"Em suma, a cólera não exclui certas qualidades do coração, mas impede de fazer muito bem e pode levar à prática de muito mal. Isto deve ser suficiente para induzir o homem a esforçar-se para dominá-la. O espírita é concitado a isso ainda por outro motivo: o de que a cólera é contrária à caridade e à humildade cristãs. "

(Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiri­tismo. Capítulo IX. Bem-aventurados os Bran­dos e Pacíficos. A Cólera.)

 

- O que é o ódio?

O ódio é uma manifestação dos mais primitivos sentimentos do homem animal, que ainda guarda no espírito em evolução os resquícios do instinto de conservação, sob as formas de defesa, de amor-próprio.

 

- Quais os vários modos pelos quais o ódio se manifesta em nós?

Desde os aspectos mais sutis, dissimulado na hipocrisia social e nas formas de antipatias, aos atos mais cruéis e brutais de violência.

 

- Como o ódio se apresenta dentro de nós?

Como um sentimento, uma emoção incontida, um impulso que, ao nos dominar, expressamos através de palavras ofensivas, quando contraímos o coração, cerramos os maxilares, fechamos os punhos e soltamos faíscas vibratórias de baixo padrão, sintonizados com as entidades malévolas, que assim podem nos envolver, instigando-nos até ao crime.

 

- E até que limites pode o ódio nos levar?

Nesses momentos, podemos ser levados a cometer os atos mais indignos de violência, de agressividade, causando dissensões e até mortes, contraindo, muitas vezes, as mais penosas dívidas em nossa existência.

 

- Quais os motivos que nos levariam a odiar alguém?

Em geral, os ódios são despertados pelas humilhações sofridas, ou quando injustiçados, maltratados, traídos no afeto, na confiança ou quando ofendidos. Encontramos, igualmente, em muitas antipatias indecifráveis que possamos sentir por alguém, os ódios recônditos de outras existências, quase sempre frutos de nossas paixões.

 

- As manifestações de ódio são sempre instiladas pelos espíritos inferiores?

Podemos realmente deixar campo aberto para as infiltrações das entidades maldosas, que estão quase sempre à espreita para nos levar aos cometimentos do ódio. Entretanto, esses auxiliares que nos ajudam no nosso fortalecimento no bem, pelos testes que nos proporcionam, só conseguem nos atingir quando descemos aos níveis vibratórios ao alcance deles. Está, realmente, em cada um de nós, as origens das manifestações de ódio.

 

- Quais os sentimentos decorrentes do ódio?

Junto ao ódio encontramos o rancor, que é a permanência dele, nas promessas feitas a nós mesmos de revide. A vingança é sua decorrência. A agressividade às vezes externa um estado íntimo também decorrente das nossas manifestações de ódio, rancor, de cólera. Invejas, cobiças, ciúmes, inconformações, ressentimentos podem gerar ódios.

 

- É o ódio a ausência de amor?

Amor e ódio são sentimentos opostos. Um pode dar lugar ao outro em frações de segundos, dentro de nossas reações íntimas. Muitos ódios refletem expressões de um amor ainda possessivo, em criaturas que foram preteridas nos seus afetos mais profundos. Os arrependimentos copiosos por males antes nutridos em ódios distantes são os primeiros lampejos de um amor despertado, fazendo finalmente vibrar as fibras sensíveis do coração, que assim quebra a casca endurecida que o envolve. Aquele que odeia está a reclamar direitos. Aquele que ama dá de si sem esperar recompensa.

 

- Como podemos combater o ódio?

Perdoando aos que nos ofendem. E o nosso Divino Mestre já nos deu a fórmula: "não apenas sete vezes, mas setenta vezes sete", ou seja, infinita e plenamente.

 

- O que fazer quando o ódio nos invade a alma?

O primeiro passo é segurá-lo de todos os modos, não deixá-lo expor-se à vontade. Calemos a boca, contemos até dez ou até cem, caso seja preciso. Logo em seguida, procuremos um local onde possamos nos recolher: aí iremos nos acalmando e mentalmente trabalharemos para serenar nosso ânimo exaltado. Então, dominá-la. O espírita é concitado a isso ainda por outro motivo: o de que a cólera é contrária à caridade e à humildade cristãs. " Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Capítulo IX. Bem-aventurados os Brandos e Pacíficos. A Cólera.)

 

Tomemos uma página esclarecedora de um livro ao nosso dispor e meditemos recorrendo ao Amigo Protetor. Não demorará muito e já nos reequilibraremos, vendo a fogueira que conseguimos ultrapassar.

 

Postado por Carol

Comunidade Espírita

Reforma Intima

Exibições: 5001

Respostas a este tópico

Gilda, nos e que agradecemos sua participação sempre ativa,

Abraços Fraternos,

MUITO BOM. PARABÉNS

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Raul Barroquelo respondeu à discussão Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei) de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
1 hora atrás
Codificador do Paracleto compartilhou o post do blog deles em Facebook
3 horas atrás
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog A fé racional da vida além da tumba é o melhor preservativo do suicídio (Jorge Hessen) de Codificador do Paracleto
3 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Entre a Terra e o Céu" #16 - Cap 19 “Dor e surpresa” - Mauro Guimarães https://t.co/a5z7uZWeCa
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Almari Airton Della Santa e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
4 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Porque não temos notícias dos nossos parentes que partiram? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
4 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O maior conselho de Chico Xavier de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
4 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"DISSERTAÇÕES DE ALÉM-TÚMULO.": https://t.co/xi8uosNYhF
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
5 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"ORAÇÃO NOSSA - Chico Xavier" : https://t.co/Pzv6ZzG9WL
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
sandra cristina alves de araujo curtiu a postagem no blog PERDÃO E LIBERDADE - pelo espírito Emmanuel de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
9 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"PERDÃO E LIBERDADE - pelo espírito Emmanuel" : https://t.co/RJYS09Bgrs
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"A fé racional da vida além da tumba é o melhor preservativo do suicídio (Jorge Hessen)": https://t.co/U41s0outs7
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por Codificador do Paracleto
11 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
“O ESPÍRITO SABE O DIA QUE VAI DESENCARNAR?": https://t.co/HwgpsoR0Ar
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Codificador do Paracleto comentou a postagem no blog Internet , redes sociais e os pseudomédiuns , ambiciosos e mistificadores (Jorge Hessen) de os pae
13 horas atrás
Codificador do Paracleto comentou a postagem no blog Internet , redes sociais e os pseudomédiuns , ambiciosos e mistificadores (Jorge Hessen) de os pae
14 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Cegos do Espírito" : https://t.co/axFxoUyKnG
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
14 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Lacordaire, em "O Evangelho Segundo O Espiritismo". Siga também no Instagram: https://t.co/oikqWLvBk0 #raetvhttps://t.co/xF5ZD39AUh
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço