A qualquer observador atento salta aos olhos a enorme quantidade de aspectos de nosso mundo de expiação e provas que precisarão ser objeto de uma forte ação de regeneração abrangendo inúmeros campos específicos.

 

O comércio entre os países, a organização da produção, consumo, distribuição da riqueza e dos serviços públicos, a política, os sistemas de solidariedade, as relações com a natureza, as relações humanas, a ciência, os esportes, a arte, a educação, a saúde, a segurança pública, a justiça, não há aspecto da vida humana que não esteja carecendo de uma cuidadosa e profunda reestruturação. Em todos os campos é possível perceber que o aprofundamento do conhecimento sobre os poderes da mente e do espírito; da conexão entre os campos de conhecimento e de atuação; a superação da lógica econômica e política de dominação e imediatismo, expressões do egoísmo que domina a vida planetária; a informação de qualidade; o compromisso com o bem estar de tudo o que existe e que existirá; a estruturação do poder de acordo com o efetivo mérito, a ética e o serviço prestado produzirão em países, instituições e pessoas uma verdadeira revolução moral que terá como eixo inequívoco o Evangelho do Cristo.

Assim disseminada a ética mais pura por toda a atividade humana, restará à religião um novo papel. Distanciadas da atual guerra política, econômica e de mercado que embriaga os religiosos por todos os quadrantes, as organizações religiosas desenvolverão uma capacidade jamais vista de cooperação e intercâmbio que possibilitará a incorporação em uma organização dos avanços, idéias e práticas desenvolvidos por outros, o que acabará por fazer das religiões apenas adaptações locais de princípios morais tornados universais. Encaixa-se aqui a revelação de Leon Denis que o Espiritismo não será a religião do futuro, e sim o futuro das religiões.

Mas nada haverá de mais revolucionário no Mundo de Regeneração que o homem em regeneração. Nada há de mais aguardado nas criaturas para sua regeneração que sua espiritualização. E, por fim, nada há que expresse mais a espiritualização da criatura humana que a elevação e, acima de tudo, a coerência entre pensamentos, palavras e ações. Ninguém poderá esquecer que a principal denúncia em relação ao comportamento humano feita por Jesus apontou para a hipocrisia dos religiosos, e talvez esteja aí um fundamental ponto de reflexão para todo aspirante à espiritualização e ao mundo de regeneração.

Clarificado, pela doutrina que adotou quanto ao novo conjunto de valores, bem como à individualidade que lhe serve de modelo e guia, o iniciante á transformação essencial percebe o grau extremamente primitivo em que estaciona, a enorme distância que separa o real do ideal e, desanimado pelas dificuldades que separam o não-ser do ser, opta pelo parecer ser. É a hipocrisia.

É claro que todos nós que estudamos e atuamos na senda da autotransformação precisamos ficar alertas. Como não reconhecer suavidades, gentilezas, alegrias que se expressam nos centros religiosos, mas não se suspeita fora desses ambientes? Como não distinguir a permanência da prática de colocar nos ombros dos outros cargas que nem se pensa em carregar? Como não perceber a enorme perspicácia em distinguir pequenos equívocos nas instituições e nos religiosos de outras organizações e não distinguir erros clamorosos praticados nas nossas, tantas vezes por nós mesmos?

Não é à toa que a humildade é a primeira bem-aventurança pregada por Jesus no Sermão da Montanha, maravilhoso roteiro para nossa ascese espiritual. Nada pode mesmo ser acrescentado àquele que está cheio de si. A simplicidade do Mestre que, desafiado com a mulher adúltera, escrevia agachado, a proposição plena de misericórdia que logrou não humilhar nem menosprezar, a autoconsciência de quem se percebe digno de apredrejamento e larga as pedras que iria lançar nos outros são atitudes libertadoras que continuam a nos serem propostas.

Quem de nós, finalmente, aceitará o convite?

Exibições: 1206

Respostas a este tópico

O "iniciante á transformação essencial percebe o grau extremamente primitivo em que estaciona, a enorme distância que separa o real do ideal e, desanimado pelas dificuldades que separam o não-ser do ser, opta pelo parecer ser. É a hipocrisia".

Somos uma raça extremamente predatória e nossa base alimentar é composta em grande parte por animais.

Substituímos os grandes templos religiosos pelos templos do consumo, a ideologia do consumir mais e sempre mais, está destruindo o nosso local de habitação.

A regeneração é urgente, antes que a superfície do planeta não seja mais capaz de fornecer as condições necessárias para que possamos habitá-la com os nossos corpos carnais.

"O Espiritismo não será a religião do futuro, e sim o futuro das religiões".

 

Aceitar o convite é a única atitude lógica e sensata, não há o que discutir quanto a isso. Implementar as ações necessárias para alcançarmos a regeneração é uma tarefa árdua, que requer determinação e muita fé. A espiritualidade superior, sob o amoroso comando de Jesus, está orquestrando todo esse processo. Não estamos em uma nau à deriva. Como já publicado aqui por nossa irmã Rosemary, trechos do Livro sobre a transição do Divaldo deixam claro que espíritos bem mais avançados que nós, provenientes das Plêiades, já se encontram encarnados entre nós para nos ajudar neste processo. Calculando de modo rasteiro, estão entrando na adolescência neste momento. Grandes instrutores e benfeitores da humanidade estão voltando para também colaborar neste processo. Emmanuel é um exemplo explicitamente citado pelo próprio Chico. Ele já estaria hoje com 12 anos. Creio que entre 20 a 30 anos eles começarão a assumir as rédeas desse planeta. Temos de nos preparar para apoiar e ajudar esses benfeitores em suas missões, aprendendo também neste processo.

Nossa maior preocupação imediata está ligada ao nosso próprio comportamento. Em seu post anterior "INTERFERIMOS OU NÃO NA TRANSIÇÃO PLANETÁRIA?" são mencionados os cenários possíveis. Vi a mesma informação em outra fonte, uma entrevista que pode ser lida aqui. Por esse texto, se conseguirmos evitar um conflito global de graves proporções até julho de 2019, nosso planeta terá o passaporte carimbado para ser considerado um mundo de regeneração. Faltam apenas 7 anos meus amigos. Oremos todos para que consigamos chegar ao fim da moratória que Jesus nos concedeu vitoriosos. Oremos muito pelos nossos dirigentes encarnados. Podemos sim interferir na transição, vamos lutar para que seja uma interferência positiva, nos poupando um milênio em que, ao invés de estarmos progredindo, estaríamos nos recuperando. Jesus está fazendo muito por todos nós, mas precisamos fazer a nossa parte.

Abraços a todos.

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

ASSISTA AO VIVO

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Jesus e Humanidade. Os bons são tímidos. Clique nos títulos Sônia Formiga, JESUS e Humanidade   https://juli.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=6853186 FORMIGA, “testemunho de fé…"
1 hora atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Espíritos de Pessoas Vivas: Uma História de Reconciliação de PATRIZIA GARDONA
13 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Evolução da Inteligência. Neuroplasticidade, https://www.facebook.com/groups/1499993836709886/permalink/2747572258618698/"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"  SENADO FEDERAL. Sessão para homenagear Allan Kardec. https://www25.senado.leg.br/web/atividade/notas-taquigraficas/-/not... Então, com a palavra, Haroldo Dutra Dias. Muita honra e alegria passar a palavra para V. Exa.…"
ontem
Ícone do perfilRafael Fernandes Clementino, Veronica M. dos Santos Teixeira, ANTONIO LUCIO DE O. CORREIA e mais 4 pessoas entraram em RAE
ontem
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Questão 124 de "O Livro dos Espíritos" de Marco Túlio Ferreira Silva
"Não o bicho homem, mas todo esse universo. A criação Divina está antes desse universo. O homem, o animal, o tempo, o espaço, a energia, enfim , a matéria é criação da criatura que negou…"
segunda-feira
Euripedes Mariano da Cunha respondeu à discussão Questão 124 de "O Livro dos Espíritos" de Marco Túlio Ferreira Silva
"Se o bicho homem não é criação de Deus, então existe outra Inteligencia superior a Deus que contraria a vontade de Deus e cria por sua conta própria, ou sjea, Deus já não é mais a causa…"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão SUICÍDIOS E TIRANOS DISFARÇADOS de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
"O Ator Carlos Vereza comentou que é preciso deixar de olhar o mundo através de viseiras…"
domingo
Luiz Claudio Macedo de Oliveira curtiu a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
domingo
Luiz Claudio Macedo de Oliveira curtiram o perfil de Nadia Rosangela
domingo
Luiz Claudio Macedo de Oliveira curtiram a página Bate-Papo de Amigo Espírita
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Afastemo-nos, das nossas inibições e aprendamos com o Cristo a “sair para semear”. Fonte Viva, 64. Emmanuel/Chico Xavier http://bibliadocaminho.com/ocaminho/txavieriano/livros/Fv/Fv64.htm"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Nós temos uma missão nesta Terra, nesta vida, temos que cumpri-la e fazer com que esses ensinamentos possam ser cada vez mais divulgados e propagados nas nossas atividades para a nossa sociedade como um todo. Homenageio aqui…"
domingo
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“O que fazer quando não há mais nada a fazer?”, com Dr. Aldeniz Leite em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

26 janeiro 2020 de 9 a 10:15
“O que fazer quando não há mais nada a fazer?”, este será o tema da palestra do psiquiatra, pesquisador e escritor Dr. Aldeniz Leite de São Paulo-SP, no próximo domingo 26 de janeiro de 2020, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Dr. Aldeniz Leite da Silva Júnior nasceu em Belém do Pará, formou-se médico em sua cidade natal e transferiu-se…Ver mais...
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Eusébio, “No Mundo Maior”. André Luiz/Chico Xavier, cap.2. Sejamos instrumentos do bem, acima de expectantes da graça. A tarefa demanda coragem e suprema devoção a Deus. Sem que nos convertamos em luz,…"
sábado
LENICE AGEMIRO SILVEIRA curtiram o evento Estreia no teatro A História Nunca Contada de Allan Kardec, O Cientista do Infinito de Erika Silvira
sábado

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço