SUICÍDIOS E TIRANOS DISFARÇADOS

 

“Muitos sobem ao monte da autoridade e da fortuna, da inteligência e do poder, mas para enganar o povo e esquecê-lo depois. Juízes menos preparados para a dignidade das funções que exercem, confundem-lhe o raciocínio. Políticos astuciosos exploram-no em proveito próprio”.

“Tiranos disfarçados em condutores envenenam a alma da multidão e a arrojam ao despenhadeiro da destruição, à maneira dos algozes de rebanho que apartam as reses para o matadouro”.

Esse comentário de Emmanuel (*) parece que foi feito hoje.

Via Whats App, recebi ontem uma mensagem. Ela dizia que o atual Congresso é o pior da História do Brasil. Uma Instituição da República sem escrúpulos, sem caráter. Todos parecem legislar em causa própria. O missivista afirma que o Brasil mudou e que não basta mais contratar os melhores advogados. Termina dizendo, que mesmo assim, é melhor que eu escolha os que deverão ser eleitos do que deixar que escolham por mim. Passou-me pela tela mental a Venezuela e a Coréia do Norte, com sua bomba H.

Anteriormente, comentei que um grave erro era a substituição da ética pela ideologia. Na educação, objetivando o homem integral os valores éticos devem ter prioridade. Não basta perseguir a meta de formar homens instruídos, se não forem capazes de vencer vícios e paixões.

Políticos astuciosos podem se aproveitar de uma tragédia com fins políticos, com o intuito de manipular a opinião pública. Mas, a esperteza pode devorar o político esperto “demais”, conduzindo-o ao suicídio eleitoral, também pelo aumento do índice de rejeição. (1)

Políticos também não estão imunes aos pensamentos de autodestruição, quando se instalam o tédio e o vazio existencial. O Presidente Getúlio Vargas (1954), seu filho Maneco (1997) e seu neto, Getulinho (2017) suicidaram-se com revólver. (2)

O sórdido aproveitamento de uma tragédia com fins ideológicos é contrário à prevenção do ato suicida.

Sabemos que são medidas básicas o tratamento dos transtornos mentais; o controle de substâncias tóxicas; o controle de armas de fogo e a educação da mídia.

Jornalistas devem apresentar comportamento adequado, evitando o sensacionalismo e a glorificação do suicídio.

Estivemos no seminário Universidade e Suicídio (3) e nele não ouvimos nenhum relato semelhante ao caso recente, do ex-reitor da UFSC, afeiçoado ao Comunismo. O noticiário obrigou quatro Associações a se posicionarem, diante de sua exploração política e das controvérsias em relação aos fatos que o induziram. (4)

“O procedimento dos homens cultos para com o povo experimentará elevação crescente à medida que o Evangelho se estenda nos corações.

Vendo a multidão, o Mestre sobe a um monte e começa a ensinar...

É imprescindível empenhar as nossas energias, a serviço da educação.

Em todos os tempos, vemos o trabalho dos legítimos missionários do
bem prejudicado pela ignorância. Entretanto, para a comunidade dos aprendizes do Evangelho, em qualquer clima da fé, o padrão de Jesus brilha soberano.”

Ajudemos o povo a pensar, a crescer e a aprimorar-se, convida Emmanuel. (*).

Um político influente, hoje presidiário, resolve “assumir” e depois do mea culpa, mea culpa, minha máxima culpa, se defronta com um tribunal inquisitorial, dentro do próprio partido político e questiona: “somos um partido político sob a liderança de pessoas de carne e osso ou uma seita,  guiada por uma pretensa divindade, onde quem fala a verdade é punido e os erros e ilegalidades são varridos para debaixo do tapete?”

Diz que não poderia deixar de registrar a evolução e o acúmulo de eventos de corrupção que ocorreram no seu governo, que sucumbiu ao pior da política. Chega a rotular companheiros como adeptos de “uma seita que navega no terreno pantanoso do sucesso sem crítica, do poder sem limites, onde a corrupção, os desvios, as disfunções que se acumulam são apenas detalhes”. (5)  Nestas condições “nada parece importar, nem mesmo o erro de eleger e reeleger um mau governo ou segurar uma rede de sustentação corrupta e alheia aos interesses do cidadão.” 

Um mau governo pode levar um país à guerra, o que é muito grave. Mas pode também causar verdadeiro estrago interno. O Brasil passa por um destes momentos difíceis nas universidades, onde se faz ensino e pesquisa como visão de mundo. Alguns cientistas dizem que hoje, o país, faz “uma política estúpida, autodestrutiva”. Os cortes orçamentários em Ciência e Tecnologia “comprometem seriamente o futuro do Brasil”. Precisam ser revistos “antes que seja tarde demais”. (**)

Emmanuel (*) faz convocação: “estendamos os braços, alonguemos o coração na ajuda sem condições”.

O comportamento suicida representa um momento de crise, caracterizado pela desestabilização, ruptura, perturbação, conflitos e desordem, sendo uma emergência psiquiátrica. Quando estamos conscientizados, sob o ponto de vista político e da medicina preventiva, damos importância aos sinais de alerta, por isso a população tem de ser conscientizada. Se estiver mais consciente, passa a entender que o problema existe e que pode acontecer com uma pessoa que está próxima. Precisamos desenvolver nossa capacidade de perceber que uma pessoa está em risco e  principalmente estar disposto a ouvi-la sem julgá-la.

Foi por isso, que em 1994 surgiu O “Programa de Prevenção de Suicídio Fita Amarela”. Desde 2014, no mês de setembro ocorre uma campanha de conscientização sobre a prevenção. Setembro Amarelo é “o Ano Todo” e tem como objetivo alertar sobre da realidade do suicídio em todo o mundo e ainda explicitar as suas formas de prevenção. (6)

Religiosos que possuem convicções apoiadas na razão, na pesquisa experimental, se surpreendem diante do suicídio,  porque julgavam imunes os adeptos.  Acontece que o suicidio é um problema de saúde pública, epidemiologicamente relevante e complexo, para o qual não existe uma única causa ou uma única razão. Resulta de uma intrincada interação de fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sociais, culturais, ambientais e espirituais. Por isso, é difícil explicar porque alguns sofrendo dores extenuantes se suicidam e outros não o fazem.

Emmanuel diz que o “procedimento dos homens cultos para com o povo experimentará elevação crescente à medida que o Evangelho se estenda nos corações.”  (*) Válido é o investimento no estudo da Ecologia da Alma, nos seus Princípios, o que certamente levará a mudança na “filosofia de vida”.

Estudos mostram uma associação frequente entre suicídio e doenças mentais, principalmente depressão, alcoolismo, transtorno bipolar, esquizofrenia e também traços impulsivos e agressivos de personalidade.

Diante de um diagnóstico de doença impactante, se a depressão manifesta não for adequadamente tratada pode levar a pessoa a cometer ato extremo.

Fiquei perplexo diante de um espírito desencarnado e do seu desabafo: “eu não sabia, foi por isso que me suicidei!” (7)

O trabalho de educação para que a “consciência de sono” evolua à condição de “consciência desperta” é imprescindível nesse início de terceiro milênio. Ele só não é maior do que aquele realizado para que essa última dê o salto de qualidade à “consciência lúcida”. Jesus precisa de muitos voluntários, mas a recompensa “vale à pena”!

Atendendo ao chamado não passaremos pelo “mea culpa” saindo da prisão do ego.

Por que crianças se suicidam? Perguntei em 1981.

Hoje quero saber por que está aumentando também entre os adolescentes? (8, 9).

Nessa hora de dor extenuante do “ex-reitor” (4), que possamos colocá-lo em nossas preces, pedindo aos bons espíritos o recurso da anestesia do sofrimento, diante da decepção.

Na espiritualidade ainda podemos sentir dor na alma, como aquele ex-leproso que desabafou graças à generosidade do médium: “eu não sabia que hanseníase tinha cura, foi por isso que me suicidei!”(6)

Disse Emmanuel, que quando o cristão pronuncia as sagradas palavras "Pai Nosso", está reconhecendo não somente a Paternidade de Deus, mas também todos da humanidade como irmãos.

 

(*)  Fonte Viva. 104. Diante da Multidão. Emmanuel/Chico Xavier

Leia mais.

Autor: LUIZ CARLOS FORMIGA  
formigalcd@hotmail.com

Rio de Janeiro, RJ  

Exibições: 4973

Respostas a este tópico

Excelente matéria, parabéns para todos que fazem parte da rede espirita de amigos!!

Somente me atendo ao título deste tópico "Suicídios e Tiranos Disfarçados" pergunto:

- primeiro: qual é a causa da existência de "tiranos", de homens insensíveis, impiedosos, cruéis, se, no princípio somos todos perfeitamente iguais e, portanto, no princípio, os livres-arbítrios de todos eram tb perfeitamente iguais?

- segundo: qual a causa de se condenar moralmente o suicídio se ele se deve ao fato de o Criador enviar aos homens sofrimentos insuportáveis?

Qual a causa da existência de tiranos? Qual a causa de se condenar moralmente o suicídio?

Acreditamos que uma das melhores respostas, às duas questões acima referidas,  foram dadas pelo Espírito Leão Tolstoi, no Livro Ressurreição e Vida, no capítulo "O Paralítico de Kiev." Psicografia de Yvonne Pereira.  

O suicídio da mulher de Kozlovsky e a sua consequência -  Quem conta é Tolstoi.

“Kozlovsky é doente há uns vinte anos! Vive sozinho com um anão. A mulher dele fugiu. Mas as autoridades encontraram-na e fizeram-na voltar para tratar dele. Matou-se. Farmacêutico abastado, adoeceu e a miséria colheu-o em suas redes. Por motivos políticos vira-se preso e sofrera o degredo com trabalhos forçados, na Sibéria, e lá tivera início o seu terrível mal (Lepra), que progredira assustadoramente.”Céu - Propriedade Particular

http://paespirita.blogspot.com.br/2018/01/ceu-propriedade-particula...

Suicídio entre transgêneros: o que precisa ser feito sobre isso.

http://www.gazetadopovo.com.br/ideias/suicidio-entre-transgeneros-o...

Filho de Fidel Castro comete suicídio em Cuba

http://www.noticiamax.com.br/mundo/filho-de-fidel-castro-comete-sui...

Por que Espanhol?

Atualmente, nos Estados Unidos falam a língua espanhola mais de 55 milhões. O número é maior que a população de vários países que dominam essa língua.

Suicidios y tiranos disfrazados

https://rinconespirita.wordpress.com/dr-luiz-carlos-formiga-2017/

Leer más

Cielo – Propiedad particular

https://rinconespirita.wordpress.com/textos-de-dr-luiz-carlos-formiga/

Forum Espírita em Español.

http://www.forumespirita.net/fe/espiritismo-espanol/

SOBRE SUICIDIO INDIRETO.

Todas as criaturas humanas adoecem, todavia, são raros aqueles que
cogitam de cura real.

Se te encontras enfermo, não acredites que a ação medicamentosa,
através da boca ou dos poros, te possa restaurar integralmente.

O comprimido ajuda, a injeção melhora, entretanto, nunca te
esqueças de que os verdadeiros males procedem do coração.

A mente é fonte criadora.

A vida, pouco a pouco, plasma em torno de teus passos aquilo que desejas.

De que vale a medicação exterior, se prossegues triste, acabrunhado
ou insubmisso?

De outras vezes, pedes o socorro de médicos humanos ou de benfeitores espirituais, mas, ao surgirem as primeiras melhoras, abandonas o remédio ou o conselho salutar e voltas aos mesmos abusos que te conduziram à enfermidade.

Como regenerar a saúde, se perdes longas horas na posição da cólera ou do desânimo?

A indignação rara, quando justa e construtiva no interesse geral, é sempre um bem, quando sabemos orientá-la em serviços de elevação; contudo, a indignação diária, a propósito de tudo, de todos e de nós mesmos, é um hábito pernicioso, de consequências imprevisíveis.

O desalento, por sua vez, é clima anestesiante, que entorpece e destrói.

E que falar da maledicência ou da inutilidade, com as quais despendes tempo valioso e longo em conversação infrutífera, extinguindo as tuas forças?

Que gênio milagroso te doará o equilíbrio orgânico, se não sabes calar, nem desculpar, se não ajudas, nem compreendes, se não te humilhas para os desígnios superiores, nem procuras harmonia com os homens?

Por mais se apressem socorristas da Terra e do Plano Espiritual, em teu favor, devoras as próprias energias, vítima imprevidente do suicídio indireto.

Se estás doente, meu amigo... acima de qualquer medicação, aprende a orar e a entender, a auxiliar e a preparar o coração para Grande Mudança.

Desapega-te de bens transitórios que te foram emprestados pelo Poder Divino, de acordo com a Lei do Uso, e lembra-te de que serás, agora ou depois, reconduzido à Vida Maior, onde encontramos sempre a própria consciência.

Foge à brutalidade.

Enriquece os teus fatores de simpatia pessoal, pela prática do amor fraterno.

Busca a intimidade com a sabedoria, pelo estudo e pela meditação.

Não manches teu caminho.

Serve sempre.

Trabalha na extensão do bem.

Guarda lealdade ao ideal superior que te ilumina o coração e permanece convicto de que se cultivas a oração da fé viva, em todos os teus passos, aqui ou além, o Senhor te levantará.

***

"E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará," - Tiago, 5:15.

Estás Doente? Fonte Viva. Emmanuel. psicografia de Chico Xavier. Lição 86

Os Anencéfalos e o Suicídio - Associação Espírita Allan Kardec

Na “imensa gama de instrumentos utilizados para o autocídio, o que é praticado mediante quedas espetaculares de edifícios desarticula o cérebro físico e praticamente o aniquila…”

https://www.kardecriopreto.com.br/o-que-liga-o-comportamento-suicid...

Katutura e Suicídio.

As expiações contidas na sentença variam com a natureza das faltas. Um suicida sofre, mas aquele que o induziu ao ato estúpido sofre muito também. O arrependimento não basta por si só, não havendo a “delação premiada”, é necessário passar pela expiação das faltas e ainda reparar o mal realizado. Para cada suicídio há, em média, 5 ou 6 pessoas próximas ao falecido que sofrem consequências emocionais, sociais e econômicas.

Como prevenir o suicídio? Questão importante, especialmente para aqueles que já tiveram amigos ou parentes que colocaram fim à vida sem ao menos deixar uma justificativa, uma explicação para o ato extremo. Especialistas dizem que é difícil responder resumidamente, porque esta pergunta pode ter muitas respostas. A Organização Mundial da Saúde preconiza quatro medidas básicas de prevenção.

http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2014/09/juntos-e-mistura...

http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/dia-mundial-da-prevenc...

 

 

Tiranos "disfarçados" de idiotas?

Idiotia. Lesões cerebrais irreversíveis.  

Surge, aqui e ali, quem pergunte por eles, os tiranos que ensoparam o mundo de lágrimas, conhecidos por lamentáveis fazedores de guerra.

Apropriavam-se da autoridade e comandavam o extermínio das cidades que se lhes rendiam sem restrições; passavam, quais ciclones pestilentos, incendiando sítios prósperos, aniquilando homens dignos, abatendo enfermos, desrespeitando mulheres, empalando fugitivos ou decepando os braços de crianças inermes; apareciam por empreiteiros da demolição e do sarcasmo, organizando o cativeiro de povos livres ou formando, em nome da prepotência, as inquisições políticas, nas quais o abuso do poder consagrava a felonia e a traição por bases de governança, a fim de que os quadrilheiros das trevas operassem, impunes; salientavam-se por mandantes dos choques de violência em que os fracos eram irremediavelmente impelidos à queda ou espoliados sem remissão…

Entretanto, nas seges purpuradas e nos palácios faustosos em que transitavam sorridentes, na direção do sepulcro, repontavam, sem que eles mesmos percebessem, as maldições dos sacrificados, o choro das viúvas e dos órfãos, os gritos de horror dos perseguidos quando traspassados pelos últimos golpes, as chamas das fogueiras destruidoras, o sofrimento dos mutilados, as pragas dos feridos agonizantes largados à ventania da noite, o sangue dos campos recobertos de cadáveres insepultos, o frio das necrópoles encharcadas de pranto, o infortúnio dos lares vazios, o protesto das escolas arrasadas, a dor silenciosa dos templos derruídos, os adeuses e os soluços dos mortos.

E ao deixarem o corpo físico, muitas vezes com as honras tributadas aos grandes chefes, no próprio catafalco resplendente de lumes, de permeio com os cânticos e as orações, nos quais se lhes homenageavam os restos, passaram a escutar, terrificados e indefesos, o vozerio de condenação e a algazarra do desespero com que eram recebidos em novo nível de consciência.

Atormentados, então, por muitas das vítimas que não lhes desculpavam a crueldade, humilhados e desditosos, suplicaram da Providência Divina a própria internação provisória em celas de esquecimento e renasceram na esfera do raciocínio deformado e entenebrecido.

Quando passes diante de um irmão torturado por lesões cerebrais irreversíveis, não lhe voltes o rosto, nem recorras à eutanásia inconsciente. Quase sempre, o companheiro situado na provação temporária da idiotia é um gênio fulgurante, reencarnado na sombra, a estender-te o pensamento aflito e mudo, necessitado de compaixão. Emmanuel. http://bibliadocaminho.com/ocaminho/txavieriano/livros/Enm/Enm52.htm

 

O Ator Carlos Vereza comentou que é preciso deixar de olhar o mundo através de viseiras ideológicas.

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/18476/zelia-duncan...

A substituição dos valores morais pela ideologia escraviza. Na educação, objetivando o homem integral, esses valores devem ser e ter prioridade. Não basta perseguir a meta de formar homens instruídos, se não forem capazes de lutar e vencer seus próprios vícios e paixões.

https://blogdobrunotavares.wordpress.com/2017/08/25/um-grave-erro-p...

Profissionais da Educação que não descobriram a Inteligência Espiritual podem se tornar prisioneiros de promessas demagógicas e populistas, de tiranos disfarçados, camuflados, e ajudar a encobrir objetivos puramente ideológicos.

http://www.oconsolador.com.br/ano10/462/ca6.html

 

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Ori Pombal Franco curtiram o evento Votação para escolha do Projeto Médicos do Bem no Prêmio Euro de Marcílio Dias Henriques
ontem
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
ontem
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"DEPOIS DA MORTE Em 1965, Yvonne Pereira diz que “o Evangelho é imortal, uma vez que sempre existirão cérebros e corações necessitados de renovação." Ela fala também sobre “uma…"
quarta-feira
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
segunda-feira
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
segunda-feira
Helena Padilha de Meneses curtiram o perfil de Helena Padilha de Meneses
segunda-feira
Ícone do perfilNilton Cardoso deu um presente para José Ricardo Fernandes
4 Jul
Nilton Cardoso e José Ricardo Fernandes agora são amigos
4 Jul
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Hanseníase. Você o conhece? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"  N.F.P, 23, noiva, não consegue sentir mais os pés, (...) e sua sensibilidade totalmente debilitada. Ela tem hanseníase, doença mais conhecida como lepra. Sua primeira atitude foi querer se suicidar, mas agora,…"
4 Jul
José Ricardo Fernandes curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Jul
José Ricardo Fernandes curtiram o perfil de Nilton Cardoso
3 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço