Datas fazem parte das convenções humanas para estabelecer no tempo realizações e acontecimentos, desde os mais simples e particulares, até os mais significativos para toda a Humanidade.

Dia virá em que 18 de abril será reconhecido popularmente como um marco para uma nova Era no planeta Terra, e podemos afirmar isso com segurança absoluta. Senão vejamos.

Mundialmente conhecida é a epopeia de Moisés, libertador do povo hebreu que se encontrava escravizado no Egito, e primeiro legislador no campo da moral. Assim também a de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Se Moisés estabeleceu Leis comportamentais diante de um Deus punitivo, implantando a Primeira Revelação, o Senhor Jesus concentrou as Leis de Moisés e os Profetas na Lei de Amor, marca maior da Segunda Revelação, modificando o ponto de vista no qual nos relacionávamos com o Criador de todas as coisas e com o próximo, justificando as de Moisés na dureza de nossos corações. A partir de então estabeleceu-se a necessidade de moldar-se à essência do amor.

Passado mais de um milênio entre Moisés e Jesus, os Espíritos vinculados ao Planeta já estavam em condições de promover um salto conciencial, e Jesus o possibilitou implantando uma nova filosofia de vida, agora sob a ótica do espírito imortal, que preexiste e sobrevive ao corpo físico.

Educador por excelência, Jesus dosa as informações segundo as condições de então, apresentando-as de acordo com as possibilidades de entendimento, estimulando todos ao raciocínio através das mais diversas parábolas e comparações.

Mas, já se disse que a verdade é fruto do tempo, e mais do que ninguém o Cristo conhece cada uma de suas ovelhas, com suas respectivas limitações temporais. Nesse sentido, sabendo que o espírito necessita de experiências múltiplas para progredir em seu entendimento e moral, Jesus, conhecedor de toda a verdade espiritual planejou para o futuro a Terceira Revelação que, segundo suas próprias palavras, nos haveria de esclarecer sobre todas as coisas, e nos faria lembrar de tudo o que Ele havia dito, quando a condição intelecto-moral estivesse adequada para tal. E isso só seria possível através do mecanismo da reencarnação, o que Ele também ensinou.

Jesus chama a Terceira Revelação de Consolador. E ela seria reconhecida pelo seu conteúdo.

Assim, passados dezoito séculos desde sua vinda, eis que o Senhor convoca um dos mais lúcidos de seus discípulos, para implantar o Consolador na Terra.

Esse discípulo é Hipollyte Leon Denizard Rivail, reconhecido educador francês que sob o pseudônimo de Allan Kardec, através de esforços hercúleos e fazendo uso de toda a sua imensa inteligência e perspicácia, compila e sistematiza as respostas dadas pelos Espíritos Superiores às perguntas dirigidas a eles, em moral irretocável e com a mais absoluta racionalidade, compondo assim O Livro dos Espíritos, cujo lançamento se deu em 18 de abril de 1857.

Essa obra nos apresenta o Consolador prometido por Jesus Cristo, e a partir dela jamais se é o mesmo quando a ela se achega sem preconcepção de qualquer natureza.

Com O Livro dos Espíritos e as obras que a partir dele vem a lume, se acessa tudo o que envolve o Espírito Humano possibilitando a fé racional, portanto, sem dogmas. Acaba as superstições e o Inferno mitológico criado pela e para a consciência culpada.

Mas não é só isso. Com O Livro dos Espíritos nasce a Doutrina Espírita, ou Espiritismo, que reafirma toda a moral exarada no Evangelho de Jesus tirando-O da cruz e instalando-O em nossos corações, induzindo-nos à prática da caridade pura, à benevolência, à indulgência para com as imperfeições alheias e ao perdão.

Com a Doutrina Espírita Jesus está de volta em toda a Sua majestade, Espírito Puro que é, e agora reconhecido como o Governador Espiritual do Planeta Terra que continua cuidando, amorosamente, de Suas ovelhas conduzindo-as ao redil seguro e confortável, o Mundo de Regeneração a que se destina o Planeta. Mas não nos iludamos, é preciso deixarmos de ser lobos, e transformamo-nos em ovelhas, mansas, para experimentarmos e herdarmos o Planeta melhor e isso só será possível se implantarmos em nosso comportamento, em espírito e verdade, as imprescindíveis lições do Mestre de Nazaré.

Salve 18 de abril, o dia em que se comemora a implantação, no Planeta Terra, o Consolador prometido por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Exibições: 819

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Sheila Maria Rangel Marques em 19 abril 2017 às 18:49

E o projeto de Deus segue seu curso.Temos como mestre e guia Jesus o Cristo! Qual o projeto que faliria com direção tão perfeita e amorosa!

Comentário de Sheila Maria Rangel Marques em 19 abril 2017 às 18:49

E o projeto de Deus segue seu curso.Temos como mestre e guia Jesus o Cristo! Qual o projeto que faliria com direção tão perfeita e amorosa!

Comentário de Sheila Maria Rangel Marques em 19 abril 2017 às 18:49

E o projeto de Deus segue seu curso.Temos como mestre e guia Jesus o Cristo! Qual o projeto que faliria com direção tão perfeita e amorosa!

Comentário de Sheila Maria Rangel Marques em 19 abril 2017 às 18:49

E o projeto de Deus segue seu curso.Temos como mestre e guia Jesus o Cristo! Qual o projeto que faliria com direção tão perfeita e amorosa!

Comentário de Sheila Maria Rangel Marques em 19 abril 2017 às 18:49

E o projeto de Deus segue seu curso.Temos como mestre e guia Jesus o Cristo! Qual o projeto que faliria com direção tão perfeita e amorosa!

Comentário de Josue Oliveira em 19 abril 2017 às 16:19

ANTONIO   CARLOS   NAVARRO MEU BOM AMIGO I IRMAO  ASSIM O MUNDO SEJA QUEBRADO AS LEIS QUE NOS ENDICA AS LEIS DO NOSSO DIVINO MESTRE  E O PONTO DE QUE 18 DE ABRIL  SERIA A INAUGURACAO DE O CODIFICADOR QUE NOS AMA I MUITO PELA LINDA HISTORIA ENTRE ASPERAS MAS O LIVRO DOS ESPIRITOS  QUE MUITO NOS ENCINA  PARA SEREMOS FILHOS DO MESMO DEUS QUE NOS DEU A NOSSA FILOSOFIAAAAAAA ABC  PROCUREMOS DAR AS MAOS I SEGUIREMOS O CAMINHO QUE JESUS NOS ENCINOUUUU 

Comentário de wilson jose barbosa em 19 abril 2017 às 12:48
PORQUE ESTÁ CERTEZA, AINDA ESTÁ LONGE DE NOSSAS CONFIRMAÇÕES, NÓS FALTA FÉ. MAIS COM A EVOLUÇÃO DE NOSSOS CONHECIMENTOS ESTAMOS A CAMINHO.
Comentário de WLADKSON CARDOSO FERRAZ em 19 abril 2017 às 10:35

Excelente mensagem que lembra nosso compromisso com a vida em Jesus Cristo.
Só temos a agradecer a espiritualidade superior que trouxe até nós o Espiritismo", mesmo não estando nós preparados para tamanha luz.
obrigado Jesus.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
44 minutos atrás
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
ontem
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Elton Santos da Costa comentou a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
"Gratidao por essa mensagem tão esclarecedora."
terça-feira
jose carlos neofiti curtiu a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
segunda-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
segunda-feira
os pae curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
segunda-feira
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

Não temos para onde fugir

            Neste momento de dificuldade que estamos todos passando e que o maior atingido na insegurança é o rico, pois que…Ver mais...
segunda-feira
Amigo Espírita agora é amigo de WAGNER RICARDO FERNANDES, Val Sousa, Marlene Costa e Tania Maria Fonseca
segunda-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço