Convido aos irmãos para uma troca sobre esse momento tenso, que ao contrário do que muitos pensam está atingindo todos os seguimentos religiosos e filosóficos que lidam com o estudo e a pratica espiritual e mediúnica. Como lidar com pessoas fanáticas, adoentadas pelo problema da lavagem cerebral tão presentes em alguns seguimentos. Como cada um reagiria diante de um confronto mais agressivo e imediato em suas casas religiosas. O Brasil sempre foi um país espiritual onde agrega vários seguimentos religiosos, pátria mãe do evangelho, nunca tivemos tantos ataques e vandalismos a pessoas, centros espiritas, terreiros, muitos até simplesmente pelas pessoas estarem usando o branco. Gostaria também que as pessoas que já passaram por ataques pessoais ou mesmo em seu grupo religioso que falasse de seus sentimentos e suas histórias. Agradeço desde já, a colaboração de todos. Paz e Luz.

Em comemoração à Década Internacional de Afrodescendentes, documentário produzido pelo Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio) aborda as causas da intolerância religiosa e a riqueza da cultura afrodescendente no país. Veja o vídeo no Blog:

Exibições: 991

Responder esta

Respostas a este tópico

Como lidar? Se estão em nós mesmos, estudando, refletindo, raciocinando, observando a vida. Isso não significa que nos libertaremos desses defeitos, mas que "talvez" nos libertemos, pois tudo é incerto; não temos certeza de nada. Ou melhor, só podemos ter 3 certezas: a primeira é que estamos aqui, como e de que modo não sabemos; a segunda é que a morte do corpo físico está à nossa espreita, num momento também incerto à nossa frente; a terceira é que não temos certeza de mais nada!

....

Verdade, precisamos tomar cuidado com muitas certezas, para que nossa verdade não seja absoluta.

Observe a vida, minha querida.

https://www.youtube.com/watch?v=8rFq1_4ZBw0&feature=youtu.be Bom dia Cristina esse video fala bem sobre o assunto.

Esse vídeo que o irmão Rafael colocou é lindíssimo todos deveriam assistir e ver o quanto sua mensagem é profunda.

Toda vez que me deparo com uma pessoa adoentada pela intolerância e o fanatismo, me lembro das crianças cristãs que estão sendo queimadas vivas em jaulas no Islã.

O Brasil sempre foi a pátria do evangelho, da espiritualidade, e hoje estamos vendo cada dia mais essa doença se aproximando.

Tomemos cuidado, alguns não se importam quando a casa do outro é invadida e depredada, quando o filho do outro é agredido na rua. 

Pois saibam, que muitos que acreditavam que nunca iria acontecer em suas casas religiosas tiveram suas casas vandalizadas, invadidas e queimadas.

É uma luta por respeito, direito e lei conquistada.

Não consigo entender como uma pessoa que acredita e fala tanto em Deus e em Jesus Cristo, que diz pregar o evangelho não consegue entender o Sermão da Montanha, o amai uns aos outros, simplesmente não dá para conceber isso.

São os hipócritas bem semelhantes aqueles mesmos que crucificaram Cristo. Pensemos. 

Oremos para que nunca haja uma guerra religiosa no Brasil.

Ref resp de Cristina Alves

      Cris disse: Toda vez que me deparo com uma pessoa adoentada pela intolerância e o fanatismo, me lembro das crianças cristãs que estão sendo queimadas vivas em jaulas no Islã. O Brasil sempre foi a pátria do evangelho, da espiritualidade, e hoje estamos vendo cada dia mais essa doença se aproximando.

      Luis: minha linda, 2 coisas relativas ao que vc escreveu:

      - primeira: os islâmicos estão apenas fazendo uma demonstração de sua fé e cumprindo determinações de seu profeta maior, Maomé. O próprio chefe da igreja católica, ao ver, numa mesquita, os muçulmanos, numa demonstração de fé prostrados no chão em direção à Meca, teria se lamentado: “Como eu gostaria que os cristãos tivessem essa fé!”.

      - segunda: o Brasil nunca foi e não é a Pátria do Evangelho; isso está somente no idealismo de um livro psicografado por Chico Xavier; se o Brasil fosse, realmente, a pátria do evangelho, como explicar que seja tb um dos países mais violentos do mundo, mais violência sobretudo contra mulheres e crianças? Há, para cada 100 habitantes, 29 assassinatos por ano; aqui há 154 homicídios por dia, 7 por hora; é o país onde mais os policiais matam e onde mais morrem no mundo; mais de 34 mil assassinatos por ano, o maior número de homicídios por arma de fogo do mundo, 250 mil crianças atiradas à prostituição, corrupção desenfreada, desemprego de 11 milhões, comércio de drogas por todo lado com suas terríveis consequências. Onde está aí a pátria do evangelho?!

      Cris: Não consigo entender como uma pessoa que acredita e fala tanto em Deus e em Jesus Cristo, que diz pregar o evangelho não consegue entender o Sermão da Montanha, o amai uns aos outros, simplesmente não dá para conceber isso.

      Luis: minha amiga, e quem são esses que vc diz que creem em Deus e em Jesus e que não entendem o “amai-vos uns aos outros”? E vc o entende perfeitamente? Não faz mais nenhum mal para ninguém, absolutamente, de nenhum modo? Não tem alguma vez raiva, ciúme, inveja, não se irrita, nem se impacienta, afinal, já se libertou de todas as imperfeições que todas elas se relacionam à falta de amor aos semelhantes? Porq vc ainda permanece neste planeta de expiações? Já podia estar num mundo superior, mas escolheu continuar neste, inferior?!!

..

Complementando a resposta acima, cujo tempo passou e foram omitidas as considerações abaixo:

Observem: todos dizem: amem, perdoem etc, mas onde está o ensinamento de como fazer isso? Nas palavras de que mestre, de que doutrina, de que instrutor? Afinal, ninguém, absolutamente ninguém ensina e ninguém aprende a amar, a como fazer para ter amor pelos semelhantes, nem com conselhos, nem com ensinamentos, nem com exemplos, mesmo que sejam de Jesus!

.

Luis erro sim, porque se fosse um espírito ascensionado não estava aqui não é mesmo?Mas não é porque erro, que tenho que permanecer errando, percebe o ponto, estamos aqui para se auto melhorar, mas o que acontece na prática é bem diferente, muitos ditam regras para os outros e não aplicam a si mesmos.  Procuro na medida do possível me evangelizar, praticar minha fé não só nos livros e na didática, mas na prática coisa que muitos não fazem. O como fazer meu amigo Luiz está na máxima do RESPEITO E TOLERÂNCIA, posso não concordar com o que dizes, mas respeito seu direito de dizê-lo e isso cabe em tudo na vida. Se as pessoas tivessem respeito uma com as outras, já seria uma vitória. Mas não... querem enfiar suas verdades goela abaixo dos outros, como se fossem os donos da verdade. Pessoas cheias de certezas, e quem tem certeza de tudo não está aberto a aprender é um tolo.

Ref resp de Cristina Alves

      Luis: antes de continuarmos nossa conversa, é conveniente lembrar que, conforme a DE, devemos de raciocinar para entende-la e que todos os efeitos têm suas causas, certo? Vamos continuar:

      Cris escreveu: Luis, erro sim, porque se fosse um espírito ascensionado não estava aqui, não é mesmo?

      Luis: então, vc que disse: “não consigo entender nem conceber como uma pessoa que acredita e fala tanto em Deus e em Jesus Cristo, que diz pregar o evangelho não consegue entender o Sermão da Montanha, o amai uns aos outros”, agora vc já entende e concebe, certo?

      Segundo a doutrina, todos estamos aqui num planeta de expiações, isto é, de pagamentos pelo mal que conscientemente, propositadamente, fizemos aos outros. 

      E se esses são hipócritas, todos nós somos hipócritas, concorda? Estamos na mesma situação que eles!

      Sem dúvida que ninguém que erra, tem de permanecer errando; mas, para vc refletir, pergunto: porq tantos que erraram continuam errando e mesmo passando pelos sofrimentos pelos quais, segundo a doutrina, temos de passar por ter errado?

      E, se como vc diz, estamos aqui para “aprender”, porq é que o que vemos no mundo, mesmo depois de 20 séculos já passados da chegada dos ensinamentos de Jesus, nas escrituras, e século e meio, na codificação, é que, só neste pequeno planeta azul, milhões ou os 7 bilhões que aqui habitam, ainda não aprenderam? Quem são os deficientes, os instrutores em ensinar, ou os alunos em aprender? O que vc diz?

       Certamente vc dirá que os deficientes são os alunos, nós, os espíritos! Que temos dificuldades em aprender etc! Mas, se todos os efeitos têm suas causas, qual é a causa de não aprendermos? Não conseguimos aprender, ou não queremos aprender...? Sugira uma resposta!

      Cris: Procuro na medida do possível me evangelizar, praticar minha fé não só nos livros e na didática, mas na prática coisa que muitos não fazem.

      Luis: com suas palavras, vc provoca outras perguntas: o que vc diz do fato de vc ter fé, e de muitos não terem? É mérito seu ter fé? É demérito deles não terem? Ter fé depende de nós ou do aprendizado que obtemos da escola da vida? E porq vc procura praticar o que aprendeu e outros não? O que vc diz sobre isso?

      Cris: O “como fazer” meu amigo Luiz está na máxima do RESPEITO E TOLERÂNCIA...

      Luis: não, minha jovem, a pergunta é como fazer para, se somos maus, sermos bons! E qto ao respeito e à intolerência, como fazer aquele que não respeita e é intolerante, para ser respeitoso e tolerante? Veja que todos, os bem intencionados, a codificação etc, só sabem dizer/ensinar “o que fazer”: seja bom, ame, perdoe, não seja egoísta etc, mas absolutamente ninguém, nem os bons, nem a codificação, nem esses milhares de msgs de espíritos mentores que lemos todos os dias, sabem dizer/ensinar o “como fazer” isso que eles mesmos aconselham fazer; nem mesmo nos ensinamentos de Jesus, do modo como as doutrinas cristãs tentam comunica-los para nós, está o ensinamento de "como fazer!

      Vc diz que “se as pessoas tivessem respeito uma com as outras, já seria uma vitória”, e lhe pergunto: e porq não têm respeito? O que é que fazem que sejam desrespeitosas, ou maldosas, criminosas, perversas, pervertidas etc? Porq elas têm de sofrer devido a serem assim? Elas mesmas escolheram ser portadoras desses defeitos e imperfeições? Ou é a escola da vida que faz que elas sejam como são?

 

Olha Luis o que fazer né quando as pessoas não se conscientizam que precisam melhorar? não temos poder para isso, apenas tentar trazer a conscientização do que acreditamos ser melhor, mas o nosso melhor para alguns não o é. E nem por isso devemos os obrigar a seguir nossa verdade, mas cada um deverá arcar com a sua. Crescemos com bases morais são essas bases que nos direcionam de uma certa forma e mesmo assim, alguns mesmo nascendo em lares formidáveis se tornam pessoas horríveis. Nasceram com inclinações para o mal? é o mal manifestado nessas pessoas? uns como disse acreditam que alguns não são criaturas de Deus. Acredito que algumas pessoas tendem a aprender certas lições mais fáceis outras irão levar  muitos e muitos anos. Talvez Luis algumas respostas só do outro lado mesmo para saber.

Ref resp de Cristina Alves 18 horas atrás

      Cris: Olha Luis o que fazer né quando as pessoas não se conscientizam que precisam melhorar? Não temos poder para isso, apenas tentar trazer a conscientização do que acreditamos ser melhor, mas o nosso melhor para alguns não o é.

      Luis: minha jovem, percebo que vc ainda não teve tempo de estudar bem a doutrina. Mas, assim mesmo, lhe pergunto: e aqueles que ainda não se conscientizam de que precisam melhorar, qual é a causa de sofrerem se não melhorarem, se não lhes cabe qualquer responsabilidade por não se conscientizarem? Onde estão aí o amor e a justiça de Deus?

     E tente explicar porq, como vc lembrou, existe quem nasce em lares “formidáveis” e se torna “horrível”? E vc pergunta se já nasceram com inclinações para o mal! Sem dúvida que, conforme a doutrina, absolutamente ninguém é criado com inclinações para o mal! Se fosse assim, Deus não seria nem amor, nem justiça, nem sabedoria e nem perfeição! E, sendo assim, tente responder: porq ou qual é a causa de tantos terem se tornado tão profundamente inclinados para o mal, pois é isso que vemos no mundo?

      Precisamos, como sabiamente recomenda a doutrina, raciocinar profundamente para entender a doutrina e a vida!

.

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
51 minutos atrás
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
57 minutos atrás
ANDREA REGINA DE SA curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
14 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Ao tentar processar o Porta dos Fundos, por retratar Jesus como um gay, igreja teve um prejuízo de R$ 82…"
sábado
Madelon Fonseca curtiram a discussão Reflexões sobre as Leis Naturais. de Wellington Balbo
sexta-feira
Joao Iudes Nodari respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"A Marlene apresentou uma realidade constatada diariamente no processo de palestras ministradas nos centros e unidades espíritas. Está-se chegando numa fase onde a ênfase oratória pergaminha atitudes emocionais e…"
sexta-feira
Ligia Maria Matutino Bastos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Espiritismo e Evangelho

Grupo destinado a estudos do Evangelho a Luz da Doutrina EspíritaVer mais...
sexta-feira
Ligia Maria Matutino Bastos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Estudo: "Amor e Sabedoria de Emmanuel"

Estudo Interativo da Série: "Amor e Sabedoria de Emmanuel"Áudios  e vídeos da Sala de Conferência Estudando EspiritismoAo vivo semanalmente as 20h00 pelo link…Ver mais...
sexta-feira
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Marlene, Grato pelo seu comentário. Deus a abençoes . Precisando de qualquer informação estamos a disposição.."
sexta-feira
MARIO FONTES curtiram o perfil de Marlene Matias da Silva
sexta-feira
Raimundo Luís Godinho Costa entrou no grupo de Acacia Maria Picoli
Miniatura

Meimei - Espirito de Luz

Grupo criado com o objetivo de divulgar as lindas mensagens e preces de MeimeiVer mais...
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
sexta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço