**A CORUJA E O FALCÃO**

Certa vez um homem observou uma coruja que estava junto à janela. Ela caiu e o distraiu da oração, mas ele não deu muito importância a ela. Nos outros dias, ele observou que a coruja permanecia naquele lugar e parece que se estabelecera ali. Dia após dia ele pôs-se a observar aquela coruja. Notou que ela quase não se movia. Começou a incomodar-se com aquela ave, ela ocupava mais tempo de sua atenção que a oração. Como veio parar ali, se não comia e uma vez até chegou a mexer com ela para ver se realmente era uma coruja de verdade. De tanto observar, notou que a ave era cega e isso encheu mais ainda sua cabeça de perguntas. Até que um dia, notou que um falcão entrava na igreja com algo entre os bicos.

Eram algumas minhocas ou algum inseto e que servia de alimento para a coruja. Ele maravilhou-se com o que viu e chegou a coçar os olhos para ver se enxergava direito: O falcão entrava na igreja para alimentar a coruja, da mesma forma como faria com um de seus filhotes. Imediatamente o piedoso homem começou a louvar o Senhor e a se perguntar a razão de tamanho milagre.

Jesus diz que Deus cuida até dos pássaros com o cuidado de um pai. Sentiu enorme consolação ao pensar em um Deus amoroso, que coloca um falcão para cuidar de uma mísera coruja. O que não faria Deus por ele? Sentiu o coração vibrar ao perceber que Deus também cuidava dele com o mesmo carinho com que cuidava daquela ave. No entanto sua consolação também lhe trouxe a moção interior de que Deus lhe revelava algo único. Refletiu e decidiu vender tudo o que tinha e colocar-se ao cuidado do Senhor. Ponderou que era apegado demais aos seus bens e que Deus o chamava para viver uma vida de pobre ,dependendo unicamente da providência divina, pois ele valeria mais que milhões de corujas. Saiu de sua casa e colocou-se como mendigo na porta da mesma igreja que costumava freqüentar. No entanto começou a ter dificuldades.

As pessoas o tinham conhecido como rico comerciante e não entendiam porque ele estava ali. Alguns achavam que tinha endoidecido; não lhe davam esmolas e ele começou a passar fome. Desolado e entristecido, pensava que Deus o tinha abandonado. Renunciara a tudo para viver da providência de Deus e Deus não aceitou sua renúncia. Revelou sua desolação e procurou um pastor. Ao que o pastor lhe perguntou:

– Você tem certeza que foi Deus quem lhe pediu para viver como mendigo?

– Claro, a experiência com a coruja me mostrou que Deus sempre cuida de quem precisa, eu não tinha como duvidar! – Respondeu convicto. O pastor o olhou serenamente e com muita compaixão lhe perguntou:

– Você tem certeza que Deus o chamava a ser coruja? Não lhe estaria chamando a ser falcão? Muitos agem como verdadeiros fariseus abdicando de tudo que tem para viver uma vida pobre que aguça a compaixão das pessoas. Deus nos tem chamado para sermos falcões, libertando pessoas, levando amor, consolo e sustento.

É claro que Deus nos trata como à coruja, mas nos chamou para sermos como o falcão.

Se você decidir assumir seu papel como falcão, Deus lhe conduzirá exatamente onde há uma coruja precisando de alimento.

Exibições: 2963

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de marcos antonio teixeira em 1 julho 2012 às 20:15

Infelizmente no nosso meio tem mais corujas do que falcões mas temos pouco mais de 150 anos e um mundo inteiro para nos entender, e sendo falcões, e seremos,levaremos o ensino vivo do Cristo à muitas corujas!

Comentário de ELIANE NUNES ADOLFO em 1 julho 2012 às 17:10

MUITOS DE NOS  SOMOS FALCÃO POIS TEMOS  SAUDE  E  SOMOS ESPIRITAS SABEMOS  MAIS  DA VIDA ESPIRITUAL DO QUE ALGUMAS PESSOAS E PODEMOS LEVAR FÉ ,CONFORTO ,ESPERANÇA PARA AJUDAR MAS ESCOLHEMOS  ALGUMAS VEZES SER COMO CORUJA SO OBSERVAR E CALAR AGINDO COMO NÃO PODEMOS AJUDAR .CONTRIBUIR PARA O BEM DE NOSSO SEMELHANTE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Ariel Ale Anjo curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
1 hora atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Prêmio Nobel de Química diz que medidas de isolamento podem ter custado mais vidas do que salvo.  http://www.youtube.com/watch?v=0KfxOFsWwOk"
2 horas atrás
Ícone do perfilMarco Túlio Brito e Eliana entraram em RAE
2 horas atrás
Antonio Carlos G. Sarmento curtiram o perfil de Monica lucio
19 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Com precaução ninguém morre antes da hora. (1) A autópsia das pessoas que morreram em conexão com o coronavírus tinham pelo menos uma doença anterior. Todos eles teriam morrido no decorrer deste ano.…"
23 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
ontem
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
quarta-feira
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Elton Santos da Costa comentou a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
"Gratidao por essa mensagem tão esclarecedora."
terça-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço