REFLEXÃO: DIVÓRCIO E LAR - pelo Espírito Emmanuel

Indubitavelmente o divórcio é compreensível e humano, sempre que o casal se encontre à beira da loucura ou da delinqüência.
Quando alguém se aproxima, reconhecidamente, da segregação no cárcere ou no sanatório especializado em terapias da mente, através de irreflexões com que assinala a própria insegurança, é imperioso se lhe estenda recurso adequado ao reequilíbrio.
Feita a ressalva, e atentos que devemos estar aos princípios de causa e efeito que nos orientam nas engrenagens da vida, é razoável se peça aos cônjuges o máximo esforço para que não venham a interromper os compromissos a que se confiaram no tempo. Para que se atenda a isso é justo anotar que, muitas vezes, o matrimônio, à feição de organismo vivo e atuante, adoece por desídia de uma das partes.
Dois seres, em se unindo no casamento, não estão unicamente chamados ao rendimento possível da família humana e ao progresso das boas obras a que se dediquem, mas também e principalmente - e muito principalmente - ao amparo mútuo.
Considerado o problema na formulação exata, que dizer do homem que, a pretexto de negócio e administração, lutas e questões de natureza superficial, deixasse a mulher sem o apoio afetivo em que se comprometeu com ela ao buscá-la, a fim de que lhe compartilhasse a existência?.
E que pensar da mulher que, sob a desculpa de obrigações religiosas e encargos sociais, votos de amparo a causas públicas e contrariedades da parentela, recusasse o apoio sentimental que deve ao companheiro, desde que se decidiu a partilhar-lhe o caminho?.
Dois corações que se entregam um ao outro, desde que se fundem nas mesmas promessas e realizações recíprocas, passam a responder, de maneira profunda, aos impositivos de causa e efeito, dos quais não podem efetivamente escapar.
Todos sabemos que no equilíbrio emocional, entre os parceiros que se responsabilizam pela organização doméstica, depende invariavelmente a felicidade caseira.
Por isso mesmo, no diálogo a que somos habitualmente impelidos, no intercâmbio com os amigos encarnados na Terra, acerca do relacionamento de que carecemos na sustentação da tranqüilidade de uns para com os outros, divórcio e lar constituem temas que não nos será lícito esquecer.

*
Se te encontras nas ondas pesadas da desarmonia conjugal, evoluindo para o divórcio ou qualquer outra espécie de separação, não menosprezes buscar alguma ilha de silêncio a fim de pensar.
Considera as próprias atitudes e, através de criterioso auto-exame, indague por teu próprio comportamento na área afetiva em que te comprometeste, na garantia da paz e da segurança emotiva da companheira ou do companheiro que elegeste para a jornada humana. E talvez descubras que a causa das perturbações existentes reside em ti mesmo. Feito isso, se trazes a consciência vinculada ao dever, acabarás doando ao coração que espera por teu apoio, a fim de trabalhar e ser feliz, a quota de assistência que se lhe faz naturalmente devida em matéria de alegria e tranqüilidade, amor e compreensão.

Espírito : Emmanuel
Psicografia : Francisco Cândido Xavier
Livro : Na Era do Espírito - Cap. 20

Exibições: 537

Comentar

Você precisa ser um membro de . para adicionar comentários!

Entrar em .

Comentário de Gabriel Mourão em 14 março 2018 às 16:53

Ótimo texto! Ótima reflexão.

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Patricia Teresa curtiu o vídeo de Amigo Espírita
56 minutos atrás
gilda aparecida augusto deu um presente para Margarida Maria Madruga
3 horas atrás
Ana Lima de Souza comentou o grupo Artigos Espíritas de Amigo Espírita
5 horas atrás
Ana Lima de Souza entrou no grupo de Amigo Espírita
5 horas atrás
Ana Lima de Souza comentou a página Sites Parceiros de Amigo Espírita
5 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Convite de Ala Mitchell para "Um milhão de amigos" na RAETV: https://t.co/9XCKThhqeb via @YouTube
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/GJGHxuufW1 de Ala Mitchell para "Um milhão de amigos" na RAETV
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Perdão, remédio Santo - Evangelho na Rede com Elisabete Azevedo: https://t.co/HRmCLxy14m via @YouTube
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilAna Lucia e Maria Helena Lima entraram em .
8 horas atrás
Jaqueline Meire Palma Casado curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Questão de Escolha": https://t.co/WIrrFcT7zb
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"NO CULTO DE DEUS": https://t.co/CebewKH6Oz
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
10 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"História para reflexão: O perdão que liberta" : https://t.co/6mU1eYzMQf
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
12 horas atrás
Ana Rogéria Feitosa de Morais curtiu a postagem no blog CAUSAS PSICOLÓGICAS DAS FUGAS EXISTENCIAIS de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
15 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço