A mediunidade é um fenômeno natural, próprio do ser humano, é a faculdade que permite aos encarnados entrar em contato com o Plano Espiritual. 

        O codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec, ensinou-nos que todos somos médiuns, independentemente de crença, moral, ou grau de sensibilidade. Todos sentimentos a influência dos espíritos em nossa vida, todos temos um canal que permite-nos a comunhão com a Divina Providência, que nos inspira pensamentos de Amor e Luz para que sigamos no caminho do aperfeiçoamento.


        A todo momento utilizamo-nos dessa faculdade maravilhosa, sintonizando com outras mentes que vibram na mesma sintonia mental, tanto de encarnados quanto de desencarnados, são ondas e raios que navegam por todo o espaço, isto todos já sabemos. 
O que precisamos refletir é de que forma estamos nos utilizando dessa faculdade tão preciosa? O que temos sintonizado em nosso cotidiano? Quais pensamentos emitimos diariamente? Quais sentimentos carregamos em nós?


        Os  pensamentos são a base de nossa evolução espiritual, é um atributo inato a todo espírito imortal, portanto, pensar é ação criadora.

Afirma Leon Denis em O Problema do ser, do destino e da dor que “O pensamento, dizíamos, é criador. Não atua somente em roda de nós, influenciando nossos semelhantes para o bem ou para o mal; atua principalmente em nós; gera nossas palavras, nossas ações e, com ele, construímos, dia a dia, o edifício grandioso ou miserável de nossa vida presente e futura.”

        Desse modo, verificamos que por meio de nossos pensamentos cultivamos sentimentos nobres ou doentios, impregnando nosso perispírito de luz ou sombras. Os sentimentos que carregamos demonstram nossa vibração perispiritual,  densidade ou luminosidade, 
        Tomamos as rédeas de nossa  progresso espiritual quando nos propomos a educar os pensamentos.         Essa ação resultará na transformação de nossos sentimentos.  
Entretanto, esse esforço deve ser constante, diário, pois é por meio desse esforço para transformar-me moralmente que alcançaremos degraus mais altos na escala evolutiva.

 
        Mas como conquistar mencionada renovação? Por meio do Evangelho de Jesus, iluminando os pensamentos com o roteiro iluminativo dos ensinamentos do Mestre Divino. Assim, passaremos a elaborar novas construções mentais que resultarão na vivência evangélica, modificando sentimentos, atitudes e vibrações. 


        Deus nos envolve com o Seu Pensamento Divino, Jesus nos abraça e nos alimenta espiritualmente a todo momento, depende de nós vibrarmos em faixa mais elevada,  captando as bençãos do amor que nos fortalecerão para a grande jornada. 

        Não basta ser médium, é preciso ser médium com Jesus, compreendendo e vivenciando a reencarnação como oportunidade bendita que Deus nos concede para aprendermos a amar.

        Não basta ser espírita, é preciso vivenciar o profundo conhecimento  que a Doutrina nos proporciona.

        Em nossos esforços diários de educação dos pensamentos com base nos ensinos de Jesus está a chave para nossa transformação moral e como nos ensinou Kardec "Reconhece-se o verdadeiro Espírita por sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações."

Michele Ribeiro de Melo 

Michele Ribeiro de Melo é palestrante Espírita, professora e mestre em Teoria do Direito e do Estado, autora do livro Psicografia e Prova Judicial, é coordenadora do Núcleo da Associação Jurídico Espírita em Tupã/SP

Exibições: 1941

Respostas a este tópico

O que caracteriza e até mesmo determina a existência de um determinado mundo espiritual são as ondas de pensamento dos espíritos que, reunidos, constituem esse mundo.

Para atingir um plano espiritual mais elevado, o espírito precisa emitir ondas de pensamento que estejam em sintonia com as ondas de pensamento desse mundo mais elevado. O que caracteriza e até mesmo determina a existência de um mundo espiritual são as ondas de pensamento dos espíritos que, reunidos, constituem esse mundo. 

Esta explicação é dada a propósito de pessoas (espíritos encarnados) preocupadas em não conseguir “pagar” duas dívidas espirituais, tantos são seus maus procedimentos.

http://www.arazao.net/

O conceito de mau está intimamente relacionado a atividades que são desenvolvidas apenas no planeta Terra, tais como ostentação, vaidade, vingança etc. 

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
48 minutos atrás
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
ontem
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Elton Santos da Costa comentou a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
"Gratidao por essa mensagem tão esclarecedora."
terça-feira
jose carlos neofiti curtiu a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
segunda-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
segunda-feira
os pae curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
segunda-feira
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

Não temos para onde fugir

            Neste momento de dificuldade que estamos todos passando e que o maior atingido na insegurança é o rico, pois que…Ver mais...
segunda-feira
Amigo Espírita agora é amigo de WAGNER RICARDO FERNANDES, Val Sousa, Marlene Costa e Tania Maria Fonseca
segunda-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço