A perseverança de Fernández Colavida na divulgação do espiritismo na Espanha

Simoni Privato Goidanich

A escassez de material de estudo e de divulgação do espiritismo era uma limitação importante na Espanha.

Para amenizá-la, um dedicado espírita em Barcelona chamado José María Fernández Colavida decidiu importar uma grande quantidade de livros e jornais espíritas da França.

Para isso, contou com a colaboração de Maurice Lachâtre, escritor e editor francês, que, naquela ocasião, também residia em Barcelona. Lachâtre foi, pois, um intermediário na importação. Era Fernández Colavida o destinatário dessas obras, segundo os relatos de Amalia Domingo Soler, Miguel Vives y Vives, Bernardo Ramón Ferrer, bem como dos jornais espanhóis Luz y Unión e El Diluvio, analisados na pesquisa que realizamos e publicamos, em 2013, no livro Divulgación del Espiritismo: enseñanzas del ejemplo de José María Fernández Colavida.

A importação cumpriu com os requisitos legais. Contudo, por ordem do bispo de Barcelona, Antonio Palau y Térmens, as obras importadas foram queimadas, no dia 9 de outubro de 1861, por um sacerdote com o auxílio de funcionários da alfândega, na Cidadela de Barcelona – o mesmo lugar onde eram executados os criminosos. O episódio ficou conhecido como o Auto de Fé de Barcelona.

Muito mais que um fato histórico, o Auto de Fé de Barcelona é um símbolo dos ataques que o espiritismo, na pessoa dos trabalhadores espíritas, especialmente os que se dedicam à divulgação, podem sofrer.

Diante de uma prova de fogo, várias reações são possíveis.

Uma delas é o desânimo, que nem sempre necessita de uma fogueira para instalar-se.

Às vezes, basta um fogo de palha para consumir o entusiasmo no trabalho no bem.

Outra reação é a rebeldia, o contra-ataque, que desperdiça valiosos recursos que deveriam ser destinados ao trabalho edificante e envolve em trevas o trabalhador que teria como tarefa difundir a luz.

Também é possível o medo, que pode produzir a paralisação das tarefas, a fuga das responsabilidades e até a deserção com relação ao espiritismo.

No entanto, Fernández Colavida não teve essas reações. Ele não se desanimou com o Auto de Fé de Barcelona, mas se sentiu estimulado. Tornou-se o primeiro tradutor para o espanhol das obras de Allan Kardec. Passou a publicá-las na Espanha e a divulgá-las naquele país e em muitos outros, sobretudo da América. Também fundou um jornal espírita de alcance internacional. Ficou conhecido como o "Kardec espanhol" por ser o maior líder e divulgador do espiritismo em língua castelhana.

Com relação aos agressores, a resposta de Fernández Colavida foi o perdão e a reconciliação. Nove meses após o Auto de Fé de Barcelona, o bispo Antonio Palau faleceu e, pouco depois, se manifestou em Espírito, arrependido, na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas e no centro espírita dirigido por Fernández Colavida. Desde então, o Espírito de Antonio Palau passou a trabalhar com o "Kardec espanhol" na divulgação do espiritismo. Também anunciou que a Cidadela, onde haviam sido queimadas as obras espíritas, seria transformada em um jardim, o que ocorreu poucos anos depois.

Fernández Colavida sabia que os ataques não devem ser temidos. A agressividade mediante a qual se manifestam, em lugar de ser uma demonstração de força, é, na verdade, uma confissão de debilidade, de impotência, diante do espiritismo e de todos aqueles que lhe são fiéis. Jamais poderão aniquilar nem o espiritismo nem os espíritas.

De fato, o Auto de Fé de Barcelona, cuja finalidade era reprimir o espiritismo, teve uma repercussão tão intensa na população, nos meios de imprensa e até nas altas esferas do governo que serviu para divulgá-lo amplamente.

Em suma, o Auto de Fé de Barcelona e o exemplo do "Kardec espanhol" proporcionam ensinamentos muito úteis para enfrentar os desafios no trabalho espírita.

(Simoni Privato é diplomata e pesquisadora brasileira, residente em Montevidéu, no Uruguai.)

Exibições: 31

Respostas a este tópico

Embora não atreva referir-me a quem produziu este texto com efusivos agradecimentos e louvores, quero apenas, pela parte que me toca, registrar minha admiração, pela valiosíssima lembrança a despertar-me, ante as responsabilidades, pois confesso, ainda muito  me custa desfazer-me da inebriante ociosidade.   

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Raul Barroquelo respondeu à discussão Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei) de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
52 minutos atrás
Codificador do Paracleto compartilhou o post do blog deles em Facebook
3 horas atrás
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog A fé racional da vida além da tumba é o melhor preservativo do suicídio (Jorge Hessen) de Codificador do Paracleto
3 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Entre a Terra e o Céu" #16 - Cap 19 “Dor e surpresa” - Mauro Guimarães https://t.co/a5z7uZWeCa
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Almari Airton Della Santa e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
4 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Porque não temos notícias dos nossos parentes que partiram? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
4 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O maior conselho de Chico Xavier de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
4 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"DISSERTAÇÕES DE ALÉM-TÚMULO.": https://t.co/xi8uosNYhF
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
5 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"ORAÇÃO NOSSA - Chico Xavier" : https://t.co/Pzv6ZzG9WL
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
sandra cristina alves de araujo curtiu a postagem no blog PERDÃO E LIBERDADE - pelo espírito Emmanuel de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
8 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"PERDÃO E LIBERDADE - pelo espírito Emmanuel" : https://t.co/RJYS09Bgrs
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"A fé racional da vida além da tumba é o melhor preservativo do suicídio (Jorge Hessen)": https://t.co/U41s0outs7
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por Codificador do Paracleto
10 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
“O ESPÍRITO SABE O DIA QUE VAI DESENCARNAR?": https://t.co/HwgpsoR0Ar
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Codificador do Paracleto comentou a postagem no blog Internet , redes sociais e os pseudomédiuns , ambiciosos e mistificadores (Jorge Hessen) de os pae
13 horas atrás
Codificador do Paracleto comentou a postagem no blog Internet , redes sociais e os pseudomédiuns , ambiciosos e mistificadores (Jorge Hessen) de os pae
14 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Cegos do Espírito" : https://t.co/axFxoUyKnG
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
14 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Lacordaire, em "O Evangelho Segundo O Espiritismo". Siga também no Instagram: https://t.co/oikqWLvBk0 #raetvhttps://t.co/xF5ZD39AUh
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço