Mahatma Gandhi, espírito de elevada posição na hierarquia espiritual da Terra, nos deixou dizeres de extrema sabedoria, que servirão ao contexto do nosso singelo esforço de reflexão:

   - Se se perdessem todos os livros sacros da humanidade, e só se salvasse o Sermão da Montanha, nada estaria perdido.

   Gandhi, não sendo cristão, percebeu aquilo que, muitas vezes, nós, sendo cristãos, não conseguimos perceber: esse sermão, que é considerado por muitos estudiosos o resumo de todo o Evangelho, é também o maior código moral da história da humanidade.

   Nesse primeiro sermão das notas escritas pelo evangelista Mateus (capítulos V, VI e VII), na perícope inicial (conhecida como as “Bem Aventuranças”), Jesus dá a receita perfeita para a felicidade do espírito imortal, dizendo-nos que os que sofrem no plano físico, sendo em inúmeras vezes desprezados pelo mundo, encontrarão compensação nos céus, isto é, na vida futura, no plano espiritual.

   No versículo 06 (capítulo V), Mateus registra as seguintes palavras do Mestre:

   - Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.

   Reflitamos essa que é a 4ª Bem Aventurança.

   Quando nosso Cristo diz que seriam bem aventurados os que tivessem fome e sede de justiça, deixa-nos a pergunta: Qual a nossa fome?

   Há inúmeras formas de se sentir fome, quando se trata do espírito imortal.

   Existem espíritos na psicosfera do nosso orbe que têm fome de poder temporal, refletindo-se pela sede de dominar mentes. Fome de mando, de ser obedecido. Domínio.

   Há também os famintos de poder financeiro. Não obstante as fortunas conquistadas, não se contentam... Sempre querem mais! Não importando quem será prejudicado para que os novos ganhos ocorram.

   Podemos citar também os irmãos que se mostram famintos de conhecimento. Essa tendência, por si, não é nociva... A busca de conhecimento é uma das molas propulsoras do progresso humano. Que seria de nós sem os “curiosos” que buscaram novos saberes até a descoberta de enormes avanços para a tecnologia, a medicina, etc.? O fator prejudicial referente a essa fome está no exagero. Em grande número de casos, essa busca exacerbada faz com que nos esqueçamos de almejar também o entendimento das Leis de Deus, causando, muitas vezes, o fanatismo... Pois sabemos que há pessoas que creem encontrar na ciência que defendem, a solução para todos os problemas sociais.

   E poderíamos citar outros exemplos; porém, acreditamos que o que já foi discutido é suficiente para o entendimento do contexto proposto.

   Em perfeita consonância com esses tipos de “fome”, Jesus nos traz belas reflexões no diálogo com a mulher samaritana (João, IV). Na mesma linguagem de contexto (usando a fome/sede como referência), o Senhor diz à moradora da Samaria que quem bebesse da água retirada do poço de Jacó, voltaria a ter sede... Porém, aquele que bebesse da água viva que Ele ofertava jamais voltaria a senti-la!

   Qual a nossa fome? Encontramo-nos famintos de justiça?

   Mas se o Cristo fala-nos em fome e sede de justiça, pensemos: Que justiça é essa? Que padrão de justiça devemos adotar?

    Seria a nossa justiça?

   Não temos dúvida de que a noção de justiça estará sempre na razão da elevação espiritual do ser. Quanto mais evoluídos, mais próximos estaremos da Justiça Divina, praticada por Jesus e detalhada em “O Livro dos Espíritos”, na 3ª parte – “Das Leis Morais”:

   875. Como se pode definir a justiça?

   “A justiça consiste em cada um respeitar os direitos dos demais”.

   A questão ai é entender os “direitos dos demais”, como diz o Espírito da Verdade à Kardec... Já que ainda somos guiados pelo orgulho e pelo egoísmo (questão 785 da mesma obra básica), temos imensas dificuldades para separar nossos direitos dos demais, e até para vislumbrar nossas obrigações, que antecedem os direitos (o plantio deve vir antes da colheita, não nos esqueçamos).

   A Doutrina Espírita nos oferta ensinamentos preciosos, referentes a essa e as outras “Bem Aventuranças”. O entendimento das mesmas é essencial para a nossa reforma íntima, assim como a compreensão de todo o sermão onde as mesmas estão inseridas.

 

André Luiz Iesi Sobreiro (Severinia/SP)

é membro da Rede Amigo Espírita, professor de ensino fundamental, orador e dirigente espírita na cidade de Severinia/SP. Blog: http://www.portaldeluzseverinia.blogspot.com/

e-mail: andreespirita@gmail.com

 

 

Exibições: 1383

Respostas a este tópico

                 Excelente texto, muito obrigado!

Esclarecedor. Não fazer ao outro aquilo q não quiser q faça a ti. Obrigada.

 Querido  amigo André.

Eu poderia  desejar a você muitas coisas para 2015;mas prefiro  desejar a presença de Deus em sua vida.Assim eu sei que nada  irá lhe faltar!

Obrigada pelo seu carinho. Aceite nosso agradecimento e incentivo pelo seu trabalho. Deus  o abençoe. Eu também  o abençoo.

Ivete

Que Deus ilumine este irmão André, para que ele continue traduzindo para nós as luzes que veem dos céus!

      Olá, jovem André Luiz, me permita comentar seu texto.

      A Luiz escreveu: Nesse sermão (Sermão da Montanha), Jesus dá a receita perfeita para a felicidade do espírito, dizendo que os que sofrem no plano físico, os desprezados pelo mundo, encontrarão compensação nos céus...

      Conf: sinto discordar do amigo; Jesus, aí, não dá qualquer receita; “receitar” é indicar o remédio, no caso para curar a infelicidade do espírito, pela cura das imperfeições e defeitos morais. Jesus apena trouxe promessas dizendo q, aqueles q sofrem e são desprezados, serão compensados nos céus! Nada mais; não indicou o remédio!

      A Luiz: "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos". Qual a nossa fome? A de domínio, de poder, de mando, dinheiro, de mais e mais, de conhecimento...? O fator prejudicial referente a fome de conhecimento está na busca exacerbada q traz fanatismo, e a crença de encontrar na ciência, a solução para todos os problemas...

      Conf: sem dúvida, todas essas fomes são perfeitamente justificadas e, também sem dúvida, nenhum demérito trarão, pois nos são apresentadas, pelo próprio processo evolutivo criado por Deus, como produtoras de felicidade e prazer. Logo, nisso não há nenhuma transgressão à lei de Deus. Então tenho de perguntar: afinal, qual é a causa dos sofrimentos dos homens?

      Não posso, não devo, comentar o restante do texto, a resposta ficaria muito longa, e uma resposta longa sobre este mesmo texto do amigo André Luis, q preparei com muito carinho, foi deletada pela Adm da REDE, desconheço o motivo.

      Abraços a todos.

............

"Qual a nossa fome? ", e se ao invés dessa  pergunta, questionarmos qual a fome do nosso irmão?

acredito que a resposta viria de encontro com o ensinamento do mestre "ama ao próximo como a ti mesmo"

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão VIROSES - Conheça a melhor terapia para vencê-las por Divaldo Franco de Amigo Espírita no grupo Joanna de Ângelis e Divaldo Franco
"“PsicoImunologia”.  Soluções Mágicas e Problemas Psicológicos https://juli.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=7032117"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Então, chega para lá

Certa feita há muitos anos, conversávamos com uma das grandes figuras femininas do movimento espírita da cidade de São…Ver mais...
ontem
Hilton Cesar respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
"Médiuns somente os são, os que possuem a faculdade de sentir a influência do mundo espiritual, de forma nítida e ostensiva. O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações…"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
segunda-feira
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
segunda-feira
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
sábado
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
sexta-feira
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço