REDE AMIGO ESPÍRITA

Divulgando, Instruindo e Unificando!!!

“…tendes necessidade de ser fortaleza e união, a fim de que possais enfrentar as tempestades que se aproximam.” [1]

 

A palavra tempestade, do latim ‘tempestate’, significa tormenta ou agitação. Em sua acepção física, tempestades são fenômenos atmosféricos naturais marcados por ventos fortes, trovoadas, relâmpagos, raios e chuva.

 

“A Doutrina Espírita nos ensina que somos espíritos e como tal compreendemos que fomos criados simples e ignorantes, quer dizer, sem ciência e sem conhecimento do bem e do mal, mas perfectíveis e com uma igualdade de aptidão para tudo adquirir e tudo conhecer com o tempo.” [2]

 

Porém o tempo, ah, o tempo! Esse soberano amigo existe para marcar os limites entre o ontem e o hoje, dando-nos a expectativa do amanhã, seja na matéria ou fora dela.

 

O espírito após mergulhar na experiência física utiliza o tempo e a liberdade ou livre arbítrio para realizar suas conquistas positivas ou negativas.

 

Assim como as tempestades formam-se da separação entre as nuvens positivas e negativas, nossas nuvens sentimentais seguem a mesma lei natural, ao ponto de um dia, as manifestações dos fenômenos eclodirem em nossa vida.

 

Em nossa permanência na matéria vivenciamos momentos angustiosos e sentimos as tempestades formarem-se em torno de nossos projetos existenciais, deixando-nos amedrontados.

 

Nuvens de pessimismo.

Raios de incompreensão.

Trovoadas de calúnias.

Descargas elétricas de sofrimento.

Enxurradas de vaidade.

Enchentes de tragédias.

 

O espírito encarnado pressente os gêneros de suas provas nos períodos que antecedem suas experiências amargas. Qual encarnado, num mundo de provas e expiações como a Terra, estará isento da dor ocasionada pela morte? Da presença de uma doença incurável? Da ausência dos seres amados? Dos flagelos naturais, muitas vezes, provocados pelo homem em profundo desequilíbrio?

 

As tempestades, assim como nossas emoções, agitam e atormentam-nos. As tempestades emotivas, talvez, constituam mecanismos divinos para sanear ou depurar nossa atmosfera de ilusão.

 

Perante os períodos de turbulência faz-se necessário agarrarmo-nos aos pára-raios da fé e vivenciarmos nossas experiências, conscientes da Imortalidade, da proteção Divina e de que toda e qualquer dor ou separação daqueles que amamos será passageira. Apenas o Amor de Deus por suas criaturas é eterno.

 

As tempestades que aludia Erasto, Espírito que fora discípulo de Paulo de Tarso, ao endereçar sua missiva aos espíritas lioneses, no banquete de 19 de setembro de 1861, referiam à propagação do Espiritismo e aos ataques que receberiam dos adversários. Atualmente, porém, nossas maiores tormentas dão-se, justamente, pela carência da sincera vivência do Espiritismo, em face de nossa invigilância, falta de estudo e descompromisso com a vida espiritual.

 

É importante sermos fortes e unirmos esforços para fazer frente às tempestades que se aproximam, haja vista, todas as tragédias que, diariamente, vemos surgir no seio da sociedade, nos planos político, econômico, cultural, religioso e, sobretudo, nas relações afetivas.

 

Raios de chacinas.

Vendavais de fundamentalismo, feminicidios.

Trovoadas de corrupções, assaltos, roubos e extorsões.

Dilúvios de ódios injusticáveis.

 

Roguemos ao Senhor da vida que acalme a tempestade dos nossos sentimentos na frágil embarcação de nossa fé.

 

Se ante o temor dos dias difíceis ficarmos vulneráveis, procuremos ver, sentir e confiar no Cristo que foi, é e sempre será o comandante desta embarcação terrestre.

 

Acalmemo-nos, a tempestade passará!

 

Jane Maiolo

 

Referências Bibliográficas:

(1) Kardec , Allan. Revista Espírita, “Banquete Oferecido ao Sr. Allan Kardec”, Ano IV , 1861, editora Edicel, 2002;

(2) Kardec, Allan. Obras Póstumas, III Criação, item 15, Araras – SP: Editora IDE, 2008.

 

Autora:

Jane Maiolo

Professora de Ensino Fundamental, formada em Letras e pós-graduada em Psicopedagogia. Dirigente da USE Intermunicipal de Jales. Colaboradora da Sociedade Espírita Allan Kardec de Jales. Pesquisadora do Evangelho de Jesus. Apresentadora do Programa Sementes do Evangelho da Rede Amigo Espírita.

janemaiolo@bol.com.br

 

 

Exibições: 200

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Elciene Maria Tigre Galindo comentou o evento “A contribuição de Kardec para o autoconhecimento”, cosme Cosme Massi de Carlos Pretti - SCEE
6 horas atrás
Ícone do perfilElciene Maria Tigre Galindo e Diovani Souza estão participando do evento de Carlos Pretti - SCEE
Miniatura

“A contribuição de Kardec para o autoconhecimento”, cosme Cosme Massi em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

20 agosto 2017 de 9 a 10:15
6 horas atrás
Elciene Maria Tigre Galindo curtiram o evento “A contribuição de Kardec para o autoconhecimento”, cosme Cosme Massi de Carlos Pretti - SCEE
6 horas atrás
Raul Barroquelo curtiu o vídeo de Amigo Espírita
7 horas atrás
Cyntia Freitas entrou no grupo de Amigo Espírita
7 horas atrás
Cyntia Freitas entrou no grupo de Acacia Maria Picoli
7 horas atrás
Cyntia Freitas entrou no grupo de Amigo Espírita
7 horas atrás
Cyntia Freitas entrou no grupo de Amigo Espírita
7 horas atrás
Ícone do perfilCLEUNICE FREITAS, Andréa Stambassi Souza, Silvana Rodrigues e mais 5 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
8 horas atrás
Elizabete Cota curtiu a postagem no blog QUEM FOI O ESPÍRITO DE DOM PEDRO II? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
8 horas atrás
João Luiz do Rego Monteiro curtiram o perfil de João Luiz do Rego Monteiro
8 horas atrás
Nadia Rosangela e Dete laporte agora são amigos
8 horas atrás
Cidinha Mota curtiram o perfil de Cidinha Mota
9 horas atrás
NILO DAMASCENO REZENDE curtiu a postagem no blog QUEM FOI O ESPÍRITO DE DOM PEDRO II? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
9 horas atrás
Juarez Pereira da Costa comentou a postagem no blog As expressões “Kardecismo” e/ou “kardecista” não devem ser desestimadas (Jorge Hessen) de Carlus Martel
10 horas atrás
Paulo Fernando Alves de Farias curtiu a postagem no blog QUEM FOI O ESPÍRITO DE DOM PEDRO II? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
10 horas atrás
Cyntia Freitas curtiram a discussão MEDIUNIDADE TORTURADA de Amigo Espírita
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento “A contribuição de Kardec para o autoconhecimento”, cosme Cosme Massi de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Juarez Pereira da Costa respondeu à discussão Questão 124 de "O Livro dos Espíritos" de Marco Túlio Ferreira Silva
10 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/rD2LyAXxO5
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2017   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço