Interferimos ou não na transição? pergunta nossa colega Nise, uma questão instigante, portanto uma ótima oportunidade de desafiarmos nossa reflexão.

 

Nas informações repassadas por Marlene Nobre no livro 2012, os dirigentes do sistema solar teriam se reunido por estarem preocupados com os efeitos da conquista espacial e concederam, a instâncias de Jesus, mais cinquenta anos de prazo para que os fatos mais incisivos da transição ocorressem.

Segundo tais informações, há dois cenários possíveis de transição planetária. Uma caso a humanidade opte pela terceira guerra mundial, um conflito atômico, conjuntura que nos traria uma transição longa e dolorosa, posto que carregada de mágoas e culpas - profundas desarmonias em milhões de corpos espirituais trucidados por uma desencarnação violentíssima - ou caso não se opte por tal conflito, quando então a transição se daria de forma rápida e suave. 

Segundo Kardec, no item "Diferentes Categorias de Mundos Habitados", Cap.III de O Evangelho Segundo o Espiritismo, a principal característica que diferencia as diferentes categorias dos mundos é a atitude predominante de seus habitantes. Complementarmente, pode-se facilmente depreender outros fatores a caracterizar a evolução dos mundos pela própria história da terra já levantada pela ciência, a qual atribui uma natureza muito mais agressiva aos primeiros tempos da vida na terra. A geologia do planeta teria, assim, um processo próprio de amadurecimento, conforme ocorre o esfriamento do planeta, a estabilização da atmosfera e do clima e haja a acomodação das placas tectônicas, condizendo totalmente com o desaparecimento da necessidade de humanidades mais adiantadas sofrerem grandes desencarnes coletivos. Pode-se deduzir daí, ao invés da tradicional relação linear de causa e efeito, uma relação dialética de interdeterminação entre o fator humano e o fator geológico que daria "a cada um de acordo com suas necessidades". 

Por fim, há que se remeter toda a análise a Jesus e ao Sermão da Montanha (no capítulo 5 de Mateus), no qual o Mestre nos prepara para sermos pacificadores tendo como terceiro grande aprendizado, logo após a humildade e o bem sofrer, o amansamento, prometendo a todos nós que os que assim o fizerem herdarão a terra. 

Aí estão algumas referências fundamentais à nossa reflexão sobre as relações sobre as nossas atitudes e a transição. Pode-se enxergar estreita relação entre os diferentes cenários de transição, tendo como ponto central a ocorrência ou não de uma guerra nuclear, e a tarefa cristã do amansamento e da pacificaçáo, condição para aqueles que quiserem herdar a terra. Mas outras lições e interpretações são plenamente possíveis. 

Qual é a sua visão?

.

Exibições: 891

Respostas a este tópico

Creio ser óbvia nossa interferência nesta questão, visto que carregamos a psicosfera do planeta com nossas emanações mentais. A Terra é circundada por nossos pensamentos, sentimentos e vibrações. Por um lado, assistimos o crescimento dos conflitos armados, originados por disputas aparentemente étnicas em grande parte do continente africano, com intensa mortandade de sua população. No oriente médio, disfarçado de conflito religioso, assistimos ao genocídio do povo palestino e sob o argumento do combate ao terror, invasões sucessivas dos países produtores do precioso petróleo. O antigo primeiro mundo, Europa e América do Norte, se contorcem sob o peso da violenta crise econômica. 

Mas porque cito estes fatos? 

Para justificar a interferência humana, tanto de governantes que ditam as políticas devastadoras quanto das emanações de ódio, sofrimento e revolta, que certamente interferem nos rumos da transição.

Felizmente, ao lado dos desvarios da perversidade, podemos identificar espíritos dedicados à mudança. São os voluntários da bondade e da esperança, os missionários anônimos, gente comum que se dedica a pequenos atos transformadores, tais como a proteção de crianças, dos desvalidos, dos animais, da natureza, os arautos da transformação. E não só entre os espíritas os encontramos; eles estão espalhados por diversas crenças e até entre nenhuma crença, espalhando rastros de amor e luz na escuridão da violência. Esperamos que a luz vença a escuridão, e que a coerência vença a insensatez. Paz e luz!

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

Amanda Balbino Souza curtiram o perfil de Nadia Rosangela
1 hora atrás
Amanda Balbino Souza curtiram o perfil de Amanda Balbino Souza
1 hora atrás
Amanda Balbino Souza curtiu a postagem no blog Culpa e consciência (Jorge Hessen) de os pae
1 hora atrás
FRANCIELE FINCK compartilhou o post do blog de Liudmila Carla Pinheiro em Facebook
3 horas atrás
FRANCIELE FINCK curtiu a postagem no blog Você sabe o que é:ELEMENTAIS? de Liudmila Carla Pinheiro
3 horas atrás
Douglas Alves Moreira curtiram a discussão FUNÇÃO DO DOUTRINADOR de Amigo Espírita
6 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog ENCONTRAMOS EXPLICAÇÕES de Nilton Cardoso Moreira
9 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Postura Altamente Humanitária – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
9 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog Implicações da culpa (Jorge Hessen) de os pae
20 horas atrás
os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
21 horas atrás
Jacimara Vieira dos Santos curtiram a discussão Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação. de Wellington Balbo
ontem
Jacimara Vieira dos Santos curtiu a postagem no blog O MAU HUMOR MATINAL de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Ori Pombal Franco curtiram o evento “O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco de Carlos Pretti - SCEE
ontem
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

ENCONTRAMOS EXPLICAÇÕES

           É comum para todos os eventos que acontecem em nossa vida querermos achar explicações. É da natureza humana o ato investigativo, pois que todos nós temos anseios de querer saber o motivo pelo qual determinado fato aconteceu, mesmo que o evento tenha sido com outra pessoa.           Existem situações na vida que embora procuremos esclarecimentos a respeito, não…Ver mais...
ontem
os pae curtiu a postagem no blog Implicações da culpa (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Postura Altamente Humanitária – Orson Peter Carrara

Toda cidade tem seu vulto histórico de destaque ou vários, a depender de sua história e origens no tempo. É comum que todos recordemos fatos da infância ou ainda que não tenhamos tido contato direto, até por questão cronológica, mas tenhamos conhecimento das ações e legado deixado por esses homens e mulheres que marcaram época, projetando suas ações no futuro.Vim de…Ver mais...
sexta-feira
O evento de Carlos Pretti - SCEE foi destacado
Miniatura

“O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

22 setembro 2019 de 9 a 10:15
“O Talento Perdido!”, este será o tema da palestra do fotógrafo, pesquisador e orador espírita Rafael Brocco, de Colatina-ES, no próximo domingo 22 de setembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Rafael é um jovem talento da oratória espírita aqui de Colatina. Ele é evangelizador de juventude, estudante e trabalhador na área da…Ver mais...
sexta-feira
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

22 setembro 2019 de 9 a 10:15
“O Talento Perdido!”, este será o tema da palestra do fotógrafo, pesquisador e orador espírita Rafael Brocco, de Colatina-ES, no próximo domingo 22 de setembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Rafael é um jovem talento da oratória espírita aqui de Colatina. Ele é evangelizador de juventude, estudante e trabalhador na área da…Ver mais...
sexta-feira
Posts no blog por os pae

Implicações da culpa (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DFMuitas crianças são induzidas a agir de forma sempre “correta”, conforme o padrão do seu meio ambiente, dos valores éticos, das pressões existentes. Quando a criança é obrigada a fazer as coisas dessa ou daquela maneira, todas as vezes que faz de forma diferente desenvolve a culpa. A…Ver mais...
sexta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço