Um Mês Após A Tragédia De Santa Maria

Magali Bischoff 

     Já estamos passando pelo primeiro mês no calendário, da tragédia que abateu o coração da cidade de Santa Maria, e de todos os brasileiros.

     A mídia divulgou a manifestação dos moradores da cidade, que pararam para chorar seus mortos e buscar a punição dos envolvidos. De certa forma, esse movimento clama por justiça e aproxima as pessoas que perderam seus entes queridos e que nesse momento, precisam aliviar o sofrimento e a saudade provocada pela “ausência”dos jovens que partiram. 

     Nesse período, o movimento espírita recebeu um grande número de visitas em suas páginas pessoais, nos sites, canais de comunicação e casas espíritas. São pessoas que estão procurando informações, respostas e entendimento sobre o fato ocorrido. Não existe intenção de “aproveitar da situação” como alguns estão dizendo por aí, nem mesmo divulgar respostas prontas para tamanha dor, mas aproveitar do momento em que um grande número de pessoas estão em BUSCA DE RESPOSTAS, para levar a mensagem consoladora e a fé raciocinada através dos princípios básicos da Doutrina Espírita. 

     Nosso papel não é fazer proselitismo como dizia Kardec, para aumentar o número de adeptos, mas levar o conhecimento e os princípios espíritas, independente da crença de cada um.Aliás está comprovado o aumento de simpatizantes e pessoas de outras religiões que aceitam o Espiritismo, e não sentem a necessidade de sair de onde estão para mudarem as suas vidas. 

     Qual é o nosso papel nesse momento? Silenciar ou nos comunicar com a sociedade de alguma forma, utilizando as ferramentas disponíveis para levar a mensagem? 

     Temos como exemplo a vida de Jesus, Ele desenvolveu uma linguagem inteligente com a sociedade naquela época. Abordava assuntos e temas relacionados com a vida das pessoas, falando de coisas complexas, mas forma simples e clara, contextualizando seus ensinamentos para atingir um objetivo maior. Utilizou da comunicação sem impor, sem apresentar fórmulas prontas, sem fazer acepção de pessoas e muito menos esperando grandes transformações ou a compreensão dos seus ensinos da noite para o dia. 

     Ensinou, orientou, educou, divulgou, exemplificou seus ensinos por ande andou. Acreditou que só o Tempo era capaz de produzir os frutos esperados. Foi o maior Semeador de ideias e ações efetivas capazes de transformar o mundo e aqueles que conseguem compreendê-lo. 

  Infelizmente, o que temos hoje, são canais de comunicação que se utilizam da linguagem materialista, consumista, informativa, especulativa e sensacionalista e continuam semeando livremente, o joio em meio ao trigo. Nós que conhecemos a realidade espiritual, não podemos continuar calados, indiferentes e distantes dos dilemas sociais, pregando entre quatro paredes nosso ideal de vida e de Mundo. 

   Precisamos promover a comunicação social espírita e colaborar com aqueles que já estão a caminho da distribuição dessa boa nova, utilizando os meios de comunicação em massa, que tem maior potencial, para levar a mensagem consoladora ao maior número de corações necessitados, para que recolham no futuro, os frutos doces do entendimento e do amor para alimentar as futuras gerações. 

    Portanto, vamos nos espelhar no modelo e Guia de toda a Humanidade e espalhar boas sementes! 

     Muita Paz! 

     Conheça os Projetos da Fundação Espírita André Luiz na divulgação da Doutrina Espírita através do meios de comunicação: www.feal.org.br 

Como são feitos os resgates espirituais daqueles que desencarnam em tragédias coletivas? Por que algumas pessoas se salvam no meio de tantos outros? O Mundo Maior Repórter contou com o depoimento de estudiosos e pesquisadores do Espiritismo para esclarecer e consolar todos aqueles que ficaram consternados com os tristes acontecimento de Santa Maria - RS.

Magali Bischoff (São Paulo/SP)

é membro da Rede Amigo Espírita

Magali Bischoff, nascida na cidade de Guarulhos e residente em São Paulo, colabora no Movimento Espírita desde 1992 . Atuou como voluntária na Biblioteca Espírita Humberto de Campos, na Área de Divulgação e no setor administrativo da Área Federativa, trabalho realizado junto as Casas Espíritas coligadas à Federação Espírita do Estado de São Paulo (FEESP). Participou dos projetos de divulgação da FEAL, levando ao movimento espírita, todos os trabalhos realizados pela Fundação Espírita André Luiz. A Rede Boa Nova de Rádio, TV Mundo Maior, Editora e Distribuidora Mundo Maior, o site da Fundação e o Clube Amigos da Boa Nova, dessa forma, divulgando a mensagem espírita. Atualmente realiza palestras em Casas Espíritas, colabora no Curso de Aprendizes do Evangelho da Federação Espírita do Estado de São Paulo, escreve artigos para jornais, revistas e sites espíritas, participa também, de diversas listas espíritas do Brasil como divulgadora. 

E-mail magalibischoff@gmail.com  

Blog http://cuidedoseumundo.blogspot.com

 

 

Exibições: 2405

Respostas a este tópico



Rolemberg Marino disse:

É nessas horas que as pessoas procuram um lugar onde amainar a dor de suas perdas. Mão podemos nos furtar em explicar, passar conhecimento e a experiência adquirida através dos tempos. Concordo com o texto acima e digo mais, não podemos nos esconder ou no acomodar.

No livro Cartas e Cronicas psicografado por Chico Xavier e escrito pelo Irmão X no capitulo 6 Tragedia no Circo o espirito descreve um caso de resgate coletivo ocorrido em 17/12/1961 num circo em Niteroi.Explica o irmaõ que se tratava de um resgate de 18 seculos atras.

 

No ultimo dia 27 janeiro tivemos o doloroso acidente em Santa Maria com quase 240 obitos, alem dos muitos feridos.

A maioria dos desencarnados nao foram mortos por incendio mas por respirar a fumaça provocada pelo incendio.

Se verificarmos na internet o dia 27 de janeiro foi comemoração ao Dia Internacional Vitimas do Holocausto.

Sera que existe alguma conexão?

 

Gratos por esse carinho de nos acolher, c/ essas explicações. Paz a todos os encarnados e desencarnados!!! ♥

Joniceia e familia.

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
20 horas atrás
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
22 horas atrás
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
sábado
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
sexta-feira
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago
ANDREA REGINA DE SA curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
3 Ago
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Ao tentar processar o Porta dos Fundos, por retratar Jesus como um gay, igreja teve um prejuízo de R$ 82…"
1 Ago
Madelon Fonseca curtiram a discussão Reflexões sobre as Leis Naturais. de Wellington Balbo
31 Jul
Joao Iudes Nodari respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"A Marlene apresentou uma realidade constatada diariamente no processo de palestras ministradas nos centros e unidades espíritas. Está-se chegando numa fase onde a ênfase oratória pergaminha atitudes emocionais e…"
31 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço