TÉCNICAS PARA NOTÍCIAS DE DESENCARNADOS? LEMBREMOS QUE "O TELEFONE TOCA DE LÁ PARA CÁ”.


        Jorge Luiz Hessen

             Brasília/DF

        jorge.loluhesse@gmail.com



Kardec comenta na edição de dezembro da Revista Espírita de 1863 sobre as etapas do projeto Espírita na Terra. Cita “a primeira etapa como o da curiosidade (mesas girantes), a segunda etapa o filosófico (com a publicação de O Livro dos Espíritos)”; a terceira etapa Kardec nominou de “período da luta”; o quarto período, o do Evangelho (para alguns começou com Bezerra de Menezes e continuada por Chico Xavier na Pátria do Evangelho); a quinta etapa seria o transitório, e finalmente a sexta etapa (transformação social).”(1)
Considerando as graduais etapas do projeto espírita na Terra, será que atualmente deveríamos promover (como ocorreu durante a codificação), um diálogo escancarado e direto com os recém-desencarnados, visando obter notícias dos mesmos para seus familiares que aqui ficaram?  Quantas pessoas procuram grupos espíritas querendo notícias dos entes que “partiram”? Será que a finalidade da mediunidade é essa?
Há “espíritas” (pasmem!) que “orientam” médiuns através de cursos “avançados” ensinando algum tipo de “técnica” para “receberem recém-desencarnados”. Tais “mestres de Espiritismo” afirmam com jactância que alguns jovens e outros “formandos” estarão dentro em breve prestando [através do mediunismo] os “serviços” de consolação para os parentes que por aqui ficaram!?!?!?... acredite se quiser!!!!
O assunto é grave e merece profundas reflexões. Somos dos que desaconselhamos o uso de evocação dos desencarnados, sobretudo se o médium estiver voltado para a recepção de notícias póstumas de sofredores (normalmente recém-desligados do físico), pois em todos os casos a espontaneidade é essencial para a credibilidade das mensagens.
Chico Xavier nos deixa uma importante lição neste sentido. Recordemos que ante a sua especialíssima tarefa de psicografia ele era alvo de inúmeros pedidos de familiares aflitos para receber notícias dos parentes falecidos. O Médium de Uberaba sabiamente evitava levar nomes para serem evocados para essa finalidade, e se justificava dizendo: "O TELEFONE TOCA DE LÁ PARA CÁ”.
Até mesmo nas mensagens instrutivas não há a necessidade de se fazer uma evocação direta, pois podemos receber mensagens instrutivas de qualquer espírito evoluído que estiver trabalhando conosco. O mais importante neste caso é o exame racional e lógico da mensagem recebida, conforme ensina Kardec, para se evitar a mistificação.
O extraordinário Espírito Emmanuel, após ser indagado se era aconselhável a evocação direta de determinados espíritos, esclareceu: “Não somos dos que aconselham a evocação direta e pessoal, EM CASO ALGUM. Se essa evocação é passível de êxito, sua exequibilidade somente pode ser examinada no plano espiritual. Daí a necessidade de sermos ESPONTÂNEOS, porquanto, no complexo dos fenômenos espiríticos. A solução de muitas incógnitas espera o avanço moral dos aprendizes sinceros da Doutrina. O estudioso bem-intencionado, portanto, deve pedir sem exigir, orar sem reclamar, observar sem pressa, considerando que a esfera espiritual lhe conhece os méritos e retribuirá os seus esforços de acordo com a necessidade de sua posição evolutiva e segundo o merecimento do seu coração.”(2) (grifamos)
Insatisfeitos com essas sensatas orientações, surgem os kardequeólogos de plantão, fazendo referência ao interesse do mestre lionês pela evocação direta. Entretanto, “precisamos ponderar, no seu esforço, a tarefa excepcional do Codificador, aliada a necessidades e méritos ainda distantes da esfera de atividade de aprendizes comuns” (3)tais quais somos.
Para os phd’s de Kardec (os anti-emmanuelinos) informamos que o mentor de Chico Xavier explica: “Qualquer comunicado com o invisível deve ser ESPONTÂNEO, e o espiritista cristão deve encontrar na sua fé o mais alto recurso de cessação do egoísmo humano, ponderando QUANTO À NECESSIDADE DE REPOUSO DAQUELES A QUEM AMOU, E ESPERANDO A SUA PALAVRA DIRETA, QUANDO E COMO JULGUEM CONVENIENTE E OPORTUNO OS MENTORES ESPIRITUAIS.”(4)
Para o sábio de Lyon, “frequentemente, as evocações oferecem mais dificuldades aos médiuns do que os ditados espontâneos, sobretudo quando se objetiva obter dos Espíritos respostas precisas a questões circunstanciadas.”(5) Os médiuns – lembra ainda Kardec – “são geralmente mais procurados para evocações de caráter particular do que para comunicações de interesse geral. ELES NÃO DEVERIAM, PORÉM, ACEDER A TAIS PEDIDOS, senão com muita reserva, quando feitos por pessoas de cuja sinceridade estejam seguros. Além disso, é preciso evitar sua participação nas evocações movidas por simples curiosidade ou interesse, sem intenção séria por parte do evocador, afastando-se de tudo o que possa transformá-los em agentes de consultas, em ledores da buena dicha.”(6)  (grifamos)
Evocar ou não um Espírito é questão que precisa, portanto, ser bem avaliada, tendo sempre em mente a finalidade a que ela se presta. No livro Conduta Espírita, cap. 25, André Luiz reafirmou a proposta feita por Emmanuel, recomendando-nos seja “abolida, em nosso meio, a prática da evocação nominal dos espíritos.”(7)
Não tendo havido informações novas, provindas de fontes consagradas, não concebemos por que a recomendação de Emmanuel, reafirmada por André Luiz, deva ser ignorada. A comunicação com nossos entes queridos efetua-se por iniciativa deles. A frase "O TELEFONEMA VEM DO LADO DE LÁ", dita por Chico Xavier, diz bem como o assunto deve ser encarado em qualquer contexto do debate.
Jorge Hessen

Referência bibliográfica:

(1)        Kardec, Allan. Revista Espírita de 1863, Edicel, 1997
(2)        Xavier, Francisco Cândido. O consolador , ditado pelo espírito Emmanuel, Rio de Janeiro: Ed FEB, 2001, Questão 369
(3)        idem , Questão 380
(4)        idem, idem
(5)      Disponível em http://www.oconsolador.com.br/ano2/101/esde.html acessado em 22 de novembro de 2010
(6)        idem
(7)        Xavier, Francisco Cândido e Vieira, Waldo. Conduta Espírita , ditado pelo espírito André Luiz, Rio de Janeiro: Ed FEB, 2001

Exibições: 464

Respostas a este tópico

Pois é destas mesmas fontes citadas pelo autor Jorge Hessen que vem uma outra informação: qualquer entidade simpática ou não ao médium ou ao parente que quer notícia, mas de baixo nível vibratório, com objetivos de zombaria e oportunismo pode até apresentar-se e passar-se pelo espírito evocado. Ocasionando, portanto, engodo de todos, médium e "consulente".
Baseado em todas as informações (com fontes fidedignas: Emmanuel e André Luiz), não entendo a necessidade de buscar o plano espiritual a fim de obtermos informações a cerca dos familiares que nos antecederam no retorno ao plano espiritual. Devido aos meus poucos conhecimentos doutrinários, prefiro continuar com a opinião do nosso querido Chico, além do telefone tocar de lá pra cá, não importa o autor da ligação e sim a mensagem que estará nos passando. Paz e Luz nos nossos coracões.
Sou admirador e leitor assíduo de tudo que Jorge Hessen publica. O texto acima serve bem àquelas pessoas que pensam ser a Casa Espírita, uma central telefônica, onde podemos falar com os desencarnados a qualquer instante. Ele cita a frase de CHICO XAVIER, que já diz tudo: "O TELEFONEMA VEM DO LADO DE LÁ". Com essa espirituosa frase, ele nos mostra que não adianta forçar a barra, para fazer contato espiritual. Devemos aguardar que os Espíritos se compadeçam de nossos sofrimentos provocados pelo desncarne de algum familiar e por meio do Médium, nos passem as notícias lá do Além.
Acho que não devemos incomodar os espíritos desencarnados.Até porque não sabemos se eles estão em condições de atender aos nossos pedidos.O que só traria sofrimento pra eles.Já pensou um filho pedindo aflitamente algo a um pai e o mesmo não poder atendê-lo?O telefone toca de lá pra cá.Sábio Chico.Paz e luz!Presto muita atenção aos meus sonhos,considero como mensagem,sem me incomodar de foi vinda por parentes ou não.

Pensei que o nome do segundo livro codificado por Kardec fosse O Livro dos Médiuns ou GUIA DOS MÉDIUNS E EVOCADORES. O que temos hoje é espiritismo sem espíritos. As informações de Chico Xavier/André Luiz não passaram pelo Controle Universal do Ensinamento dos Espíritos ( introdução do Evangelho Segundo o espiritismo), logo não passam de opinião pessoal, como diz Kardec no Livro dos Médiuns.

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

ivan lopes mendes curtiram a página Canal 1 de Amigo Espírita
6 minutos atrás
Miriam da Cruz entrou no grupo de Ari Carrasco Silveira
40 minutos atrás
Josue Oliveira comentou o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
4 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Os efeitos da Mágoa na nossa vida - Programa Consciência e Transformação com Milton Menezes: https://t.co/BBA7n5l1Q6 via @YouTube
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
MARIZA GOBBI e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
6 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog O que é o espiritismo? Médiuns não são adivinhos de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
7 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/6GJfYt8cHAão (Psicose) Pós Parto - 50º Assistência Espiritual
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/EFyZ6e1ENE irradiação mental negativa é um fato. O que fazer? 49º
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/Yb1BTybRRE para a Saúde Integral - 47º Assistência Espiritual
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/Kkur4Cc29I a Libertação do Medo - 53º Assistência Espiritual
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Jesus, ensina-me a perdoar! - Evangelho na Rede com Yasmim Madeira: https://t.co/zg2YRIJnkN via @YouTube
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Maria de Lourdes Cunha comentou a página Canal 4 de Amigo Espírita
10 horas atrás
NILO DAMASCENO REZENDE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
11 horas atrás
Ícone do perfilCASTELANE VALERIO DA CRUZ, Gabriel, Sandra Gabriela Santoro e mais 4 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
11 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Cesar
13 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de MARIZA GOBBI
13 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de SIEGMUND BEULKE
13 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Denise Cristina Machado Moura
13 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Ana Rosina Raposo Rodrigues
13 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de anderson tadeu silva rineiro
13 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço