NÃO FOI NO CENTRO ESPÍRITA!

A finalidade essencial do Espiritismo é a melhoria das criaturas

Orson Peter Carrara

 

     Se você indagar de qualquer pessoa que exerça a função de caixa num supermercado, farmácia, padaria, etc. sobre onde aprendeu o procedimento de registrar a compra do cliente e sua quitação com dinheiro vivo, cartão de crédito ou cheque, cada modalidade com suas características próprias de encaminhamento e processamento, ele não dirá que foi na escola, mas sim na própria rotina de trabalho, através de alguém que lhe repassou o conhecimento.

     O mesmo exemplo pode ser ampliado para outras práticas profissionais, onde o aprendizado ocorre na própria prática da atividade.

     O mesmo raciocínio ocorre na prática espírita nas instituições. Sempre houve alguém que repassou o conhecimento, orientou e encaminhou, com sua experiência, alguém que inicia e começa a trabalhar na seara espírita.

     Essa transmissão de conhecimento, todavia, está sujeita aos condicionamentos, vícios e ponto de vista alcançado na compreensão dos postulados do Espiritismo.

     Assim como a escola deveria possuir estrutura para transmitir a experiência da preparação profissional, ao invés de deterem-se apenas na transmissão do conhecimento (nem sempre devidamente assimilada), as instituições espíritas possuem objetivos definidos e claros de serem construtores e geradores do conhecimento, mas nem sempre esta é a realidade que se apresenta.

     Muitas vezes, limita-se à transmissão de informações com base em pontos de vista pessoais, sempre sujeitos aos equívocos de entendimento, vícios e condicionamentos a que todos, alunos em aprendizado que somos, estamos sujeitos.

     Por esta razão surgem as deturpações e práticas incoerentes, frutos diretos da inexata compreensão do Espiritismo, de seus fundamentos e objetivos, misturando-se misticismos, hábitos estranhos à Doutrina Espírita, disputas, vaidades e seus consequentes desdobramentos.

     Embora pareça paradoxal, referidas crises existentes nas instituições são naturais e benéficas porque elas proporcionam crescimento a aprendizado, levando à busca dos verdadeiros parâmetros.      Mas é fato real que muitas afirmações e práticas não foram transmitidas no centro espírita, embora sua tribuna e estrutura possivelmente tenham sido utilizadas. Foram transmitidas na ausência do conhecimento, através de nossos equívocos de entendimento.

     A construção do conhecimento solicita debates, questionamentos, troca de informações, análise ponderada de conceitos, dispensa de preconceitos, entendimento correto de palavras, parágrafos, gramática e mesmo, é óbvio, a exata compreensão do Espiritismo e seus fundamentos. Referidos conhecimentos, para serem adquiridos e assimilados, e, portanto, construídos interiormente, requerem firmeza e perseverança dos grupos e seus integrantes, pois a mera transmissão de informações assemelha-se a alguém que abrisse o próprio cérebro e colocasse sua massa cerebral para distribuir...

     Vejamos, todavia, com bons olhos, esse conflito e aparente disparate na diversidade de entendimento e práticas. Isso é salutar.

     Faz-nos pensar, convida à reflexão e oferece a multiplicidade das experiências para que igualmente sejam analisadas.

     Mas, há que se ater ao momento aflitivo com que se depara a Humanidade. O instante presente solicita que “menos competição e mais cooperação, deve ser a preocupação de todos espíritas sinceros, a fim de transferir a Doutrina para as futuras gerações, conforme a receberam do Codificador e dos seus iluminados trabalhadores das primeiras horas”, como acentua o Espírito Vianna de Carvalho e outros Espíritos-espíritas, na oportuna mensagem “Campeonato da Insensatez”, publicada pela revista “Reformador”, páginas 8 a 10 da edição de Outubro de 2006, na psicografia de Divaldo Franco.

     É que, acentua o Espírito: “Estais comprometidos, desde antes da reencarnação, com o Espiritismo que agora conheceis e vos fascina a mente e o coração. Tende cuidado! Evitai conspurcá-la com atitudes antagônicas aos seus ensinamentos e imposições não compatíveis com o seu corpo doutrinário.

     Retornar às bases e vivê-las qual o fizeram Allan Kardec e todos aqueles que o seguiram desde o primeiro momento, é dever de todo espírita que travou contato com a  Terceira Revelação judaico-cristã porque o tempo urge e a hora é esta, sem lugar para o campeonato da insensatez”.

Pois (e vale muito transcrever mais este parágrafo), continua o Espírito: “Não se dispõe de tempo (...) para a assistência aos sofredores e necessitados que aportam às casas espíritas, relegados a segundo plano, nem para a convivência com os pobres e desconhecedores da Doutrina, que são encaminhados a cursos, quando necessitam de uma palavra de conforto moral urgente... Os corações enregelam-se e a fraternidade desaparece.”

     Não é, pois, no centro que surgem tais dificuldades. É dentro de nós mesmos, espíritos-espíritas, encarnados mesmo (embora integrantes das instituições), necessitados todos da autêntica compreensão dos autênticos objetivos do Espiritismo, que não são outros senão como indicado no item 292 de O Livro dos Médiuns: “Não esqueçais que o fim essencial, exclusivo, do Espiritismo é a vossa melhora...”

     Tratemos, pois, com a máxima urgência, de nos adequarmos ao Espiritismo e não tentar adequar o Espiritismo ao nosso estreito, limitado e imperfeito ponto de vista pessoal, nem sempre coerente com o autêntico conhecimento à nossa disposição.                                                           

 

 

Orson Peter Carrara (Matão/SP)

Escritor e orador espírita. Constultor Editorial residente em Matão/SP, Articulista da imprensa espírita, tem colaborado com diversos órgãos da imprensa espírita, entre revistas e jornais do país, além de boletins regionais.  Autor dos livros "Causa e Casa Espírita" "Espíritos - Quem são? O que fazem? Onde estão? Por que nos procuram?", seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita.

Seu site www.orsonpcarrara.com.br

e-mail: orsonpeter@yahoo.com.br

Blog: http://orsonpetercarrara.blogspot.com/

 

Exibições: 1088

Respostas a este tópico

Grande lucidez. Este artigo deveria ser estudado por todos nós.

Lembrando de que o movimento espírita será aquilo que nos fizermos dele...

Parabéns!

Brilhante, objetivo e oportuno como sempre, abraços fraternos ao caro Orson Carrara e a todos os irmãos de Rede Amigo Espírita!

Não há dúvida de que o articulista tem razão, em sua apreciação sobre o enfoque dado à Doutrina Espírita, nos centros espíritas espalhados pelo imenso Brasil...

Veja-se que são muitos, os Pontos de Difusão do Movimento Espírita, pois é no Centro Espírita que o ensinamento espírita é preparado, se amplia, adquirindo a magnitude que influencia as mentes humanas, na consagração da prática diária dos ensinos de Nosso Senhor Jesus.

Todos os seareiros adquirem a conotação de MÉDIUNS da Espiritualidade, por traduzirem as notificações, advertências e doutrinações tão necessárias aos múltiplos casos de descaminhos que são levados aos bancos dos centros espíritas, pois todos buscam a Misericórdia do Alto, de uma forma ou de outra...

Daí a responsabilidade enorme que acomete a cada um servidor da casa espírita...

Alí, ele é o Orientador, Professor, Confessor, Pessoa de Confiança de quantos o procuram, na faina diária...

Ainda por cima, tem a RESPONSABILIDADE de transmitir os postulados CORRETOS da Doutrina Espírita.

Cabe, pois, a cada um de nós, refletirmos sobre esse assunto TÃO IMPORTANTE, porque é ali, de portas-a-fora da instituição, que começa a mudança (quem sabe?) e a reforma de muitos corações, na conquista de valores espiriruais legítimos e permanentes.

Para esse cometimento, precisamos MESMO estar preparados, sem esnobismos, nem vaidades, nem pruridos inúteis, sempre a serviço do Bem, a serviço de Jesus.

Obrigado, Carrara, pela oportunidade. Continue nessa luta, resgatando valores e implantando sementes fertilizadas, com as bênçãos do Alto...

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crise

Por Jane Maiolo

 

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis…

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Últimas atividades

HEWERTON FERNANDES curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
49 minutos atrás
Miguel Damato Neto curtiram o evento 5º Encontro Espírita de Inverno de Poços de Caldas de Amigo Espírita
1 hora atrás
ELIAZAR TIAGO SANTOS curtiram o evento Espiritismo e Evangelho de Amigo Espírita
1 hora atrás
Ícone do perfilAngela Nardelli, valdir souza, Jeferson Fraga e mais 2 pessoas entraram em RAE
1 hora atrás
Feeak Minas curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
1 hora atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)": https://t.co/qXgqYYo67X
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Amigo Espírita adicionou uma discussão ao grupo Artigos Espíritas
Miniatura

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crisePor Jane Maiolo Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis que o mundo vai atrás dele.  ¹ As anotações contidas no capítulo 12 do versículo 19 do Evangelho de João nos traz o diálogo dos fariseus sobre a infrutífera armadilha de prender Jesus, que dias antes houvera ressuscitado Lázaro, o amigo de Betânia.…Ver mais...
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"O OFENDIDO - pelo espírito Emmanuel" : https://t.co/ULZbhkMu0P
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
PROJETO PARA AJUDAR A REDE AMIGO ESPÍRITA: Saiba mais: https://t.co/KCYLRbXOf1 Apoie o livro em sua PRÉ-VENDA "Car… https://t.co/Uw83kFpDlW
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
3 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"PERANTE OS PROBLEMAS DO LAR - (Bezerra de Menezes)" : https://t.co/kTGULqJa62
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"O Hábito de Rotular Pessoas": https://t.co/L5yuF3kmkA
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Alice Moura Costa curtiram a página Regras de Publicação de Amigo Espírita
4 horas atrás
Alice de Paula curtiram o perfil de Alice de Paula
6 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Os falsos profetas - Evangelho na Rede com Simone Neto, assista pelo youtube https://t.co/EMKDOKDmJU https://t.co/Q4evwuhBF7
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

O Hábito de Rotular Pessoas

O nosso planeta é habitado por vários tipos de criaturas, e entre elas os seres humanos. Plantas e animais apenas vivem.Agem e reagem sobre o meio-ambiente, guiados apenas pelos instintos. Mas o homem existe e pode modificar a sua existência e atuar em seu meio, modificando-o. À medida que o homem evolui ele não apenas existe, mas transcende à própria…Ver mais...
9 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog QUANDO ENTRAMOS EM ESTADO DE “REVOLTA”, FECHA TODA AJUDA DO ALTO. NÃO TEM COMO AJUDAR... de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
19 horas atrás
Jesus Carlos Sanchez Perez e Márcia da Silva Cardoso agora são amigos
19 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Observemo-nos - Palestra com Roberto César Santos assista pelo youtube https://t.co/o2qdr6ZXQ4 https://t.co/hj9v0NhEqv
Twitter22 horas atrás · Responder · Retweet
Silvia Helena Visnadi Pessenda curtiu o vídeo de Amigo Espírita
22 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço