REDE AMIGO ESPÍRITA

Divulgando, Instruindo e Unificando!!!

A imagem pode conter: texto

A Doutrina Espírita nos ensina que nossa condição de mulher ou homem é apenas uma maneira de experienciarmos a existência humana rumo à evolução. Somos em essência, espíritos e, portanto, não temos sexo. Assim, estamos homens ou mulheres em determinados momentos de nossa caminhada. As perguntas 201 e 202 de O Livro dos Espíritos esclarecem:

P. 201. “O espírito que animou um corpo de um homem, em uma nova existência, pode animar o de uma mulher, e vice-versa?”

–“Sim, são os mesmos Espíritos que animam os homens e as mulheres”.

P. 202 “Quando se é Espírito, prefere-se encarnar no corpo de um homem ou de uma mulher?”

– “Isso pouco importa ao Espírito; ele escolhe segundo as provas que deve suportar. Os Espíritos se encarnam homens ou mulheres porque eles não têm sexos. Como devem progredir em tudo, cada sexo, como cada posição social, lhe oferece provas e deveres especiais, além da oportunidade de adquirir experiência. Aquele que fosse sempre homem não saberia senão o que sabem os homens”

As diferenças entre homens e mulheres, assim, não assinalam nenhum tipo de inferioridade física, psicológica, ou moral de um para o outro. Se elas possuem menor força muscular e diferente constituição corporal, é para poder experienciar, nesta organização somática, as belezas e agruras tão peculiares, de ser uma mulher, desenvolvendo habilidades psíquicas, afetivas, intra e interpessoais de maneira singular e produtiva.

Tal visão bela e igualitária da Mulher é trazida pelo advento do Espiritismo. Reconhecendo e admirando as características delicadas e sublimes do ser em estado feminino, Léon Denis nos brinda em seu livro, No Invisível, com o seguinte texto:

Durante longos séculos a mulher foi relegada para segundo plano, menosprezada, excluída do sacerdócio. Por uma educação acanhada, pueril, supersticiosa, a manietaram; suas mais belas aptidões foram comprimidas, conculcado e obscurecido o seu caráter. (...). O moderno Espiritualismo, graças às suas práticas e doutrinas, todas de ideal, de amor, de equidade, encara a questão de modo diverso e resolve-as e sem esforço e sem estardalhaço.

Restitui à mulher seu verdadeiro lugar na família e na obra social, indicando-lhe a sublime função que lhe cabe desempenhar na educação e no adiantamento da humanidade. Faz mais: reintegra-a em sua missão de mediadora predestinada, verdadeiro traço de união que liga as sociedades da Terra às do Espaço (...). O materialismo, não ponderando senão o nosso organismo físico faz da mulher um ser inferior por sua fraqueza e a impele à sensualidade (...). Com o Espiritualismo, porém, ergue de novo a mulher a inspirada fronte, vem associar-se intimamente à obra de harmonia social, ao movimento geral das idéias. O corpo não é mais que uma forma tomada por empréstimo; a essência da vida é o espírito, e nesse ponto de vista o homem e a mulher são favorecidos por igual. Pelo Espiritismo se subtrai a mulher do vértice dos sentidos e ascende à vida superior. Cessa, desde então, a luta entre os dois sexos. As duas metades da Humanidade se aliam e se equilibram no amor, para cooperarem juntas no plano providencial, nas obras da Divina Inteligência (DENIS, 1973, p.78-80)

Neste dia 8 de março, relembramos a história das bravas mulheres que desencarnaram no incêndio numa fábrica, ao lutar pelos seus direitos em 1857 e refletimos sobre tantas outras, que durante os séculos, sacrificaram-se pela incompreensão do império do homem. Lembremos ainda, da mulher adúltera que seria apedrejada, a quem Jesus usou como o mais nobre exemplo de misericórdia para com as faltas alheias.

Exaltamos também aquelas outras que, na existência carnal e espiritual, brindam a humanidade com um sorriso delicado, o colo maternal, o companheirismo abnegado, a força moral que não cede às intempéries da vida, o trabalho incessante em quantas jornadas diárias forem necessárias e, mais ainda, o cálice sagrado onde Deus depositou a responsabilidade da Vida.

E, por fim, não esqueçamos nunca que o mais iluminado espírito que já passou pelo nosso planeta, foi recepcionado no seio amantíssimo de Maria, elevada por Ele mesmo à condição de mãe terna de toda a humanidade terrestre.

Fonte: A Casa do Caminho

Exibições: 175

Comentar

Você precisa ser um membro de REDE AMIGO ESPÍRITA para adicionar comentários!

Entrar em REDE AMIGO ESPÍRITA

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Katia Souza curtiram a página Canal 1 de Amigo Espírita
18 minutos atrás
Márcio Alexandre Nunes vieira e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
29 minutos atrás
Marcelo Fernandes respondeu à discussão Quando indagado sobre sua religião, o que você responde? O que você considera seja o Espiritismo? de Jandyra Helena
1 hora atrás
Marcelo Fernandes respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
1 hora atrás
Marcelo Fernandes respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
1 hora atrás
Marcelo Fernandes respondeu à discussão Questão 124 de "O Livro dos Espíritos" de Marco Túlio Ferreira Silva
1 hora atrás
Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
José da P. Aquino Telles compartilhou o post do blog de Antonio Carlos Navarro em Facebook
3 horas atrás
José da P. Aquino Telles curtiu a postagem no blog Passagem e adaptação de Antonio Carlos Navarro
4 horas atrás
Ícone do perfilELISABETE NUNES DA SILVA, Grazielly, Fabiano Ricardo Moreira e mais 8 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
4 horas atrás
Ícone do perfilRede Amigo Espírita via Facebook
Miniatura

Evangelho na Rede ao vivo nesta sexta 31/03 as 8hs com Yasmim Madeira CAPÍTULO VIII – BEM AVENTURADOS OS QUE TÊM PURO O CORAÇÃO Pecado por pensamentos. Adultério: itens 5 a 7 Acesse:…

Ver mais...
Facebook4 horas atrás · Responder
Oswadir aparecido de Oliveira compartilhou o post do blog de Romeu Leonilo Wagner em Facebook
5 horas atrás
Oswadir aparecido de Oliveira curtiu a postagem no blog O Ter e o Ser de Romeu Leonilo Wagner
5 horas atrás
dalciane de almeida curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
5 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
6 horas atrás
rudimar jose piazza entrou no grupo de Amigo Espírita
6 horas atrás
rudimar jose piazza entrou no grupo de Amigo Espírita
6 horas atrás
rudimar jose piazza curtiram o evento Espiritismo e Evangelho de Amigo Espírita
6 horas atrás
rudimar jose piazza curtiram o evento Mediunidade de Amigo Espírita
6 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
7 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2017   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço