A EFICÁCIA DA PRECE EM FAVOR DO SUICIDA

A oração é um recurso mental de poder extraordinário.
Podemos orar pelos encarnados e pelos desencarnados, por nós mesmos e pelos outros.
Através da oração não podemos mudar o curso dos resgates necessários, em nós ou nos outros, mas podemos confortar e ser confortados. Quando bem utilizada, ela amplia a nossa receptividade, favorecendo aos bons Espíritos, nos inspirarem.
Quantos problemas poderiam ter morrido no nascedouro, se o recurso da oração sincera tivesse sido utilizado!
A oração feita com amor gera ondas mentais, que se propagam no espaço em direção ao alvo para o qual é endereçada. No caso específico de Espíritos sofredores, ela proporciona alívio e conforto espiritual.
No entanto, muitas pessoas, mesmo aquelas que são conhecedoras do poder da oração, externam certa dúvida, quando se trata de orar pelos que se suicidaram.
Certamente supõem que o suicida, sofredor de dores inimagináveis, como descrevem algumas obras espíritas, permanecendo longo período em total perturbação, dispensariam o recurso da oração.
É como se imaginassem um determinismo, que a oração não poderia mudar.
Comete grande equívoco quem defende esta tese. É no mínimo uma prova de desconhecimento a respeito do assunto.
Os efeitos da prece acontecem através de mecanismos não totalmente conhecidos por nós, humanos.
Os relatos feitos por desencarnados, que foram vítimas de suicídio, comprovam a eficácia da prece e revelam ser uma importante caridade, realizada em benefício destes sofredores.
Ela é um recurso algumas vezes esquecido, porém, poderoso em qualquer circunstância.
Claro que não podemos interpretá-la como um recurso mágico para isentar o devedor do débito.
Mas com certeza lhe dará conforto e forças para reagir, impedindo, em alguns Espíritos, o prolongamento desnecessário do seu sofrimento.
Para melhor esclarecimento a respeito do assunto, consideraremos duas situações, colhidas do livro Memórias de um Suicida, ed. FEB, recebido mediunicamente por Yvonne do Amaral Pereira:
a) Espíritos resgatados das zonas de sofrimento, em recuperação nas colônias espirituais – comentário de Camilo Cândido Botelho:
Da Terra, todavia, não eram raras as vezes que discípulos de Allan Kardec [...] emitiam pensamentos caridosos em nosso favor, visitando-nos frequentemente através de correntes mentais vigorosas que a Prece santificava, tornando-as ungidas de ternura e compaixão, as quais caíam no recesso de nossas almas cruciadas e esquecidas, quais fulgores de consoladora esperança! (Op. cit., cap. Jerônimo de Araújo Silveira e família, p. 105-106.)
b) Espíritos ainda não resgatados – comentário de Yvonne Pereira:
Certa vez, há cerca de vinte anos, um dos meus dedicados educadores espirituais – Charles – levou-me a um cemitério público do Rio de Janeiro, a fim de visitarmos um suicida que rondava os próprios despojos em putrefação. [...] Estava enlouquecido, atordoado, por vezes furioso, sem se poder acalmar para raciocinar, insensível a toda e qualquer vibração que não fosse a sua imensa desgraça! [...] E Charles, tristemente, com acento indefinível de ternura, falou: 
– “Aqui, só a prece terá virtude capaz de se impor! Será o único bálsamo que poderemos destilar em seu favor, santo bastante para, após certo período de tempo, poder aliviá-lo...” [...] (Op. cit., cap. Os réprobos, Nota da médium no 3, p. 49.)
De acordo com o exposto, não poderá restar dúvida sobre a eficácia da prece. E no caso específico do suicídio, podemos afirmar que é o único recurso de que nós, encarnados, dispomos para, com certeza, aliviar o sofrimento imenso causado por tão enganosa solução.
Abaixo, transcrevemos um trecho do diálogo entre Divaldo Pereira Franco e o Espírito de um suicida, que sofreu vários anos os efeitos dolorosos da sua precipitada ação (do livro O Semeador de Estrelas de Suely Caldas Schubert):
[...] Dei-me conta, então, que a morte não me matara e que alguém pedia a Deus por mim.
Lembrei-me de Deus, de minha mãe, que já havia morrido. Comecei a refletir que eu não tinha o direito de ter feito aquilo, passei a ouvir alguém dizendo:
“Ele não fez por mal. Ele não quis matar-se”. Até que um dia esta força foi tão grande que me atraiu; aí eu vi você nesta janela, chamando por mim.
– Eu perguntei – continuou o Espírito – quem é? Quem está pedindo a Deus por mim, com tanto carinho, com tanta misericórdia? Mamãe surgiu e esclareceu-me:
– É uma alma que ora pelos desgraçados.
– Comovi-me, chorei muito e a partir daí passei a vir aqui, sempre que você me chamava pelo nome.
Dá para perceber, nestes dois exemplos, que a oração, também para os casos de suicídio, tem o poder de lenir a dor e aplacar o desespero da vítima. Nestas condições, poderá acontecer a mudança gradativa dos painéis mentais (gerados pelo sentimento de culpa), à medida que surge o arrependimento sincero, proporcionando aos samaritanos da Espiritualidade resgatarem a vítima, que ainda se encontre nas regiões de sofrimento, para uma colônia espiritual.
Reformador Nov.09

EM SUAS PRECES DIÁRIAS NÃO ESQUEÇA DE NOSSOS IRMÃOS SUICIDAS.

Sérgio Ribeiro-(FACEEBOOK)

Exibições: 7558

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Maria Fidalgo em 8 agosto 2012 às 9:04

bom  dia  irmao  e  verdade  a  prece  e  o  unico  alimento  para  os  suicidas  a  noite  quando  vou  dormir  todos  os  dias  oro  por  eles  pois  nesta  encarnacao  ja  algumas  vezes  isso  passou  pela  minha  cabeça  mas  gracas  a  jesus  tenho  passado  espero  assim  continuar  muito   obrigado 

Comentário de nair tinoco araujo em 8 agosto 2012 às 7:43

Aos meus irmãos de fé e de amor.

A vida continua,eternamente.

Precisamos ser um balsamo,com nossas orações para estes nossos irmãos desesperançados.

Deus nos abençoe e Jesus em sua infinita misericórdia nos ilumine.

Maria de Nazaré seja um oásis para todos nós.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

ASSISTA AO VIVO


Clique no título para acessar o vídeo no Youtube

Pede e receberás - Antonio César R. Léllis

10/12 - 16:00 as 17:00h

Virgens loucas a prudentes - Paulo Pina

10/12 - 19:30 as 21:00h

Palestra com Tadeu (Araxá-MG)

10/12 - 20:00 as 21:00h

Há espíritos? - Elo Invisível 26 - Eliomar Borgo e Marcos Bentes

11/12 - 20:30 as 21:30h

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“Levanta-te e Anda”, com Cristiano Abreu Paiva em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

15 dezembro 2019 de 9 a 10:15
“Levanta-te e Anda”, este será o tema da palestra do pesquisador e orador Cristiano Abreu Paiva de Castelo-ES, no próximo domingo 15 de dezembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Cristiano é baiano natural de Salvador-BA, radicado na cidade Castelo a pouco mais de duas décadas. É um jovem talento da oratória espírita do Estado…Ver mais...
4 minutos atrás
Alexandre Nunes comentou a postagem no blog Lei de Causa e Efeito , reencarnação e os gêmeos siameses (Jorge Hessen) de os pae
"são Espíritos que  buscam-se continuamente e culminam se reaproximando em condições comovedora"
13 horas atrás
Alexandre Nunes curtiu a postagem no blog Lei de Causa e Efeito , reencarnação e os gêmeos siameses (Jorge Hessen) de os pae
13 horas atrás
Alexandre Nunes compartilhou o post do blog de os pae em Facebook
13 horas atrás
Jacqueline curtiu a postagem no blog Ante a Calúnia de PATRIZIA GARDONA
13 horas atrás
Jacqueline curtiu a postagem no blog Direta ou Indiretamente de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
13 horas atrás
Jacqueline curtiu a postagem no blog Quando Falta a Alegria – Sidney Fernandes de PATRIZIA GARDONA
13 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Lei de Causa e Efeito , reencarnação e os gêmeos siameses (Jorge Hessen) de os pae
14 horas atrás
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
17 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog Lei de Causa e Efeito , reencarnação e os gêmeos siameses (Jorge Hessen) de os pae
19 horas atrás
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

Nem tudo que pedimos a Ele nos fará evoluir!

            Somos eternos pedintes como sempre proferia em suas preces uma amiga com a qual aprendi muito espiritualmente. De fato quando “o calo aperta” ou “as coisas se complicam” como muitos dizem, lembramo-nos de Deus e passamos então a pedir em forma de orações.            Para nós, qualquer acontecimento que fuja a rotina e nos atinja é motivo de abalo, e…Ver mais...
20 horas atrás
Posts no blog por os pae

Lei de Causa e Efeito , reencarnação e os gêmeos siameses (Jorge Hessen)

Lei de Causa e Efeito , reencarnação e os gêmeos siameses (Jorge Hessen)Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DFUm caso raro de gêmeos siameses causou espanto na Índia. Babita Ahirwar e seu marido, Jaswant Singh Ahirwar, já sabiam que esperavam xifópagos [1], mas o nascimento da criança fez com que os pais entrassem em choque. As duas crianças compartilhavam os mesmos…Ver mais...
20 horas atrás
Carlos Ser curtiu a postagem no blog Doação de órgãos.  Quem nos garante que não seremos o próximo da fila? (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog “O Meu Obsessor não Permitiu Que Eu Me Casasse” de PATRIZIA GARDONA
domingo
os pae curtiu a postagem no blog Doação de órgãos.  Quem nos garante que não seremos o próximo da fila? (Jorge Hessen) de os pae
domingo
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
domingo
FATIMA SANTOS entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Gestos e Valores: Série Roteiro

Áudios do Programa “Gestos & Valores" Gênero: Reforma ÍntimaApresentação: José Antonio da Cruz  (Catanduva/SP)Sugestões: gestosevalores@gmail.com Série: Estudo a obra  "Roteiro"  de Chico Xavier pelo espírito de EmmanuelVer mais...
domingo
Blog LGBT Espírita entrou no grupo de Espírita Online
Miniatura

Wellington Balbo

Palestrantre e Escritor Espírita.Ver mais...
domingo
Blog LGBT Espírita entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Mensagens de Reflexão

Mensagens, frases e pensamentos para reflexão iluminando nossas vidas.
domingo
Blog LGBT Espírita entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Artigos Espíritas

Grupo destinado a divulgação de ARTIGOS da DOUTRINA ESPÍRITA através dos nossos articulistas. Não são aceitas postagens de trechos de livros e outros textos.."Material postado nessa pagina tem autorização de seus autores para publicação na REDE AMIGO ESPÍRITA, a reprodução total ou parcial dos dados aqui publicados em outros veículos de mídia podem ser interpretados como violação de direitos autorais, e seus autores agirem conforme informa a lei"Ver mais...
domingo

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço