Prender alguém, por mais dourados que sejam os laços ou as correntes, não deixa de ser uma prova de desamor. Como assim prender alguém? Não, não se trata de cativeiro, sequestro, prisão em grades ou algemas reais nas mãos.

     Referimo-nos antes aos efeitos danosos do ciúme, do sentimento de posse sobre alguém ou das tentativas de manipulação da liberdade de alguém em agir nesta ou naquela direção. Afinal, consideremos que não podemos forçar ninguém a nada, a não ser por força da Lei. O ciúme traz prejuízos de longo alcance, causando sofrimentos para ambos os envolvidos, em autêntica prisão psicológica cujos danosos efeitos não podemos prever.

     É uma prova de desamor porque quem ama não prende, pois o amor não impõe, não censura, não critica; o amor, antes, compreende, tolera, entende, estimula, liberta.

     Quem somos nós para determinar como, quando e onde uma pessoa pode agir, estar ou conviver? Desde que a pessoa haja com decência, dignidade, correção, como querer vigiar-lhe os passos?

     O Jornal da Cidade, de Bauru-SP, em sua edição de 27/01/2008, publicou no suplemento Comportamento, a excelente matéria Uma doença chamada ciúme, assinada por Giuliana Reginatto.   Referida reportagem inclui casos famosos de ciúme, geradores de tragédias comoventes e transcreve trecho importante do livro Ciúme – o lado amargo do amor, de Eduardo Ferreira Santos, doutor em ciências médicas e mestre em psicologia, que extraímos da reportagem citada: “O ciúme é egoísta. A pessoa exerce o ciúme para restringir a liberdade do outro. Podemos compará-lo com a dor: todo mundo sente dor, mas não é normal sentir muita dor, por tempo prolongado. Ficar enciumado com uma determinada situação é diferente de ser ciumento sempre, fantasiando motivos”.

     A reportagem traz também o relato de Cíntia Valadares, que procurou ajuda antes que uma obsessão pelo ex-noivo culminasse em tragédia: “Por causa do meu ciúme ele foi parar na delegacia. Como eu não poderia ir a um jantar com ele e não queria que fosse sozinho, fiz uma denúncia falsa. Inventei que havia sido roubada e que sabia onde o ladrão estava. Dei o endereço da festa e ele ficou detido por quatro horas. Para reatarmos, ele impôs que eu procurasse tratamento”.

     O tema, pois, merece cuidado e atenção, pelos desdobramentos prejudiciais que acarreta nos relacionamentos. Embora tenha usado o título acima para chamar a atenção do leitor, o ciúme é também insegurança, forma de chamar atenção e um verdadeiro transtorno, para o qual os psicólogos estão, estes sim mais do que eu, capacitados para ampliar as considerações sobre causas, consequências e tratamento. Mas é também, sem dúvida, em muitos casos, uma prova de desamor.

     Quem ama, confia! E prender ou constranger alguém, impedir relacionamentos e vigiar, como verdadeira neurose, é caso para terapia. Não somos propriedade de ninguém. Somos seres em aprendizado, necessitados uns dos outros, para nos estendermos as mãos nas experiências que nos façam crescer e conviver com harmonia.

 

por Orson Peter Carrara

 

Orson Peter Carrara (Matão/SP) é membro da Rede Amigo Espírita

Escritor e orador espírita. Constultor Editorial residente em Matão/SP, Articulista da imprensa espírita, tem colaborado com diversos órgãos da imprensa espírita, entre revistas e jornais do país, além de boletins regionais.  Autor dos livros "Causa e Casa Espírita" "Espíritos - Quem são? O que fazem? Onde estão? Por que nos procuram?", seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita.

Seu site www.orsonpcarrara.com.br

e-mail: orsonpeter@yahoo.com.br

Blog: http://orsonpetercarrara.blogspot.com/

 

"Material postado nessa pagina tem autorização de seus autores para publicação na REDE AMIGO ESPÍRITA, a reprodução total ou parcial dos dados aqui publicados em outros veículos de mídia podem ser interpretados como violação de direitos autorais, e seus autores agirem conforme informa a lei"

Exibições: 2932

Respostas a este tópico

Esse texto reproduziu com riqueza de detalhes o momento que atravesso em minha vida.Pois o ciume que estou sentindo em decorrência de uma situação me impede de visualizar a situação de forma clara e acabo me martirizando e  gerando  sofrimento para o meio familiar  (esposa e filias).

Realmente o ciume  a insegurança em nada tem haver como prova de amor e isso começo a perceber aos poucos, pois quem ama não aprisiona e nem impede que o outro seja feliz . Precisamos aprender a amar e a olhar o outro sem o sentimento de posse.

Embora saiba estou tendo dificuldades para realizar a mudança.

Obrigado!!!

De fato, o ciúme encarcera... Quem é alvo de ciúme,_ não podendo evitar a convivência com uma pessoa torturada por esse sentimento nebuloso _, tem que lidar diariamente com a frustração de não poder simplesmente "ser". Por medo de desavenças, limita-se a uma vidinha sem brilho, cheia de renúncias, com isso vai perdendo a espontaneidade.  O ciúme é um vício que inflama a alma e entorpece a razão. 

Um alerta ao descontrole. Ótimo artigo.

Graças a Deus não conheço este mal. É lamentável quem sofre dele. Precisa de tratamento mesmo. Precisa se libertar deste sentimento pequeno e mesquinho. Sofre e faz sofrer.

falou de homem x mulher, concordo não é amor.

tem que serem tratados por psiqu

iatra, bem sério.

pior na família,onde filhos sentem ciumes.

neste ponto, é muito sério, precisa de tratamentos também psiquiatra.

a grande maioria sofre deste problema, lar sem estrutura de religião.

muita prece,perdão, considero este caso pior.

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Últimas atividades

Angela Smanio curtiram o perfil de Adriano Moraes
8 horas atrás
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Cesar Fontes Gerhard
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ana Paula D Aquino
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de José Maria Ramalho Pinto Júnior
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de katia maria brinco
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Robson Carlos Rocha Chicarino
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Carmen Angela Guimarães Leal
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Marcelo Myrrha
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Neldalia Silva Fort Bastos
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Elisangela Vargas da Silveira
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Maria Helena
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Olimpia Maria dos Santos
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Conceição A. Fernandes dos Anjos
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ane Elise de Freitas Farias
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Leticia C
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de lucimar ribeiro
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de lucimar ribeiro
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Cecilia Chaves Duque
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Eleonora Ruggeri
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ana Scalco
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço