Informação

Temas Espíritas

Grupo destinado a publicação de estudos espiritas de diversos temas.

Membros: 137
Última atividade: 10 Abr

Fórum de discussão

CARTA DE NATAL.

Iniciado por cleunicerezende. Última resposta de Nadia Rosangela 19 Dez, 2013. 1 Resposta

Discurso de Allan Kardec

Iniciado por cleunicerezende 8 Set, 2013. 0 Respostas

PERISPÍRITO

Iniciado por Amigo Espírita 23 Maio, 2013. 0 Respostas

Fora da caridade não há salvação

Iniciado por maria rosa mina 22 Abr, 2013. 0 Respostas

O SERMÃO DA MONTANHA

Iniciado por maria rosa mina. Última resposta de Ana Lucia F. Ribeiro da Silva 24 Abr, 2013. 2 Respostas

A última Ceia

Iniciado por Amigo Espírita. Última resposta de Antonio Carlos Tronco 4 Abr, 2013. 1 Resposta

A prece merece dedicação pelos resultados que oferece

Iniciado por maria rosa mina. Última resposta de Ana Lucia F. Ribeiro da Silva 24 Abr, 2013. 2 Respostas

A Terra

Iniciado por Ubirajara de Araujo Curcino. Última resposta de Joniceia Paranhos do Amaral 3 Abr, 2013. 1 Resposta

O Céu

Iniciado por Ubirajara de Araujo Curcino. Última resposta de Joniceia Paranhos do Amaral 3 Abr, 2013. 1 Resposta

A Força e a Matéria

Iniciado por Ubirajara de Araujo Curcino 14 Mar, 2013. 0 Respostas

Morte e significado

Iniciado por Amigo Espírita 31 Jan, 2013. 0 Respostas

DESENCARNAÇÕES COLETIVAS (por Emmanuel)

Iniciado por Amigo Espírita. Última resposta de Regina Rodrigues 2 Fev, 2013. 6 Respostas

O Espiritismo e os vários "fins do mundo"

Iniciado por Artur Felipe de Azevedo Ferreira 24 Jan, 2013. 0 Respostas

Kardec e o Conselho de Erasto.

Iniciado por cleunicerezende 23 Jan, 2013. 0 Respostas

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Temas Espíritas para adicionar comentários!

Comentário de Lilian Beatriz Valtuille Eichler em 1 julho 2013 às 23:50

Gostaria de saber mais sobre depois do desencarne para os espíritos que não aceitam sua passagem? Indique me alguns livros sobre este assunto preciso ajudar uma pessoa.

Comentário de Joniceia Paranhos do Amaral em 21 janeiro 2013 às 12:21

Feliz por tantas oportunidades. ☺♥...Luz de Jesus!!! p/ todos. Joniceia e familia.

Comentário de Ubirajara de Araujo Curcino em 8 janeiro 2013 às 18:19

Pegue um sorriso e doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol e faça-o voar lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte e faça banhar-se quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima e ponha-a no rosto de quem jamais chorou.
Pegue a coragem e ponha-a no ânimo de quem não sabe lutar.
Descubra a vida e narre-a a quem não sabe entendê-la.
Pegue a esperança e viva na sua luz.
Pegue a bondade e doe-a a quem não sabe doar.
Descubra o amor e faça-o conhecer ao mundo"
Mahatma Gandhi

Comentário de Ubirajara de Araujo Curcino em 7 janeiro 2013 às 19:59

O Incrédulo.

(Pela Sra. L...)

Vossa doutrina é bela e santa; a primeira baliza está plantada, e solidamente plantada. Agora

não tendes mais que caminhar; o caminho que vos está aberto é grande e majestoso. Feliz

será aquele que chegar ao porto; quanto mais houver feito prosélitos, mais isso lhe será

contado. Mas, para isso, não é necessário abraçar a doutrina friamente; é preciso nela

colocar o ardor, e esse ardor será dobrado, porque Deus está sempre convosco quando fazeis

o bem. Todos aqueles que conduzirdes, serão igualmente ovelhas reentradas no aprisco;

pobres ovelhas meio extraviadas! Crede bem que o mais cético, o mais ateu, o mais

incrédulo, enfim, tem sempre um pequeno canto, no coração, que gostaria de esconder a si

mesmo. Pois bem! É esse pequeno canto que é necessário procurar, que é preciso encontrar,

é esse canto vulnerável que é necessário atacar; é uma pequena brecha deixada aberta

propositadamente por Deus para facilitar, à sua criatura, o meio de reentrar no seu seio.

São Bento.

 

(Revista Espírita – 1860)

 

 

Comentário de Ubirajara de Araujo Curcino em 7 janeiro 2013 às 19:59

O Espiritismo.

(Sociedade, 8 de fevereiro de 1860 Méd Sra. M )

O Espiritismo está chamado a esclarecer o mundo, mas lhe é necessário um certo tempo para

progredir. Ele existiu desde a criação, mas não foi conhecido senão por poucas pessoas,

porque a massa, em geral, pouco se ocupa em meditar sobre as questões Espíritas. Hoje,

com a ajuda desta pura doutrina, far-se-á uma luz nova. Deus, que não quer deixar a

criatura na ignorância, permite aos Espíritos elevados virem em nossa ajuda, para

contrabalançar o Espírito das trevas que tende a envolver o mundo; o orgulho humano

obscurece o julgamento, e faz cometer muitas faltas neste mundo; são necessários Espíritos

simples e dóceis para comunicar a luz e atenuar todos os nossos males. Coragem! Persisti

nesta obra, que é agradável a Deus, porque ela é útil para sua maior glória, e dela resultarão

grandes bens para a salvação das almas.

FRANÇOIS DE SALES

 

(Revista Espírita – 1860)

 

Comentário de Ubirajara de Araujo Curcino em 7 janeiro 2013 às 19:58

A imortalidade.

(Sociedade, 8 de fevereiro de 1860. Méd. Srta. Huet.)

Como um homem, e um homem inteligente, pode não crer na imortalidade da alma, e, por

conseqüência, numa vida futura que não é senão o Espiritismo? Em que se tornaria esse

amor imenso que a mãe dirige ao seu filho, esses cuidados com os quais o cerca em sua

jovem idade, essa solicitude esclarecida que o pai dirige à educação desse ser bem-amado?

Tudo isso seria, pois, aniquilado no momento da morte ou da separação? Portanto, seríamos

semelhantes aos animais, cujo instinto é admirável, sem dúvida, mas que não cuidam de sua

progênie com ternura senão até o momento que ela cessa de ter necessidade dos cuidados

materiais? Chegado esse momento, os pais abandonam seus filhos, tudo está acabado: o

corpo está criado, a alma não existe; mas o homem não teria uma alma, uma alma imortal! E

o gênio sublime, que não se pode compará-lo senão a Deus, tanto que dele emana, esse

gênio que cria prodígios, que cria obras-primas, tudo isso se aniquilaria com a morte do

homem! Profanação! Não podem se aniquilar assim as partes que vêm de Deus. Um Rafael,

um Newton, um Michelângelo, e tantos outros gênios sublimes, abraçam ainda o Universo

com seu Espírito, embora seus corpos não mais existam; nisso não vos enganeis; eles vivem

e viverão eternamente. Quanto a se comunicarem convosco, isto é mais fácil de ser admitido

pela generalidade dos homens; não é senão pelo estudo e a observação que podem adquirir a

certeza de que isso é possível.

FÉNELON

(Revista Espírita – 1860)

 

Comentário de Ubirajara de Araujo Curcino em 7 janeiro 2013 às 19:57

Amor e Liberdade.

(Sociedade, 27 de janeiro de 1860. Méd. Sr. Roze.)

Deus é amor e liberdade; é pelo amor e pela liberdade que o Espírito se aproxima dele. Pelo

amor ele se cria, em cada existência, novas relações que se aproximam da unidade; pela

liberdade escolhe o bem que o aproxima de Deus. Sede ardentes em propagar a nova fé; que

o santo ardor que vos anima jamais vos faça atingir a liberdade de outrem. Evitai, por uma

insistência muito grande junto da incredulidade orgulhosa e temível, de exacerbar uma

resistência meio vencida e quase a se render. O reino do constrangimento e da opressão

acabou; o da razão, da liberdade e do amor fraterno começa. Não será mais pelo medo e a

força que os poderosos da Terra adquirirão o direito de dirigir os interesses morais,

espirituais e físicos dos povos, mas pelo amor e a liberdade.

ABEILLARD

(Revista Espírita – 1860)

 

 

Membros (137)

 
 
 

COLABORE

Parceiros

TWITTER AMIGO

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Siga-nos

Artigos

O PORÃO INTERIOR

É comum termos receio de descer até o porão de nossa consciência, porque lá vamos nos deparar com muitos espelhos a refletir as nossas imagens – Sim, nossas imagens!

 

A verdade é…

PENSAMENTO E EVOLUÇÃO ESPIRITUAL (por Michele Ribeiro de Melo)

        A mediunidade é um fenômeno natural, próprio do ser humano, é a faculdade que permite aos encarnados entrar em contato com o Plano Espiritual. 

        O codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec, ensinou-nos que todos somos…

© 2014   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço