PSICOGRAFIA DIGITADA - O que você acha sobre isso?

Imaginemos um médium e seu laptop, realizando uma sessão de cartas consoladoras, sem utilizar o velho lápis/caneta e papel. Qual a sua opinião sobre o assunto?

Load Previous Replies
  • para cima

    Goliveira Goncalves

    Amigo, boa noite. Esses posts não são novos, mas resolvi participar mesmo assim.....Creio que precismos educar o nosso olhar para não nos perdermos nesse mar de coisas negativas, correndo o risco de deixar passar um oceano de boas ações. São tantas as pessoas em situação de vulnerabilidade sendo atendidas por voluntários que sequer os conhecem, organizações que tratam de crianças com com câncer sem custo para os familiares, grande número de autistas  sendo inseridos no mercado de trabalho.O mundo mudou e mudou pra melhor.. 

  • para cima

    Valmir Antunes da Silva

    Caro Irmão Marcelo

    Suas colocações têm coerência sob todos os aspectos:

    - Filosofia Espírita: faz uso também da ciência

    - Evolução Tecnológica: sim, tens razão, a psicografia teve início a partir da percepção de sons (batidas como se fossem originadas do que se conheceu - o telégrafo; de movimentos de objetos); do lápis na mão dos médiuns que possuem essa CAPACIDADE. 

    - Dos costumes: desde quando não enviamos mais aquela "cartinha"? Pode-se arriscar dizer que a escrita manual de correspondências e o uso diverso da escrita manual praticamente está em desuso. O que usamos são os computadores, celulares para escrever nossas "cartas" hoje através de mensagens através dos diversos sistemas (e-mails; whatsapp; etc).

    No entanto, há que se tomar cuidado com essa possibilidade. Nem todos somos Médiuns Psicógrafos. 

    Vejo que se faz necessário trazer esse assunto para uma discussão através de pessoas experientes nas questões Espíritas e Tecnológicas, buscando apoio na Espiritualidade e mesmo, se for o caso e por eles aceitos, através dos MENTORES ESPIRITUAIS.

    A Federação Espírita Brasileira - FEB juntamente com as Federações dos Estados, poderia trazer esse tema para discussão, se é que já não está fazendo (não tive conhecimento).

    Parabéns pelo tema e que essa possibilidade, se recomendada pela Espiritualidade, avance para o progresso do Espiritismo.

    Fraternalmente,

    Valmir Antunes da Silva

    Palhoça SC

  • para cima

    NEISE DOS SANTOS MENDES

    Acho muito natural.