Foi em 1854 que Allan Kardec ouviu, pela primeira vez, falar das mesas girantes. Um magnetizador, o sr. Fortier, velho conhecido de Kardec, foi quem o informou a esse respeito.
«Já sabe da singular pro-priedade que se acaba de descobrir no magnetismo? Parece que já não são somente as pessoas que podem magnetizar-se, mas também as mesas, conseguindo-se que elas girem e caminhem à vontade». (Kardec, A., Obras Póstumas, Rio: FEB, 1964. p. 237).
Allan Kardec ponderou que tal facto lhe parecia inteiramente possível, visto o fluido magnético poder atuar também sobre os corpos inertes e fazê-los mover-se. Mas Kardec, passado algum tempo, encontrou-se novamente com o sr. Fortier, e este disse: «Temos uma coisa muito mais extraordinária: não só se consegue que uma mesa se mova magnetizando-a, como também que fale. Interrogada ela responde.» (Opus cit. p. 237)
Neste ponto Kardec mostrou-se céptico, dizendo-lhe que só acreditaria se visse o fenómeno. Para ele era um absurdo atribuir-se inteligência a uma coisa puramente material.
No começo de 1855, encontrou-se com o seu amigo sr. Carlotti que lhe falou longamente acerca das mesas girantes, acrescentando uma interpretação para o fenômeno: «a intervenção dos espíritos». Mesmo assim Kardec manteve-se incrédulo.
Em Maio de 1855, Kardec teve a oportunidade de, pela primeira vez, presenciar o fenômeno das mesas girantes. Assistiu, então, a alguns ensaios de escrita direta numa ardósia, com o auxílio de uma cesta. Imediatamente percebeu que por detrás daquele fenômeno situava-se algo muito importante, e resolveu estudá-lo a fundo.
Posteriormente, Kardec relacionou-se com a família Baudin, que residia então à rua Rochechouart, tendo sido convidado para assistir às sessões semanais que se realizavam em sua casa. Eis como ele se referiu a essas sessões:
«(... ) Os médiuns eram as duas senhoritas Baudin, que escreviam numa ardósia com o auxílio de uma cesta, chamada carrapeta e que se encontrava descrita em «O Livro dos Médiuns». Esse processo, que exige o concurso de duas pessoas, exclui toda a possibilidade de intromissão das ideias do médium. Aí tive o ensejo de ver comunicações contínuas e respostas a perguntas formuladas, algumas vezes até a perguntas mentais, que acusavam, de modo evidente, a intervenção de uma inteligência estranha». (Opus cit. p. 240).
Segundo Kardec, os assuntos tratados eram frívolos: «Os assistentes ocupavam-se, principalmente, de coisas respeitantes à vida material, ao futuro, numa palavra, de coisas que nada tinham de realmente sério; a curiosidade e o divertimento eram os motivos capitais de todos. Dava o nome de Zéfiro o espírito que costumava manifestar-se, nome perfeitamente acorde com o seu carácter e com a reunião» (Opus cit. p.240).
Foi nessas reuniões que Kardec começou os seus estudos sérios de espiritismo, «menos, ainda, por meio de revelações, do que de observações. Ele aplicou rigorosamente o método científico positivo em suas investigações e declarou taxativamente: «Compreendi, antes de tudo, a gravidade da exploração que ia empreender; percebi, naqueles fenômenos, a chave do problema tão obscuro e tão controvertido do passado e do futuro da Humanidade, a solução que eu procurara em toda a minha vida. Era, em suma, toda uma revolução nas ideias e nas crenças; fazia-se mister, portanto, andar com a maior circunspecção e não levianamente; ser positivista e não idealista, para não me deixar iludir». (Opus cit. p. 241).
Logo Allan Kardec percebeu que os espíritos nada mais eram do que as almas do homens, não possuindo nem a plena sabedoria, nem a ciência integral: «Conduzi-me pois com os espíritos, como houvera feito com homens. Para mim, eles foram, do menor ao maior, meios de me informar e não reveladores predestinados» — diz Kardec. (Opus cit. p. 241).
Finalmente, em 1857, após minuciosa pesquisa, ele deu a lume a sua primeira obra sobre o que houvera investigado: «Foi assim que mais de 10 médiuns prestaram concurso a esse trabalho. Da comparação e da fusão de todas as respostas, coordenadas, classificadas e muitas vezes remodeladas no silêncio da meditação, foi que elaborei a primeira edição de «O Livro dos Espíritos» entregue à publicidade em 18 de Abril de 1857». (Kardec, A. - Opus cit. p. 243).

Exibições: 139

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Últimas atividades

daniele santos curtiu a postagem no blog Charlatanismo, redes sociais e a fake new do além (Jorge Hessen) de os pae
2 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento "Inteligência Emocional no Perdão", com Ana Jaicy Guimarães de Carlos Pretti - SCEE
5 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento "Inteligência Emocional no Perdão", com Ana Jaicy Guimarães de Carlos Pretti - SCEE
5 horas atrás
Maria de Lourdes Rezende curtiu a postagem no blog PRECE DE ALEXANDRE de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
7 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiram a discussão Faça o bem (artigo de Valci Silva) de Amigo Espírita
8 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiram a discussão Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei) de Amigo Espírita
9 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
Carlos Pointier comentou a postagem no blog Charlatanismo, redes sociais e a fake new do além (Jorge Hessen) de os pae
"No Rio de Janeiro existe um falso médium que coleta as informações do falecido e dos familiares encontraveis no Twitter no Facebook e faz caravana pelo Brasil ,enganando aos famílias, vendendo livros sem nenhum…"
10 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

O Custo do Abandono Emocional

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”. (1)Em época de grandes avanços intelectuais, científicos e tecnológicos é possível observar também o avanço das perturbações sociais como a criminalidade e a violência estampadas na face da sociedade…Ver mais...
18 horas atrás
O evento de Carlos Pretti - SCEE foi destacado
Miniatura

"Inteligência Emocional no Perdão", com Ana Jaicy Guimarães em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

28 abril 2019 de 9 a 10:15
Palestra na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com a médium e conferencista internacional Ana Jaicy Guimarães (Rio de Janeiro-RJ), com o tema "Inteligência Emocional no Perdão", acontecerá no próximo domingo 28 de abril de 2019, de 09 às 10h da manhã. Ana Guimarães é uma das mais experientes e dedicadas oradoras do Movimento Espírita Brasileiro, percorre o Brasil…Ver mais...
18 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

"Inteligência Emocional no Perdão", com Ana Jaicy Guimarães em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

28 abril 2019 de 9 a 10:15
Palestra na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com a médium e conferencista internacional Ana Jaicy Guimarães (Rio de Janeiro-RJ), com o tema "Inteligência Emocional no Perdão", acontecerá no próximo domingo 28 de abril de 2019, de 09 às 10h da manhã. Ana Guimarães é uma das mais experientes e dedicadas oradoras do Movimento Espírita Brasileiro, percorre o Brasil…Ver mais...
18 horas atrás
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

SEMANA SANTA : Segunda, Terça e Quarta

Nestes dias, Jesus ensinava no Templo durante o dia e de noite saía a ficar no Monte das Oliveiras; foram ministradas neste período muitas lições e Jesus falou sobre profecias, falsos profetas, tempos de angústia, perseguições; algumas passagens evangélicas do período citado:- Figueira sem frutos (nunca jamais nasça fruto de ti)-Expulsão dos vendilhões do templo (minha…Ver mais...
18 horas atrás
Carlos Ser comentou a postagem no blog Charlatanismo, redes sociais e a fake new do além (Jorge Hessen) de os pae
"item 313 de O Livro dos Médiuns, quando o Codificador denuncia os falsos médiuns, asseverandotextualmente: “se os nossos escritos hão contribuído para desacreditar, assim na França, como emoutros…"
ontem
Carlos Ser curtiu a postagem no blog Charlatanismo, redes sociais e a fake new do além (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Robério Gomes do Nascimento entrou no grupo de Nelson Peixoto de Souza Filho
Miniatura

Revista Espírita - Estudo e discussão.

Grupo destinado ao estudo e discussão da Revista Espírita de Allan Kardec.A Revista Espírita, atualmente editada pela FEB,é composta de 12 volumes(1858-1869).Que todos nós possamos através deste humilde grupo, engrandecer a obra do Professor Kardec.Ver mais...
ontem
Nadia Rosangela curtiu a postagem no blog A VIDA SUPERIOR - LÉON DENIS de CÁTIA REGINA
ontem
Nadia Rosangela deu um presente para marcia helena diniz
ontem
Posts no blog por EliethTavares Castro

Semana Santa e a Doutrina Espírita

Semana Santa e a Doutrina Espírita           Não existe páscoa na doutrina espírita, a qual não mantém a prática de cultos, rituais ou adoração de imagens. A Páscoa é uma festa católica, culminância da chamada Semana Santa (que deve ser vista com apreço, pelos espíritas, em respeito aos nossos…Ver mais...
ontem
Ícone do perfilMarilza Ap. de Oliveira Teixeira e André Luís Bonaparte entraram em RAE
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço