Queridos companheiros de jornada espírita, lanço aqui uma sugestão que ao meu ver nunca foi discutida entre nós adeptos dessa maravilhosa Doutrina de Esclarecimentos. Os outros "movimentos religiosos" (católicos, evangélicos, protestantes, testemunhas de jeová, e etc) "VELAM" seus entes queridos, e, mesmo quando encarnados nunca deram sequer uma singela rosa a esse ente querido, já no velório abarrotam o ambiente com dezenas e até centenas de bouquet de flores, sem falar das inúmeras velas acessas, e chamam isso de "VELÓRIO". Peço aqui a vocês uma sugestão de um nome apropriado para esse momento em que nós vamos precisar "velar" um ente querido, já que não usamos velas e outros adereços, que nome poderíamos dar a esse momento??? Favor respoderem com suas sugestões e espero que algumas delas sirvam para mim, ou para vocês, quem sabe?

Grato!

Carlos José Pretti Leal

Exibições: 5966

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa noite.

Carlos realmente nunca pensei no assunto, mas é interessante o assunto, para mim o velório é algo que respeito devido as diversas culturas.

Mas recentemente uma amiga muito querida desencarnou e realmente festejamos o seu regresso a verdadeira Pátria, com recital de músicas,poesias as lembranças dos bons momentos entre tantos amigos que ela conquistou.

no dia comentamos que em vez de "velório",  o dela deveríamos chamar de "FESTA DE UM FELIZ RETORNO" pelo muito que ela realizou.

Realmente é uma pergunta  que nós dá algo pra pensar.

Abraço fraterno.

Maria Malvina

Quem sabe?

Poderia sugerir... Até Breve...

Na Umbanda os ritos fúnebres é muito bonito, todos os médiuns de branco, cantamos louvores, um rito de passagem, não é vista como um adeus, mas um até logo. Entendemos a morte como uma grande viagem, onde os que ficam no porto se despedem, outros choram, mas o barco vai em direção a seu ponto de chegada e quando chega lá é uma grande festa, uma grande alegria para aqueles que a muito o esperavam.

Ref resp de Cristina Alves 6 horas atrás

      Minha jovem, me permita uma pergunta: se a chegada aonde chegamos após a morte do corpo material é uma festa, qual é a causa de achegada aonde chegamos para um novo nascimento, para nova encarnação, ser tantas vezes uma verdadeira tragédia?

.

Sr. Luiz cada um recebe conforme seu merecimento ou o Sr. ainda não entendeu. As pessoas que vão em paz, espiritualizadas chegam em paz. E mesmo aquelas que vão com suas cargas e pesos também são direcionadas, e acolhidas, até que encontrem suas redenções. A reencarnação não é uma tragédia para o espírito esclarecido do seu porquê.

Esse depoimento do Chico acho oportuno acrescentar ao debate: https://youtu.be/D8-9ie8OgBA

Ref resp de Cristina Alves 6 horas atrás

      Cris disse: Sr. Luiz cada um recebe conforme seu merecimento ou o Sr. ainda não entendeu. As pessoas que vão em paz, espiritualizadas chegam em paz. E mesmo aquelas que vão com suas cargas e pesos também são direcionadas, e acolhidas, até que encontrem suas redenções. A reencarnação não é uma tragédia para o espírito esclarecido do seu porquê.

      Luis: minha querida, parece que não me expressei bem e vc não entendeu minha pergunta. Veja como, mesmo que falemos o mesmo idioma, a comunicação entre humanos é tão difícil.

      Vc disse: na morte quando se chega lá é uma grande festa, uma grande alegria para aqueles que a muito o esperavam, não foi isso?

      E eu apenas perguntei, com base no que vc escreveu: se a chegada lá é uma festa, qual é a causa de a chegada à uma nova encarnação, ser tantas vezes uma verdadeira tragédia? Preste atenção que vc disse que a chegada lá é uma festa, não levando, portanto em consideração, o merecimento; por isso fiz aquela pergunta, pois a chegada lá pode ser tb, uma grande tragédia, concorda?

      Agora, qto à sua afirmação de que, cada um recebe conforme seu merecimento, para que tenhamos uma “fé raciocinada” temos de, entre muitas outras pergunta que podemos fazer, fazer apenas esta: se todos os efeitos têm suas causas, qual é a causa de uns merecerem uma festa e outros merecerem uma tragédia? É apenas isso, minha jovem; é para entender o que a DE ensina. Pois veja: se, conforme a DE, somos todos criados perfeitamente iguais, porq é que o merecimento de um não é perfeitamente igual ao dos outros?

      E aproveitando o que vc disse, ainda pergunto: porq uns vão em paz e outros não? Ou porq uns vão espiritualizados e outros não? Porq uns têm “suas cargas e pesos”, e outros não os têm ou os têm mais leves ou mais pesados? Porq há espíritos mais esclarecidos e outros menos esclarecidos? Parecem perguntas bobas, mas tente responder pra continuarmo nossa conversa.

      E se vc diz que a reencarnação não é uma tragédia, porq tantos nas suas reencarnações sofrem verdadeiras tragédias, muitos desde que abrem os olhos para a nova vida, desgraças sem conta e que de tanto sofrimento que recebem, como tb já lhe disse, milhões preferem abandonar as aulas da escola da vida, esta escola do bem e do mal que Deus criou para nosso aperfeiçoamento moral ou espiritual, preferindo, em vez de se aperfeiçoar, fugir de suas aulas pela porta do suicídio? Veja: milhões preferem, e por isso escolhem, se suicidar em vez de se aperfeiçoar! Como explicar isso?

      Parece que agora me expressei melhor e vc vai entender minhas perguntas. 

.

Não dá para entender vc diz que estudou tanto a D.E nunca estudou sobre ação e reação? Se você estudou tanto como diz e não satisfez suas duvidas meu amigo, não será com minhas respostas que irá se satisfazer. 

Ref resp de Cristina Alves sábado

      Cris disse: Não dá para entender vc diz que estudou tanto a D.E nunca estudou sobre ação e reação? Se você estudou tanto como diz e não satisfez suas dúvidas meu amigo, não será com minhas respostas que irá se satisfazer.

      Luis: minha jovem amiga Cris, primeiramente, tenho a lhe dizer, que, como já disse várias vezes, não procuro respostas para minhas dúvidas; todas as dúvidas que tinha qto ao que me interessava saber nestes estudos, já ficaram para trás. Segundo: é claro, portanto, que estudei a questão da “ação e reação”, e por muito tempo, e ainda tudo que estudei está bem claro em minha memória, pois essa é mais importante base sobre a qual se apoia a doutrina (aliás, todas as doutrinas religiosas do mundo), base que, se for abalada, toda as doutrinas desmoronas; importantíssima, portanto.

      Eu a estudo e ao conjunto da doutrina, desde 70 anos trás. É exatamente o uso deliberadamente correto ou incorreto do livre-arbítrio que provoca as consequências boas ou más, proporcionadas pela terrível lei divina de causa e efeito, ou, como vc disse, de ação e reação. É aí que está a explicação e a justificativa para todos os sofrimentos do mundo, com exceção daqueles que são proporcionados por Deus e, para o espiritismo, tb com exceção daqueles que se originam de provas solicitadas e/ou de missões assumidas.

      Essa é a explicação adotada não só pela doutrina espírita, mas tb pela católica, protestante, por todas as doutrinas que defendem a crença de que o homem goza ou sofre devido às ações que, por sua livre-escolha, realiza em benefício ou em prejuízo dos semelhantes e da natureza.

.

Penso que a proposta aqui não é criar um ritual para o velório espírita e sim dar uma nomenclatura diferente da dos irmãos de outras religiões, como já acontece na oração do Pai Nosso, na qual eles dizem no final "Amém" e nós dizemos "Assim Seja", que significa a mesma coisa. Acho que seria bom o termo "TRANSIÇÃO" ou "LIBERTAÇÃO" já sugeridos; pois assim diríamos: vou na "transição" "libertação" de fulano de tal.

Muita luz a todos.

Que tal : Venda de passagens de ida com volta asegurada e vice versa??? 

Amigos, porq perder tempo com essa busca do nome mais próprio para o "velório espírita"? O que precisamos fazer é usar nosso tempo na busca de "o que fazer" e de "como fazer" para nos transformamos no "homem de bem" recomendado por aquele sábio que é chamado de "o Mestre dos Mestres".

.

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Erika Silveira postou um evento
Miniatura

Espiritismo em Casa em www.tvmundomaior.com.br

3 abril 2020 às 7 a 30 abril 2020 às 20
Espiritismo em Casa Para tornar esses momentos de quarentena e insegurança menos dolorosos e solitários, a Fundação Espírita André Luiz por meio da Rádio Boa Nova e a TV Mundo Maior está oferecendo uma programação especial e repleta de boas…Ver mais...
2 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Fenômenos Mediúnicos, Metapsíquicos e Parapsicológicos

Texto de Marta Antunes de Moura (http://www.febnet.org.br)Os fenômenos psíquicos (do…Ver mais...
6 horas atrás
Ana Rogéria Feitosa de Morais curtiram a discussão Coleção Emmanuel - Livros para download de Amigo Espírita
domingo
ORSON PETER CARRARA agora é amigo de Walter Luiz Figuerêdo Carvalho, julio cezar murari, Celso Marcos Gomes e 12
sábado
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão O MAIOR DESAFIO de Egdemberguer Magalhaes
sábado
Goliveira Goncalves curtiram o perfil de Monica lucio
sábado
Goliveira Goncalves e Monica lucio agora são amigos
sexta-feira
maria de fatima cerqueira cerque curtiu a postagem no blog Epítome descritivo sobre o cenário e a vida além da sepultura (Jorge Hessen) de os pae
sexta-feira
Elizete Lima Morgado entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
quinta-feira
ANTONIO CARLOS DA CUNHA curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
quinta-feira
Thaynah Paloma e Suzana Paula Andrade agora são amigos
quinta-feira
Rosana Andrade curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço