MARIA E AS RELAÇÕES HUMANAS

Disse então Maria: “Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra”. E o anjo ausentou-se dela. (Lucas, 1, 38)

O mundo é um enorme campo eletromagnético, uma gigantesca e dinâmica reação química, uma imprevisível combinação genética, um complexo interagir de forças e ondas, diz a ciência referindo-se ao universo da matéria. Mas o indivíduo transitando no centro da cidade, um nadador em mar aberto ou um caminhante na floresta fechada que desconhecer o risco que corre de se desviar pelas correntes, distrações e falta de referências se perderá, se deslocará em círculos. Apesar do materialismo e do ceticismo do mundo moderno, o Evangelho continua a ser um parâmetro seguro para compreendermos as interações entre as forças e as criaturas.

As relações humanas num dado momento e ao longo da história, podem ser vistas como um campo de interação no qual todos, embora tenham total liberdade para se conduzir, são conduzidos, no mínimo induzidos, ao mesmo tempo em que influenciam outros com os quais convivem. Depois de muito tempo de relações humanas baseadas em dominações e violências, mecanismos de imposição ou submissão da vontade, timidamente o ser humano vem aprendendo a compor, cooperar, colaborar.

A crônica ditadura do eu vem sendo lentamente transformada na difícil composição do nós. São vitórias difíceis e marcantes nas amizades, relações conjugais, de pais e filhos, vizinhos, patrão e empregado, dirigentes e dirigidos, construindo práticas poderosas como o diálogo, a parceria, o trabalho em equipe, em grupo, em rede.

Há muito tempo, no entanto, foi proposta à criatura uma conquista muito mais avançada que isso que, hoje, consideramos revolucionário. Ao invés do seja feita a minha vontade, mantra ainda repetido em relações que reeditam intermináveis e disseminadas tragédias mútuas, e mesmo para além do seja feita a nossa vontade, proposta fraterna vivida nas melhores práticas da sociedade atual, há dois milênios nos é oferecido o “seja feita a Vossa vontade”.

Há dois mil anos, uma noiva em uma sociedade machista e rígida enfrentou dificílima questão, quando um espírito de luz lhe anunciou que estava grávida. Demonstrando maravilhosa sintonia com a proposta transformadora, a simples adolescente do povo, de uma das regiões mais pobres e discriminadas de seu tempo e de sua própria cultura, foi capaz de estabelecer uma ponte entre o eu inferior e o eu superior, entre o personagem e a persona, entre a aparência e a essência, para deixar emergir o Deus que habitava nela.

Seu exemplo é um convite. Perceber o que ou quem faz a função de mensageiro – significado da palavra anjo – em nossas vidas, ouvir sua mensagem e compreender que evoluir é buscar a diminuição do eu aparente para que cresça o eu essencial, é permitir um real início para nossas existências, é o nascer de novo indicado pelo Cristo.

o Autor:

Maurício de Araújo Zomignani é membro da Rede Amigo Espírita, assistente social por formação e um dos responsáveis pelo curso Aprendizes do Evangelho no Centro Espírita Semente de Luz em São Vicente - SP. Vem cumprindo a função de palestrista nesse e em mais uma dúzia de Centros das cidades de Praia Grande, São Vicente, Santos e Guarujá. Vem contribuindo, há mais de 20 anos, com artigos dos mais variados temas no maior jornal da região, com privilégio para a temática espiritualista.

E-mail:mauzomi@ig.com.br

Exibições: 614

Respostas a este tópico

E foi pela sua humildade e obediência a vontade de Deus que Maria de Nazaré, Nossa mãe espiritual, continua sendo a grande estrela da humanidade. Bendito seja o nome de Maria em todos os lugares que ela se materializou. Temos muito que aprender com esse grande espírito.

                                                         Júnior Rosa

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

ISA SOARES entrou no grupo de Ari Carrasco Silveira
Miniatura

Reforma Intima

"CONHECE-TE A TI MESMO"Textos de reflexão para a reforma íntimaVer mais...
12 horas atrás
ISA SOARES entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Mensagens de Reflexão

Mensagens, frases e pensamentos para reflexão iluminando nossas vidas.
12 horas atrás
ISA SOARES entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Espiritismo e Evangelho

Grupo destinado a estudos do Evangelho a Luz da Doutrina EspíritaVer mais...
12 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento Votação para escolha do Projeto Médicos do Bem no Prêmio Euro de Marcílio Dias Henriques
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"DEPOIS DA MORTE Em 1965, Yvonne Pereira diz que “o Evangelho é imortal, uma vez que sempre existirão cérebros e corações necessitados de renovação." Ela fala também sobre “uma…"
quarta-feira
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
6 Jul
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
6 Jul
Helena Padilha de Meneses curtiram o perfil de Helena Padilha de Meneses
6 Jul
Ícone do perfilNilton Cardoso deu um presente para José Ricardo Fernandes
4 Jul
Nilton Cardoso e José Ricardo Fernandes agora são amigos
4 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço