Sem dúvida, não há maior desafio para o homem, na Terra, que o de sua própria renovação.

 

Não é fácil a vivência evangélica no cotidiano. Muito difícil deixar de ser o homem velho; difícil, porquanto o homem velho simboliza hábitos cultivados ao  longo de muitos séculos; difícil, porque o homem velho representa o peso do pretérito sobre o presente...

 

No entanto é indispensável que o sincero adepto do Evangelho nas bênçãos da Doutrina Espírita persevere no seu esforço de transformação moral.  A Vitória de cada dia representa muito para a vitória definitiva que procuramos ao longo do tempo.

 

A abnegação de cada instante, o devotamento de cada minuto começa a modificar o homem em sua intimidade nas dimensões mais profundas do ser. Os que cruzam os braços permanecerão indefinidamente estacionados... É imperioso que o homem trabalhe, a cada dia, conquistando espaços dentro de si mesmo, acendendo luzes no escuro da própria personalidade, abrindo clareiras na floresta quase indevassável de  suas imperfeições e mazelas.

 

O testemunho diário é extremamente penoso; reconhecemos que perdoar é tarefa para aqueles que já conseguem ser maiores do que são; renúncia é empreendimento de titãs do espírito; servir é decisão dos que lograram despertar para as realidades transcendentes da Vida!...

 

É importante que o homem saia do lugar comum; é preciso que fuja ao círculo vicioso em que se encadeia ao longo das vidas sucessivas; é indispensável que, de maneira consciente, o homem se decida, se emprenhe na sua própria edificação espiritual, se liberte do mundo e das circunstâncias que o escravizam ao imediatismo, fuja às sugestões do interesse material, quebre as algemas do egoísmo que o encarceram na busca insaciável do que lhe é de interesse exclusivo...

 

Sem que o homem inicie esse movimento de autolibertação, a partir de suas próprias entranhas, ele permanecerá vassalo dos próprios sentidos, algoz dos próprios anseios de ordem inferior a  se lhe transfigurarem em pesadelos constantes...

 

Que o homem pare de correr, afrouxe o pé no acelerador do carro da ambição desmedida e introjete-se, palmo a palmo, conhecendo-se melhor, sempre inspirado nas indeléveis palavras do Cristo: “Brilhe a vossa luz; sede perfeitos como perfeito é vosso Pai celestial; conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”...

 

Difícil a vitória sobre si mesmo, penosa é a luta, árdua é a subida, repleta de espinhos a caminhada; no entanto, a partir do momento em que o  homem tomar consciência de que é o arquiteto de sua própria felicidade, o construtor do destino, experimentará n’alma a alegria indelével dos grandes mártires e luminares que tomavam sobre os ombros a cruz e partiram determinados, monte acima!...

 

18 de abril de 2012

Irmão José

Extraído do livro: Mediunidade, Corpo e Alma.

Médium: Carlos A. Baccelli

Exibições: 395

Respostas a este tópico

Obrigada,pela mensagem que nos dar mais uma vitória.

Gilda, esse e o nosso grande desafios, praticas de rebovação continuada,

Abraços Fraternos,

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Edson Luís da Silva Macedo curtiram a página Regras de Publicação de Amigo Espírita
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"QUARENTENA. MORTE. SENTIDO DA VIDA.  Quem decidiu sobre nossa existência, sobre o seu valor? Qual o sentido do Universo e da existência humana? Que é o homem? O fato de ser portador de um diploma, de conhecimentos, leva o…"
ontem
Ícone do perfilAurora, Marco Túlio Brito e Eliana entraram em RAE
sábado
Ariel Ale Anjo curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Prêmio Nobel de Química diz que medidas de isolamento podem ter custado mais vidas do que salvo.  http://www.youtube.com/watch?v=0KfxOFsWwOk"
sexta-feira
Antonio Carlos G. Sarmento curtiram o perfil de Monica lucio
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Com precaução ninguém morre antes da hora. (1) A autópsia das pessoas que morreram em conexão com o coronavírus tinham pelo menos uma doença anterior. Todos eles teriam morrido no decorrer deste ano.…"
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
quinta-feira
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
quarta-feira
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço