Informação

Mensagens de Reflexão

Mensagens, frases e pensamentos para reflexão iluminando nossas vidas.

Membros: 512
Última atividade: 12 Jul

Fórum de discussão

Recomecemos, por Emmanuel

Iniciado por Leonel Cupertino 6 Abr, 2016. 0 Respostas

Imperativos Cristãos

Iniciado por Leonel Cupertino 9 Mar, 2016. 0 Respostas

Princípios Redentores

Iniciado por Leonel Cupertino 9 Mar, 2016. 0 Respostas

Um momento crucial

Iniciado por Jorge Luiz de Souza 14 Ago, 2015. 0 Respostas

A esmola maior

Iniciado por Jorge Luiz de Souza 14 Jul, 2015. 0 Respostas

Fortalecendo a Alma

Iniciado por Adriana Luciano Pinheiro. Última resposta de Elciene Maria Tigre Galindo 7 Jul, 2015. 1 Resposta

Oração de Natal

Iniciado por Alvimar Vieira Tostes 23 Dez, 2014. 0 Respostas

CORAÇÃO DE MÃE

Iniciado por Amigo Espírita. Última resposta de Nadia Rosangela 20 Dez, 2014. 2 Respostas

Imperfeitos, Mas Úteis

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 18 Nov, 2013. 0 Respostas

Vantagens Ocultas

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 8 Nov, 2013. 0 Respostas

Reencarnação Retificadora

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 6 Nov, 2013. 0 Respostas

ANTE OS QUE PARTIRAM - Emmanuel

Iniciado por Amigo Espírita 2 Nov, 2013. 0 Respostas

Dinamismo de Jesus

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner. Última resposta de welse gonçalves sant anna 22 Nov, 2013. 1 Resposta

Amor ao Próximo

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 27 Out, 2013. 0 Respostas

Tolerância

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 25 Out, 2013. 0 Respostas

A Busca da Perfeição

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner. Última resposta de Elciene Maria Tigre Galindo 7 Jul, 2015. 1 Resposta

Perdoai Para Que Deus Voz Perdoe

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 14 Out, 2013. 0 Respostas

Natureza do Perispírito

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 5 Set, 2013. 0 Respostas

Advertências Profundas aos Médiuns

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner. Última resposta de sebastiao moreira de carvalho 8 Set, 2013. 5 Respostas

Ele Atenderá

Iniciado por Romeu Leonilo Wagner 21 Ago, 2013. 0 Respostas

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Mensagens de Reflexão para adicionar comentários!

Comentário de Gilson Melo em 12 outubro 2012 às 9:51

Bom dia Amigos!!!

MENSAGEM DE REFLEXÃO

ESQUECIMENTO DO PASSADO

   É em vão que se objeta o esquecimento como um obstáculo no sentido de que se possa aproveitar a experiência das existências anteriores. Se Deus julgou conveniente lançar um véu sobre o passado, é porque isso devia ser útil. Com efeito, essa lembrança teria graves inconvenientes; poderia, em certos casos, nos humilhar estranhamente, ou exaltar o nosso orgulho, e, por isso mesmo, entravar o nosso livre arbítrio; em todos os casos, trairia uma pertubação inevitável nas relações sociais.

   

   O Espírito renasce, frequentemente, no mesmo meio em que enviei, e se acha em relação com as mesmas pessoas, a fim de reparar o mal que lhe fez. Se reconhecesse nelas as que odiou, talvez seu ódio se revelasse; em todos os casos, seria humilhado diante dos que houvesse ofendido.

 

    Deus nos deu, para nosso adiantamento, justamente o que nos é necessário e pode nos bastar: a voz da consciência e nossas tendências instintivas, e nos tira o que poderia nos prejudicar.

 

    Ao nascer, o homem traz, o que adquiriu; nasce como se fez; cada existência é para ele um novo ponto de partida. Pouco lhe importa saber o que foi; ele é punido porque fez o mal e suas tendências más atuais são indício do que resta nele a corrigir, sendo nisso que deve concentrar sua atenção, porque do que está completamente corrigido não lhe resta nenhum traço. As boas resoluções que tomou são a voz da consciência que o adverte do que é bem ou mal, e lhe dá a força para resistir às más tentações.

   

    De resto, esse esquecimento não ocorre senão durante a vida corporal. Reentrando na vida espiritual, o Espírito retoma as lembranças do passado; isso não é, pois, senão uma interrupção momentânea, como a que ocorre na vida terrestre durante o sono, e que não impede de lembrar no dia seguinte o que se fez na véspera e nos dias precedentes.

   

     Não é apenas depois da morte que o Espírito recobra as lembranças do passado; pode-se dizer que não as perde jamais, porque a experiência prova que na encarnação, durante o sono do corpo, quando goza de uma certa liberdade, o Espírito tem consciência de seus atos anteriores; ele sabe porque sofre, e que sofreu justamente; a lembrança nãos e apaga senão durante a vida exterior de relação. Mas, á falta de uma lembrança precisa, que poderia lhe ser forças nesses instantes de emancipações da alma, se sabe aproveitá-los.

CONCLUSÃO

    A indulgência é um sentimento doce e fraternal que todo homem deve alimentar para com seus irmãos. No campo da indulgência, todos somos carentes, em face das nossas imperfeições. Daí, o dever de todos em cultivá-la.

Comentário de Gilson Melo em 11 outubro 2012 às 9:35

Bom dia Amigos!!!

O DEVER

   O dever é a obrigação moral, diante de si mesmo primeiro, e dos outros em seguida. O dever é a lei da vida; ele se encontra nos mais ínfimos detalhes, assim como nos atos elevados. Não quero falar aqui senão do dever moral, e não daquele que as profissões impõem.

   Na ordem dos sentimentos, o dever é muito difícil de ser cumprido, porque se acha em antagonismo com as seduções do interesse e do coração; suas vitórias não têm testemunhos, e suas derrotas não têm repressão. O dever íntimo do homem está entregue ao seu livre arbítrio: o agulhão da consciência, esse guardião da probidade interior, o adverte e o sustenta, mas permanece, frequentemente, impotente diante dos sofismas da paixão. O dever do coração, fielmente observado, eleva o homem; mas, esse dever, como precisa-lo? Onde começa ele? Onde se detém? O dever começa precisamente no ponto em que ameaçais a felicidade ou a tranquilidade do vosso próximo, termina no limite que não gostaríeis de ver ultrapassado em relação a vós mesmos.

   Deus criou todos os homens iguais para a dor, pequenos ou grandes, ignorantes os esclarecidos, sofrem pelas mesmas causas, a fim de que cada um  julgue judiciosamente o mal que pode fazer. O mesmo critério não existe para o bem, infinitamente mais variado em suas expressões. A igualdade diante da dor é uma sublime previdência de Deus, que quer seus filhos, instruídos pela experiência comum, não cometam o mal argumentado com a ignorância dos efeitos.

   O dever é o resumo prático de todas as especulações morais; é uma bravura da alma que afronta as angústias da luta; é austero e flexível; pronto a dobra-se às diversas complicações, permanece inflexível diante de suas tentações. O homem que cumpre o seu dever ama a Deus mais que as criaturas, e as criaturas mais do que a si mesmo; ele é, ao mesmo tempo, juiz e escravo em sua própria causa.

   O dever é o mais belo laurel da razão; depende dela como filho depende de sua mãe. O homem deve amar o dever, não porque o preserve dos males da  vida, aos quais a Humanidade não pode se subtrair, mas porque dá à alma o vigor necessário ao seu desenvolvimento.

    O dever cresce e irradia sob mais elevada forma em cada uma das etapas superiores da Humanidade; a obrigação moral não cessa jamais da criatura para com Deus; ela deve refletir as virtudes do Eterno que não aceita um esboço imperfeito, porque quer que a beleza da sua obra resplandece diante dele.

CONCLUSÃO

   A ingratidão dos filhos para com os pais não é fruto do acaso, mas consequência de dissensões e ódios em vidas anteriores, que devem ser superados na presente encarnação pelo exercício do amor e do perdão entre os membros da família terrena. Desprezar esta oportunidade significa transferir para encarnações futuras dificuldades que nesta poderiam ser superadas.

   

Comentário de Gilson Melo em 10 outubro 2012 às 9:36

Bom dia Amigos!!!

MENSAGEM

NO MOMENTO DE DORMIR

   O sono é o repouso do corpo, mas o Espírito não tem necessidade de repouso. Enquanto os sentidos estão entorpecidos, a alma se liberta em parte da matéria e goza das suas faculdades de Espírito. O sono foi dado ao homem para a reparação das forças orgânicas e para a reparação das forças morais. Enquanto o corpo recupera os elementos que perdeu pela atividade da vigília, o Espírito vai no que ouve, e nos conselhos que lhe são dados, idéias que reencontra, ao despertar em estado de intuição; é o retorno temporário do exilado à sua verdadeira pátria; é o prisioneiro momentaneamente libertado.

   Mas ocorre, como para o prisioneiro perverso, que o Espírito nem sempre aproveita esse momento de liberdade para o seu adiantamento; se ele tem maus instintos, em lugar de procurar a companhia dos bons Espíritos, procura a dos seus iguais e vai visitar os lugares onde pode dar livre curso às suas tendências.

   Aquele que está compenetrado desta verdade eleve o seu pensamento no momento em que sentir a aproximação do sono; faça apelo aos conselhos dos bons Espíritos e daqueles cuja memória lhe é cara, a fim de que venham se reunir a ele, no curto intervalo que lhe é concedido, e ao despertar se sentirá mais forte contra o mal, mais corajoso contra a adversidade.

PRECE

   Minha alma vai se encontrar por um instante com os outros Espíritos. Que aqueles que são bons venham me ajudar com os seus conselhos. Meu anjo guardião, fazei com que, ao despertar, eu conserve deles uma impressão durável e salutar.

CONCLUSÃO

   Na prática do perdão, o maior beneficiado é quem perdoa, pois este obtém as bençãos de Deus e restabelece a sua paz interior, através da harmonia com o próximo.

Comentário de Gilson Melo em 9 outubro 2012 às 9:38

Bom dia  Amigos!!!

 MENSAGEM

 

 EMPREGO DA FORTUNA

 

    Não podeis servir a Deus e a Mamon; retende bem isto, vós a quem o amor do ouro, vós que vendereis vossa alma para possuir tesouros, porque eles podem vos elevar acima dos outros homens e vos dar as alegrias das paixões; não, não podeis servir a Deus e a Mamon! Se, pois, sentis vossa alma dominada pelas cobiças da carne, apressai-vos em sacudir o jugo que vos oprime, porque Deus, justo e severo, vos dirá: Que fizeste, dispenseiro infiel, dos bens te confiei? esse poderoso móvel das boas obras, não fizeste servir senão à tua satisfação pessoal.

 

   Qual é, pois, o melhor emprego da fortuna? Procurai nestas palavras: "Amai-vos uns aos outros", a solução do problema; aí está o segredo de bem empregar as riquezas. Aquele que está animado de amor ao próximo  tem sua linha de conduta  toda traçada; o emprego que apraz a Deus é do caridade; não essa caridade fria e egoísta que consiste em derramar em torno de si o supérfluo de uma existência dourada, mas essa caridade cheia de amor que procura o infeliz, que o reergue sem humilhá-lo. Rico, dá do teu supérfluo; faze melhor: dá do teu necessário, porque o teu necessário ainda é supérfluo, mas dá com sabedoria. Não repilas o queixume com medo de seres enganado, mas vai à fonte do mal; alivia primeiro, informa-te em seguida, e vê se o trabalho, os conselhos, a afeição mesma não serão mais eficazes do que a tua esmola. Espalha ao redor de ti, com o bem-estar, o amor de Deus, o amor  ao trabalho e o amor ao próximo. Coloca tuas riquezas sobre uma capital que não te faltará jamais e te trará grandes interesses: as boas obras. A riqueza da inteligência deve te servir como a do ouro; espalha ao redor de ti os tesouros do teu amor, e eles frutificarão.

 

CONCLUSÃO

 

    O escândalo constitui recurso de que a Providência Divina se utiliza para aplicar corretivos aos que se desviaram do caminho traçado pelo Evangelho. Nem por isso significa que o causador do escândalo fique impune, uma vez que a lei de causa e efeito atinge a todos.

Comentário de Gilson Melo em 8 outubro 2012 às 10:40

Bom dia Amigos!!!

Mensagem:

O PARENTESCO CORPORAL E O PARENTESCO ESPIRITUAL:


Os laços de sangue não estabelecem, necessariamente, os laços entre os Espíritos. O corpo procede do corpo, mais o Espírito não procede do Espírito, porque o Espírito existia antes da formação do corpo; não foi o pai quem criou o espírito do filho, ele não fez senão fornecer-lhe um envoltório corporal mas deve ajudar o seu desenvolvimento intelectual e moral, para fazê-lo progredir. 
Os Espíritos que se encarnam numa mesma família, sobretudo entre parentes próximos, são, o mais frequentemente, Espíritos simpáticos, unidos por relacionamentos anteriores, que se traduzem por sua afeição durante a vida terrestre; mas pode ocorrer também que esses Espíritos sejam completamente estranhos uns aos outros, divididos por antipatias igualmente anteriores, que se traduzem da mesma forma por seu antagonismo na Terra, para lhes servir de prova. Os verdeiros laços de família não são, pois os da consanguinidade, mas os da simpatia e da comunhão de pensamentos que unem os Espíritos antes, durante e após a sua encarnação. De onde se segue que dois seres nascidos de pais diferentes pelo sangue; podem se atrair, se procurar, dar-se bem juntos, enquanto que dois irmãos consanguíneos podem se repetir, como se vê todos os dias; problema moral que só o espiritismo podia resolver pela pluralidade das existências.
Há, pois, duas espécies de famílias: as famílias pelos laços espirituais, e as famílias pelos laços corporais; as primeiras, duráveis, se fortalecem pela depuração, e se perpetuam no mundo dos Espíritos, através de diversas migrações da alma; as segundas, frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e, frequentemente, se dissolvem moralmente, desde a vida atual. Foi isso que Jesus quis fazer compreender em dizendo aos seus discípulos: Eis minha mãe e meus irmãos, quer dizer, minha família pelos laços do Espírito, porque quem quer faça a vontade do meu Pai que está nos céus é meu irmão, minha irmã e minha mãe.

CONCLUSÃO:

Do amor decorrem todas as virtudes. Todos no íntimo essa centelha divina, cabendo-nos fazê-la germinar e desenvolver, ajustando-nos, assim, à lei de amor. Um dia, todos seremos virtuosos e, em consequência, felizes.
     
Comentário de Gilson Melo em 7 outubro 2012 às 11:12

 

MENSAGEM

 

OS OBREIROS DO SENHOR

 

    Atingistes o tempo do cumprimento das coisas anunciado para a transformação da Humanidade; felizes serão aqueles que tiverem trabalhado na seara do Senhor com desinteresse e sem outro móvel senão a caridade! Suas jornadas de trabalho serão pagas ao cêntuplo do que terão esperado. Felizes serão aqueles que terão dito a seus irmãos: "Irmãos, trabalhemos juntos, unamos os nossos esforços, a fim de o Senhor encontre a obra pronta à sua chegada", porque o Senhor lhes dirá: "Vinde a mim, vós que sois bons servidores, que calastes os vossos ciúmes e as vossas discórdias para não deixar a obra prejudicada!" Mas ai daqueles que, por suas dissenções, terão retardado a hora da colheita, porque a tempestade virá e serão carregados no turbilhão! Eles gritarão; "Graça! graça!" Mas o Senhor lhes dirá: Por que pedis graça, vós que não tivestes piedade de vossos irmãos, e que recusastes lhe estender a mão, vós que pedis graça, vós que esmagastes o fraco em lugar de o sustentar? Já recebestes a vossa recompensa, tal como a pretendestes; não peçais mais: as recompensas celestes são para aqueles que não terão pedido as recompensas da Terra."

 

    Deus faz neste momento o recenseamento dos seus servidores fiéis, e marcou com o seu dedo aqueles que não têm senão a aparência do devotamento, a fim de que não usurpem mais o salário dos servidores corajosos, porque é àqueles que não recuarem de suas tarefas que vai confiar os postos mais difíceis na grande obra de regeneração pelo Espiritismo, e estas palavras se cumprirão: "Os primeiros serão os últimos no reino dos Céus.

 

CONCLUSÃO

 

   Antes de atribuir a alguém uma falta, vejamos se a mesma censura não nos pode ser feita. Antes de julgar alguém com severidade, procuraremos ser tão indulgentes para com ele quanto o seríamos para conosco.

 

    Paz e Luz em suas Vidas!

Comentário de Gilson Melo em 6 outubro 2012 às 9:50

MENSAGEM

 

ESQUECIMENTO DO PASSADO

 

   É em vão que se objeta o esquecimento como um obstáculo no sentido de que se possa aproveitar a experiência das existências anteriores. Se Deus julgou conveniente lançar um véu sobre o passado, é porque isso devia ser útil. Com efeito, essa lembrança teria graves inconvenientes; poderia, em certos casos, nos humilhar estranhamente, ou exaltar o nosso orgulho, e, por isso mesmo, entravar o nosso livre arbitro; em todos os casos, traria uma pertubação inevitável nas relações sociais. 

 

    O Espírito renasce, frequentemente, no mesmo meio em que viveu, e se acha em relação com as mesmas pessoas, a fim de reparar o mal que lhe fez. Se reconhecesse nelas as que odiou, talvez seu ódio se revelasse; em todos os casos, seria humilhado diante dos que houvesse ofendido. 

    Deus nos deu, para nosso adiantamento, justamente o que nos é necessário e pode nos bastar: a voz da consciência e nossas tendências instintivas, e nos tira o que poderia nos prejudicar.

    Ao nascer, o homem traz, o que adquirir; nasce como se fez; cada existência é para ele um novo ponto de partida. Pouco lhe importa saber o que foi; ele é punido porque fez o mal e suas tendências más atuais são indício do que resta nela a corrigir, sendo nisso que deve concentrar sua atenção, por que do que está completamente corrigido não lhe resta nenhum traço. As boas resoluções que tomou são a voz da consciência que o adverte do que é bem ou mal, e lhe dá a força para resistir às más tentações.

   De resto, esse esquecimento não ocorre senão durante a vida corporal. Reentrando na vida espiritual, o Espírito retoma as lembranças do passado; isso não é , pois, senão uma interrupção momentânea, como a que ocorre na vida terrestre durante o sono, e que não impede de lembrar no dia seguinte o que se fez na véspera e nos dias precedentes.

   Não é apenas depois da morte que o Espírito recobra as lembranças do passado; pode-se dizer que não as perde jamais, porque a experiência prova que na encarnação, durante o sono o corpo, quando goza de uma certa liberdade, o Espírito tem consciência de seus atos anteriores; ele sabe porque sofre, e que sofre justamente; a lembrança não se apaga senão durante a vida exterior de relação. Mas, à falta de uma lembrança precisa, que poderia lhe ser penosa e prejudicar suas relações sociais, ele haure novas forças nesses instantes de emancipação da alma, se sabe aproveita-los.

 

CONCLUSÃO

 

    Na pratica do perdão, o maior beneficiado é quem perdoa, pois este obtém as bençãos de Deus e restabelece a sua paz interior, através da harmonia com o próximo.

 

   Paz e Luz na vidas de todas!

 

Comentário de Gilson Melo em 5 outubro 2012 às 10:49

MENSAGEM

 

O JUGO LEVE

 

   Vinde a mim, todos vós que sofreis e que estais sobrecarregados e eu vos aliviarei: Tomai meu jugo sobre vós, e aprendei de mim que sou brando e humilde de coração, e encontrais o repouso de vossas almas; porque meu jugo é suave e meu fardo é leve.

    Todos os sofrimentos: misérias, decepções, dores físicas, perda de seres queridos, encontram sua consolação na fé no futuro, na confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Sobre aquele, o contrário, que não espera nada depois desta vida, ou que duvida simplesmente, as aflições se abatem com todo seu peso, e nenhuma esperança vem suavizar-lhe a amargura. Eis o que levou Jesus a dizer: "Vinde a mim, todos vós que estais fatigados e eu vos aliviarei".

    Entretanto, Jesus coloca uma condição à sua assistência e à felicidade que promete aos aflitos; essa condição está na lei que ensina; seu jugo é suave, uma vez que impõem por dever o amor e a caridade.

 

CONCLUSÃO

 

     O esquecimento do passado, ao invés de castigo, é dádiva celeste, pois, através dele, ocultamos aos outros e a nós mesmos os erros cometidos. Porém, a voz da consciência não deixa de nos apontar as más tendências, advertindo-nos de que é preciso corrigi-las.

 

Paz e Luz fraternas em suas Vidas.

 

 

 

Comentário de Gilson Melo em 4 outubro 2012 às 9:32

MENSAGEM

 

CORAGEM DE FÉ

 

    Todo aquele que em confessar e me reconhecer diante dos homens, eu o reconhecerei e confessarei também, eu mesmo diante do meu Pai que está nos céus; e todo aquele que me renegar diante dos homens, eu o renegarei também, eu mesmo, diante do meu Pai que está nos céus.

    

    Se alguém se envergonha de mim e das minhas palavras, o Filho do homem se envergonhará também dele, quando vier em sua glória e na de seu Pai dos santos anjos.

 

     A coragem da opinião sempre foi considerada entre os homens porque há mérito em afrontar os perigos, as perseguições, e mesmos os simples sarcasmos, aos quais se expõe, quase sempre, aquele que não teme confessar claramente idéias que não são as de todo o mundo. Aqui, como  em tudo, o mérito está em razão das circunstâncias e da importância do resultado. Há sempre fraqueza em recuar diante das consequências da opinião e em renegá-la, mas há casos de uma covardia tão grande quanto a fugir no momento do combate.

 

     Jesus assinala essa covardia, do ponto de vista especial da sua doutrina, dizendo que se alguém se envergonha das suas palavras, ele se se envergonhará também dele; que renegará aquele que tiver o renegado; que aquele que o confessar diante dos homens, o reconhecerá diante do seu Pai que está nos céus; em outros termos: aqueles que tiverem medo de se confessarem discípulos da verdade. perderão o benefício de sua fé, porque é uma fé egoísta, que guardam para si mesmos, mas que escondem com medo que lhes cause prejuízo neste mundo, enquanto que, colocando a verdadeira acima de seus interesses materiais, aqueles que a proclamam abertamente, trabalham ao mesmo tempo para o seu futuro e o dos outros.

 

    Assim o será com os adeptos do Espiritismo, uma vez que a sua doutrina, não sendo outra senão o desenvolvimento e a aplicação da do Evangelho, é a eles também que se dirigem as palavras do Cristo. Semeiam na Terra o que colherão na vida espiritual; lá, colherão os frutos de sua coragem ou de sua fraqueza.

 

CONCLUSÃO:

 

     A vida nos foi outorgado por Deus, a quem, exclusivamente, compete tirá-la, quando lhe prouver. Não nos é lícito abreviar a vida de quem quer que seja, sob qualquer pretexto. Um reflexão, na última fração de segundo da vida que resta ao moribundo, pode evitar-lhe séculos de sofrimento, após morte.

 

Abraços Fraternos para Todos!

Comentário de Gilson Melo em 3 outubro 2012 às 9:32

MENSAGEM

 

OBEDIÊNCIA E RESIGNAÇÃO

 

    A Doutrina de Jesus ensina, em toda parte, a obediência e a resignação, duas virtudes companheiras da doçura, embora os homens as confundam erradamente com a negação do sentimento e da vontade. A obediência é o consentimento da razão a resignação é o consentimento do coração; ambas são as forças ativas porque carregam o fardo das provas que a revolta insensata deixa cair. O frouxo não pode ser resignado, assim como o orgulhoso e o egoísta não podem ser obedientes. Jesus foi a encarnação destas virtudes desprezadas pela antiguidade material. Ele veio no momento em que a sociedade romana parecia nos desfalecimentos da corrupção; veio fazer luzir, no seio da Humanidade abatida, os triunfos do sacrifício e da renuncia carnal.

 

   Cada época esta, assim, marcada com o selo da virtude ou do vício que a deve salvar ou perder. A virtude da vossa geração é a atividade intelectual; seu vício é a indiferença moral. Eu digo somente atividade porque o gênio se eleva de repente e descobre sozinho os horizontes que a multidão não verá senão depois dele, ao passo que a atividade é a reunião dos esforços de todos para atingir um fim menos grandioso, mas que prova a elevação intelectual de uma época. Submetei-vos ao impulso que viemos dar aos vossos espíritos; obedecei à grande lei do progresso, que é a palavra da vossa geração. Ai do espírito preguiçoso, daquele que fecha seu entendimento! infeliz! porque nós que somos os guias da Humanidade em marcha, o atingiremos com o chicote, e forçaremos sua vontade rebelde no duplo esforço do freio e da espora; toda resistência orgulhosa deverá ceder, cedo ou tarde; mas bem-aventurados os que são brandos, porque prestarão dócil ouvido aos ensinamentos.

 

CONCLUSÃO:

 

    Perdoemos sempre, para que Deus nos perdoe, pois o rigor que usamos para com o próximo será igualmente usado para conosco.

 

Paz, Luz e sabedoria para todos!

 

 

Membros (512)

 
 
 

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se…

Reflexões sobre ações e críticas

            Você já se perguntou o que é a verdade? Jesus ao ser indagado por P Pilatos, na descrição do Evangelho segundo João, capítulo XVIII, respondeu com o maior silêncio que a humanidade já ouviu. Tenho me perguntado por que Ele adotou tal postura?   

            Neste…

Últimas atividades

Nelson de Oliveira curtiram o perfil de sandra cristina alves de araujo
14 horas atrás
Nelson de Oliveira curtiram o perfil de PATRIZIA GARDONA
14 horas atrás
Nelson de Oliveira curtiram o perfil de Ori Pombal Franco
14 horas atrás
Ícone do perfilLuciana Mara dos Santos, Fatima regina e Edna Luiza Chaves entraram em RAE
ontem
Valcimar da Silveira postou um evento
Miniatura

III CONFERÊNCIA ESPÍRITA CATARINENSE em Centro de Eventos Brand

4 outubro 2019 às 18 a 6 outubro 2019 às 12
III Conferência Espírita Catarinense Espiritismo: um olhar para o futuroPeríodo: dias 04, 05 e 06 de OutubroLocal: Centro de Eventos Brand - R. Fúlvio Aducci, 757A - Estreito, Florianópolis - SCExpositores:ANA GUIMARÃESANETE GUIMARÃESHAROLDO DUTRA DIAS (Abertura dia 04)SIMÃO PEDROJORGE ELARRATSIDNEY LOURENÇOARTHUR VALADARESMais informações em …Ver mais...
ontem
Ori Pombal Franco curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Conceição Valadares curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Raquel Eilert curtiu a postagem no blog SABER SOFRER - Richard Simonetti ::: de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Raquel Eilert curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog CUIDADO COM A OVER-DOSE! “VIVER É MELHOR QUE SONHAR" de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Entrevista 27 agosto 2019 Aspectos Espiritas da Dependência Quimica https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2389351081304967&set=a.1876084972631583&type=3&theater"
sábado
Ina Maria A. S.Lima curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Ina Maria A. S.Lima curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Shirley Cristiane Amaral curtiram a discussão MÉDIUNS E MEDIUNIDADE de Amigo Espírita
sexta-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O IDEAL DE CADA UM - André Luiz de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Luiz Otavio Lemos Bastos curtiram a discussão Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas? de Wellington Balbo
sexta-feira
Michel Jean Quete curtiu a postagem no blog Vigoroso convite! – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
sexta-feira
Michel Jean Quete curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Michel Jean Quete curtiu a postagem no blog TRANSIÇÃO PLANETÁRIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

CHICO XAVIER FALOU DA IMPORTÂNCIA DE AJUNTARMOS TESOUROS DA ALMA

"Sobre a Terra, tudo é ilusão, tudo passa, tudo se transforma de um instante para outro. O que conta é o que guardamos dentro de nós; tudo mais há de ficar com o corpo, que se desfará em pó... Não vale a pena tanta luta por nada! Precisamos crescer interiormente, adquirir valores que sejamos eternos... Uma simples célula cancerígena que nos apareça no corpo joga tudo no chão. Vamos partir para o Além com os tesouros da alma. Como é que haveremos de nos apresentar aos que nos endossaram a…Ver mais...
sexta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento "Equilíbrio do Corpo e da Alma", com Dalva Silva Souza de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço