Quem foi o professor Rivail?

Orson Peter Carrara 

 

            A pergunta surgiu espontânea naquele pequeno grupo há pouco tempo formado. Ela assustou o visitante, que não imaginava uma informação histórica tão importante fosse ignorada pelo grupo todo, pois que os demais não souberam também responder.

            A ocorrência, contada por uma amiga, chamou-me a atenção. Percebi outro ângulo de abordagem também necessária e sempre oportuna. Vamos, então, a uma abordagem rápida e compacta.

            Muitos já ouviram falar, outros talvez ignorem totalmente, mas a verdade é que a personalidade cujo aniversário é comemorado na primeira semana de outubro ainda é um ilustre desconhecido. Imaginam que ele foi algum místico, líder religioso ou algo parecido. Chegam a pensar que fundou alguma religião e muitas vezes o desprezam completamente, justamente por desconhecê-lo. Na verdade, ele foi respeitado professor em sua época.

    Homem de princípios rígidos, educado em famoso instituto educacional da Suíça, observador atento que buscava razões para fatos e acontecimentos, criterioso pesquisador e comportamento avesso a práticas místicas ou fantasiosas. Ao mesmo tempo, porém, personalidade bondosa que chegou a fundar cursos gratuitos para pessoas carentes. Publicou inúmeros livros em sua área profissional, que foram inclusive adotados pelo governo, e tornou-se respeitável figura da sociedade de sua época.

Casado e sem filhos, aos cinquenta anos foi levado por amigos a observar estranhos fenômenos que se tornavam moda na França. 

Incrédulo a princípio, aplicou os métodos que usava como sério pesquisador e através da observação e da experimentação, concluiu pela existência dos espíritos como agentes dos estranhos fenômenos. Dedicou-se a estudar tais fenômenos, percebendo neles um mundo novo que se abria aos horizontes humanos, com a constatação plena da imortalidade da alma após a morte do corpo e a possibilidade do intercâmbio entre os chamados mortos com os chamados vivos através da mediunidade. Revelações antes já anunciadas por Jesus e ora estudadas com a profundidade que o assunto merece.

De posse de informações e pesquisas, colhidas de manifestações recebidas em diversos lugares do mundo, simultaneamente e por pessoas desconhecidas entre si, além do trabalho pessoal dele próprio nesse campo de pesquisa, publicou a obra O Livro dos Espíritos, obra basilar da Codificação Espírita, que surgiu em Paris, França, no dia 18 de abril de 1857. A partir daí, publicou outras obras que se seguiram, fundou uma revista que funcionava como verdadeiro laboratório de pesquisas, fundou ainda uma sociedade para reunir os interessados em estudar e pesquisar os mesmos assuntos e tornou-se o Codificador (organizador) do Espiritismo, ou seja aquele que organizou os ensinos trazidos pelos espíritos.

Poliglota, homem dotado de muita cultura, e essencialmente um pesquisador, Hippolyte Leon Denizard Rivail nasceu em Lion, na França, no dia 3 de outubro de 1804 (data que ora lembramos) e ao publicar as obras da Codificação Espírita, adotou o pseudônimo de Allan Kardec, como a dizer que aqueles não eram livros de sua autoria, mas fruto dos ensinos dos espíritos, que ele, Rivail, apenas fora o instrumento para organizar e coordenar os assuntos e dar-lhes publicidade. Não foi médium, líder religioso, místico ou qualquer outro título que lhe queiram dar. Apenas um respeitado cidadão francês, de muita cultura e personalidade firme e bondosa, que defrontado com estranhos fenômenos, dedicou-se a pesquisá-los, vencendo inicialmente as barreiras da própria incredulidade, mas sabedor de que ali se encontrava a resposta para as angustias humanas. Esta é a personalidade ímpar de Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo.

Orson Peter Carrara (Matão/SP) é membro da Rede Amigo Espírita

Escritor e orador espírita. Constultor Editorial residente em Matão/SP, Articulista da imprensa espírita, tem colaborado com diversos órgãos da imprensa espírita, entre revistas e jornais do país, além de boletins regionais.  Autor dos livros "Causa e Casa Espírita" "Espíritos - Quem são? O que fazem? Onde estão? Por que nos procuram?", seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita.

Seu site www.orsonpcarrara.com.br

e-mail: orsonpeter@yahoo.com.br

Blog: http://orsonpetercarrara.blogspot.com/

Exibições: 1462

Respostas a este tópico

Imaginem se o nosso Codificador tivesse recusado o chamado, apesar da advertência a ele formulada pelos amigos espirituais, que se ele recuasse DEUS teria cem ( 100 ) homens preparados para a tarefa, vemos que Allan Kardec foi um instrumento fiel a codificação e a Jesus. Por tudo que nos encanta e esclarece esta doutrina as homenagem são devidas com muita honra e respeito a esse grande MISSIONÁRIO.

Rendemos nossa homenagem nesta data a Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo. Esse artigo é muito esclarecedor e realmente nos traz conhecimento, pois creio que muitas pessoas  ao longo dos anos não tiveram acesso a essa valiosa informação sobre a vida de Kardec. Muito obrigada ao Orson Carrara pela colaboração.  

homenegiemos nesta data o homem chamado allan cardec o codificador i grande  esclarecedor da nossa filosofia de grande valor  que nos tras  o grande conhecimentodo nosso  amopr au proximo como a nos mesmos aprendamos  com ele  que tudo fazia com amor a  jesusi faz

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Últimas atividades

Angela Smanio curtiram o perfil de Adriano Moraes
7 horas atrás
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Cesar Fontes Gerhard
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ana Paula D Aquino
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de José Maria Ramalho Pinto Júnior
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de katia maria brinco
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Robson Carlos Rocha Chicarino
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Carmen Angela Guimarães Leal
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Marcelo Myrrha
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Neldalia Silva Fort Bastos
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Elisangela Vargas da Silveira
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Maria Helena
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Olimpia Maria dos Santos
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Conceição A. Fernandes dos Anjos
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ane Elise de Freitas Farias
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Leticia C
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de lucimar ribeiro
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de lucimar ribeiro
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Cecilia Chaves Duque
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Eleonora Ruggeri
ontem
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ana Scalco
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço