A perseverança de Fernández Colavida na divulgação do espiritismo na Espanha

Simoni Privato Goidanich

A escassez de material de estudo e de divulgação do espiritismo era uma limitação importante na Espanha.

Para amenizá-la, um dedicado espírita em Barcelona chamado José María Fernández Colavida decidiu importar uma grande quantidade de livros e jornais espíritas da França.

Para isso, contou com a colaboração de Maurice Lachâtre, escritor e editor francês, que, naquela ocasião, também residia em Barcelona. Lachâtre foi, pois, um intermediário na importação. Era Fernández Colavida o destinatário dessas obras, segundo os relatos de Amalia Domingo Soler, Miguel Vives y Vives, Bernardo Ramón Ferrer, bem como dos jornais espanhóis Luz y Unión e El Diluvio, analisados na pesquisa que realizamos e publicamos, em 2013, no livro Divulgación del Espiritismo: enseñanzas del ejemplo de José María Fernández Colavida.

A importação cumpriu com os requisitos legais. Contudo, por ordem do bispo de Barcelona, Antonio Palau y Térmens, as obras importadas foram queimadas, no dia 9 de outubro de 1861, por um sacerdote com o auxílio de funcionários da alfândega, na Cidadela de Barcelona – o mesmo lugar onde eram executados os criminosos. O episódio ficou conhecido como o Auto de Fé de Barcelona.

Muito mais que um fato histórico, o Auto de Fé de Barcelona é um símbolo dos ataques que o espiritismo, na pessoa dos trabalhadores espíritas, especialmente os que se dedicam à divulgação, podem sofrer.

Diante de uma prova de fogo, várias reações são possíveis.

Uma delas é o desânimo, que nem sempre necessita de uma fogueira para instalar-se.

Às vezes, basta um fogo de palha para consumir o entusiasmo no trabalho no bem.

Outra reação é a rebeldia, o contra-ataque, que desperdiça valiosos recursos que deveriam ser destinados ao trabalho edificante e envolve em trevas o trabalhador que teria como tarefa difundir a luz.

Também é possível o medo, que pode produzir a paralisação das tarefas, a fuga das responsabilidades e até a deserção com relação ao espiritismo.

No entanto, Fernández Colavida não teve essas reações. Ele não se desanimou com o Auto de Fé de Barcelona, mas se sentiu estimulado. Tornou-se o primeiro tradutor para o espanhol das obras de Allan Kardec. Passou a publicá-las na Espanha e a divulgá-las naquele país e em muitos outros, sobretudo da América. Também fundou um jornal espírita de alcance internacional. Ficou conhecido como o "Kardec espanhol" por ser o maior líder e divulgador do espiritismo em língua castelhana.

Com relação aos agressores, a resposta de Fernández Colavida foi o perdão e a reconciliação. Nove meses após o Auto de Fé de Barcelona, o bispo Antonio Palau faleceu e, pouco depois, se manifestou em Espírito, arrependido, na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas e no centro espírita dirigido por Fernández Colavida. Desde então, o Espírito de Antonio Palau passou a trabalhar com o "Kardec espanhol" na divulgação do espiritismo. Também anunciou que a Cidadela, onde haviam sido queimadas as obras espíritas, seria transformada em um jardim, o que ocorreu poucos anos depois.

Fernández Colavida sabia que os ataques não devem ser temidos. A agressividade mediante a qual se manifestam, em lugar de ser uma demonstração de força, é, na verdade, uma confissão de debilidade, de impotência, diante do espiritismo e de todos aqueles que lhe são fiéis. Jamais poderão aniquilar nem o espiritismo nem os espíritas.

De fato, o Auto de Fé de Barcelona, cuja finalidade era reprimir o espiritismo, teve uma repercussão tão intensa na população, nos meios de imprensa e até nas altas esferas do governo que serviu para divulgá-lo amplamente.

Em suma, o Auto de Fé de Barcelona e o exemplo do "Kardec espanhol" proporcionam ensinamentos muito úteis para enfrentar os desafios no trabalho espírita.

(Simoni Privato é diplomata e pesquisadora brasileira, residente em Montevidéu, no Uruguai.)

Exibições: 49

Respostas a este tópico

Embora não atreva referir-me a quem produziu este texto com efusivos agradecimentos e louvores, quero apenas, pela parte que me toca, registrar minha admiração, pela valiosíssima lembrança a despertar-me, ante as responsabilidades, pois confesso, ainda muito  me custa desfazer-me da inebriante ociosidade.   

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Colavida e a perseverança na divulgação

A perseverança de Fernández Colavida na divulgação do espiritismo na Espanha

Simoni Privato Goidanich

A escassez de material de estudo e de divulgação do espiritismo era uma limitação importante na Espanha.…

Educação para quê? Por Jane Maiolo

Educação para quê?

Por Jane Maiolo

 

A EDUCAÇÃO, SE BEM COMPREENDIDA, É A CHAVE DO PROGRESSO MORAL¹

 

A humanidade é, genuinamente, produtora de conhecimentos, desde os primórdios o…

Últimas atividades

Virlene e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
28 minutos atrás
Ícone do perfil via Twitter
“A maturidade do senso moral”, com Delane Alves assista pelo youtube https://t.co/SkpSOVQ4T6 https://t.co/b0xlt1QgYQ
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Rosane Martins Xavier curtiram a discussão Educação para quê? Por Jane Maiolo de Amigo Espírita
2 horas atrás
Cremilda Novais curtiram o perfil de Cremilda Novais
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Nascer de novo - Palestra com Fábio Fadel assista pelo youtube https://t.co/BcTFIAYrie https://t.co/i1x7MMrgiq
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Nascer de novo - Palestra com Fábio Fadel assista pelo youtube https://t.co/BcTFIAYrie https://t.co/j49wbWPnwT
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
“A maturidade do senso moral”, com Delane Alves assista pelo youtube https://t.co/SkpSOVQ4T6 https://t.co/XzfFwuEOrx
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Regeneração, dever e bem estar - Antônio Carlos Navarro assista pelo youtube https://t.co/zMI2rnU8Ma https://t.co/qgLH7Oixxb
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Terapia do perdão", Palestra com Ricardo Cavalcante assista pelo youtube https://t.co/Yl6VO5Z9bF https://t.co/ygIgKyQQWS
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Regeneração, dever e bem estar - Antônio Carlos Navarro assista pelo youtube https://t.co/zMI2rnU8Ma https://t.co/F6WR0ySpLB
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
“A maturidade do senso moral”, com Delane Alves assista pelo youtube https://t.co/SkpSOVQ4T6 https://t.co/pMIdWsAuko
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilSALOMÃO LEON DA SILVA, Vanessa, Luiz Braz da Silva Neto e mais 4 pessoas entraram em RAE
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Paulo César de Faria
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Marcelo Francisco Rosa de Moraes
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Sandra
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de gilberto ferreira dos santos
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Pedro Serra
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de gabriela pereira dos santos
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de osmar teixeira cassimiro
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de guilherme rigo marchioretto
6 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço