Povoara-se o firmamento de estrelas, dentro da noite prateada de luar, quando o Senhor, instalado provisoriamente em casa de Pedro, tomou os Sagrados Escritos e, como se quisesse imprimir novo rumo à conversação que se fizera improdutiva e menos edificante, falou com bondade:
Simão , que faz o pescador quando se dirige para o mercado com os frutos de cada dia?
O apóstolo pensou alguns momentos e respondeu, hesitante:
Mestre, naturalmente, escolhemos os peixes melhores. Ninguém compra resíduos da pesca.JESUS sorriu e perguntou, de novo:
E o oleiro? Que faz para atender à tarefa a que se dispõe?
Certamente, Senhor – redargüiu o pescador, intrigado -, modela o barro, imprimindo-lhe a forma que deseja.O amigo Celeste, de olhar compassivo e fulgurante, insistiu:
E como procede o carpinteiro para alcançar o trabalho que pretende?
O interlocutor, muito simples, informou sem vacilar:
Lavará a madeira, usará a enxó e o serrote, o martelo e o formão. De outro modo, não aperfeiçoará a peça bruta.
Calou-se JESUS, por alguns instantes, e aduziu:
- Assim também, é o lar diante do mundo.
O berço doméstico é a primeira escola e o primeiro templo da alma. A casa do homem é a legítima exportadora de caracteres para a vida comum. Se o negociante seleciona a mercadoria, se o marceneiro não consegue fazer um barco sem afeiçoar a madeira aos seus propósitos, como esperar uma comunidade segura e tranqüila sem que o lar se aperfeiçoe? A paz do mundo começa sob as telhas a que nos acolhemos. Se não aprendemos a viver em paz, entre quatro paredes, como aguardar a harmonia das nações? Se nos não habituamos a amar irmão mais próximo, associado à nossa luta de cada dia, como respeitar o Eterno Pai que nos parece distante?
JESUS relanceou o olhar pela sala modesta, fez pequeno intervalo e continuou:
- Pedro, acendamos aqui, em torno de quantos nos procuram a assistência fraterna, uma claridade nova. A mesa de tua casa é o lar de teu pão. Nela, recebes do Senhor o alimento para cada dia. Por que não instalar, ao redor dela, a sementeira da felicidade e da paz na conversação e no pensamento? O Pai, que nos dá o trigo para o celeiro, através do solo, envia-nos a luz através do céu. Se a claridade é a expansão dos raios que constituem, a fartura começa no grão. Em razão disso, o Evangelho não foi iniciado sobre a multidão, mas, sim, no singelo domicílio dos pastores e dos animais.
Simão Pedro fitou no Mestre os olhos humildes e lúcidos e, lúcidos e, como não encontrasse palavras adequadas para explicar-se, murmurou, tímido:
Mestre, seja feito como desejas.
Então JESUS, convidando os familiares do apóstolo à palestra edificante e à meditação elevada, desenrolou os escritos da sabedoria e abriu, na Terra, o primeiro culto cristão do Lar.
Do Livro Jesus no Lar - Francisco C. Xavier

Exibições: 145

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

ASSISTA AO VIVO

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão SUICÍDIOS E TIRANOS DISFARÇADOS de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
"O Ator Carlos Vereza comentou que é preciso deixar de olhar o mundo através de viseiras…"
5 horas atrás
Luiz Claudio Macedo de Oliveira curtiu a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
7 horas atrás
Luiz Claudio Macedo de Oliveira curtiram o perfil de Nadia Rosangela
7 horas atrás
Luiz Claudio Macedo de Oliveira curtiram a página Bate-Papo de Amigo Espírita
7 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Afastemo-nos, das nossas inibições e aprendamos com o Cristo a “sair para semear”. Fonte Viva, 64. Emmanuel/Chico Xavier http://bibliadocaminho.com/ocaminho/txavieriano/livros/Fv/Fv64.htm"
9 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Nós temos uma missão nesta Terra, nesta vida, temos que cumpri-la e fazer com que esses ensinamentos possam ser cada vez mais divulgados e propagados nas nossas atividades para a nossa sociedade como um todo. Homenageio aqui…"
19 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“O que fazer quando não há mais nada a fazer?”, com Dr. Aldeniz Leite em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

26 janeiro 2020 de 9 a 10:15
“O que fazer quando não há mais nada a fazer?”, este será o tema da palestra do psiquiatra, pesquisador e escritor Dr. Aldeniz Leite de São Paulo-SP, no próximo domingo 26 de janeiro de 2020, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Dr. Aldeniz Leite da Silva Júnior nasceu em Belém do Pará, formou-se médico em sua cidade natal e transferiu-se…Ver mais...
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Eusébio, “No Mundo Maior”. André Luiz/Chico Xavier, cap.2. Sejamos instrumentos do bem, acima de expectantes da graça. A tarefa demanda coragem e suprema devoção a Deus. Sem que nos convertamos em luz,…"
ontem
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiram o evento Estreia no teatro A História Nunca Contada de Allan Kardec, O Cientista do Infinito de Erika Silvira
ontem
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiram o evento Palestras de Dr. Sérgio Thiesen em Birigui e São José do Rio Preto-SP de Amigo Espírita
ontem
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiu a postagem no blog " HOMENAGEM A TODAS AS MAMÃES"!!!!! de Jesus Carlos Sanchez Perez
ontem
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiu a postagem no blog " VOCÊ JÁ SORRIU HOJE"???? de Jesus Carlos Sanchez Perez
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Mensagens de Reflexão de Amigo Espírita
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Mediunidade de Amigo Espírita
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Joanna de Ângelis e Divaldo Franco de Amigo Espírita
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Gestos e Valores: Série Roteiro de Amigo Espírita
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Wellington Balbo de Espírita Online
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Mensagens PPS de Amigo Espírita
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Estudando Espiritismo de Amigo Espírita
ontem
José Valdir de Oliveira curtiram o evento Músicas de Paz de Evandro Oliva
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço