há para dizer. Que se preze o homem de respeitar, venerar, amar,ajudar,colaborar com a mulher. Porque, um dia, quem hoje é homem, amanhã será mulher... os "maxismos" serão reprovados, se´~ao sofridos numa próxima encarnação! Por muitas citações que se façam das Escrituras Bíblicas, elas não oferecem, para o dia de hoje senão, apenas um meio de  de nos orientarmos no aspecto moral das questões que nos apresenta! A quem Jesus honrou mais? a mulher!!! a quem apareceu em primeiro lugar na sua ressurreição? à mulher? quem foram até hoje as melhores evangelistas? a mulher! quem são as mais fiéis na veneração? a mulher!!! Logo, deixemos de lado estas pretensões de obediências bacocas que apenas pretendem que a mulher continue a ser coisa.  Jesus ama a todos/as em igual medida, em igual medida é essa a nossa obrigação Olhemos a mulher com muito respeito, não a usemos, como se está a usar, para fins comerciais, oferecendo sua imagem para anunciar um produto.Pessoalmente, não compro um produto que usa a mulher para ser explorada. Tenhamos em conta que a santidade de vida deve começar no ventre materno. Haja inteligência e consideração pela criação de Deus.

 

 

 

 


Hoje ainda verificamos sérios abusos da parte dos homens em relação as suas mulheres. Crimes, agressões, ofensas, desrespeito, vemos tudo isso no nosso dia a dia e nos meios de comunicação (mídia), sem dúvida são reflexos deste momento de transformação que vivemos, pois toda transição é sempre traumática e faz surgirem conflitos até que se possa organizar uma linha de conduta.Porque antes a mulher tinha muito menos direitos e hoje vivemos um momento onde ela divide quase em igualdade com o homem as tarefas que antes era exclusiva dos mesmos. Percebemos que ainda falta a muitos homens entender que a mulher não é inferior a ele.Que precisa ser respeitada e encarada como sua companheira e colaboradora. Assim como a mulher precisa também respeitar o homem, pois o que estamos vendo são muitas mulheres não saberem ter limites, porque se antes eram totalmente submissa ao homem, hoje algumas se quer respeitam seus maridos, foram para o extremo oposto. Saíram do domínio machista, para o feminismo exagerado, e muitas vezes perderam o respeito a si mesma, deixando-se desmoralizar, tornando-se vulgar, proporcionando tristes espetáculos no dia a dia de nossas vidas.
jose sobral ribeiro disse:

teremos de nos contextualizar ao tempo em que foi isto dito e escrito por Paulo. Ao corrermos no estudo dos comportamentos sociais de todos os tempos e culturas, a mulher foi sempre abusada pelo homem. - Insultos verbais, insultos corporais, insultos sociais...insultos de todo o tipo que se queira imaginar. A mulher não é pau mandado do homem, nem foi criada para andar atrás domesmo, qual escrava, ou servente, ou objecto de serviço mesmo no sexo! Paulo, era solteiro, vindo de uma cultura farisaica(religiosa), ditatorial,  portanto, para pouco serve esta leitura, senão para levar ao abuso da secundarização daquela que gera vida no seu vente! Que se ponha no lugar dela todo o homem que entende que deve ela ser um capacho de caprichos e de preguiças masculinas.  Quem muda as fraldas de uma criança? quem lhe faz a papa? quem a deita? que a levanta, quem vai com ela ao médico, quem vai com ela ao hospital? quem vai com ela à escola? quem sofre quando ela se aleija? quem a embala quando chora?.... bem muia coisa há para dizer. Que se preze o homem de respeitar, venerar, amar,ajudar,colaborar com a mulher. Porque, um dia, quem hoje é homem, amanhã será mulher... os "maxismos" serão reprovados, se´~ao sofridos numa próxima encarnação! Por muitas citações que se façam das Escrituras Bíblicas, elas não oferecem, para o dia de hoje senão, apenas um meio de  de nos orientarmos no aspecto moral das questões que nos apresenta! A quem Jesus honrou mais? a mulher!!! a quem apareceu em primeiro lugar na sua ressurreição? à mulher? quem foram até hoje as melhores evangelistas? a mulher! quem são as mais fiéis na veneração? a mulher!!! Logo, deixemos de lado estas pretensões de obediências bacocas que apenas pretendem que a mulher continue a ser coisa.  Jesus ama a todos/as em igual medida, em igual medida é essa a nossa obrigação Olhemos a mulher com muito respeito, não a usemos, como se está a usar, para fins comerciais, oferecendo sua imagem para anunciar um produto.Pessoalmente, não compro um produto que usa a mulher para ser explorada. Tenhamos em conta que a santidade de vida deve começar no ventre materno. Haja inteligência e consideração pela criação de Deus.

 

 

 

 

Faço minhas as palavras do amigo de cima José Sobral Ribeiro. Ja tinha lido a matéria de manhã e como mulher preferi não dar minha opinião assim logo de cara, para não parecer arrogante, mas transcrevo abaixo apenas uma parte do que escreveu tão bem o amigo J. S. Ribeiro.

" A quem Jesus honrou mais? A mulher!!! A quem apareceu em primeiro lugar na sua ressurreição? à mulher? Quem foram até hoje as melhores evangelistas? a mulher! quem são as mais fiéis na veneração? a mulher!!! Logo, deixemos de lado estas pretensões de obediências babacas que apenas pretendem que a mulher continue a ser coisa.  Jesus ama a todos/as em igual medida, em igual medida é essa a nossa obrigação. Olhemos a mulher com muito respeito, não a usemos, como se está a usar, para fins comerciais, oferecendo sua imagem para anunciar um produto.Pessoalmente, não compro um produto que usa a mulher para ser explorada. Tenhamos em conta que a santidade de vida deve começar no ventre materno. Haja inteligência e consideração pela criação de Deus."

Obrigada pela defesa em nome de todas as mulheres que sofrem nas mãos de seus homens...



Queridos amigos, paz para todos.

 

Em primeiro lugar quero agradecer a todos que têm tido atenção de ler os textos que temos postados na Rede Amigo Espírita e àqueles que têm feito comentários sobre os mesmos.

Quero deixar claro que estes textos de Paulo sobre a situação da mulher são bastante polêmicos, pois o tema é polêmico por si mesmo independente de época. Só para se ter ideia, o capítulo 20 do livro Nosso Lar de André Luiz que é obra espírita e do nosso tempo, ainda não foi digerido por grande parte dos espíritas.

O que pretendo com estes estudos é deixar claro que em momento algum Paulo achou que a mulher fosse inferior ao homem, e que jamais pregou a sua subserviência a este.

Nos posts anteriores mostramos que ele tinha várias mulheres como líderes de suas igrejas, e que tinha um carinho muito grande com elas o que não era comum naquele tempo.

Ainda vamos ter outros textos e o assunto vai ser aprofundado.

Outro objetivo, é que façamos uma releitura de Paulo pois ele tem sido pelos cristãos de todas épocas, muito mal interpretado, não só com relação a este assunto, mas também de muitos outros.

Estejamos atentos, vamos conversar mais a respeito na continuidade do assunto. Lembremos, nós espíritas que temos a orientação de Kardec precisamos ver a Bíblia de outro modo, reinterpretá-la como ele mesmo nos orientou.

 

Abraços a todos.

 

 


jose sobral ribeiro disse:

teremos de nos contextualizar ao tempo em que foi isto dito e escrito por Paulo. Ao corrermos no estudo dos comportamentos sociais de todos os tempos e culturas, a mulher foi sempre abusada pelo homem. - Insultos verbais, insultos corporais, insultos sociais...insultos de todo o tipo que se queira imaginar. A mulher não é pau mandado do homem, nem foi criada para andar atrás domesmo, qual escrava, ou servente, ou objecto de serviço mesmo no sexo! Paulo, era solteiro, vindo de uma cultura farisaica(religiosa), ditatorial,  portanto, para pouco serve esta leitura, senão para levar ao abuso da secundarização daquela que gera vida no seu vente! Que se ponha no lugar dela todo o homem que entende que deve ela ser um capacho de caprichos e de preguiças masculinas.  Quem muda as fraldas de uma criança? quem lhe faz a papa? quem a deita? que a levanta, quem vai com ela ao médico, quem vai com ela ao hospital? quem vai com ela à escola? quem sofre quando ela se aleija? quem a embala quando chora?.... bem muia coisa há para dizer. Que se preze o homem de respeitar, venerar, amar,ajudar,colaborar com a mulher. Porque, um dia, quem hoje é homem, amanhã será mulher... os "maxismos" serão reprovados, se´~ao sofridos numa próxima encarnação! Por muitas citações que se façam das Escrituras Bíblicas, elas não oferecem, para o dia de hoje senão, apenas um meio de  de nos orientarmos no aspecto moral das questões que nos apresenta! A quem Jesus honrou mais? a mulher!!! a quem apareceu em primeiro lugar na sua ressurreição? à mulher? quem foram até hoje as melhores evangelistas? a mulher! quem são as mais fiéis na veneração? a mulher!!! Logo, deixemos de lado estas pretensões de obediências bacocas que apenas pretendem que a mulher continue a ser coisa.  Jesus ama a todos/as em igual medida, em igual medida é essa a nossa obrigação Olhemos a mulher com muito respeito, não a usemos, como se está a usar, para fins comerciais, oferecendo sua imagem para anunciar um produto.Pessoalmente, não compro um produto que usa a mulher para ser explorada. Tenhamos em conta que a santidade de vida deve começar no ventre materno. Haja inteligência e consideração pela criação de Deus.

 

 

 

 

A questão de gênero que estar a ser discutida aqui é, para mim, uma grande surpresa! Isso, por conta de estarmos a desconsiderarmos algo elementar e de que tanto se fala/reflete a respeito: SOMOS ESPÍRITOS!

Se temos a convicção dessa situação, mesmo estando usando as vestes corpóreas masculina ou feminina, deveríamos em nossas falas e ações contribuirmos para que junto a nossos familiares, amigos, colegas e conhecidos, pudéssemos repensar nosso comportamento no contexto socio-cultural em que estamos inseridos!

Enquanto espíritas precisamos estar atentos aos conceitos que norteiam nossas vidas, de modo que possamos resignifica-los de acordo com a amplitude do nosso entendimento/conhecimento dos mesmos!

Vivemos em uma sociedade conceitualmente paternalista, onde o poder e o domínio sobre as chamadas "minorias" é o que tem determinado a construção dos sistemas constituintes que nos rege: social, político, econômico, cultural e religioso! Infelizmente!

Entretanto, estou certa que com a efetivação da transição planetária, uma nova sociedade será reestruturada a partir dos princípios éticos-morais que a Doutrina Espírita nos ensina, sem que a questão de gênero (ser homem ou mulher), seja fator determinante para a o ser humano mas, que a nobreza de caráter e de alma, sejam sim!..., os elementos estruturais da humanidade!

Agradeço, enquanto espécime do gênero feminino, a bela exposição do Sr. José Sobral Ribeiro, em nossa defesa!

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

ASSISTA AO VIVO


Clique no título para acessar o vídeo

Palestra "Quem é meu próximo" - Gustavo Gandolfi

08/12 -9:00 as 10:15h

“Força Espiritual” - Palestra com Eliomar Borgo Cypriano

08/12 - 9:00 as 10:00h

O bem e o mal sofrer - Palestra com Evaldo Botazzo

08/11 - 9:00 as 10:00h

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

Carlos Ser curtiu a postagem no blog Doação de órgãos.  Quem nos garante que não seremos o próximo da fila? (Jorge Hessen) de os pae
10 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog “O Meu Obsessor não Permitiu Que Eu Me Casasse” de PATRIZIA GARDONA
ontem
os pae curtiu a postagem no blog Doação de órgãos.  Quem nos garante que não seremos o próximo da fila? (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
ontem
FATIMA SANTOS entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Gestos e Valores: Série Roteiro

Áudios do Programa “Gestos & Valores" Gênero: Reforma ÍntimaApresentação: José Antonio da Cruz  (Catanduva/SP)Sugestões: gestosevalores@gmail.com Série: Estudo a obra  "Roteiro"  de Chico Xavier pelo espírito de EmmanuelVer mais...
ontem
Blog LGBT Espírita entrou no grupo de Espírita Online
Miniatura

Wellington Balbo

Palestrantre e Escritor Espírita.Ver mais...
ontem
Blog LGBT Espírita entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Mensagens de Reflexão

Mensagens, frases e pensamentos para reflexão iluminando nossas vidas.
ontem
Blog LGBT Espírita entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Artigos Espíritas

Grupo destinado a divulgação de ARTIGOS da DOUTRINA ESPÍRITA através dos nossos articulistas. Não são aceitas postagens de trechos de livros e outros textos.."Material postado nessa pagina tem autorização de seus autores para publicação na REDE AMIGO ESPÍRITA, a reprodução total ou parcial dos dados aqui publicados em outros veículos de mídia podem ser interpretados como violação de direitos autorais, e seus autores agirem conforme informa a lei"Ver mais...
ontem
Posts no blog por os pae

Doação de órgãos.  Quem nos garante que não seremos o próximo da fila? (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DF O ex-apresentador de TV Gugu Liberato permanecerá presente na recordação da família,  dos milhões de fãs e dos doentes receptores dos seus órgãos. A família do apresentador fez questão de realizar um desejo que Gugu sempre manifestou: a doação dos órgãos. Pois que quando em vida Gugu…Ver mais...
ontem
Margarida Maria Madruga e francisco carvalho da Silva agora são amigos
sábado
Margarida Maria Madruga comentou o evento “Força Espiritual”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
"Obrigada pelo convite."
sábado
Margarida Maria Madruga respondeu à discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo no grupo Artigos Espíritas
"Que assim seja, Wellington. Obrigada."
sábado
Nath Story Reis curtiu a postagem no blog PALAVRA "CRISE" - BEZERRA DE MENEZES de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sábado
Amauri A. L. Silva curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
sexta-feira
Ícone do perfilJosé Leonil Marques da Silva, André Goes e Alexandre Guilherme Martins Soar entraram no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Artigos Espíritas

Grupo destinado a divulgação de ARTIGOS da DOUTRINA ESPÍRITA através dos nossos articulistas. Não são aceitas postagens de trechos de livros e outros textos.."Material postado nessa pagina tem autorização de seus autores para publicação na REDE AMIGO ESPÍRITA, a reprodução total ou parcial dos dados aqui publicados em outros veículos de mídia podem ser interpretados como violação de direitos autorais, e seus autores agirem conforme informa a lei"Ver mais...
sexta-feira
José Leonil Marques da Silva respondeu à discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
"Excelente o artigo da culta Simoni Privato Goidanich. Porém, peço licença para acrescentar que, posteriormente, AK reconheceu ser médium intuitivo em nota ao artigo "Caracteres da Revelação…"
sexta-feira
José Leonil Marques da Silva curtiram a discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita
sexta-feira
Elciene Maria Tigre Galindo curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
quinta-feira
Maria Isabel Januário curtiram o evento Músicas de Paz de EvandroOlivah
quinta-feira
Ori Pombal Franco curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço