Na Segunda Grande Guerra, em missão ao longo do Pacífico, um piloto da Marinha americana foi abatido pela artilharia japonesa. Seu nome poderia ter sido esquecido e sua memória não passaria de uma cruz a mais no "Memorial dos Heróis de Guerra", em Washington, de não fosse pelas desconcertantes memórias de um menino chamado James Leininger. Filho único, James, à época com apenas 2 anos, começou a ter pesadelos quase todas as noites e acordar seus pais aos berros, debatendo-se em agonia, gritando frases como: "O avião está em chamas!" A partir de então, o pequeno James passou a transmitir informações detalhadas não apenas em seus pesadelos mas também desperto, enquanto brincava e desenhava, no dia-a-dia da família. Mostrava um conhecimento sobre aviões que jamais lhe havia sido transmitido, passou a revelar nomes e sobrenomes, dados geográficos e até mesmo o que (descobriram mais tarde) seria a designação de um porta-aviões da 2ª Guerra Mundial. Como James poderia deter tantas informações se ainda não estava em idade escolar? Seriam lembranças de situações vividas pelo menino que seus pais desconheciam? Seriam memórias de uma vida passada? Seria mesmo a reencarnação uma hipótese a ser considerada?

    Muito poucas pessoas -- incluindo aqueles que conheceram piloto -- acreditam que James é o soldado reencarnado. Seus pais, Andrea e Bruce, naturalmente céticos, provavelmente eram as pessoas menos susceptíveis a acreditar em tal história. Mas ao longo do tempo, foram convencidos pelas evidencias de que seu filho teve uma vida anterior. Segundo eles, James precocemente demonstrou interesse por aviões (nada surpreendente para um menino americano). Mas quando completou dois anos, passou a ter pesadelos regulares e acordar gritando, pedindo socorro. Andrea diz que a mãe dela foi a primeiro a sugerir que James estava lembrando uma vida passada.
    Certa vez, Andrea comprou-lhe um avião de brinquedo e mostrou ao filho o que parecia ser uma bomba na sua parte inferior. Ela diz que James a corrigiu, revelando o nome técnico do equipamento. Foi justamente quando os pesadelos pioraram, ocorrendo de três a quatro vezes por semana e Andrea decidiu estudar o trabalho da consultora e terapeuta Carol Bowman (autora de "O Amor me trouxe de volta"), que acredita que os mortos, não raro, renascem. Com a orientação de Bowman, eles começaram a incentivar James para compartilhar suas memórias e imediatamente os pesadelos começaram a tornar-se menos frequentes. James também começou a falar mais facilmente sobre seu passado, o que, segundo a autora, é comum em crianças até os cinco anos de idade. "Eles não tiveram o condicionamento cultural ou experiência suficiente nesta vida", disse ela.
    Ao longo do tempo, o menino revelou detalhes sobre a extraordinária vida de um ex-combatente -- principalmente na hora de dormir, quando ele estava sonolento. Dizem que o James disse que o avião tinha sido atingido por japoneses e caiu. Contou também detalhes sobre missões, equipamentos utilizados por um avião tipo Corsair, sobre o porta-aviões do qual arrancou a partir ("Natoma") e o nome de alguém que voou com ele ("Jack Larson"). Após alguma investigação, Bruce descobriu que "Natoma" e Jack Larson eram reais. O "Natoma Baía" foi um pequeno porta-aviões, utilizado no Pacífico durante a Segunda Guerra; e Larson estava morando em Arkansas. A partir de então, desvendar esta história se tornou obsessão de Bruce, pai de James. Ele passou a pesquisar na Internet, consultar registos militares e entrevistar homens que serviram a bordo do "Natoma Baía".
    Seu filho disse que tinha sido "abatido" em Iwo Jima. James também havia assinado um de seus desenhos da infância com a inscrição "James 3." Bruce logo descobriu que o único piloto da esquadra morto em Iwo Jima foi James M. Huston Jr e que sua aeronave tinha recebido uma rajada de balas no motor. Tais informações foram confirmadas por outro piloto, Ralph Clarbour, que fazia a retaguarda naquela operação de guerra e que pilotava ao lado de James M. Huston Jr. durante uma incursão perto de Iwo Jima, em 3 de março de 1945. Clarbour disse que o viu o avião do companheiro ser atingido por fogo antiaéreo. "Eu diria que ele foi atingido na cabeça, bem no meio do motor", disse ele.
    Com tantas evidências, os pais passaram a acreditar que seu filho teve uma vida passada em que ele era James M. Huston Jr. "Ele voltou porque deve terminar alguma coisa, a qual desconhecemos." Mas Paul Kurtz, Professor da Universidade Estadual de Nova York em Buffalo, que dirige uma organização que investiga alegações paranormais, diz que os pais se "auto-enganaram". "Eles são fascinados pelo misterioso e eles construíram um conto de fadas", defende. Com o passar dos anos, as lembranças de James começam a desvanecer-se, mas sua paixão por aviões persiste."Ele parece ter experimentado alguma coisa que eu não acho que seja única, mas a forma como lhe foi revelado é bastante surpreendente", observa Bruce.
    Apesar dos céticos, este tem sido considerado o caso mais documentado de reencarnação já estudado e a história é tão atraente que virou livro: "A Volta" (Editora BestSeller, 320 pág.) , escrito a seis mãos pelos pais Bruce Leininger e Andrea Scoggin Leininger e pelo romancista Ken Gross.

 

Tags: guerra, reencarnação

Exibições: 1852

Respostas a este tópico

Caro amigo Romeu, paz e bênçãos 'a vc e aos seus.

Realmente  é uma livro extraordinário, que nada tem a ver com a doutrina espírita, nem tampouco os escritores possuem ligação alguma  com ela.

Já li o livro, já montei uma palestra de cera de 1:30 h dele e o nosso amigo Orson apresentou  a Palestra “A Volta”  que é o tema do livro que muito agradou aqueles que estavam no 2º encontro dos amigos de Chico em Guaxupé, vi a palestra pela Internet mais que depressa comprei o livro e ai, fui lendo e pesquisando na Internet  colhendo dados e fotos e consegui uma montar uma bela palestra, sobre o tema. Demorei cerca de 1 mês e meio para concluí-la, mas  consegui.

Como disse o amigo Orson, se esses pesadelos com uma criança acontecesse aqui no Brasil, o máximo que iria acontecer é mandar a mãe levar o menino num Centro Espírita para  tomar uns passes, mas creio que isso tudo até foi muito providencial pela Espiritualidade de acontecer nos EEUU, mas precisamente na Cidade de Lafayette onde moravam os 3 personagens, pois lá as pesquisas para  se provar ou não aquilo que se quer é levada muito mais a serio do que no Brasil.

O que mais me impressionou no livro, foi quando o menino James, ganha o se terceiro boneco de  guerra e o pai ( Bruce ) pergunta-lhe qual seria o nome desse  terceiro boneco, o menino sem pestanejar disse ao pai que o nome seria Walter.

O pai como que num espanto/gracejo pergunta ao garoto, :

- Porque aos dois primeiro bonecos vc deu os nomes de  Billie, Leon e  esse ultimo dá um nome comum de Walter:

E o garoto no mesmo instante  respondeu ao pai:

- Dei esse nome, porque foram meus amigos na 2ª Guerra e “FORAM ELES QUE VIERAM AO MEU ENCONTRO    QUANDO EU  CHEGUEI NO lá CÉU...”

Veja quanta beleza a doutrina Espírita nos proporciona, há 150 anos  e que ainda muitos não levam em consideração, porém a ciência a cada dia que passa  procura  demonstrar as  falha da doutrina, principalmente as informações fornecidas nos livros de André Luiz e acabam no final das pesquisas descobrindo outras verdades por  ele atestadas.

Mas como vemos na parábola dos  trabalhadores da  ultima hora:

“Muitos serão chamados e poucos serão os escolhidos”.

E eu concluo o meu pensamento da doutrina dos Espíritos e tudo o que contém  nesse livro “ A Volta”.

Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os  escolhidos.

Paz ao seu Espírito

Estimado irmão e amigo Alfredo Zatte! O José Aparecido criou essa magnífica REDE AMIGO ESPÍRITA, exatamente para incentivar as discussões sobre os temas abordados. O seu comentário acrescenta muito ao artigo, haja vista, que eu mesmo ainda não li o livro "A Volta". Para nós Espíritas, esse tipo de notícia não nos causa supresa, porque conhecemos os mecanismos da reencarnação, essa dádiva Divina, que faz cada homem ficar cada vez melhor, a cada dia, num mundo habitado. Fico imensamente grato pelas suas palavras e esteja a vontade, sempre que desejar comantar algo. Um grande abraço.

Alfredo Zatte disse:

Caro amigo Romeu, paz e bênçãos 'a vc e aos seus.

Realmente  é uma livro extraordinário, que nada tem a ver com a doutrina espírita, nem tampouco os escritores possuem ligação alguma  com ela.

Já li o livro, já montei uma palestra de cera de 1:30 h dele e o nosso amigo Orson apresentou  a Palestra “A Volta”  que é o tema do livro que muito agradou aqueles que estavam no 2º encontro dos amigos de Chico em Guaxupé, vi a palestra pela Internet mais que depressa comprei o livro e ai, fui lendo e pesquisando na Internet  colhendo dados e fotos e consegui uma montar uma bela palestra, sobre o tema. Demorei cerca de 1 mês e meio para concluí-la, mas  consegui.

Como disse o amigo Orson, se esses pesadelos com uma criança acontecesse aqui no Brasil, o máximo que iria acontecer é mandar a mãe levar o menino num Centro Espírita para  tomar uns passes, mas creio que isso tudo até foi muito providencial pela Espiritualidade de acontecer nos EEUU, mas precisamente na Cidade de Lafayette onde moravam os 3 personagens, pois lá as pesquisas para  se provar ou não aquilo que se quer é levada muito mais a serio do que no Brasil.

O que mais me impressionou no livro, foi quando o menino James, ganha o se terceiro boneco de  guerra e o pai ( Bruce ) pergunta-lhe qual seria o nome desse  terceiro boneco, o menino sem pestanejar disse ao pai que o nome seria Walter.

O pai como que num espanto/gracejo pergunta ao garoto, :

- Porque aos dois primeiro bonecos vc deu os nomes de  Billie, Leon e  esse ultimo dá um nome comum de Walter:

E o garoto no mesmo instante  respondeu ao pai:

- Dei esse nome, porque foram meus amigos na 2ª Guerra e “FORAM ELES QUE VIERAM AO MEU ENCONTRO    QUANDO EU  CHEGUEI NO lá CÉU...”

Veja quanta beleza a doutrina Espírita nos proporciona, há 150 anos  e que ainda muitos não levam em consideração, porém a ciência a cada dia que passa  procura  demonstrar as  falha da doutrina, principalmente as informações fornecidas nos livros de André Luiz e acabam no final das pesquisas descobrindo outras verdades por  ele atestadas.

Mas como vemos na parábola dos  trabalhadores da  ultima hora:

“Muitos serão chamados e poucos serão os escolhidos”.

E eu concluo o meu pensamento da doutrina dos Espíritos e tudo o que contém  nesse livro “ A Volta”.

Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os  escolhidos.

Paz ao seu Espírito

                       UM CASO DE REENCARNAÇÃO

                       O menino tinha pavor de aves com asas grandes,como urubu,águia e outros.Entrava em pânico quando uma se aproximava dele.A regressão de memória resolveu:estava semi-morto num monte de cadáveres,durante a II Guerra,e esse tipo de ave vinha comê-los.Na condição em que estava,não tinha condições de se mexer.

                  Colaboração de Hélio Ribeiro.

Obrigado Hélio Ribeiro, por acrescentar mais essa história interessante sobre reencarnação. O estudo apurado desses casos serve para provar a existência da reencarnação, só não vê e não aceita quem não quer, ou tem preconceito pelo Espiritismo. Essa é uma das maiores dádivas que  Deus nos concede: nova oportunidade de corrigirmos as faltas do nosso passado existencial. Também coloca abaixo os dogmas da Igreja Católica sobre céu e inferno. Um grande abraço.

hélio ribeiro disse:

                       UM CASO DE REENCARNAÇÃO

                       O menino tinha pavor de aves com asas grandes,como urubu,águia e outros.Entrava em pânico quando uma se aproximava dele.A regressão de memória resolveu:estava semi-morto num monte de cadáveres,durante a II Guerra,e esse tipo de ave vinha comê-los.Na condição em que estava,não tinha condições de se mexer.

                  Colaboração de Hélio Ribeiro.

Caro Romeu, interessei-me pelo livro tendo em vista  a riqueza de detalhes sobrre a reencarnação e principalmente a forma de conduzir esses acontecimento pelo americanos, coisa que nos Brasil, poissivelmente não iria ser "checado" como o foi.

Mais um detalhe interessante, foi que a mãe de James ( Andréa ), embora sendo totalmente  crente no fenomeno reencarnatório, foi  buscar mais informações com a Escritora Carol Bowman, cuja especialidade é pesquisar pessoas que se  lembram de  vidas passados.

Com esse telefonema de Andréa a Carol, os horizontes se abriram, pois, Carol, lhe deu muitas " dicas" de procedimentos a serm adotados quando James falava em seus pesadelos, sem ferir em nenhum momento religião alguma.

Se não leu o livro, aconselho-o a ler, pois é simplesmente espetacular e o que é melhor e que não é um livro espirita e nenhuma das pessoas envolvidas possuem algum vínculo com a Doutrina do Espíritos.

Sempre  estou lendo os artigos e confessão não me contenho em "meter minha colher no docê alheio",  no bom sentido, pois tudo o que pudermos fazer para a divulgação da Doutrina é válido 'a todos, tendo em vista que muitas pessoas não espiritas, apreciam muito as matéria que o Aparecido teve a feliz  idéia de colocar na Internet.

omo já disse em um artigo anterior; " porque não lutar com as armas do Cristo" ?

Paz ao seu espírito.



Romeu Leonilo Wagner disse:

Estimado irmão e amigo Alfredo Zatte! O José Aparecido criou essa magnífica REDE AMIGO ESPÍRITA, exatamente para incentivar as discussões sobre os temas abordados. O seu comentário acrescenta muito ao artigo, haja vista, que eu mesmo ainda não li o livro "A Volta". Para nós Espíritas, esse tipo de notícia não nos causa supresa, porque conhecemos os mecanismos da reencarnação, essa dádiva Divina, que faz cada homem ficar cada vez melhor, a cada dia, num mundo habitado. Fico imensamente grato pelas suas palavras e esteja a vontade, sempre que desejar comantar algo. Um grande abraço.

Alfredo Zatte disse:

Caro amigo Romeu, paz e bênçãos 'a vc e aos seus.

Realmente  é uma livro extraordinário, que nada tem a ver com a doutrina espírita, nem tampouco os escritores possuem ligação alguma  com ela.

Já li o livro, já montei uma palestra de cera de 1:30 h dele e o nosso amigo Orson apresentou  a Palestra “A Volta”  que é o tema do livro que muito agradou aqueles que estavam no 2º encontro dos amigos de Chico em Guaxupé, vi a palestra pela Internet mais que depressa comprei o livro e ai, fui lendo e pesquisando na Internet  colhendo dados e fotos e consegui uma montar uma bela palestra, sobre o tema. Demorei cerca de 1 mês e meio para concluí-la, mas  consegui.

Como disse o amigo Orson, se esses pesadelos com uma criança acontecesse aqui no Brasil, o máximo que iria acontecer é mandar a mãe levar o menino num Centro Espírita para  tomar uns passes, mas creio que isso tudo até foi muito providencial pela Espiritualidade de acontecer nos EEUU, mas precisamente na Cidade de Lafayette onde moravam os 3 personagens, pois lá as pesquisas para  se provar ou não aquilo que se quer é levada muito mais a serio do que no Brasil.

O que mais me impressionou no livro, foi quando o menino James, ganha o se terceiro boneco de  guerra e o pai ( Bruce ) pergunta-lhe qual seria o nome desse  terceiro boneco, o menino sem pestanejar disse ao pai que o nome seria Walter.

O pai como que num espanto/gracejo pergunta ao garoto, :

- Porque aos dois primeiro bonecos vc deu os nomes de  Billie, Leon e  esse ultimo dá um nome comum de Walter:

E o garoto no mesmo instante  respondeu ao pai:

- Dei esse nome, porque foram meus amigos na 2ª Guerra e “FORAM ELES QUE VIERAM AO MEU ENCONTRO    QUANDO EU  CHEGUEI NO lá CÉU...”

Veja quanta beleza a doutrina Espírita nos proporciona, há 150 anos  e que ainda muitos não levam em consideração, porém a ciência a cada dia que passa  procura  demonstrar as  falha da doutrina, principalmente as informações fornecidas nos livros de André Luiz e acabam no final das pesquisas descobrindo outras verdades por  ele atestadas.

Mas como vemos na parábola dos  trabalhadores da  ultima hora:

“Muitos serão chamados e poucos serão os escolhidos”.

E eu concluo o meu pensamento da doutrina dos Espíritos e tudo o que contém  nesse livro “ A Volta”.

Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os  escolhidos.

Paz ao seu Espírito

Obrigado Alfredo Zatte! Tenha sempre a bondade dizer o que desejar sobre meus artigos. Sempre é bom ter a opinião de mais de uma pessoa sobre um mesmo assunto. Com isso aparam-se as arestas e acrescentam-se coisas novas. Você é sempre bem vindo. Um grande abraço.

Alfredo Zatte disse:

Caro Romeu, interessei-me pelo livro tendo em vista  a riqueza de detalhes sobrre a reencarnação e principalmente a forma de conduzir esses acontecimento pelo americanos, coisa que nos Brasil, poissivelmente não iria ser "checado" como o foi.

Mais um detalhe interessante, foi que a mãe de James ( Andréa ), embora sendo totalmente  crente no fenomeno reencarnatório, foi  buscar mais informações com a Escritora Carol Bowman, cuja especialidade é pesquisar pessoas que se  lembram de  vidas passados.

Com esse telefonema de Andréa a Carol, os horizontes se abriram, pois, Carol, lhe deu muitas " dicas" de procedimentos a serm adotados quando James falava em seus pesadelos, sem ferir em nenhum momento religião alguma.

Se não leu o livro, aconselho-o a ler, pois é simplesmente espetacular e o que é melhor e que não é um livro espirita e nenhuma das pessoas envolvidas possuem algum vínculo com a Doutrina do Espíritos.

Sempre  estou lendo os artigos e confessão não me contenho em "meter minha colher no docê alheio",  no bom sentido, pois tudo o que pudermos fazer para a divulgação da Doutrina é válido 'a todos, tendo em vista que muitas pessoas não espiritas, apreciam muito as matéria que o Aparecido teve a feliz  idéia de colocar na Internet.

omo já disse em um artigo anterior; " porque não lutar com as armas do Cristo" ?

Paz ao seu espírito.



Romeu Leonilo Wagner disse:

Estimado irmão e amigo Alfredo Zatte! O José Aparecido criou essa magnífica REDE AMIGO ESPÍRITA, exatamente para incentivar as discussões sobre os temas abordados. O seu comentário acrescenta muito ao artigo, haja vista, que eu mesmo ainda não li o livro "A Volta". Para nós Espíritas, esse tipo de notícia não nos causa supresa, porque conhecemos os mecanismos da reencarnação, essa dádiva Divina, que faz cada homem ficar cada vez melhor, a cada dia, num mundo habitado. Fico imensamente grato pelas suas palavras e esteja a vontade, sempre que desejar comantar algo. Um grande abraço.

Alfredo Zatte disse:

Caro amigo Romeu, paz e bênçãos 'a vc e aos seus.

Realmente  é uma livro extraordinário, que nada tem a ver com a doutrina espírita, nem tampouco os escritores possuem ligação alguma  com ela.

Já li o livro, já montei uma palestra de cera de 1:30 h dele e o nosso amigo Orson apresentou  a Palestra “A Volta”  que é o tema do livro que muito agradou aqueles que estavam no 2º encontro dos amigos de Chico em Guaxupé, vi a palestra pela Internet mais que depressa comprei o livro e ai, fui lendo e pesquisando na Internet  colhendo dados e fotos e consegui uma montar uma bela palestra, sobre o tema. Demorei cerca de 1 mês e meio para concluí-la, mas  consegui.

Como disse o amigo Orson, se esses pesadelos com uma criança acontecesse aqui no Brasil, o máximo que iria acontecer é mandar a mãe levar o menino num Centro Espírita para  tomar uns passes, mas creio que isso tudo até foi muito providencial pela Espiritualidade de acontecer nos EEUU, mas precisamente na Cidade de Lafayette onde moravam os 3 personagens, pois lá as pesquisas para  se provar ou não aquilo que se quer é levada muito mais a serio do que no Brasil.

O que mais me impressionou no livro, foi quando o menino James, ganha o se terceiro boneco de  guerra e o pai ( Bruce ) pergunta-lhe qual seria o nome desse  terceiro boneco, o menino sem pestanejar disse ao pai que o nome seria Walter.

O pai como que num espanto/gracejo pergunta ao garoto, :

- Porque aos dois primeiro bonecos vc deu os nomes de  Billie, Leon e  esse ultimo dá um nome comum de Walter:

E o garoto no mesmo instante  respondeu ao pai:

- Dei esse nome, porque foram meus amigos na 2ª Guerra e “FORAM ELES QUE VIERAM AO MEU ENCONTRO    QUANDO EU  CHEGUEI NO lá CÉU...”

Veja quanta beleza a doutrina Espírita nos proporciona, há 150 anos  e que ainda muitos não levam em consideração, porém a ciência a cada dia que passa  procura  demonstrar as  falha da doutrina, principalmente as informações fornecidas nos livros de André Luiz e acabam no final das pesquisas descobrindo outras verdades por  ele atestadas.

Mas como vemos na parábola dos  trabalhadores da  ultima hora:

“Muitos serão chamados e poucos serão os escolhidos”.

E eu concluo o meu pensamento da doutrina dos Espíritos e tudo o que contém  nesse livro “ A Volta”.

Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os  escolhidos.

Paz ao seu Espírito

Otimo post amigo Romeo.

Estive Lendo um artigo da Revista Super interessante edição de maio de 2005, que relata as pesquisas realizadas na Universidade da Virginia, lideradas pelo pesquisador Ian Stevenson, sobre relátos de crianças sobre memorias de vidas passadas, já foram registrados mais de 2.500 casos de relátos e marcas de nascença que podem indicar prova de uma vida anterior.

Acho ótimo que cientistas não ligados a doutrina se dediquem a pesquisar assunto tão pertinente a nossa vida, mesmo que digam que não há provas concretas estas pesquisas ajudam a divulgar e a desmistificar uma das maiores bençãos que Deus nosso pai nos deu, que é a chance de provarmos -nos novamente e podermos fazer melhor, sermos melhores, aprendermos mais e assim evoluirmos, espero que algum dia as pessoas vejam quão natural, e quão sabia é a dadiva da reencarnação, e que acabe o preconceito a cerca de coisa tão maravilhosa e bela que Deus nos dá.

Paz e luz amigo.

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Sala de Conferência

Semanalmente Estudos Interativos com expositores da Rede Amigo Espírita e temas diversos na Sala de Conferência Estudando Espiritismo. Clique na imagem para acessar a Sala

SIGA-NOS

 

 

 

 

 

Últimas atividades

Maria Lucineide Sampaio comentou o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
45 minutos atrás
Maria Lucineide Sampaio curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
53 minutos atrás
Marlene Pizoni Teixeira compartilhou o vídeo de Feeak Minas em Facebook
1 hora atrás
Marlene Pizoni Teixeira curtiu o vídeo de Feeak Minas
1 hora atrás
Vera Maria de Carvalho curtiu o vídeo de Igor Ferreira Magalhães
1 hora atrás
Amigo Espírita compartilhou o vídeo de Feeak Minas em Twitter
2 horas atrás
Marco curtiu a postagem no blog A Psicologia da Felicidade de Patrizia Gardona
2 horas atrás
Marco compartilhou o post do blog de Dejair dos Santos em Google +1
2 horas atrás
Marco curtiu a postagem no blog O roteiro para felicidade está nas mensagens deixadas por Jesus, garante Marcus De Mario de Dejair dos Santos
2 horas atrás
Amigo Espírita compartilhou o vídeo de Feeak Minas em Twitter
2 horas atrás
Amigo Espírita compartilhou o vídeo de Feeak Minas em Google +1
2 horas atrás
Yara Santos Machado da Silveira curtiu o vídeo de Igor Ferreira Magalhães
2 horas atrás
Marlene Pizoni Teixeira curtiu o vídeo de marcela tomari
2 horas atrás
Marlene Pizoni Teixeira compartilhou o vídeo de marcela tomari em Facebook
2 horas atrás
Feeak Minas postou um vídeo
2 horas atrás
Amigo Espírita compartilhou o vídeo de marcela tomari em Twitter
2 horas atrás
marcela tomari postou um vídeo

Yvonne Pereira: Uma Heroína Silenciosa, Uma Médium Iluminada - Nazareno Feitosa - CFRAT 2014

Vídeo da Palestra "Yvonne Pereira: Uma Heroína Silenciosa. Uma Médium Iluminada!" com Nazareno Feitosa (Comunhão/FeDF) no CFRAT, Guará II, DF, em Março de 20...
2 horas atrás
Amigo Espírita compartilhou o post do blog de maria Augusta de Melo Felix em Twitter
2 horas atrás
Marlene Pizoni Teixeira compartilhou o post do blog de Patricia Teresa Capriles Moura em Facebook
2 horas atrás
Posts no blog por maria Augusta de Melo Felix
2 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2014   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço