SUGADORES DE ENERGIA


Parece mentira, mas há pessoas que parecem "sugar" energia da gente! O Ph.D. em Administração de Empresa Luiz Almeida Marins Filho, relatou em um dos seus livros, que certa vez estava muito
bem, alegre e satisfeito. E encontrou-se num shoping com um amigo e em meia hora de conversa, o amigo deixou-o um verdadeiro "trapo", deprimido, triste.
Depois ficou pensando no que aconteceu e logo percebeu que aquela conversa horrível do “amigo”, falando só de doenças, roubos, estupros, filhos de amigos que haviam caído no vício, desemprego, falta de dinheiro, etc. acabou roubando-lhe a sua energia positiva! Quando acabou a conversa (onde só o amigo falou) ele parecia estar melhor do que nunca e, diz o Dr. Luiz, eu... em profunda depressão.

Cuidado com esses “sugadores de energia positiva”. Eles estão em todo o lugar:
no trabalho, na família, na roda de amigos. Eles só sabem falar de desgraças.
Só lêem obituário dos jornais e a seção de crimes horrendos, Gravam em vídeo o noticiário policial. Fazem estatísticas e sabem de cor quantos sequestros ainda não foram desvendados, quantas crianças continuam desaparecidas, quantos sem-teto, semterra, sem-emprego, sem-tudo existem no mundo!

Essas são aquelas pessoas que quando você propõe um piquenique elas logo dizem:
"- Vai chover!". São pessoas que azedam baldes de sal-de-fruta.
Eles são sempre "do contra". Avisam que "não vai dar certo"
e torcem para que nada aconteça. Depois dizem: "- Eu sabia que não ia dar certo...".

Esses "sugadores de energia" vivem da energia alheia e é muito difícil conviver com alguém "puxando você prá baixo" o tempo todo.
Não seja você também um "sugador de energia"

Que felicidade que seria a nossa, se aprendêssemos a expulsar da nossa memória as coisas desagradáveis, idéias tristes e deprimentes. Com certeza, nossa força iria multiplicar se pudéssemos conservar só os pensamentos que elevam e animam.

Há pessoas que não podem se lembrar das coisas agradáveis. Quando nos encontram, tem sempre algo de triste a contar. Com qualquer mal que sofreram, se angustiam muito. Como se não bastasse, se preocupam até com que vão sofrer... Sabem lembrar-se só de fatos discordantes.
Dão a idéia de um armazém de quinquilharias, objetos inúteis e deteriorados.
Retém tudo mentalmente, com medo de precisarem uma vez ou outra, disto ou daquilo, de maneira que o seu armazém mental está entulhado de detritos...
Bastaria que estas pessoas fizessem uma limpeza regular, que as livrassem dos montões inúteis e depois, organizassem o que sobrou, para terem êxitos. No entanto, não são incomuns, pessoas que se "enterraram" na infelicidade e na desarmonia.

Outras, fazem exatamente o contrário. Falam sempre de coisas agradáveis e interessantes experiências que têm feito.
São indivíduos que passaram até perdas, aflições, mas falam delas tão poucas vezes, que parece nunca terem tido na vida, senão boa sorte e amigos. Estas pessoas fazem-se amar.
O hábito de mostrar aos outros o nosso aspecto positivo, é o resultado do nosso equilíbrio interior.
Quando estamos tristes por algum sofrimento, devemos procurar a sua causa para eliminá-lo.
Geralmente, porém, quando sofremos, buscamos a causa fora de nós.

Vemos pessoas se queixando que tem má sorte, suspeitando que seu vizinho é a causa, porque não se dá com ele, ao passo que ele é bem favorecido com a sorte nos negócios, na vida familiar, sendo estimado inclusive, pelos conhecidos.
Se examinarmos as circunstâncias da vida destas pessoas, verificaremos que a queixosa é negligente, gastadora, intolerante nas opiniões e indisciplinada, ao passo que a outra pessoa é cumpridora dos seus deveres, econômica, modesta, não calunia, nem adula.
Emprega bem o seu tempo disponível lendo bons livros, fazendo cursos, esportes, ajudando seu próximo, sendo útil. Por isso, é estimada. Ao passo que a queixosa, está sempre perdendo (tempo, trabalho, fregueses, dinheiro, a família e os amigos), e sempre não tem tempo.

Vamos eliminar dos nossos corações, a desconfiança, o ódio, a inveja e a descrença e vamos cultivar a alegria, a fé e a crença no amor e na Justiça Divina, e será certo que venceremos na luta que a vida nos destina.


(Jornal da Mocidade – Ago/97 e Revista Espírita Allan Kardec – Mar/98)

Exibições: 3981

Responder esta

Respostas a este tópico

E porq nós mesmos escolhemos ser tão profundamente ignorantes? Ou Deus terá criado espíritos tão profundamente ignorantes ao ponto, eles mesmos, devido a serem ignorantes, mesmo podendo escolher viver no Reino dos Céus, escolherem viver fora dele?!

1 - Não escolhemos ser tão profundamente ignorantes. Isso foi consequência da opção pelo egoísmo e não uma escolha direta.

2 - A perfeita sabedoria jamais cria a ignorância. Somente um grande ignorante pode admitir tal anomalia.

Mas, meu amigo, onde estarão o amor e a justiça se alguém sofre devido a ser ignorante? Nem mesmo a falha justiça dos homens tem a intenção de fazer isso!

O amor e a justiça não estão contidos na ignorância e por isso se vê que não vivemos dento do amor e  justiça. Vivemos em meio ao ódio e à injustiça.

Mas porq é, ou, qual é a causa de "vivermos em meio ao ódio e à injustiça"? Sendo assim, temos de concluir que somos, talvez, o oposto exato de Deus-Pai; Ele amor, nós ódio; Ele justiça, nós injustiça, Ele perfeição, nós carregados das mais monstruosas imperfeições; Ele sabedoria, nós extremamente ignorantes aceca de todas as coisas da vida e de além da vida! Como entender isso, se somos todos filhos criados por Deus, e a doutrina ensina que, sendo o Criador justo, nos cria a todos absolutamente iguais qto às nossa faculdades objetivas e subjetivas e aos quesitos relativos às possibilidades de evoluir?

1 - A causa de vivermos nesse inferno é termo preterido o Reino de Deus em favor do reino da matéria.

2 - De fato, nesse inferno no qual estamos inseridos tudo que era bom se inverteu em mal, certeza em dúvida, sabedoria em ignorância, infinito em finito, pois aqui, o egoísmo vigora em sua plenitude. Mas isso é fruto da nossa escolha.

Não deu para entender, pois porq preterimos o reino de Deus q, segundo a doutrina, é um reino de amor, justiça e felicidade,  e nele estão todas as benesses, lhe viramos as costas e preferimos o reino onde estão misérias, desgraças, tragédias e infelicidades? Afinal, segundo a doutrina, Deus nos criou simples e ignorantes, mas não tão desequilibrados mentalmente ao ponto de, podendo escolher ser felizes, escolhermos ser imensamente infelizes!!! 

Preterimos o Reino de Deus de amor e felicidade justamente porque escolhemos vivenciar o egoísmo e não o amor.

Mas porq preferimos e, assim, escolhemos o pior, se, tendo livre-arbítrio, podemos "sempre" escolher o melhor?

Melhor ou pior sob qual parâmetro? Isso é uma relatividade. Para o egoísta somente a sua escolha é a melhor, para si.

Os parâmetros poderão ser inferidos de sua msg q vai repetida abaixo:

Marco Túlio Ferreira Silva disse:

Preterimos o Reino de Deus de amor e felicidade justamente porque escolhemos vivenciar o egoísmo e não o amor.

Mas a pergunta continua: quem ou o que define o que é melhor ou pior?

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Últimas atividades

Alcione Torres curtiu o vídeo de Amigo Espírita
3 horas atrás
Alcione Torres curtiu o vídeo de Amigo Espírita
3 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
3 horas atrás
Janete de Azambuja Correa postou um vídeo

Em defesa da vida - cuidando das emoções

Palestra proferida por Janete de Azambuja Correa, no Centro Espírita Leon Denis, em Porto Alegre, em 05 de maio de 2019. Uma abordagem do livro As Algemas Em...
4 horas atrás
Celina Sobral postou um vídeo

Palestra Espírita - Celina Sobral - O lírio nasce no pântano - 24/07/2018.

Nesta Palestra Celina Sobral mostra conceitos Espíritas sobre O lírio nasce no pântano. Palestra realizada em 24/07/2018 no Centro Espírita Verdade e Luz em ...
4 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE postou um vídeo

"Aprendendo a comunicar-se com amorosidade", com Dr. Aldeniz Leite

"Aprendendo a comunicar-se com amorosidade", este foi o tema da palestra do psiquiatra, pesquisador e escritor Dr. Aldeniz Leite de São Paulo-SP, no domingo 19 de maio de 2019, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas.…
4 horas atrás
Amigo Espírita compartilhou o post do blog de ANA MARIA TEODORO MASSUCI em Facebook
4 horas atrás
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

Aquilo que realmente é importante

Certa manhã, Carl Coleman estava indo de carro para o trabalho e bateu no para-lama de outro veículo.Ambos pararam, e a mulher que dirigia o outro carro desceu para ver o estrago.Ela ficou angustiada. Algumas lágrimas lavavam seus olhos preocupados, discretamente.Assumiu a culpa e disse que seu carro era novinho em folha. Fazia dois dias que havia saído da loja, e ela estava com medo de enfrentar o marido e a reação que ele teria.Coleman agiu com simpatia, mas precisava apresentar seus…Ver mais...
4 horas atrás
joão batista pereira de oliveira comentou a postagem no blog Progresso e reencarnação de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
"Exelente mensagem, eu gostaria de me comunicar com algum membro na intenção de ter uma informação"
17 horas atrás
joão batista pereira de oliveira curtiu a postagem no blog Progresso e reencarnação de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
17 horas atrás
joão batista pereira de oliveira curtiram a discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
17 horas atrás
joão batista pereira de oliveira curtiram a discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
17 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Porque a caridade educa o ego, o ego é o problema."
18 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"O ego é a resposta."
18 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"O ego é a resposta."
18 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"No princípio éramos absolutamente iguais em essência e não em identidade."
18 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"No princípio éramos absolutamente iguais em essência e não em identidade."
18 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Certo, e assim tem que ser para que cada qual seja responsável pelas consequências das suas escolhas. Isso é justiça, pois Deus é justo e bom. Do contrário seríamos autômatos e não…"
18 horas atrás
Jefferson P B Tenorio curtiu a postagem no blog Qual é a diferença entre expiação e prova? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
18 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Mas Deus nos criou a todos perfeitamente iguais; assim como poderão uns preterirem o absoluto e outros não?"
22 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço