A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, óculos e texto

“E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar.” - (Lucas, 5:4)

Este versículo nos leva a meditar nos companheiros de luta que se sentem abandonados na experiência humana.

Inquietante sensação de soledade lhes corta o coração.

Choram de saudade, de dor, renovando as amarguras próprias.

Acreditam que o destino lhes reservou a taça da infinita amargura.

Rememoram, compungidos, os dias da infância, da juventude, das esperanças crestadas nos conflitos do mundo.

No íntimo, experimentam, a cada instante, o vago tropel das reminiscências que lhes dilatam as impressões de vazio.

Entretanto, essas horas amargas pertencem a todas as criaturas mortais.

Se alguém as não viveu em determinada região do caminho, espere a sua oportunidade, porquanto, de modo geral, quase todo Espírito se retira da carne, quando os frios sinais de inverno se multiplicam em torno.

Em surgindo, pois, a tua época de dificuldade, convence-te de que chegaram para tua alma os dias de serviço em “mar alto”, o tempo de procurar os valores justos, sem o incentivo de certas ilusões da experiência material. Se te encontras sozinho, se te sentes ao abandono, lembra-te de que, além do túmulo, há companheiros que te assistem e esperam carinhosamente.

O Pai nunca deixa os filhos desamparados, assim, se te vês presentemente sem laços domésticos, sem amigos certos na paisagem transitória do Planeta, é que Jesus te enviou a pleno mar da experiência, a fim de provares tuas conquistas em supremas lições.

Francisco Cândido Xavier
Pão Nosso (pelo Espírito Emmanuel)

Exibições: 133

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Amilton Gomes de Souza e ISA SOARES agora são amigos
15 horas atrás
ISA SOARES entrou no grupo de Ari Carrasco Silveira
Miniatura

Reforma Intima

"CONHECE-TE A TI MESMO"Textos de reflexão para a reforma íntimaVer mais...
ontem
ISA SOARES entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Mensagens de Reflexão

Mensagens, frases e pensamentos para reflexão iluminando nossas vidas.
ontem
ISA SOARES entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Espiritismo e Evangelho

Grupo destinado a estudos do Evangelho a Luz da Doutrina EspíritaVer mais...
ontem
Ori Pombal Franco curtiram o evento Votação para escolha do Projeto Médicos do Bem no Prêmio Euro de Marcílio Dias Henriques
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"DEPOIS DA MORTE Em 1965, Yvonne Pereira diz que “o Evangelho é imortal, uma vez que sempre existirão cérebros e corações necessitados de renovação." Ela fala também sobre “uma…"
7 Jul
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
6 Jul
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
6 Jul
Helena Padilha de Meneses curtiram o perfil de Helena Padilha de Meneses
6 Jul
Ícone do perfilNilton Cardoso deu um presente para José Ricardo Fernandes
4 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço