Transtorno da Dor e Sensibilidade Mediúnica
Por: Clécio Carlos Gomes

O quadro do Transtorno da Dor pertence à Árvore Diagnóstica dos Transtornos Somatoformes, conforme descrito pelo Código Estatístico e Diagnóstico de Transtornos Mentais (DSM IV – TR). De acordo com as observações dos pesquisadores, há dor, com intensidade alta em um ou mais sítios anatômicos, sugerindo uma atenção clínica. Uma dor que retrata sofrimento e prejuízo para o funcionamento global do paciente. Não há uma determinação clara e objetiva que estipulem uma etiologia orgânica para a manifestação sintomatológica, contudo, uma condição médica geral pode fazer parte do processo diagnóstico. Sabe-se, entretanto, que os elementos psicológicos exercem uma ação determinante para o surgimento, manutenção e potencialização da doença, mesmo que sem a intenção de se produzir ou simular seus sinais. Não há correlação da dor com quadros de humor, ansiedade ou manifestações psicóticas. (DSM IV – TR). 

Existem condutas adotadas ao longo da vida que podem desencadear a dor. Esportista com longa carga horária de atividade, profissionais ligados à arte, como a dança, que trabalham diariamente no aprimoramento de posturas inversamente aplicadas à natureza anatômica, podem desencadear a dor, de forma aguda ou crônica. Atividades profissionais que provoquem esforços repetitivos geram, igualmente, alternativa para lesões músculo esqueléticos e a inserção da dor como uma característica contínua. Quadros que podem passar pelo crivo da comprovação por imagem, ou, pela dedução das avaliações clínicas. A expressão da dor pode ocorrer num foco específico, ou generalizada. Esses componentes podem não existirem e, mesmo assim, o fenômeno dor acontecer, com sinais e intensidades proporcionais às condições médicas descritas. A maior incidência diagnostica é na população feminina e a prevalência do Transtorno é alta. Nos Estados Unidos, o índice flutua entre 10 e 15% da força de trabalho se incapacita por dores lombares. (http://www.psiquiatriageral.com.br/dsm4/somato2.htm).

Inexplorada pela pesquisa científica e as linhas teórica acadêmicas, a interação soma etérica compõe uma versão de fundamentação para o surgimento e o desenvolvimento do Transtorno da Dor, complementando, a visão que poderia se ter sobre sua atuação junto ao gerenciamento da rotina de milhões de pessoas acometidas por esse diagnóstico. A linha soma etérica aproxima as dinâmica orgânica das projeções mentais e das implicações da história reencarnatória e da função mental da mediunidade. Emocionalmente falando, a não aceitação de alguns, ou vários, itens que compõem o modelo e vida adotado, emanam como dores emocionais, repassadas ao corpo físico, que então passa a pulsar intensa e ininterruptamente frustrações, pesares e, principalmente, a luta interna travada pelo desejo pessoal com o modelo de ida optado e a partir daí construído, conduzindo as intenções de vida do indivíduo. É comum que as emoções irradiem para um foco, simbolicamente compatível, com o déficit ou a incapacidade afetiva, externando, concretamente a deficiência. Por exemplo, as dores sobre os ombros, como se estivesse, e de fato o estão, carregando um fardo pesadíssimo. 

A incompatibilidade emocional pode ser derivada, igualmente, para os níveis de consciência da alma que armazena todo o conteúdo de sua história reencarnatória. Esse níveis, ou o nível, dependendo, rebelado com a situação encarnatória atual, passam a digladiar com o corpo e o consciente físico com a única finalidade de impor a sua vontade, contrária a vigente. Essa ação passa pelo estilo de vida, novas escolhas, intenções de evolução e até mesmo modificação da plástica do modelo organizacional biológico (MOB), pela a anteriormente adotada nas vivências passadas. Um literal processo de auto-obsessão, onde apenas eu assumo a postura de inimigo convicto de mim mesmo. Nessa luta pela troca do perfil físico, a desorganização de justaposição da estrutura atual com a passada, descompatibilizam formações moleculares e partículas quânticas das formações plasmáticas, trazendo a dor como uma das consequências. A rebeldia dos níveis de consciência, temerosos em viverem o luto definitivo daquilo que organizaram ao longo de várias encarnações, certifica, com veemência, uma das maiores lutas na transição evolutiva para qualquer alma.

Aqui vale a pena relatar um fato extremamente relevante. O consciente físico, dentro de suas escolhas, pode filiar-se a revolta de seus níveis de consciência, passando a ser o principal líder da luta contra a sua não conformidade diante dos fatos. O agregado espiritual, num todo, então, coaduna-se na luta para a adoção de um estilo de vida diferente e normalmente compatível com aquele experimentado nas experiências anteriores. A alteração qualitativa das vibrações emanadas e a definição de frequências incompatíveis com a proposta reencarnatória atual, elevam significativamente a estrutura cedida, a morada transitória da alma, o corpo físico, promovendo uma verdadeira avalanche de impreciosidades à saúde orgânica e etérea. 

Indivíduos com a função mediúnica adequada para o exercício da comunicação e do auxílio, recusando-se, ou, não tendo a devida consciência da mesma, também podem sofrer impactos fortes no corpo físico, fruto da reação dos necessitados que não encontram eco junto àqueles que deveriam estar os acolhendo, atendendo e encaminhando suas demandas. Em relação à mediunidade, dependendo da vibração dos tutores espirituais, ou mentores, em choque com a intensidade vibracional do ser com a mediunidade manifesta, pode responder com alterações orgânicas significativas. Almas que atuam nas esferas próximas a Terra, cuja precisão energética é mais densa e compactada, para a promoção do socorro e do bem, provocam uma desarmonia com o da matéria onde o encarnado encontra-se inserido. 
Consequência da auto-obsessão, a influência de outros espíritos, encarnados ou desencarnados, fomentam os episódios obsessivos diante da rotina das pessoas. O conflito de inveja, ciúme ou de vingança é exercido como todo e qualquer tipo de arma e sua aplicação pode acontecer sobre infinitos manejos alternativos para impacto nas supostas vítimas, como a desarmonização da homeostase e do funcionamento adequados do MOB ocupados pelas almas. A dor, nesse caso, pode ser, sim, provocada, ou fruto de uma incompatibilidade vibracional entre os que cercam o encarnado com sua condição atual. 

Independentemente do caso, ocorre um desajuste entre o aparato elaborado para o caminhar da alma, desencadeando um desalinhamento pelo choque entre o que se está com a força que objetiva o deslocamento desse eixo. O que se percebe como fundamental, é a interpretação pontual da dor, bem como seu desenho dinâmico de manifestação, a fim de identificar o que é pertencente a uma resposta orgânica natural provocada por desgaste e o que está desgastado, artificialmente, pela sobreposição de conteúdos e estruturas que danificam a harmonia.

Exibições: 13015

Responder esta

Respostas a este tópico

muito bom.

I N T E R E S S A N T E .

Prepare e faça você mesmo poderosos defumadores para casa comercial, para atrair clientes e muito dinheiro para o seu comércio!
http://www.youtube.com/watch?v=GmwgalXlSOU

Acesse o site: www.editoraimperio.com.br

Dezenas de feitiços e oferendas para abertura de caminho, prosperidade e dinheiro!
http://www.youtube.com/watch?v=g86Wq1V-KzU

Acesse: www.editoraimperio.com.br

Responder à discussão

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

ASSISTA AO VIVO

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“O que fazer quando não há mais nada a fazer?”, com Dr. Aldeniz Leite em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

26 janeiro 2020 de 9 a 10:15
“O que fazer quando não há mais nada a fazer?”, este será o tema da palestra do psiquiatra, pesquisador e escritor Dr. Aldeniz Leite de São Paulo-SP, no próximo domingo 26 de janeiro de 2020, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Dr. Aldeniz Leite da Silva Júnior nasceu em Belém do Pará, formou-se médico em sua cidade natal e transferiu-se…Ver mais...
59 minutos atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Eusébio, “No Mundo Maior”. André Luiz/Chico Xavier, cap.2. Sejamos instrumentos do bem, acima de expectantes da graça. A tarefa demanda coragem e suprema devoção a Deus. Sem que nos convertamos em luz,…"
3 horas atrás
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiram o evento Estreia no teatro A História Nunca Contada de Allan Kardec, O Cientista do Infinito de Erika Silvira
14 horas atrás
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiram o evento Palestras de Dr. Sérgio Thiesen em Birigui e São José do Rio Preto-SP de Amigo Espírita
14 horas atrás
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiu a postagem no blog " HOMENAGEM A TODAS AS MAMÃES"!!!!! de Jesus Carlos Sanchez Perez
14 horas atrás
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiu a postagem no blog " VOCÊ JÁ SORRIU HOJE"???? de Jesus Carlos Sanchez Perez
14 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Mensagens de Reflexão de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Mediunidade de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Joanna de Ângelis e Divaldo Franco de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Gestos e Valores: Série Roteiro de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Wellington Balbo de Espírita Online
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Mensagens PPS de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Estudando Espiritismo de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Músicas de Paz de Evandro Oliva
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Áudios Espíritas de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Reforma Intima de Ari Carrasco Silveira
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Espiritismo & Atualidades de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Evangelho no Lar de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Tirando Dúvidas de Amigo Espírita
15 horas atrás
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Estudando o Livro dos Espíritos de Nelson Peixoto de Souza Filho
15 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço