Poltergeist

Marcos Paterra

 

Na parapsicologia fenômeno Poltergeist ou RSPK[1] (Recurrent Spontaneous Psychokinesis - Psicocinesia Espontânea Recorrente) é conhecido como  Macro-PK caracterizado principalmente por barulhos, movimentos de objetos, efeitos elétricos e mecânicos sem uma causa conhecida.

Para se entender melhor o  Poltergeist podemos traduzi-lo  do alemão  “Polter”:  Ruido e  “Geist” : Espírito. Esta designação originou-se da crença de que os fenômenos observados seriam provocados por espíritos de desencarna- dos.

 O fenômeno poltergeist foi estudado por diversos cientistas de renome, tanto da área parapsicológica quanto da área espírita e suas observações diversas vezes se convergiam, nomes como Hernani Guimarães Andrade, Carl Gustav Jung, Ernesto Bozzano, Charles Richet, William MC Douall, e outros.

Como agem esses  espíritos sobre a matéria?  A resposta esta no capitulo IV[2] no item 77 do livro dos médiuns:

“Assim, quando um objeto é posto em movimento, levantado ou atirado para o ar, não é que o Espírito o tome, empurre e suspenda, como o faríamos com a mão. O Espírito o satura, por assim dizer, do seu fluido, combinado com o do médium, e o objeto, momentaneamente vivificado desta maneira, obra como o faria um ser vivo, com a diferença apenas de que, não tendo vontade própria, segue o impulso que lhe dá a vontade do Espírito.

Pois que o fluido vital, que o Espírito, de certo modo, emite, dá vida factícia e momentânea aos corpos inertes; pois que o perispírito não é mais do que esse mesmo fluido vital, segue-se que, quando o Espírito está encarnado, é ele próprio quem dá vida ao seu corpo, por meio do seu perispírito, conservando-se unido a esse corpo, enquanto a organização deste o permite. Quando se retira, o corpo morre. Agora, se, em vez de uma mesa, esculpirmos uma estátua de madeira e sobre ela atuarmos, como sobre a mesa, teremos uma estátua que se moverá, que baterá, que responderá com os seus movimentos e pancadas. Teremos, em suma, uma estátua animada momentaneamente de uma vida artificial. Em lugar de mesas falantes, ter-se-iam estátuas falantes.”

Sobre essa ótica conclui-se que os fenômenos “Macro-PK” são em sua maioria Medianímicos[3];Ernesto Bozzano defenderia mais tarde esta tese em “Animismo e Espiritismo”, assim como em seu livro Fenômenos de Bilocação[4] (Desdobramento)  os golpes vibrados, o deslocamento de objetos sem contato (telestesia), os fenômenos de “poltergeist”) e outros fenômenos físicos de natureza semelhante são produzidos por um “corpo astral” confirmando a presença de espíritos no fenômeno; num sentido mais amplo, Hernani G. Andrade em suas pesquisas revela:

“Os poltergeists revelam muitas coisas [...] Alguns deles fornecem evidências de que seres incorpóreos e inteligentes podem, em certas circunstâncias, atuar fisicamente na matéria. Há casos em que deixam marcas indeléveis da sua atuação, produzindo, por exemplo, a combustão espontânea de objetos inflamáveis. Esses agentes normalmente são invisíveis à maioria das pessoas, mas podem ser percebidos por certos sensitivos. Seus efeitos revelam características típicas de seres inteligentes e até maliciosos. Parecem habitar espaços paralelos ao nosso e dão a impressão de que podem transitar do seu espaço próprio para o de cá, e vice-versa.” [5]

Na parapsicologia a ação dos espíritos e denominada “Fenômenos Psi-Theta”[6] e são esses seres que através de contato mental  com um  ser humano conseguem  manifesta-se através do sons, e movimento de objetos.

Entre esse e outros dados Carl Gustav Jung desenvolveu o conceito de inconsciente, desdobrando-o em inconsciente pessoal e inconsciente coletivo, a partir de suas experiências e observações. Descobriu e estudou os arquétipos do inconsciente coletivo, material que verificou ser comum aos seres humanos; e foi com esses estudos que analisou fenômenos paranormais:

“Já observei a movimentação de objetos sem que fossem tocados diretamente e sob condições cientificamente satisfatórias. Poderíamos dizer que se trata de levitação, se considerarmos que as coisas se movimentam por si mesmas. Mas isto parece não ser o caso, pois todos os corpos aparentemente automovidos moveram-se como se tivessem sido levantados, sacudidos ou atirados por alguma mão.

Nessa série de experimentos eu, com outros observadores mais, vimos uma mão e sentimos sua pressão aparentemente, foi esta mão que causou todos os outros fenômenos desse tipo. Esses fenômenos não têm nada a ver com “vontade”, pois só aconteciam quando o médium estava em transe e não comandava sua vontade. Parecia que estavam na categoria das manifestações poltergeist. As experiências que mencionei aqui foram realizadas na clínica de Burghölzli e não na Eidgen. Techn. Hochschule (ETH)”[7].

Conforme o  Dr. Pedro Antonio Grisa[8] criador do “Sistema Grisa”[9]  tudo é ocasionado pela Mente Humana,  quando o indivíduo vivencia grave ameaça à sua Sobrevivência, desencadeia poderosa Energia. Exemplos: Fenômenos de “Poltergeist” ou das casas consideradas mal-assombradas, pessoas que parecem estar por espíritos; analisando essas informações sobre a ótica espírita encontramos no livro Libertação (p. 223), refere-se a casos de auto-obsessão. Contando o caso de um  escritor atormentado pelas próprias criações mentais negativas e destrutivas que criou em seus livros. Os personagens voltam, sob a forma de ideoplastias[10] ou formas-pensamento, para atormentá-lo. Esse processo pode se dar no mundo espiritual ou durante a encarnação, especialmente, na fase da senectude, quando a alma se torna mais vulnerável.

Abrindo assim também espaço para as respostas das casas mal assombradas, e também levantando outra questão que tem ação nos fenômenos poltergeist  a  do uso de “Formas Pensamentos”[11]o qual o assunto é amplamente abordado por Ernesto Bozzano em seu livro   Pensamento e Vontade :

“O que denomino espírito do magnetismo não são espíritos que nos venham do céu e muito menos do inferno, mas provenientes de um princípio inerente à criatura humana, tal como a faísca que da pedra se desprende. Graças à vontade, o organismo também pode desprender uma pequena parcela de espírito, que reveste forma determinada, transformando-se em “ser ideal”. A partir desse momento, esse espírito vital se torna em coisa como que intermediária do ser corpóreo e dos seres incorpóreos. Assim é que pode locomover-se à vontade, não mais submisso às limitações de tempo e espaço”.[12]

 A Doutrina Espírita nos esclarece sobre a alma e seus atributos, mostrando sua natureza e suas possibilidades de ascender a planos mais elevados de esclarecimento, e prova-nos que para afastar esses fenômenos  é necessário  conhecimento sobre suas causas, em muitos casos o arrependimento e quase sempre mudança de comportamento, tanto do espírito desencarnado quanto do encarnado.

Aprendemos com os benfeitores espirituais que a maldade deliberada é moléstia da alma e a modificação no plano mental das criaturas jamais pode ser imposta; é, antes, fruto de tempo, de esforço e de evolução.[13]

 

 

Artigo Publicado na RIE de Janeiro de 2013



[1]  Tradução: psicocinesia recorrente espontânea.

[2] Cap. IV= Da Teoria das Manifestações Físicas/ Tópico XXV

[3] Força do espírito do médium combinada com a do espírito desencarnado.

[4] “bilocação” (termo usado pelos teólogos e que sintetiza as manifestações multiformes ditas de “desdobramento fluídico”, correspondente às outras expressões de  “corpo etéreo”, “corpo astral”, “perispírito”)

[5] ANDRADE, Hernani G. Poltergeist. Algumas de suas Ocorrências no Brasil. São Paulo: Pensamento. 1989.

[6] Fatos Relacionados com a Morte - são aqueles fatos em que os mortos parecem se manifestar para os vivos. Na Doutrina Espírita, muitos desses fenômenos seriam efetivamente manifestações de seres humanos desencarnados.

[7] Jung, Carl Gustav. Cartas de C. G. Jung, Volume III p. 319 – 1956-1961 – Editora Vozes. 2003

[8] Mestre da Parapsicologia independente.

[9] O SISTEMA GRISA compreende as dificuldades vivenciadas pelo ser humano como advindas de sua história de vida, cujos registros ficam gravados em seu subconsciente.

[10] Fenômeno psicológico transformar-se em fisiológico; o pensamento pode fotografar-se e concretizar-se em materialização plástica, tanto quanto criar um organismo vivo.

[11] Formas-Pensamentos: "elementos artificiais ou formas de pensamentos, assim chamadas porque são formas dadas a uma porção de essência dementai pelos pensamentos da Humanidade e podem operar sobre o homem de maneira benéfica ou maléfica, segundo a natureza de tais formas mentais ".(Glossário Teosófico)

[12] BOZZANO, Ernesto. Pensamento e Vontade Cap. As forças ideoplásticas p3. FEB.

[13]  XAVIER, Francisco Cândido. No Mundo Maior, pp. 16 ,17 e 44, FEB-RJ.

 Autor:

Marcos Paterra (João Pessoa/PB) é membro da Rede Amigo Espírita

é articulista e membro do movimento espírita paraibano,

colaborador de diversos sites e jornais espíritas

marcos.paterra@gmail.com

 

 

 

Exibições: 3144

Respostas a este tópico

Parabéns pelo estudo! Um tema muito interessante e largamente explorado no cinema de terror e suspense! Efeitos físicos ocorridos em todo mundo em diversas épocas e nações, o que comprova a autenticidade da maioria destas manifestações.Vemos casos mais graves principalmente em alguns locais dos Estados Unidos e também antigos locais da Europa. Em todos esses fenômenos observamos a ignorância espiritual de muitas entidades que provocam tais situações para aterrorizar ou mesmo perseguir as pessoas moradoras destes locais ou desafetos do passado.

Um abraço!

Oi Ceumar, Não bastasse a ignorância  dos espíritos, existem os espíritas /espiritualistas com nadam no mar da desinformação ..ou pior...se aproveitam dessas desinformações e enganam e se aproveitam dos que sofrem essas obsessões...Um bom exemplo vi recentemente no filme "O Paranormal"... evemos lembar que Arthur Conan Doyle (autor de “Sherlock Holmes)”, junto com Harry Houdini (Famoso mágico), caçaram, investigaram e DESMASCARARAM  dezenas de "videntes" Médiuns, Casas mal assombradas e etc... Porém Conan Doyle morreu espírita e sendo um de seus mais fervorosos divulgadores...Pois é!

Arthur Conan Doyle, escritor e médico britânico  (1859-1930), mundialmente famoso por suas 60 historias sobre o detetive “Sherlock Holmes”, era ferrenho combatente CONTRA o espiritismo.

Um dia, foi convidado por um amigo à participar de uma sessão mediúnica. Nela  manifestou-se   o espírito de seu filho  Kingsley ; dizendo que  após longa batalha ( na 1ª Guerra) , banhava-se em um rio na França, abaixo de uma ponte, onde despiu-se  e deixou sob uma pedra seu relógio  de pulso ( o qual continha uma dedicatória), após alguns minutos a batalha se iniciou novamente, e vestiu-se rapidamente esquecendo o relógio.

Nessa batalha foi ferido mortalmente, vindo a falecer posteriormente, tendo em vista o ceticismo do pai,  que assistia a sessão, pediu para que o pai fosse ao local que descrevera em busca do relógio, o que ocorreu.

Arthur Conan Doyle localizou o relógio exatamente como o espirito de seu filho havia descrito, tornou-se a partir daí um dos mais importantes difusores da Doutrina Espírita.

 

Você tem razão! Muitas pessoas mal intencionadas exploram médiuns a fim de ganhar dinheiro com isso ou exploram os fenômenos para atrair a atenção dos curiosos e com isso levar vantagens!

Muito interessante o caso do famoso escritor Conan Doyle! Ele obteve uma prova irrefutável da manifestação do seu filho desencarnado. Foi permitido isso porque a espiritualidade conhecia o caráter deste homem valoroso e que ele seria um dos divulgadores da Doutrina Espírita no norte da Europa.

Muito bom ele ter atendido ao pedido do espírito do filho.

Marcos Paterra disse:

Oi Ceumar, Não bastasse a ignorância  dos espíritos, existem os espíritas /espiritualistas com nadam no mar da desinformação ..ou pior...se aproveitam dessas desinformações e enganam e se aproveitam dos que sofrem essas obsessões...Um bom exemplo vi recentemente no filme "O Paranormal"... evemos lembar que Arthur Conan Doyle (autor de “Sherlock Holmes)”, junto com Harry Houdini (Famoso mágico), caçaram, investigaram e DESMASCARARAM  dezenas de "videntes" Médiuns, Casas mal assombradas e etc... Porém Conan Doyle morreu espírita e sendo um de seus mais fervorosos divulgadores...Pois é!

Arthur Conan Doyle, escritor e médico britânico  (1859-1930), mundialmente famoso por suas 60 historias sobre o detetive “Sherlock Holmes”, era ferrenho combatente CONTRA o espiritismo.

Um dia, foi convidado por um amigo à participar de uma sessão mediúnica. Nela  manifestou-se   o espírito de seu filho  Kingsley ; dizendo que  após longa batalha ( na 1ª Guerra) , banhava-se em um rio na França, abaixo de uma ponte, onde despiu-se  e deixou sob uma pedra seu relógio  de pulso ( o qual continha uma dedicatória), após alguns minutos a batalha se iniciou novamente, e vestiu-se rapidamente esquecendo o relógio.

Nessa batalha foi ferido mortalmente, vindo a falecer posteriormente, tendo em vista o ceticismo do pai,  que assistia a sessão, pediu para que o pai fosse ao local que descrevera em busca do relógio, o que ocorreu.

Arthur Conan Doyle localizou o relógio exatamente como o espirito de seu filho havia descrito, tornou-se a partir daí um dos mais importantes difusores da Doutrina Espírita.

 

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
A vontade de servir - Evangelho na Rede com Cleusa Severino: https://t.co/LfnHlNODMX via @YouTube
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"A riqueza real (Emmanuel)" : https://t.co/J1mLPq3av1
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/M6SjcQESgL: "O Livro dos Espíritos" - João Korngold
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
4 horas atrás
os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
4 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog Selfies associadas às carências afetivas (Jorge Hesssen) de os pae
4 horas atrás
Ícone do perfilHeimar Orlandi, Edvania Alves, Maria Cristina Saliba do vale e mais 1 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
6 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/6a8A1DWcoo"O Peixe é Grande..." - Júlio Fornazari
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet
maria das graças costa de sena curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
7 horas atrás
NILO DAMASCENO REZENDE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
7 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
8 horas atrás
Heimar Orlandi curtiram a página Regras de Publicação de Amigo Espírita
12 horas atrás
Heimar Orlandi curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
12 horas atrás
Adelina Escobar Inda curtiram o evento Artigos Espíritas de Amigo Espírita
13 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Obsessão Entre Entes Queridos (O excesso de apego dos que ficam ode atrapalhar nosso entes queridos no plano espir… https://t.co/DEazH6Kuxl
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/9wN5BaRiFião estamos sós no Universo - (76) Cartas de Paulo com Carlos
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Áudio da palestra ‘O Sentido da Vida à Luz do Espiritismo - Ana Tereza Camasmie – 4ª Semana Espírita de Dourados’ n… https://t.co/yWb9EBVj3h
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Momento Musical no encerramento do II Encontro Fraternidade sem Fronteiras: https://t.co/uk4JUEJziI via @YouTube
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Trecho da apresentação de dança coletivo Big Field Crew no II Encontro Fraternidade sem Fronteiras: https://t.co/hPpWtrT1yd via
Twitter16 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço