Neste momento de dificuldade que estamos todos passando e que o maior atingido na insegurança é o rico, pois que este além de sentir o pavor eminente da tristeza de deixar a quem ama por ocasião do passamento, também sente e muito, deixar os bens materiais, coisa que o pobre já não se angustia, pois que os bens materiais deste não estão acumulados e sim são utilizados com plenitude. É um momento ímpar e que nos faz refletir tentando encontrar explicações.

            Normalmente as desgraças mais recentes acontecidas em nosso Planeta eram localizadas, pois atingiam determinado país, região, enquanto que outros nada sofriam.

            Veio a gripe H1N1 e não tão devastadora, e os atingidos não tinham uma gravidade tão alta como a pandemia atual, mas mesmo assim os cuidados já naquela época eram semelhantes e ensejava higiene, saneamento básico, asseio e nos era recomendado pelos órgãos de saúde a lavarmos bem as mãos com água e sabão e usar álcool, e as grávidas deveriam utilizar máscaras. Lembram?

            Posteriormente veio a vacina e a higiene foi deixada para segundo plano. Os governantes de lá para cá pouco investiram em saneamento e ainda continuamos com uma população mundial sem água potável, desnutrida e as valetas com dejetos putrificados escorrem por entre as residências dos mais humildes.

            Estamos vulneráveis. O vírus embora tenha chegado ao Brasil por avião, agora não escolhe a quem infectar no Planeta, e ter dinheiro ou plano de saúde não faz muita diferença.

            Na vida sabemos que se não evoluímos na direção do Criador pelo amor, vamos ter que evoluir pela dor. É o que está acontecendo agora coletivamente!

            As pessoas, grande maioria não quer levar para o lado da fé o que está acontecendo, prefere dizer que tudo isso é fruto do acaso, mas sou da minoria que acredita que nada na vida é por acaso. Cada um de nós tem sua história de vivências e somos atingidos proporcionalmente aos nossos resgates, e quando não somos atingidos por desgraças seja coletiva ou individualmente, não é por acaso e sim por merecimento.

            “A cada um será dado segundo suas obras”. Portanto, certamente o sofrimento que estamos passando, um mais do que outros, está dentro do que deixamos de realizar de bom nesta ou em vidas pretéritas.

           Uma coisa é certa: o mundo não será mais o mesmo depois que essa pandemia passar e revelar suas sequelas.

            É momento de reflexão e de ação na melhoria do Planeta. Cada um fazendo sua parte, pois devemos lembrar que esta é a nossa casa de passagem e não temos para onde fugir.

Exibições: 156

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Nilton Cardoso Moreira em 27 maio 2020 às 11:38

Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário.

Comentário de Virgilio Augusto Esteves em 26 maio 2020 às 18:48

Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão VIROSES - Conheça a melhor terapia para vencê-las por Divaldo Franco de Amigo Espírita no grupo Joanna de Ângelis e Divaldo Franco
"“PsicoImunologia”.  Soluções Mágicas e Problemas Psicológicos https://juli.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=7032117"
19 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
19 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Então, chega para lá

Certa feita há muitos anos, conversávamos com uma das grandes figuras femininas do movimento espírita da cidade de São…Ver mais...
ontem
Hilton Cesar respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
"Médiuns somente os são, os que possuem a faculdade de sentir a influência do mundo espiritual, de forma nítida e ostensiva. O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações…"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
segunda-feira
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
segunda-feira
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
sábado
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
sexta-feira
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço