BÊNÇÃOS E MALDIÇÕES - POR RICHARD SIMONETTI

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

O ato de abençoar implica em desejar o bem de alguém.
Assim como a oração, o alcance da bênção depende de nosso envolvimento com ela, dos sentimentos que mobilizamos.
O pai que, displicentemente, abençoa o filho que vai dormir, sem desviar a atenção do programa de televisão, não vai além das palavras.

Já a mãe diligente, que leva a criança ao leito, conversa com ela, conta-lhe uma história e a beija carinhosamente, põe a própria alma ao abençoá-la, envolvendo-a em poderosas vibrações de amor, com salutar repercussão em seu sono.
Ao contrário da bênção, amaldiçoar é desejar o mal de alguém.
Que vajas bien, que te pise el tren.

O fato de desejarmos que uma pessoa seja atropelada por um trem, como sugere este chistoso ditado espanhol, não implicará, evidentemente, nesse funesto acontecimento. Não possuímos poderes para tanto, nem Deus o permitiria. Mas podemos perturbar nosso desafeto.

A maldição é um pensamento contundente, revestido de carga magnética deletéria, passível de provocar reações adversas no destinatário – nervosismo, tensão, irritabilidade, mal-estar…
Se, porém, o amaldiçoado é uma pessoa bem ajustada, moral ilibada, ideias positivas, sentimentos nobres, nada lhe acontecerá. Simplesmente não haverá receptividade para nossa vibração maldosa.

O mesmo ocorre em relação ao ato de abençoar. Os pais desejam muitas bênçãos para seus filhos. Que sigam caminhos retos; que sejam aprendizes aplicados; que se realizem profissionalmente; que cultivem moral elevado; que sejam felizes...

Ainda que se situem por poderosos estímulos, suas bênçãos pouco representarão se os filhos preferirem caminhos diferentes.
Nem por isso devem deixar de abençoá-los. Suas bênçãos inibirão os impulsos mais desajustados dos filhos, trabalharão suas consciências adormecidas e acabarão por despertar neles impulsos de renovação, quando a vida lhes impuser suas amargas lições.

Bênçãos e maldições são como bumerangues, aqueles brinquedos australianos, em forma de arco, que retornam às nossas mãos quando os atiramos.
Se amaldiçoarmos alguém, odientos, o mal que lhe desejamos voltará, invariavelmente, para nós, precipitando-nos em perturbações e desequilíbrios. Somos vitimados por nosso próprio veneno.
Em contrapartida, aquele que abençoa alimenta-se de bênçãos, neutralizando até mesmo vibrações negativas de eventuais desafetos da Terra ou do além.
Jesus conhecia como ninguém esses princípios. Por isso, antecipando que os discípulos enfrentariam muitas hostilidades na difusão do Evangelho, recomendava-lhes:

“Quando entrardes numa casa, dizei:
− A paz esteja neste lar.

Se, com efeito, a casa for digna, venha sobre ela a vossa paz; se, porém, não o for, torne para vós outros a vossa paz."
Temos aqui preciosa orientação. Observando-a, ainda que, onde formos, as pessoas estejam pouco dispostas a entronizar a paz, ela não se ausentará de nosso coração.

Nem sempre os beneficiários de nossas iniciativas, quando cultuamos a vocação de servir, mostram-se reconhecidos.
Que isso jamais nos iniba. O ato de servir tem suas próprias compensações. Exercitando-o, a distribuir bênçãos de auxílio, habilitamo-nos às bênçãos de Deus.

Richard Simonetti

Exibições: 92

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Últimas atividades

os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
12 minutos atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Não. As Identidades são únicas e livres e por isso são responsáveis. Caso contrário seriam autômatos e sem identidade e também sem responsabilidade."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Sim, foi Deus quem nos deu o ego mas as decisões à partir desse ponto não mais responsabilidade de Deus. Do contrário não precisaríamos de ego. Poderíamos ser autômatos e aí sim Deus…"
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Criados perfeitamente iguais em essência e não em identidade."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Porque preterimos o absoluto onde o egoísmo não pode ser vivenciado."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Nasa estuda a aura de Chico Xavier.(LENDA URBANA) de Francisco Amado
"Não o que Deus faz, mas o que fez, como um pai humano que fez os seus filhos e os mesmos, agora crescidos, são responsáveis pelos seus atos e não o seu pai."
1 hora atrás
Ícone do perfil via Twitter
Parábola da Festa de Núpcias - Evangelho na Rede com Oceander Veschi e Stela Onishi assista pelo youtube… https://t.co/m5dvhn7z4X
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estudo 4 - Cap. 5 - A Gália (Livro Depois da Morte / Léon Denis) com Vinicius Lara assista no youtube… https://t.co/2hTP2WZJnN
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Angela Smanio curtiu a postagem no blog KARDEC NO FOCO DAS CÂMERAS de Antonio Cesar Perri de Carvalho
12 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Entre a Terra e o Céu" #24 - Cap 28 "Retorno" - Mauro M Guimarães assista no youtube https://t.co/XoPNbpXiii https://t.co/uyCPhbtjny
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Entre a Terra e o Céu" #24 - Cap 28 "Retorno" - Mauro M Guimarães assista no youtube https://t.co/XoPNbpXiii https://t.co/lt6J1oVVEw
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
luis conforti junior respondeu à discussão Nasa estuda a aura de Chico Xavier.(LENDA URBANA) de Francisco Amado
"Se não é Deus o responsável, quem é, se todos somos exatamente o q Deus faz de cada um de nós?"
13 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Se Deus nos criou a todos fora da dualidade, porq todos nós, humanos e não-humanos, sem exceção de um só, vivemos dentro da dualidade?"
13 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Se Deus nos deu a lei, e a decisão, a escolha de segui-la, é de cada um de nós, porq uns a seguem e outros não, se somos, segundo a codificação, criados perfeitamente iguais?"
13 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Situações controversas em medicina, uma visão médico-espírita - Fernando Sant`Anna https://t.co/Gl1aQlN0Ab
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
luis conforti junior respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Pois é, se o ego é a resposta para o fato de uns serem bons e outros serem maus, é Ele mesmo, Deus, o responsável por haverem seres bons e maus, pois o ego é, pelo Criador, colocado em cada um de nós, tanto…"
13 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Sendo assim, Deus é o responsável pelo q as essências e, consequentemente, as identidades ser tornam."
13 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Situações controversas em medicina, uma visão médico-espírita - Fernando Sant`Anna https://t.co/DjLWvB1iJb
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Peça e receba, o universo conspira a seu favor" - José Lázaro Boberg assista pelo youtube https://t.co/HKJz9FJDEk https://t.co/3gPM4nhLyn
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Peça e receba, o universo conspira a seu favor" - José Lázaro Boberg assista pelo youtube https://t.co/HKJz9FJDEk https://t.co/rUy66V1JNM
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço