Boa noite!

Vou trazer aqui um pequeno trecho para que possamos desenvolver este tópico e ver as opiniões sobre este tema que, a meu ver, não tem um esclarecimento ainda, totalmente compreensível.

Como o espiritismo vê a questão  da pedofilia?
Como um grave desequilíbrio mental e espiritual, necessitando severo tratamento multidisciplinar, isto é envolvendo diversos profissionais além de tratamento espiritual complementar.

(Retirado de uma entrevista com Dr. Ricardo de Bernardi)

Fonte: http://www.rcespiritismo.com.br/index.php?option=com_content&vi...

Seguem as questões:

Como o espiritismo vê a Pedofilia?

Como fica a situação da criança molestada?

Como se aplica a Lei de Causa e Efeito ?

Exibições: 2838

Responder esta

Respostas a este tópico

Meu amigo, já sabemos que essa não é a resposta apropriada, pois não é conclusiva, nem definitiva para a questão em discussão; não é inquestionável! Pois, porq os homens fazem uso "inadequado" do ego? Porq uns o usam adequadamente e outros, inadequadamente?Afinal, me parece q é muito difícil responder a esta última pergunta, pois nunca vemos alguém dar uma resposta definitiva sobre ela. Sempre caímos na questão do livre-arbítrio, mas tb ninguém, até agora, conseguiu dar uma explicação sobre porq, se, segundo a doutrina, no princípio, somos todos perfeitamente iguais, já, no princípio, nossos livres-arbítrios são desiguais.

Fomos criados perfeitamente iguais na substância,  porém,  não em identidade.

Aquele que faz mau uso do ego o faz porque se tornou egoísta.

Essa resposta é assaz apropriada e conclusiva.

Meu Deus, meu amigo, a DE afirma que somos todos criados perfeitamente iguais qto às faculdades objetivas e subjetivas e aos quesitos necessários ou q têm relação com a evolução! É exatamente devido a isso que cabe muito bem a pergunta: se fomos criados tão iguais assim, porq, ou qual a causa de nos tornarmo tão gigantescamente desiguais, uns escolhendo trilhar o caminho do bem e da consequente felicidade, ao passo q outros escolhem trilhar o caminho do mal e da consequente infelicidade? Infelizmente temos de acreditar que nunca encontraremos essa resposta, pois ninguém tem compreensão ou entendimento suficiente para dar essa resposta, pois nem a codificação tem essa resposta e nem os que estudam a doutrina a têm!!!

Isso não muda o fato de que cada um é único na criação, mesmo tendo sido criado com a mesma estrutura.

Imagine uma fábrica de carros  que fabricasse 1000 carros e os colocasse no pátio carros de uma mesma marca, de um mesmo modelo, de mesmo ano e da mesma cor . A estrutura, os comandos, o material são os mesmos No entanto, cada um é um. Qual é a diferença entre eles? O que os identifica individualmente? Nesse caso seria o chassi.

No caso dos espíritos não temos chassi, mas temos o ego. Portanto, o ego, é a resposta. É ele que nos torna únicos e nos permite ser diferentes e tomarmos decisões diferentes.

Não podemos confundir com Lei de causa e efeito com olho por olho, dente por dente. Pra expiarmos, não necessariamente, precisamos sofrer. Pedro já dizia que: o amor cobre uma multidão de pecados. É isso que Deus espera de todos nós... AMOR. Quem por exemplo numa vida, vem como pedófilo, numa outra encarnação pode vir com o firme propósito de proteger essas crianças... quem sabe criando abrigos, orfanatos, etc e assim resgatar seus débitos. A terra é uma escola e, mais ou mais tarde, todos aprenderemos a amar.
Os desequilíbrios mentais são frutos do mau uso do livre arbítrio gerando consequências graves pra uma próxima encarnação... e isso não os isenta da responsabilidade dos fracasso na vida quando encarnados. Todas as faltas serão computadas e deverão ser quitadas. A justiça Divina já se cumpre no tormento que esses espíritos sofrem através de seus desequilíbrios mentais. Lembremos... nada é por acaso e não nada está fora do controle de Deus. Todos nós temos um planejamento reencarnatório e a ninguém é dado um fardo maior do que possa suportar. Se alguém reencarna com transtornos mentais... mesmos que não entendamos... tenhamos a certeza que esse é o remédio pra curar as mazelas da sua alma.
Não podemos confundir com Lei de causa e efeito com olho por olho, dente por dente. Pra expiarmos, não necessariamente, precisamos sofrer. Pedro já dizia que: o amor cobre uma multidão de pecados. É isso que Deus espera de todos nós... AMOR. Quem por exemplo numa vida, vem como pedófilo, numa outra encarnação pode vir com o firme propósito de proteger essas crianças... quem sabe criando abrigos, orfanatos, etc e assim resgatar seus débitos. A terra é uma escola e, mais cedo ou mais tarde, todos aprenderemos a amar.
Os desequilíbrios mentais são frutos do mau uso do livre arbítrio gerando consequências graves para o psiquismo do espírito... e isso não os isenta da responsabilidade dos fracasso na vida quando encarnados. Todas as faltas serão computadas e deverão ser quitadas. A justiça Divina já se cumpre no tormento que esses espíritos sofrem através de seus desequilíbrios mentais. Lembremos... nada é por acaso e não nada está fora do controle de Deus. Todos nós temos um planejamento reencarnatório e a ninguém é dado um fardo maior do que possa suportar. Se alguém reencarna com transtornos mentais... mesmos que não entendamos... tenhamos a certeza que esse é o remédio pra curar as mazelas da sua alma. Há muitas possibilidades pra uma pessoa nascer pedófilo, por exemplo: essa mesma pessoa ter sofrido abuso durante a infância, ou, ter sido vítima de Bullying por crianças... mas como eu disse... há uma infinidade de situações... porém, acho que não é se prendendo a isso que vamos avançar. O que precisamos focar é no de como podemos ajudar... e a resposta é só uma: Amor e Amor.

Ao amigo, q me parece um bom estudioso da doutrina, Ricardo Guedes; há muito tempo aguardo uma oportunidade de colocar aqui uma pergunta e vc ma deu agora: qual é a causa de as criaturas de Deus, as humanas, fazerem mau-uso do livre-arbítrio, se o mau-uso poderá lhes acarretar terríveis sofrimentos e infelicidades? E porq, se sempre temos livre-arbítrio, fizemos tantas escolhas erradas, no passado, e ainda continuamos a fazer escolhas erradas, no presente?

Bom dia, amigo!!! É sempre uma alegria compartilhar conhecimento!!! Espero, humildemente, que possa estar colaborando com você. Quanto a sua indagação... não é de difícil explicação. Primeiro... não quer dizer que ao usarmos nosso livre arbítrio fazemos sempre escolhas erradas... não!!! Também fazemos muitas escolhas corretas. O problema é que os enganos geram consequências desagradáveis e daí a falsa impressão. Vejamos você... o que você é hoje é o resultado de todos os erros e ACERTOS cometidos até hoje, ou seja, és o produto das experiências vividas. Se hoje você és uma pessoa do "bem" é porque através dessas experiências você foi assimilando conhecimentos, ganhando maturidade... tendo mais clareza do que é certo e do que é errado. Veja bem, somos espíritos que já vemos muitas encarnações e com certeza já fomos muito piores do que somos hoje... mas graças a bondade Divina que nos possibilita a reencarnação... temos a possibilidade de rever nossas atitudes e assim repararmos todos os nossos erros. E quanto mais nos esclarecemos... mais nos tornamos melhores... pois, por consequência... passamos a fazer escolha melhores. Ninguém chegará a perfeição sem experimentar o certo e o errado... isso faz parte do nosso processo evolutivo. Tenha certeza... um dia todos nós seremos anjos.

Olá, Ricardo Guedes, grato por tentar explicar. O q acontece é q estudo a doutrina desde muitos anos, mas sempre me restam dúvidas, cujas soluções não encontro na doutrina. Vamos então conversar. Sem dúvida que, pelo uso do livre-arbítrio, podemos acertar ou errar nas escolhas q fazemos; mas porq temos de sofrer qdo erramos? Entendo qdo vc diz q escolhas erradas provocam enganos q geram consequências desagradáveis, mas porq temos de sofrer por isso se fazemos escolhas erradas devido a sermos ignorantes, e a própria doutrina afirma q somente sofre quem transgride “propositadamente” as leis divinas?

Sem dúvida, somos o produto das experiências vividas; e isso nos mostra q, se as experiências vividas nos ensinarem a agir corretamente, agiremos corretamente; se elas nos ensinarem a agir incorretamente, agiremos incorretamente. Assim, se somos produto da vida, nenhuma responsabilidade nos cabe nem pelos acertos nem pelos erros q fazemos, pois é a escola da vida q nos faz acertar ou errar, concorda? Assim, se hoje sou uma pessoa do “bem”, é porq as experiências vividas me fizeram assimilar conhecimentos que me levam a proceder bem; e vice-versa, se hoje sou uma pessoa do “mal” é porq as experiências vividas me fizeram assimilar conhecimentos q me levam a proceder mal.

Vc diz q, com certeza, já fomos muito piores do que somos hoje, mas porq nos diz isso se somos todos criados por Deus? O q foi q nos fez ser piores do q somos hoje se procedemos de uma criação divina? Não entendi!

E porq erramos tanto, no passado, q agora temos de tb sofrer tanto para saldar nossos erros? Segundo a doutrina, Deus nos cria a todos simples e ignorantes, mas não desequilibrados mentalmente ao ponto de escolhermos sofrer se, tendo livre-arbítrio, sempre podemos escolher ser felizes, não sofrer!

Se é com as experiências q passamos a fazer escolhas melhores, qual é a causa de sofrermos devido a não termos passado ainda pelas experiências q nos ensinarão a fazer escolhas melhores? Então, fazemos escolhas piores porq somos ignorantes, certo? E escolhas melhores à medida que as experiências nos levam a fazer escolhas melhores, certo? Aí está outra dúvida a ser esclarecida: se fazemos escolhas mais corretas à medida que as experiências vividas nos levam a fazê-las mais corretas, e fazemos incorretas à medida q as experiências nos levam a fazê-las incorretas, qual é a justificativa para nossos sofrimentos? E como falar de “bondade divina”, se absolutamente toda a criação, de humanos e não-humanos, sem qq exceção, sofre miseravelmente?

 

Somente os puros de coração conseguirão ver a Bondade Divina, pois,  verão à Deus, mesmo no caos desse inferno em que vivemos.

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Elizete Lima Morgado entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
3 horas atrás
ANTONIO CARLOS DA CUNHA curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
4 horas atrás
Thaynah Paloma e Suzana Paula Andrade agora são amigos
10 horas atrás
Rosana Andrade curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
11 horas atrás
Rosana Andrade curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
11 horas atrás
Amigo Espírita adicionou uma discussão ao grupo Artigos Espíritas
Miniatura

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me…Ver mais...
11 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Vai, e não Peques mais! de PATRIZIA GARDONA
"Pior. Foi curado, mas “de nada valeu ser curado”. Um espírito materializado deu aula prática a médicos encarnados. Ele fez cirurgia, sem hemorragia, sem utilizar instrumentos cortantes e anestesia…"
21 horas atrás
gil carlos silva curtiram o perfil de gil carlos silva
ontem
Stephanie Sens Fuziy curtiram o perfil de Stephanie Sens Fuziy
ontem
Ícone do perfilMonica, CARLOS ANTONIO RAFAEL DE MESQUIT, Luiz Roberto Figueiredo de Souza e mais 13 pessoas entraram em RAE
ontem
Julia Nezu agora é amigo de Márcio Pereira de Souza e Renê Alexandre Galetti
terça-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Ante o Convid-19 empreguemos a disciplina mental e os recursos da prece (Jorge Hessen) de os pae
"Ante o COVID-19 empreguemos a disciplina mental e os recursos da prece. Entrego-me em tuas mãos, Senhor, confio que Tua solução será o melhor para mim, por isso aceito, que seja feita a Tua Vontade e não a minha.…"
terça-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço